1. Spirit Fanfics >
  2. A nova manager (imagine Jimin) >
  3. (Cap.8)Anjo protetor

História A nova manager (imagine Jimin) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Aiiii eu não aguentei tinha que postar logo eu tava com essa ideia na cabeça a alguns dias e quando eu vi que iria escrever eu não me aguentei e escrevi logo espero que gostem e boa leitura

Capítulo 8 - (Cap.8)Anjo protetor


Capítulo anterior:

Jimin:Tô escutando...

Continuação:

S/n:Pensa mesmo que eu fiz um aborto? -diz quase soluçando de tanto chorar-

Jimin:Eu... - ela me interrompe-

S/n:Eu pensei que era diferente, quer saber dessa porra? EU NÃO ABORTEIIIII, EU FUI DOPADA E ENQUANTO EU ESTAVA INCONCIENTE ME DERAM UMA PÍLULA DE ABORTO TÁ SATISFEITO? -grita e logo após desaba sobre a cama e começa a chorar, eu tento ir até ela mas desvia-

Jimin:Desculpa eu... não sabia -digo meio cabisbaixo-

S/n:Não quero saber das suas desculpas, por mim você guarda elas pra você -diz saindo do quarto-

                  _S/n opv_ 

Saio do quarto correndo e chorando, eu não sei o por que eu disse tudo aquilo pro Jimin, por um momento eu me lembrei do Leandro e acabei descontando em Jimin. Estava andando pelo corredor quando vejo Yoongi e Jungkook, tento passar longe para que não me vejam mas foi em vão 

Jungkook:S/n, cadê o Jimin? - Minha única reação é sair correndo, entro no primeiro táxi que vejo e vou para uma praça não muito longe do apartamento-

Estava andando quando fico pensando o que eu tinha, os médicos não disseram nada pra mim, eles devem ter dito aos meninos mas eu não vou perguntar pra eles eu não to em condição de olhar para qualquer um deles e pensando bem não deve ser nada demais já que eu tive alta. Vejo uma arquibancada fazia então vou até a mesma e sento no meio

S/n:Por que Jimin? Por que comigo? O que eu fiz pra merecer isso ? -digo olhando pro céu-

Xx:Falando sozinha ? -derrepente aparece um garoto de olhos verdes pele levemente morena e cabelos castanhos provavelmente não era asiático-

S/n:É eu sou doida, tão doida a ponto de matar alguém - digo encarando o mesmo-

Xx:Calma eu só queria te ajudar, vi que estar sozinha pensei que quisesse companhia -diz levantando as mãos em formas de rendimento-

S/n:Se eu estou sozinha é por que eu não quero companhia -digo saindo-

Xx:Você estava chorando, aconteceu algo?-diz segurando meu ombro-

S/n:Eu já disse que sou doida, doidos choram por nada - digo tirando a mão do mesmo do meu ombro-

Xx:Ahh eu tentei, agora eu sei por que estar sozinha - ele diz e eu saio correndo chorando-

Ja estava um pouco longe do local quando começo a sentir cólica novamente me sento numa calçada próxima e fico esperando até a dor passar

Xx:Você corre muito rápido, desculpa aí pelo o que eu disse eu só queria te ajudar -diz me vendo sentada na calçada ofegante-

S/n:Saiiii.... -digo com dificuldade-

Xx:Estar sentindo o que? Vem eu vou te ajudar -diz me pegando no colo-

S/n:Eu...ja di...s..s...e pra .. ir... embora -digo intercalando a gemidos de dor-

Xx:Para de ser orgulhosa eu prometo que te levo ao hospital e nunca mais nos vemos -diz me colocando dentro de um táxi-

Chegamos no hospital as dores estavam muito fortes eu realmente não sei como aguentei assim que fui medicada pude falar o com o tal garoto que me ajudou sem nem saber meu nome 

Xx:Só vim vê se estar bem, eu já estou se saída -diz na porta ainda-

S/n:Espera, vem aqui - digo e o mesmo fica perto da cabeceira da cama e eu o abraço-

Xx:Uou, por essa eu não esperava -diz sorridente e surpreso-

S/n:Eu tinha acabado de sair do hospital, se não fosse você não sei o que seria de mim obrigado mesmo -digo dando um sorriso-

Xx:Mas se lhe deram alta, por que sentia dor?

S/n:Eu não sei vai vê eu não poderia correr, eu não sei o que eu tinha por que os médicos falaram com uns amigos e bom... eu não quero falar com eles no momento

Xx:Daqui a pouco o médico vem aqui falar com você, bom... agora eu vou cumprir minha promessa, melhoras gatinha -diz levantando a mão-

S/n:Qual seu nome? -digo antes que o mesmo saia-

Xx:Felipe e o seu gatinha?

