História A Nova Ordem - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Jessica, Taeyeon, Tiffany, Yuri
Visualizações 33
Palavras 5.042
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DEMOREI MUITO SOCORRO

Pelo menos esse cap final ta cm FUCKING 5000 PALAVRAS, fiquei 3 anos escrevendo.


Bom, prepara ae o coração.


Dsclp os erros ae blza? Nem vi se tinha erro a

Capítulo 4 - Final


Após nossa conversa com James, decidimos voltar para nosso hotel crendo que Yuri ja teria chegado. Admito que James é um cara bem estranho, eu estava com um pé atrás em sua historia toda, algo me dizia que algo estava completamente errado.

De repente, as pessoas na rua começaram a ficar agitadas, o céu estava cinza e começara a cair gotas de chuva, pessoas esbarravam em mim em desespero para se esconder em algum abrigo, algumas me olhavam feio mas outras me olhavam com medo, eu nem ligava, sabia que a maioria das pessoas ali eram mães que tentavam proteger seus filhos das frias gotas de agua que caiam em seus pequenos rostos. A chuva ganhava mais intensidade, isso fez Tiffany colocar sua touca que antes não estava em sua cabeça, sentia a lama fria entrar dentro de minhas botas de couro, aquilo certamente incomodava, mas não atrapalhava.

Algum tempo depois, a chuva ja estava ficando mais fraca ao mesmo tempo em que o céu perdia sua claridade. Dei mais alguns passos até que notei um movimento em uma parte da rua mais escura que o normal.

-Fiquem aqui - Susurrei para minhas companheiras enquanto aproveitava a distração dos dois homens que tentavam arrastar um inocente menino para a Taverna que até então não havia visto. Em silencio andei até os guardas sem ser vista, quando cheguei em suas costas fiz um movimento com minha mão direita fazendo a lâmina da minha Hidden Blade sair ficando visivel e tirei minha machadinha do cinto em seguida acertando as costas dos dois ao mesmo tempo fazendo os corpos cairem sem vida, o garoto não ficou para ver a cena, quando sentiu seus braços livres não demorou para correr no sentido contrario. Olhei para os meus pés com barro e sangue por alguns segundos antes de sentir alguma presença atrás de mim.

-Taeyeon! - Gritou Jessica enquanto corria em direção a um predio de 5 andares. Olhei por um segundo para trás e percebi que os 5 guardas que estavam de guarda na Taverna viram a cena e vieram com ódio em minha direção. Comecei a correr rapidamente para o mesmo lugar em que minhas companheiras foram, escalei rapidamente a parede sorrindo ao ver que 4 dos guardas sairam de minha cola, o outro me seguia sem ficar para trás, continuei escalando janela por janela desse predio até chegar finalmente onde Jessica e Tiffany estavam, peguei na mão de Tiffany como apoio para subir mais rapido, o que eu não esperava era que o pequeno guarda iria conseguir segurar meu pé o que causou um grande desequilibrio de minha parte.

- Não solta Fany! - Gritei em desespero sentindo minha mão molhada pela chuva escorregar aos poucos, tudo ficou pior ainda quando meu pé que estava de apoio escorregou pelo barro em sua sola me fazendo ficar pendurada com um rapaz pesado me segurando pela perna. Olhei para o homem e tentei balaçar a perna até o mesmo cair, quando percebi que isso só estava piorando a situação olhei rapidamente para Tiffany que estava fazendo um grande esforço junto com Jessica que segurava minha amada pela cintura, voltei meu olhar para o rapaz e percebi que ele agora estava levando sua mão em sua faca, percebi que a exatamente 1 metro de onde iriamos cair tinha um monte grande de folhas secas, elas com certeza iriam me proteger de ossos quebrados. Aproveitei que a mão de Tiffany estava me segurando por um fio e me balancei de um lado para o outro, até que eu me joguei.

