1. Spirit Fanfics >
  2. A Oitava Pessoa(imagine Bts) >
  3. Primeiro hot: o preço a se pagar

História A Oitava Pessoa(imagine Bts) - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Espero muito que gostem desse capítulo, é hot .
Boa leitura.

Capítulo 19 - Primeiro hot: o preço a se pagar


Fanfic / Fanfiction A Oitava Pessoa(imagine Bts) - Capítulo 19 - Primeiro hot: o preço a se pagar

Enquanto Jimim me olha eu olho minha mão que está vermelha, dolorida e um pouco inchada, olho pra Jimim. 

S/n:- se você quer que agente chegue vivo e inteiro, olha pra frente e não pra mim - o mesmo concorda e faz o que foi dito ironicamente. 

Jimim:- sua mão tá doendo muito?, deve ter quebrado ela e o queixo do cara com aquele soco - ele rir. 

S/n:- até que não, só um pouco dolorida - sorrio pra ele mas ele murmura.

Jimim:- você não vai me contar mesmo o sonho né.- ele da um sorriso falso de lado .

S/n:- eu sonhei que tava , quero dizer, NÓS estávamos beijando, e só tô te contando pelo selinho que aconteceu lá na praça- ele me olha arregalados e de boca aberta- JIMIM OLHA PRA FRENTE - ele quase bate o carro e continua a dirigir meio lerdo - era mais fácil  eu dirigir nervosa com dor na mão do que deixar você em transe dirigindo - fecho minha mão machucada .

Jimim:- então o sonho maravilhoso era comigo - ele bate no volante rindo e me lembro do que falei.

-quem é a peste que me acordou  do meu lindo e maravilhoso sonho -

S/n:- mas o é por que até no sonho eu beijo bem -coro rapidamente e meu rosto esquenta, nem sei o que tô dizendo. 

Jimim:- S/n você tá corando, você tá muito vermelha, parece uma pimentinha - nesse momento ele tá rindo muito da minha cara .

S/n:- não enche - abro a janela pra eu tomar um ar da minha vergonha - por que eu coro quando tô com vergonha -penso em uma opção - é doença, certeza,maldito rubor, preciso de um  médico, vou olhar isso depois - ouso Jimim debochar da minha cara .

Jimim:- doença, essa é boa - ele fala baixo e não consigo ouvir, viro para o lado encostando minha cabeça no cinto de segurança sem falar nada , não tenho que falar nada , a não ser pensar nessa doença. 



Chegamos em casa e eu vou direto a cozinha, vejo Jin bebendo água. 

Jin:- posso pegar uma carne congelada?- falo olhando para chão. 

Jin:- carne congelada?, aaa você deve ta com dor , não precisa, agente coloca saquinhos congelados, o Hoseok usa muito, dança sem parar igual um invertebrado e depois fica com dor - ele sorri, parece lembrar das cenas , ele vai até o freezer e pega.- aonde dói?- estendo minha mão e ele examina - eu conheço esse tipo de ferimento, você bateu em quem ?- ele coloca o gelo em meu machucado. 

S/n:- eu só estava defendendo alguém, não pergunte nada .- me lembro de Michelle, isso me faz lembrar de uma coisa que ela fez a 3 anos atrás, uma cena que nunca vou me esquecer, rio por um outro pensamento meu - o engraçado, é que eu estou sempre protegendo ela , ela é como uma irmã pra mim - deixo uma lágrima escorrer, me lembrando da noite de 3 anos atrás, uma cena que me atormenta nos meus sonhos e pesadelos, uma cena que marcou minha vida e sempre que me lembro, sinto o desespero que senti a 3 anos atrás.

Jin:- ei não chora , deve ser muito grave , eu não  vou te perguntar mais nada ok - ele limpa a lágrima que escorria. 

S/n:- quando ela sofre isso me machuca - sorrio pra descontrair da tensão e desespero que sentia - mas eu espero que eu esteja bem , vamos arrumar pra reunião - sorrio pro mesmo e ele concorda. - vou tomar um banho então - saio dali. 


Entro na banheira grande com água morna, pensando nos flash que vinha em minha cabeça. 