S/n:Concerteza não é gatinha, meu nome é S/n

Felipe:É brasileira né?-diz em português-

S/n:Sim e pelo visto você também -diz e o mesmo apenas balança a cabeça-

Médico:Senhorita S/n.... -diz balançando a cabeça em negação-

S/n:Doutor por favor seja direto

Médico:Eu acho que eu fui bem claro com o seu namorado nada de fazer forças e em menos de 1 hora você volta aqui por que passou mal enquanto corria -diz balançando a cabeça-

S/n:Primeiro ele não é meu namorado é segundo eu nem sei o que eu tenho como vou saber que não poderia correr?

Médico:S/n é simples você fez um aborto e os resíduos não foram tirados ou seja pra expulsar esse resíduos seu útero estar inchado por isso as cólicas cada vez mais fortes, podemos tratar isso com medicamento, repouso e uma alimentação adequada mas se continua a desobedece as medidas que eu disse você só terá uma chance a cirurgia e sendo bem franco com você menos de 20% das mulheres que fazem essa cirurgia sobrevivem pra contar história -fico perplexa e não consigo dizer nada-

Felipe:Pode deixar doutor ela vai cumprir todas as medidas -diz se despedindo do médico-

Médico:Pode ir assim que terminar de tomar o soro -diz saindo-

Felipe não desgrudou em momento algum quando chegou a hora de ir embora ele me levou até o apartamento assim que chego digo para o mesmo entrar

Felipe:Entregue, por favor descansa amanhã eu venho te vê 

S/n:Até agora me pergunto o por que de você estar me ajudando -digo sentando na cama-

Felipe:Você me lembra minha irmã, nunca nos conhecemos dês de que meu pai se separou da mãe dela e casou com minha mãe nunca mais teve contato com ela eu lembro que uma vez ele me mostrou uma foto dela mas faz tempo e eu nem sei seu nome

S/n:Ah.. pensei que você morasse aqui

Felipe:E moro, faço faculdade aqui a uns 2 anos 

S/n:Entendi, eu me mudei pra cá faz pouco tempo eu gerencio a carreira de um grupo de k-pop 

Felipe:Que chique -diz começamos a rir-

S/n:Bem que você poderia me fazer companhia né? 

Felipe:Queria só que amanhã eu tenho aula cedo na faculdade, assim que sair eu venho vê você pode ser ?

S/n:Tudo bem então meu anjo protetor-digo levando o mesmo até a porta-

Ia fechando a porta quando Jungkook entrar em meu apartamento 

Jungkook:O que você fez com o Jimin? -diz furioso-

S/n:Eu não fiz nada 

Jungkook:Fez sim, você fugio do hospital e dês de lá Jimin não para de chorar pensamos que você fosse diferente -me parte o coração ouvir aquilo nunca pensei que Jimin choraria por mim-

S/n:Ele não acreditou em mim e eu acabei passando um pouco dos limites, eu também fiquei muito abalada e acabei passando mal de novo eu ia pedir desculpas agora 

Jungkook:Como assim não acreditou? -vejo que sua voz começa a ficar mais suave acho que sua raiva passou-

S/n:(Explico toda a história pra ele) 

Sai em direção ao quarto do Jimin e assim que ele me enxuga suas lágrimas e me olha com uma cara de furioso

Jimin:O que faz aqui? -diz frio-

S/n:Eu vim pedir desculpas -digo meio sem jeito-

Jimin:Guarde suas desculpas pra você 

S/n: Jimin me escuta

Jimin:Eu pensei que você era especial, que era diferente das outras mas vejo que não né eu me enganei, mas numa coisa eu estava certo eu sinto sentimentos fortes por você -nesse momento meus olhos enchem de lágrimas, Jimin estava dizendo que gostava de mim? Era isso?-

S/n:Eu... também 

Jimin:eu sinto sentimentos fortes por você sentimentos de ódio, nojo, pena...

S/n:Eu não vou ficar seus insultos calada não se pensa que vai me xingar que vai me pisar e eu vou ficar calada tá errado eu não vou ficar por baixo se quer grita eu vou gritar se quer xinga eu vou xinga também - digo apontando pro mesmo-

Jimin:Agora você estar mostrando quem é de verdade né? Pa-ra-bens -diz batendo palma-

S/n:Cansei Jimin eu não vou ficar aqui ouvindo você falar besteiras mas tenho que te agradecer por ser esse garoto mimado e fútil que você é, pelo menos assim eu conheci meu anjo protetor ele sim me entende, ele não tem uma vidinha perfeita e nem tenta se passa por perfeitinho 

Jimin:Finalmente achou alguém que te merece né fico feliz por que garota é o que não me falta -diz saindo do quarto em direção a sala e eu viu atrás do mesmo-

S/n:estando longe de você tudo é bom - digo chegando na sala-

Jimin: gente tenho um comunicado a fazer o antigo Jimin voltou, chega de ficar todo idiota por uma mulher que não me merece hoje nos vamos sair e EU VOU PEGAR TODAS -grita e meu coração parte em mil pedaços em ouvir aquilo-

Saio sem dizer nada em direção ao meu quarto onde coloquei o som no último volume e comecei a chorar 


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim beijos nenens


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...