- TAEYEON! - Gritou Tiffany desesperada. O rapaz levou um susto, ele não sabia que eu iria soltar de uma hora para outra, senti minha perna ficando livre de seu aperto e logo sorri abrindo os braços para completar esse salto da confiança, fiquei alguns segundos no ar e cai perfeitamente no meio das folhas secas que não me deixaram com nenhum arranhão, ja o rapaz de antes não teve muita sorte, levantei minha cabeça a tempo de ver seu corpo caindo em um banco na calçada, certamente ele deve ter quebrado o pescoço e morrido. Rapidamente andei até o corpo do garoto e escondi o mesmo nas folhas secas de antes, aproveitei que os outros guardas não estavam ali e escalei novamente o predio, ao chegar no topo sem problemas fui surpreendida por uma Tiffany desesperada me abraçando e passando a mão em meu rosto vendo se estava tudo bem bem.

- Calma ai Fanyzinha, eu sou uma assassina, não vou morrer tão facil assim - Falei rindo fraco sentindo o abraço apertado de minha amada.

-Você me matou se susto….

~~~

Andamos de volta para o hotel nessa noite fria e chuvosa, quando chegamos na portaria eu ja estranhei o fato do Senhor Carismatico que cuida da entrada não estar ali. Subimos as escadas com calma até chegar na frente de nosso quarto no terceiro andar, eu estava bem cansada, apenas ouvia a conversa animada de Tiffany e Jessica. Peguei as chaves em meu bolso mas paralisei ao empurrar um pouco a porta e constar que ela estava arrombada.

- Atenção! - Sussurrei com firmeza para as mulheres que pararam de conversar na hora. Nós três ficamos em posição de ataque e entramos dentro do quarto, a atmosfera estava sombria, o quarto estaria completamente escuro se não tivesse uma leve luz da rua que entrava por um pesqueno espaço na janela aberta, senti um cheiro ferroso de sangue no ar, fui seguindo as marcas de sangue no chão com os olhos até perceber que tinha um corpo em minha cama que gemia baixo de dor. Andei lentamente até o corpo sem deixar de abaixar as armas, forcei minha vista tentando ver o rosto dessa pessoa, agradeci quando Jessica ligou a luz e eu pude ver claramente.

- Yuri??- Falei junto com Tiffany surpresa. Yuri segurou meu pulso com sua mão ensanguentada.

- Tae… - Sussurrou. Fui empurrada por Jessica que sentou desesperada ao lado de sua amada enquanto passava sua mão por uma parte não ferida de seu rosto. Percebi que Yuri tinha um corte que ia de seu queixo até seu tapa olho.

- Quem fez isso Yuri?- Perguntou Tiffany enquanto observava Jessica indo buscar uma caixa de medicamentos.

- Um bastardo de cartola e terno me atacou de uma hora para outra, esse idiota me cortou sem nenhum motivo, eu nem fiquei para pedir explicações, não quero mais problemas com homens de cartola - Parou de falar no exato momento em que Jessica chegou com a caixa. Eu entendia o problema de Yuri com homens de cartola, seu pai era fanatico por esse tipo de chapéu, exatamente 6 anos atrás Yuri chegou de seu trabalho na plantação e viu seus pais brigando como sempre brigavam, sua mãe usava seu classico vestido azul claro e seu pai usava sua cartola favorita que era preta e tinha uma fita vermelha como detalhe, parecia a briga de sempre mas seu pai enfiou uma faca no abdomen de sua mãe, Yuri ficou desesperada e correu até seu pai com uma enxada que carregava nas mãos com o objetivo de matar, mas falhou, seu pai conseguiu de algum jeito tirar a enxada de sua mão e a torturou arrancando o seu olho esquerdo, apenas no dia seguinte Yuri descobriu que sua irmã mais nova também foi torturada, mas ela não aguentou a dor.

- Ele parecia ser jovem?- Perguntei enquanto uma ideia apareceu em minha cabeça.

- Sim, ele era quase que um mule- AI SICA - Reclamou enquanto sua amada limpava seu ferimento. Olhei para Tiffany e percebi que ela teve a mesma ideia que eu.

- Você acha que quem fez isso foi o James?- Me perguntou. Sentei no pé da cama e tirei minhas botas sujas- Algo me avisou que ele não era confiavel.

- J-James? - Perguntou Yuri segurando os gritos de dor, Jessica estava praticamente bordando em sua pele, nós não tinhamos tempo para ir em hospitais e a maioria deles não aceitam assassinos- Aquele menino que sempre esta de terno e que tem uma cara de doido?