Flashback on ----

- Michelle,Michelle - corro até ela gritando fortemente - MICHELLE ,não faz isso, não faz isso comigo - choro muito quase não aguentando o peso, e sinto minha voz ficar baixa do pouco que falei e do tanto que gritei. -

Flashback off ----


Saio da banheira e pego uma das roupas que Jin escolheu pra mim e a langerie preta (capa), começo a lembrar do que fiz com eles - eu sou bem doída né - . Visto a roupa e decido me arrumar sozinha, pego algumas das minhas maquiagens e sigo as dicas que Michelle me deu , faço um esfumado marrom e aplicando junto com uma cor mais rosa vermelho, pego o pó compacto e vou passando das extremidades do nariz até o fim de meu rosto, pego o blush passando o bem pouquinho, decido passar um rímel e por último um batom vinho bem escuro. - não ficou nada mal- penso no quanto arrasei na make, pego o secador e seco o meu cabelo ,( autora: óbvio pra que mais serve,pra enfiar no cú da rainha Elizabeth?anta) decido usar a prancha, a pego - como se liga ?-, vejo alguém chegar .

S/n:- sua mão quebrou pra bater na porta?- olho ainda para o objeto em minhas mãos. 

Yoongi:- pra bater na porta sim mas pra bater em alguém não - consigo sentido malícia no ar.- uau, você tá um arraso - ele sorri indo pra perto de mim.

S/n:- valeu, mas como se usa uma prancha?-penso um pouco,o que ele está fazendo aqui ?- o que você quer?- olho pro mesmo. 

Yoongi:- coloca esse brinco em mim?- deixo a prancha de lado e pego o brinco.- você tem atração por líderes?- vejo ele morder os lábios. 

S/n:- não - sorrio fazendo o batom vinho se destacar em minha boca - por que sou eu quem mando - acabo de colocar o brinco no mesmo- não acredito que não consegue colocar um brinco -rio dele .

Yoongi:- não acredito que você não sabe usar uma prancha, uma garota - fico séria. 

S/n:- anda passa a prancha no meu cabelo, ai ficamos quites - ele pega a prancha ligando-a na tomada e deixando a esquentar, em seguida ele pega e passa em algumas mechas de trás do meu cabelo. 

Yoongi:- não acredito que alguém tá  mandando em mim - ouso ele rir - pronto, deixa os cachos esfriar e depois da uma desmanchada, coloca o cabelo atrás das orelhas - o mesmo vai andando até a porta. 

S/n:- mais alguma recomendação - sorrio me olhando no espelho. 

Yoongi:- a van já chegou .- ele sai .

S/n:- nem se quer avisa - pego uma bolsa rapidamente e coloco o batom outras coisas pra retoque e etc , dicas da Mii. Deço e saio do grande edifício entrando na van , dessa vez sentada ao lado do Jin. 

Jin:- sua mão só desenchou, ainda está vermelha, ainda dói?- ele pega minha mão a massageando. 

S/n:- sim , desconfortável mas suportável - sorrio e ele também , ficamos o percurso  todo em silêncio. 

Chegamos em um restaurante que parece ser bem chic, entramos e vejo que a galera do TXT tinha chegado junto com a gente, também tinha os representantes de outros grupos, Exo Kai, Exo -m Ztao, Mamamo Hwasa, Twice Jeongyeon,Red Velvet Yeri, Black pink Lalisa e Got7 JB. Sentamos juntos a eles, separadamente, eu me sento entre Kai e Lisa , a mesa é bem grande e hoje o restaurante foi reservado só pra nós, a mesa já estava farta e preparada, quando eu ia me servir , Huang Zitao coloca vinho em minha taça, agradeço , o mesmo da um sorriso para mim e eu retribuo desviando o olhar .

Kai:- você brigou ?- ele sussurra apontando para minha mão e eu acinto - eu não falo nada. 

S/n:- isso mesmo, não fale nada .- continuo prestando atenção na conversa. A reunião foi bem chata , eu sou bebi vinho, isso foi tudo para apresentar eu e a Lidyni, eu já percebi o motivo da conversa, era mais se alguém quiser fazer alguma participação comigo ou com ela para as músicas, perguntando opiniões, conversando, trocando umas ideia, conversa vai e vem , pra mim foi a maior bosta, eu só brincava e encarava a taça de vinho, Sejin também me avisou que amanhã cedo eu tenho seções de fotos com a naja (Lidyni) e uma entrevista com Sabrina Carpenter acompanhada com a Lidyni, levei numa boa, afinal é trabalho e o ótimo é que eu vou ter que usar o meu inglês , feliz estou, e quase bêbada, mas tô me segurando pra nada falar nada, não quero passar vergonha. 

Reunião acabou, Aleluia. 

Entro rapidamente na van só dando um tchau de longe pra todo mundo, pra não falar merda. 

Chegando em casa .

Todos os meninos já chegam entrando no quarto e eu também , tiro a roupa ficando sou de langerie, ouso a porta do meu quarto ser trancada, vejo Namjoon fazendo  sinal de silêncio vindo em minha direção, o mesmo me beija ferozmente e eu correspondo ele vai até o meu pescoço fungando e saboreando o cheiro do doce perfume que ainda está impregnado em minha pele. 

