1. Spirit Fanfics >
  2. A nova integrante da Akatsuki. >
  3. Não desista de mim.

História A nova integrante da Akatsuki. - Capítulo 12


Escrita por: himawari_NSKI

Capítulo 12 - Não desista de mim.


Fanfic / Fanfiction A nova integrante da Akatsuki. - Capítulo 12 - Não desista de mim.

Ele estava furioso, o quarto estava escuro iluminado apenas pela luz de seu sharingan.  Fiquei maravilhada com aquela cena, apesar de muito intimidada. 

- Onde você estava?? __ Fala Itachi, firme e intimidante.

- Passei aqui algumas horas atrás e você não estava Yumi!   __ Ele fala furioso agarrando meus braços 

Eu fico totalmente tonta, eram tantas informações para processar. O homem que eu amava estava louco de ciúmes, querendo saber meu paradeiro. Mas eu não era nada dele, ele escolheu Karin, era com ela que Itachi dormia todas as noites. Por que eu deveria ficar só? Deidara é bom para mim,gosto de sua presença. Mas meu coração estava louco, queria me jogar nos braços de Itachi,afinal é ele quem está em meu coração. Tiro os braços dele dos meus, me afasto e viro de costas. Não consigo olhar para ele, eu o amo.

- Não é da sua conta, Itachi. Eu não te devo explicações sobre nada.  __ Digo tentando parecer firme e fria.

-  Merdaa.... Eu sabia, você estava com Deidara não é? Tem ficado com ele recentemente! Admita!  __ Itachi grita, como se estivesse possesso.

Continuou de costas, minhas pernas começam a tremer. Ele está enlouquecido, parece que se importa muito comigo ainda. As coisas continuavam a não fazer sentido, a cena de Karin beijando Itachi e o que Konan havia dito. Ele estava sim com ela!

- Merda Yumi!! Por que você não olha pra mim?!! É por causa da porra do seu namoradinho?! __Itachi grita, vem em minha direção e me vira.

Estávamos nos encarando fortemente, seus olhos pareciam pegar fogo. Mas ao prestar mais atenção em seu rosto, vejo que estava desesperado. Eu estava maluca, não aguentava não dizer tudo que penso para ele. O empurro, fazendo com que se afastasse bruscamente.

- Deidara não é meu namorado! E mesmo se fosse, não seria da sua conta! Passamos 3 semanas separados, eu fui obrigada a ver você ao lado de outra mulher.  __  Gritei olhando para ele furiosa, com lágrimas escorrendo pelo meu rosto.

Eu estava profundamente ferida com Itachi, ele não tinha direito de me cobrar nada. Ele fica ali, parado, me olhando assustado. Antes que pudesse tentar falar algo eu volto a esbravejar.

- Deidara me fez companhia, me fez sentir melhor. Enquanto você estava ao lado dela!  

Itachi ao ouvir aquilo desaba a chorar, cai no chão com as mãos no rosto. Meu coração rachou ao ver aquela cena,imediatamente fui a seu encontro abraça-lo.  Ele me olha, perdido e inseguro. 

- Yumi, eu nunca amei Karin. Ela era apenas uma distração que eu arrumei depois de um tempo. Eu não sentia ter chance de salvação ou felicidade até conhecer você.

Antes que eu pudesse pensar em responde-lo, ele se levanta e me puxa para a cama. Me beija desesperadamente, me agarrando com força. Sinto seu corpo fervendo, ele estava morrendo de saudades de me tocar. Eu não tive como suportar a falta que ele fazia na minha vida, sem nem pensar me entrego totalmente a Itachi. Após isso, ele me olha no fundo dos olhos. 

- Eu te amo, sei que não me deve nada e é uma mulher livre.  Eu não tenho como te impedir de nada... só peço que não desista de mim ainda. 

Eu tremo, meus olhos se enchem de lágrimas, ele era dono de todos os meus sentimentos. 

- Eu estou aqui, o único que quero para ser meu homem é você. 

Ele me toma em seus braços com força e tesão, me beijando transbordando desejo. Eu pulo em seu colo, entrelaçando minhas pernas em sua cintura. Seu membro duro e grande estava encostando em mim, fiquei encharcada ao sentir o pau de Itachi novamente. Ele me joga na cama, tira sua calça e blusa, ficando só de cueca. Tira meu pijama, me deixando apenas de calcinha. Era em torno de onze horas da noite, o pessoal estava em missões ou dormindo. Deidara está em missão com Sasori, se não estaria no meu quarto agora mesmo. Itachi põe a mão dentro de minha calcinha, esfregando meu clitorios. Minha buceta estava muito quente, a mão dele já estava completamente molhada por minha causa. 