- Ele mesmo, aquele de cabelo raspado - Respondi agora me deitando e colocando as mãos atrás da cabeça.

- Ele é meu primo, eu estava com ele nesse momento- Respondeu me deixando surpresa- Ele me encontrou quando eu estava saindo de minha missão, me contou toda a conversa de vocês, inclusive a ameaça da Baixinha marrenta - Todas deram risada, até mesmo eu. Por sorte James não era um espião.

- Yul pare de ficar virando a cabeça! - Disse Jessica enquanto segurava o queixo de sua amada e virava seu rosto.

- Yuri você percebeu que sujou a cama da Taeyeon né? - Tiffany apontou para o meu travesseiro que estava com uma mancha enorme. Levantei minha cabeça e mesmo Yuri estando de costas eu percebi um certo sorriso sem graça em sua face.

- Logo o meu lado da cama?!- Falei fingindo estar com raiva - O travesseiro é do hotel mesmo, é só pagar

-Estava muito escuro poxa, não tinha visto nem se esse era o nosso quarto, mas graças ao Senhor da portaria eu não entrei no lugar errado, aliás, eu arrombei a porta, eu não estava com a chave- Falou abrindo um sorriso largo quando Jessica terminou seu trabalho- O Senhor foi até comprar um remedio para mim, mas ele ainda nem chegou.

Yuri se levantou de minha cama ficando de frente para Jessica que sorriu e deixou um beijo calmo em seus labios.

---

Algumas horas depois do ocorrido, nós quatro decidimos que deveriamos dormir bastante, no dia seguinte iriamos precisar de muita energia. Yuri depois de uma hora de briga com Jessica falou que iria participar de nossa missão mesmo ferida, admito que Jessica estava certa ao falar que esse machucado poderia atrapalhar, mas Yuri é muito importante para a missão.

Fiquei alguns minutos dentro da pequena banheira de água quente até que decidi que ja estava na hora de liberar o banheiro. Sai da banheira e pisei com os pés molhados no chão de madeira mofado, rapidamente peguei a toalha rasgada do hotel e passei em meu corpo nu retirando a água que ainda estava presente, eu estava fazendo tudo com muita calma mas meu coração bateu mais forte quando a porta do banheiro foi aberta revelando uma Tiffany maliciosa entrando.

- O que está fazendo bastarda?!- Gritei enquanto jogava a toalha em seu rosto que logo foi tomado por um sorriso largo.

- Shhhh, Jessica e Yuri estão dormindo- Sussurrou enquanto encostava a porta em silencio. Andou em minha direção praticamente me engolindo com seu olhar - Cada dia que passa você fica mais bela Taeyeon.

Sorri de lado enquanto sentia as mãos quentes de Tiffany em minha cintura logo em seguida seus labios foram parar nos meus iniciando um beijo quente. Eu sempre dominava, mas percebi que dessa vez quem iria dominar seria minha amada. Sentia suas mãos passando por meu corpo enquanto as minhas tentavam retirar suas peças de roupa, com poucos toques, eu ja sentia minha intimidade molhada.

- Eu não estava mais aguentando ficar sem você Tae- Sussurou em meu ouvido deixando meu corpo arrepiado me fazendo responder apenas com um gemido por conta da forte sensação.

Quando Tiffany ja estava nua como eu, senti novamente suas mãos em mim juntamente com seus labios agora em meu pescoço, não parou por ai, seus beijos molhados foram descendo até meus seios, quando Tiffany chegou na parte em que eu queria ouvi uma batida na porta

- Ei casal, eu quero escovar os dentes!- Gritou uma voz abafada que eu identifiquei como Jessica.

- Droga… - Sussurei enquanto dava um beijo rapido em Tiffany antes de virar minhas costas e procurar minhas roupas.

Quando sai do banheiro me deitei com Tiffany em nossa cama e fiquei observando seu belo rosto, minha namorada era a pessoa mais bonita que eu ja vi, ela era simplesmente linda.

- O que você tanto pensa Tae?- Perguntou enquanto passava sua mão em meu rosto.

- Em você - Abri um sorriso quando vi Tiffany ficar sem graça e seu rosto ficar tão vermelho quanto sangue. Não falamos mais nada depois disso, ficamos apenas fazendo carinho uma na outra até que eu acabei pegando no sono vendo esse anjo em minha frente.