Namjoon:- lembra lá na loja - ele sussurra me causando arrepios - em que você me provocou, me deixando duro - ele morde o lóbulo de minha orelha e eu passo a mão debaixo da sua camisa social branca - esse é o preço a se pagar. - ele suspira rouco. 

S/n:- então vamos pagar logo - pego o mesmo , jogando ele em minha cama, fazendo o sentar na beirada e eu sento no colo dele de uma perna de cada lado , desabotoando rapidamente - contanto que eu ande amanhã, na verdade hoje - sussurro acariciando suavemente suas costas, até seu abdômen definido, passando pelo seu peito até o seu pescoço. 

O beijo pedindo passagem com a língua e o mesmo instantaneamente concede, vou rebolando em seu membro, e o mesmo afarva entre o beijo, vou rebolando com mais força e rapidez e sinto algo duro em minha intimidade, paro o beijo  pela falta de ar , levanto do mesmo o deixando o levantar, o mesmo tira as causas e a cueca, ficando nú, vejo seu pênis grande e ereto, ele se senta e me chama, vou até ele me abaixando o masturbando e abocanho sua glande , passando a língua devagar para deixa-lo mais exitado, ouso um gemido rouco dele, abocanho ele totalmente, o mesmo pega os meus cabelos não forte para me ajudar a ir mais rápido, sinto suas veias pulsarem vou decendo até a minha garganta, o mesmo goza em minha boca me sujando com o líquido quente e doce, eu engasgo. Ele me pega no colo me deitando sobre a cama, ele rasga meu sutiã .

S/n:- eii eu gostei desse - ele sorri e o joga de lado vai tirando minha calsinha lentamente. 

Namjoon:- cuidado pra não gemer muito alto- ele fala em meu ouvido, essas palavras fez minha intimidade esquentar e molhar . Ele massageia meu clitóris rapidamente me deixando louca, ele coloca um dedo dentro de mim e vai em um movimento vai e vem bem leve , ele leva sua mão até o meu seio o massageando e chupando o bico do outro, essa sensação de uma vez me deixa inqueta na cama, ele coloca o segundo dedo sem dó indo rápido me fazendo soltar gemidos tentando ser controlados ele para, ele pega a camisinha no bolsa de sua calça jogada , abre e coloca em seu membro  - fica de quatro pra mim - faço o que pediu, ele coloca seu pênis em minha entrada roçando levemente, ele vai enfiando devagar , eu gemo com a dor prazerosa , ele vai e para um pouco pra que eu me acostume, ele vai devagar, ele agarra minha cintura estocando uma com força e de uma vez , solto um gemido alto, o mesmo me estoca com força segurando minha cintura fortemente indo até o fim de seu membro, sinto sua glande indo em direção ao meu útero, sinto seu comprimento em minha vagina, se esfregando nas paredes espremidas vaginal, me dando prazer de meu clitóris até lá dentro, ele para - pode cavalgar - ele se deita, vou encima do mesmo o beijando, pego seu membro e só o esfrego em meu clitóris, ouso ele gemer várias vezes, o mesmo me dá um tapa na bunda, a ardência é misturada com o calor e prazer,-agora ficou a marca-ele disse, sinto suor se escorrendo atrás de minhas orelhas, sinto calor em meu corpo todo, vou colocando seu membro bem devagar, o deixando desfrutar da sensação, vou decendo até o fim , rebolo para o sentir  se mechendo dentro de mim , vou cavalgando rápido fazendo um barulho erótico se ecoar pelo quarto, gemo o seu nome em seu ouvido, quase em um choro por não poder gritar , vou indo mais rápido. 

S/n:- N-am-joon, eu v-ou gozar - falo com dificuldade e entre os gemidos. 

Namjoon:- eu também - ele pega minha cintura indo rápido e gozamos juntos, sinto meu corpo vibrar e minha intimidade pulsar rapidamente e sinto o líquido quente descer em minhas pernas . Me deito ofegante ao seu lado enfraquecida. 

S/n:- tem muito tempo que não transo- sorrio ofegante o olhando. 

Namjoon:- eu também, foi muito bom - rimos e conversamos até os nossos corpos esfriarem e acabamos dormindo. 










Notas Finais


Gente espero que tenham gostado, é o meu privado hot, então me desculpem se não saiu tão bom assim e me perdoem se sair algum erro, eu corrigi mas de vez em quando passa umas palavras que não persebo que está errada .
Beijos 😍próximo capítulo promete .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...