- Que saudade da sua buceta!  __ Disse ele soltando um gemido forte e intenso.

Dominada pela luxúria e perversão, eu estava  nas nuvens. Ele começou a chupar meus seios me fazendo gritar.  Não se importava mais em ser discreto, queria que eu gritasse seu nome enquanto enlouquecia. Mas teimosa do jeito que sou não gritei, estava o desafiando.

- Só vou gritar seu nome quando você estiver gozando dentro de mim.   __ Digo firme e o encarando com um olhar perverso. 

Ele sorri descaradamente e com o olhar cheio de maldade. Itachi estava amando minha ousadia, na mesma hora perde o controle.  Arrancando minha calcinha, me joga de costas para cima na cama. Ele abaixa e pega o cinto que estava em sua calça. Era longo, de couro e simples. Vai em minha direção, ao chegar fica por cima de mim, passando o cinto pelas minhas costas até minha bunda.

- Eu vou te mostrar quem manda aqui. __ Susurrou no meu ouvido

- Se sentir  dor me avisa.

Eu estava ansiosa para saber o que ele ia fazer. Minha buceta pingando de tão molhada, eu queria que ele me dominasse. Ele pega o cinto e bate levemente em minha bunda, me fazendo gemer bem forte.  Ao perceber que meus seios estavam rígidos e minha buceta toda melada, ele começa a bater aumentando a força e frequência. Eu estava gemendo loucamente, minha bunda já estava toda vermelha e com alguns pequenos arranhões.  Itachi me vira de frente, enfiando os dedos na minha buceta. Ele me dedava rápido e com maestria, parecia que sua mão existia para corromper meu corpo inteiro. Sem exitar solto meu gozo em seus dedos, eu estava vendo estrelas. Itachi na mesma hora abaixa a cabeça abrindo a boca, deixando que todo meu gozo caísse em seu rosto. 

- Até seu gozo é doce.  __ Ele diz,lambendo seus dedos e me encarando. 

Eu fico envergonhada pelo quanto tinha gozado, a cama estava toda molhada, igual ao rosto e dedos de Itachi. Ele me beija com paixão e me puxa para junto de seu corpo. Me olha com um semblante triste, como se voltasse para a realidade.

- Eu preciso saber uma coisa Yumi.... Você e Deidara foram para a cama?

Eu paraliso ao ouvir o nome de Deidara, me sentia culpada, afinal eu estava dormindo a maioria das madrugadas em sua cama. Fico o olhando sem saber como responder, eu estava triste.

- Ee-u achei que você não me queria mais...  __ Digo gaguejando, olhando para o chão.

Os olhos de Itachi enchem de lágrimas, vejo seu rosto possesso pela raiva. Ele se levanta rapidamente e soca a parede do quarto, quase abrindo um buraco. Mas por sorte a parede era resistente, ficando apenas com rachaduras e a marca do soco de Itachi. 

- Irei lhe contar a verdade o mais rápido possível... logo em seguida deixarei Karin e desafiarei Deidara pelo seu afeto. __ Ele diz  firme, ainda com a mão na parede.

- Mas até você ser somente minha, não a tomarei  por completo em meus braços. 

Eu fico desesperada ao ouvir suas palavras, ele quer Lutar com Deidara por mim. Eu o amava loucamente, mas estava com medo por ter que ver os dois homens que compartilho afeto lutarem sem piedade. Ele começa a se vestir e vem em minha direção, dando um beijo em minha testa e saindo apressadamente. Fico extremamente aflita, estava preocupada com Itachi e com medo por Deidara. Tomo um banho, passo pomada nos arranhões e visto uma leggin preta com uma blusa de alça azul. Já que ele havia me batido com o cinto, não poderia usar o vestido por causa das marcas. Pego um caderno que havia comprado a um tempo e escrevo tudo que aconteceu, minhas noites quentes com Deidara, meus sentimentos por Itachi, a magoa de Sasuke. Estava usando aquilo para desabafar, clarear a mente. Consequentemente fiquei muito tempo escrevendo, acabei decidindo que seria meu diário. Já eram quatro da manhã, ao perceber guardo o diário em minha gaveta de roupas íntimas, junto com o bilhete de Itachi. Me deito e fecho os olhos, tentando acalmar a mente e dormir. Me levanto três horas depois, me sentindo descansada. Tomo banho e percebo que os arranhões já haviam curado, minha cura era extremamente boa. Escovo os dentes, passo perfume, hidratante e faço uma maquiagem leve para ressaltar meus olhos. Vou para a cozinha e percebo a ausência de Itachi e Deidara. __ Será que eles estão bem?? 






Notas Finais


Espero que gostem :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...