~~~

Abri meus olhos lentamente fazendo uma leve careta por conta da luz que entrava pela janela, olhei para o lado da cama de Tiffany e percebi que estava vazia assim como a cama das outras. Me levantei rapidamente da cama logo indo para o banheiro escovar os dentes, fiquei alguns minutos dentro do pequeno espaço até que minha acabou sentindo falta de alimento, ela fazia tanto barulho quanto um porco do mato que eu matei quando adolescente. Sai do banheiro e fui até o lugar onde minhas vestes normais estavam dobradas e vesti as mesmas, era apenas uma calça preta de algodão e uma camiseta de manga longa, virei as costas indo em direção a porta e me surpreendi qundo vi as três garotas entrando animadas no quarto enquanto jogavam um pacote em minha direção.

- Ta ai seu café da manhã - Disse Yuri sorrindo fraco, seu machucado estava bem vermelho e seu rosto estava um pouco estranho, mas admito que minha amiga continuava bela mesmo assim.

- Onde vocês foram?- Perguntei enquanto abria o pacote de papel marrom e encrontava um pão qualquer junto com algumas frutas.

- Você estava demorando muito para levantar então decidimos ir tomar café fora sem você - Disse Jessica enquanto andava até sua cama e se jogava nela. Peguei meu relógio de bolso que estava preso em minhas vestes de trabalho e percebi que ja passava do horario do almoço, suspirei fundo e decidi colocar minhas vestes de assassino, em menos de 5 horas nós iriamos colocar nosso plano em ação, nós decidimos que eu iria olhar e analisar o espaço da Taverna antes de entrarmos em ação.

- Eu ja volto - Falei enquanto abria a porta e colocava meu capuz. Respirei fundo mais uma vez enquanto sentia a mão de minha amada em meu braço me puxando em sua direção, virei meu corpo ficando praticamente colada em Tiffany, em seguida senti seus delicados labios deixarem um beijo calmo nos meus, sorri fraco no final do beijo e finalmente sai do quarto.

Desci as escadas do hotel e encontrei o pequeno Senhor da portaria sentado no mesmo banco de sempre.

- Bom dia! Você poderia entregar isso aqui para sua colega de ontem? - Perguntou enquanto entregava um pequeno frasco com remedios para dor, peguei de sua mão e sorri para o mesmo. Sai para o lado de fora do hotel e olhei uma ultima vez para o rosto confuso do Homem, comecei a escalar as paredes do hotel até que eu cheguei em nossa janela.

- Remedio para a Yurão! - Gritei enquanto jogava o frasco de remedio na cabeça de Yuri que estava deitada em sua cama a alguns metros da janela.

- Que susto sua bastarda! - Gritou se levantando da cama e me olhando feio enquanto se praparava para jogar uma pedra de gelo que estava em sua mão. Rapidamente continuei escalando o hotel antes que Yuri me matasse com pedras de gelo.

