História A Nova Jornada - Capítulo 28


Escrita por:


Capítulo 28 - Capítulo Vinte e Oito: A volta pra casa.


Fanfic / Fanfiction A Nova Jornada - Capítulo 28 - Capítulo Vinte e Oito: A volta pra casa.

Chegamos ao acampamento e fomos direto falar com Quíron na casa grande. Sentamos ao redor da mesa central e logo ele apareceu. Sr. D não deveria estar ou se estava não se incomodou com a nossa aparição repentina, ainda bem.

- Graças aos Deuses vocês estão bem! Quero saber tudo o que aconteceu, mas antes... – Quíron olhou para Bradley desconfiado e logo seus olhos se voltaram para Mary curioso – Sr. Nathan está fugindo as escondidas e recrutando novos Semideuses?

- Desculpe – Bradley murmurou, sem um pingo de arrependimento.

- Ele foi de grande ajuda, pelo menos – Percy tentou ajudá-lo.

- Vou explicar – Começou Brad, todos estávamos o olhando. Até aquele momento ele não havia contado sobre como foi parar lá para ninguém – Confesso que fiquei preocupado com Maila e estava louco para ir junto para cuidá-la. Mas eu não podia e não desobedeceria às regras do acampamento. No dia que vocês partiram - Olhou para mim - eu estava voltando para meu chalé, pois passei a noite com minha namorada – Seu rosto estava começando a corar – todos do chalé de Afrodite estavam dormindo, assim que deitei em minha cama escutei sussurros. Era Sophia. Ela estava fora do chalé, perto da porta dos fundos, que era perto da minha janela e dava para escutar. Espiei com quem ela estava cochichando e era ao telefone. Escutei toda conversa da parte que ela falava sobre uma ''passagem secreta''. Após esta parte, ela saiu com uma mochila e eu peguei algumas coisas que estavam a meu alcance e resolvi segui-la. Ela não parava de caminhar pela floresta e quando me dei conta estávamos longe demais, resolvi ir até o fim. Soube quando passamos pela passagem que tinha algo a ver com a missão de vocês. E meu medo era tanto que ela pudesse fazer algo de ruim a Maila... – Ele olhou para Quíron – Sei que errei, mas não me arrependo.

- Ele na verdade salvou nossa pele – Disse Annabeth – estávamos encrencados, Percy mais ainda, Bradley matou o titã que estava prestes a atacá-lo, graças a suas habilidades no arco e flecha. Mandou bem – Annabeth sabia muito bem como convencer Quíron.

Contamos todo o resto para ele, e ele disse que Bradley fez a coisa certa, mas antes deveria tê-lo avisado. Contei sobre Mary e Perséfone apenas a parte que todos sabiam. O segredo era nosso e estava tudo bem.

Depois fomos cada um para nossos chalés e descansamos muito. Mary ficou no meu chalé, até soubermos de qual ela faz parte.

No outro dia.

Estávamos todos no refeitório, comendo nossas refeições, Sr.D apareceu. Era a vez de Mary ser apresentada ao acampamento, era a vez dela passar vergonha, coitada. Ele a chamou e antes mesmo de subir no palco, uma coruja marrom esbranquiçada parou em seu ombro, juntamente com uma luz ofuscante em sua cabeça. Era um sinal de Atena, Mary era filha de Atena. Todos olhavam-na admirando-a, e o chalé de Atena ficou contendo batendo muitas palmas. Não era atoa que ela era tão esperta com tudo. Até mesmo Sr. D parecia feliz.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...