Andei por alguns minutos no telhado de algumas casas até que finalmente cheguei em um pequeno predio ao lado da taverna, me abaixei e observei o local com minha visão aquilina, percebi que tinha dois guardas armados no telhado que ficavam andando de um lado para o outro, mas percebi que eles tinham um padrão, andavam até o limite do telhado, esperavam alguns segundos e depois andavam novamente. No andar de baixo percebi que nas duas entradas principais ficavam dois guardas enormes em cada, dentro de um dos patios tinha apenas um guarda que ficava andando por dentro. Voltei com a minha visão normal e me levantei de onde eu estava antes, tirei o pó de minha calça e olhei uma ultima vez para o local percebendo que seria facil entrar e assassinar nossa vitima com sucesso.

Voltei para o Hotel do mesmo jeito de antes, cheguei no telhado velho e fragil logo vendo uma pessoa olhando para as montanhas que identifiquei ser Tiffany.

-Fany? - Coloquei minha mão em seu ombro e senti seu corpo ficar tenso por alguns segundos. Olhei seu rosto e notei uma lagrima discreta escorrer, sua bela face estava vermelha, seus olhos estavam inchados e sua boca tão vermelha quanto sangue. - O que aconteceu? - Depois disso Tiffany desabou em lagrimas enquanto se jogava em meus braços, minha roupa estava ficando molhada por conta de seu choro desesperado, abracei o corpo de minha amada com força enquanto passava minha mão por seu cabelo escuro e macio.

- T-Tae - Tentou falar mas se atrapalhou em meio aos soluços - A-Algo vai dar e-errado eu…. E-Eu estou s-sentindo Tae.

Ouvi suas palavras e respirei fundo tentando acalmar meus pensamentos, Tiffany tinha essa habilidade de "sentir o futuro" assim como minha visão aquilina, a chance de ela estar certa é de 80%.

- Você só está cansada Fany, vai dar tudo certo- Beijei sua testa tentando acalmar a mulher em meus braços. Ficamos algum tempo abraçadas até que nos separamos por conta de Jessica gritando na janela.

- Tiffany! Ja está quase na hora! - Disse se referindo a nossa missão. Olhei para Tiffany que ja havia parado de chorar e sorri

- Quem chegar primeiro ganha! - Falei logo correndo em direção ao final do telhado e descendo em direção a janela do nosso quarto, Tiffany veio atrás e de algum jeito conseguiu chegar primeiro no quarto.

- Vamos nos organizar!- Yuri falou com firmeza enquanto cruzava as pernas.

---

Abri a porta de madeira barulhenta do restaurante, andei calmamente ouvindo o barulho de minhas botas em contato com o chão, respirei fundo o cheiro de comida pronta vindo de uma das mesas ocupadas no espaço, meu olhar passou por todas as mesas do local até que vi uma pessoa especifica

- Vocês estão prontas? - Disse James que estava em uma mesa em um canto escuro do local, dessa vez ele usava apenas uma camisa social e estava sem cartola, pela primeira vez vi seus cabelos e descobri que eles eram raspados apenas nas laterais.

- Estamos - Respondemos jutas enquanto sentavamos nas cadeiras vazias.

-Vamos revizar o plano novamente - Disse Yuri enquanto encostava as costas na cadeira, cruzava os braços e olhava fixamente para seu primo que arrumou sua postura incomodado.

- Taeyeon e eu iremos entrar por cima- Começou Jessica logo apoiando seus braços na mesa - Yuri e James simplesmente vão começar uma briga para distrair os guardas exatamente 5 minutos depois que Tiffany entrar, enquanto isso Tiffany irá deixar nossa vitima com uma desculpa de que vai ver o que está acontecendo, quando nossa vitima finalmente estiver vulneravel, touché.

- Você vai fazer o que? - Perguntou Yuri que apoiou sua cabeça em sua mão.

- Alem de eu estar planejando isso eu também irei matar alguns guardas para ajudar - Falou enquanto ficava apoiada em apenas 2 pernas da cadeira.

- Certo, então vamos? - Disse Tiffany jogando uma mala com alguns intrumentos e uma roupa de templario na mesa. Peguei uma mascara de ferro que cobria metade de meu rosto, ela era cinza e simples, evitaria futuros ferimentos. Todos pegaram alguma coisa da mala, Yuri pegou uma Zarabatana com alguns dardos venenosos, James pegou uma Hidden Blade velha e Jessica pegou uma corda com uma flexa na ponta. Por ultimo Tiffany pegou sua vestimenta templaria e se trocou rapidamente no banheiro.

- Vamos? - Ouvi uma voz atrás de mim que eu conheço muito bem, me virei lentamente e dei de cara com uma Tiffany simplesmente… Maravilhosa.

- Wow- Falei sem perceber enquanto olhava o seu belo corpo com uma roupa cor vinho que ficava perfeitamente bem, essa roupa destacava suas curvas ao contrario das roupas de assassino.

- Pare de babar Taeyeon - Falou Yuri enquanto ria de minha face.

Andamos algumas ruas até que chegamos na frente de uma casa ao lado da Taverna, cada uma de nós acabamos indo para lados diferentes. Escalei junto com Jessica a pequena casa e depois escalamos o muro da Taverna, quando cheguei no telhado percebi que os guardas estavam de costas e me escondi rapidamente em uma chaminé que saia do telhado, Jessica ficou pendurada enquanto esperava o plano entrar em ação, percebi que Tiffany estava acompanhada de 2 guardas na Taverna em baixo de Jessica.

- Seja Bem-Vinda Srta…? - Ouvi a voz de um dos guardas. Prendi minha respiração esperando sua resposta

-Seohyun - Respondeu Tiffany inventando um nome qualquer. Soltei minha respiração enquanto pegava meu relógio de bolso contando os 5 minutos.

- A Senhorita é irmã de Yoona? - Agora ouvi a voz entrando na Taverna.

- Ahn… sou sim - Respondeu nervosamente. Eu ainda acompanhava os minutos no relógio, contei os 3 segundos que faltavam e ouvi imediatamente gritos na rua de terra, o plano começou.

Vi exatamente quatro guardas correrem para a entrada principal para ver o que acontecia, Jessica subiu no telhado e rapidamente correu em direção de um dos guardas que matou em um piscar de olhos, vi a mesma puxar a corda de seu cinto e jogar na direção do patio que eu percebi ter um guarda perdido que acabou sendo enforcado. Depois de alguns minutos observando Jessica percebi que esqueci de fazer minha parte, bati minha mão na testa e virei na direção do outro guarda, eu juro que meu coração errou uma batida quando eu dei de cara com o cano de uma arma quase que em meu rosto, sorri sem graça vendo o guarda sorrir vitorioso, o sol atrapalhava minha visão e senti uma gota de suor escorrer por meu rosto enquanto eu levantava meus braços, deixei o guarda pensar que tinha me domado, mas ele estava completamente enganado, em um movimento rapido pulei na direção de sua grande arma e segurei ela com meus braços fazendo o cano da arma passar por baixo dos mesmos, instantaneamente ouvi o disparo alto da arma, eu não poderia perder meu tempo então rapidamente enfiei minha lamina da Hidden Blade em seu pescoço. Deixei o homem se contorcendo no chão e corri até o espaço aberto da taverna, olhei para o primeiro patio e vi o caos que estava, vi Jessica lutando com um grupo de guardas junto com Yuri, alguns guardas procuravam de onde veio o tiro, eu não tinha muito tempo… Corri até o segundo patio e vi duas pessoas iguais lutando.

- Droga! - Gritei enquanto tentava identificar quem era quem naquela luta um tanto que… sangrenta. Ainda com minha lamina aparecendo me abaixei proximo ao limite do telhado e forcei a vista, vi Jessica entrar correndo no segundo patio com o rosto completo de sangue, aparentemente o sangue estava saindo de um corte fundo em sua testa e um pouco saia de sua boca.

- T-Taeyeon! Rapid- Jessica foi atacada por um guarda que enfiou uma faca em seu ombro, logo ouvi gritos saindo da garganta de Jessica quando mais guardas se jogavam em cima da mesma quando acabou perdendo o equilibrio e caiu no chão. Meus olhos se arregalaram em desespero, vi que a briga dos clones havia acabado quando uma das duas se levantava do chão e a outra corria na direção de Jessica, deduzi que foi Tiffany que saiu correndo por conta de seus cabelos compridos e brilhantes, me preparei para saltar enquanto respirava fundo, fechei meus olhos e tentei me concentrar por alguns segundos mas os gritos de dor de Jessica não deixaram, abri meus olhos e saltei confiante nas costas da mulher vestida de cor vinho como Tiffany, durante minha queda percebi que Yuri havia atirado um dardo envenenado no pescoço da mulher, minha facada seria apenas para matar de vez, suspirei de alivio quando senti a lamina de minha Hidden blade rasgar sua carne. Sorri vitoriosa vendo minhas mãos manchadas com o sangue de minha inimiga.

- Isso! - Comemorei tirando a lamina de suas costas. Meu sorriso era tão grande que parecia que iria rasgar meu rosto, mas a minha felicidade sempre durou pouco, ouvi som de palmas e procurei a fonte sem entender nada, quando achei fiquei sem entender mais ainda.

- Parabens sua bastarda - Eu não entendia o que estava acontecendo, se a tal de Yoona estava em pé, quem era a pessoa que eu…

Levantei e coloquei meus dois pés com firmeza no chão de pedra, levei minha mão até o ombro da pessoa e virei seu corpo lentamente, meus olhos se arregalaram e o ar sumiu de meus pulmões quando eu percebi que o corpo em que eu pulei na verdade era o de Tiffany.

- F-Fany?! - Gritei desesperada vendo o sangue sair em grande quantidade por sua boca. Minha mão foi até o dardo em seu pescoço que logo foi retirado revelando um pequeno furo vermelho

- D-Dó… Dói m-muito- Sussurrou fazendo uma expressão de dor pura. Peguei minha amada no colo sentindo as lagrimas transbordarem por meu rosto, corri em direção a alguma saida livre e passei por onde os guardas haviam subido em Jessica, minha vista ficou completamente embaçada quando vi os guardas em volta do corpo sem vida de minha companheira. Em um momento de distração acabei esbarrando em um corpo que barrou meu caminho, imediatamente cai sentada com Tiffany em meu colo, foi então que eu olhei para cima e vi aquele tapa olho que eu tanto conhecia, Yuri estava rindo sadicamente em minha direção, vi Yoona se aproximar e segurar a mão de Yuri.

- Essa aqui é minha irmãzinha TaeTae - Sorriu com os olhos arregalados o que deixava a situação mais assustadora ainda - Ja esta assustada Tae? Ainda tem mais… - Por um momento eu achei que na verdade eu estava morta quando vi Philip parar ao lado das duas completamente vivo.

- O-O que?- Perguntei em choque. Minhas mãos sujas de sangue tremiam, minha cabeça estava uma completa bagunça.

- Agora a Familia está completa né papai? - Quem falou foi Yoona. Só então percebi que os três usavam tapa olho no olho esquerdo o que era estranho ja que quando lutei com Philip ele tinha os dois olhos, só depois de alguns minutos percebi que isso era uma mafia, onde todos usavam um tapa olho como identificação, era como uma ordem de assassinos, Guardas, chefes, novatos, veteranos, até mesmo os integrantes insignificantes usavam um tapa olho. Mais um pequeno detalhe que eu reparei foi o fato de Philip ter uma cicatriz no mesmo lugar em que Yuri e Yoona tinham um recente corte, os lideres usavam essa "identificação".

- Acho que você não está entendendo nada, certo? - Yuri se aproximou de minha pessoa e se abaixou em minha frente ficando com seu rosto proximo ao meu - Bom, tecnicamente nós matamos pessoas por vinganças, dinheiro, ou até mesmo por diversão… No seu caso foi por vingança!

- C-Como assim?!- Perguntei recuando meu corpo ao perceber o olhar ameaçador de Yuri.

- Você matou nossa familia! - Gritou Yoona chegando mais perto de mim. Abrecei mais forte o corpo tremulo de Tiffany que morria aos poucos, por minha causa… - Você matou as pessoas que nos amavam, que nos apoiavam, nossos motivos para viver, então… nós fizemos VOCÊ matar a sua pessoa.

Tudo começou a fazer sentido em minha cabeça. Yuri desde o começo deu sinais, mas eu nunca percebi, ela enganou a todas nós, foi ela, ela e sua familia que fizeram tudo isso, tudo por vingança. Como eu não percebi?! Isso estava tão claro desde o inicio!

Enterrei meu rosto na curva do pescoço de Tiffany e sussurrei em seu ouvido.

- Me desculpe Fany, eu não cuidei de você como eu deveria… a culpa foi toda minha - Chorei alto, ouvindo os gemidos baixos de minha amada - eu te amo muito, não se esqueça disso…

- Foi tão facil- Yuri pegou sua arma de seu cinto e lentamente colocou as balas enquanto continuava a falar- Nós, os novos assassinos iremos acabar com a raça de todos vocês, a nova ordem começa aqui!

E então tudo se passou em camera lenta, Yuri apontou sua arma inicialmente para mim, mas logo seu rumo mudou para a cabeça de Tiffany que levou um tiro certeiro em seu crânio.

- NÃO! TIFFANY! NÃAAAO! - Gritei desesperada tentando aceitar o que acabou de acontecer, olhei com odio para Yuri que sorria junto com sua familia.

- O troco foi dado - Falou em seguida cuspindo em meu rosto na frente de todos os guardas presentes que riram- Eu não posso te deixar viver depois de saber do nosso grande plano de acabar com os assassinos, mas não vou te matar - se aproximou novamente - você vai fazer isso por mim…

Observei a arma que Yuri deixou em minha mão, agora que Tiffany estava morta eu não tinha mais motivo para continuar, minha vida não fazia mais sentido. Observei o espaço em minha volta e percebi que eu não tinha mais como escapar, eu nunca iria sair viva.

Olhei uma ultima vez para o corpo palido de Tiffany enquanto levava a arma até minha cabeça, sorri tristemente ao relembrar de nosso primeiro beijo, nossa primeira vez, nossos momentos simples juntas, fechei meus olhos e deixei um beijo em sua testa antes de apertar o gatilho de uma vez.

Ouvi o disparo da arma e no mesmo momento apaguei por completo.








[Irene]

20/08/2256.

Acordei em um pulo, observei as fitas segurando meus braços e pernas na cadeira do animus. Senti meus braços ficando livres e finalmente notando que minha instrutora estava ao meu lado.

- Eu sinto muito por isso - Sorriu fraco - Essa memória foi um tanto que… impactante.

Senti minha boca seca por conta de ficar todo esse tempo dentro do animus, minha cabeça iria explodir a qualquer momento.

- Bom, agora eu irei deixar você dormir um pouco, deve estar exausta- Se levantou depois que tirou as fitas de meus pés.

Me levantei lentamente vendo sooyoung me olhando com curiosidade, olhei ao meu redor e vi todas as pessoas em minha volta recuperando lembranças de ancestrais assassinos e até mesmo templarios.

- Está tudo bem? - Perguntou uma ultima vez, eu apenas balancei minha cabeça positivamente - se precisar de ajuda me chame ok?

-O…K - Respondi lentamente, o animus me deixava um tanto que… retardada após os primeiros minutos apos o uso.

- E lembre- se… - Colocou seu tapa olho preto antes de continuar- A nova ordem sempre.


Notas Finais


Eae?



Ps: o bônus de Lista Negra fica pra depois rsrsrsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...