1. Spirit Fanfics >
  2. A Ordem >
  3. Garota Lobisomens

História A Ordem - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Hey amores volteii demorei pra postar pois tava resolvendo uns problema pessoais enfim, boa leitura 📖 bjs 😘😘😘😘😘😘

Capítulo 20 - Garota Lobisomens


As pessoas raramente são o que aparentam.”

Olhavamos a Liv comer cerebro com vários legumes, ela ainda nos oferece outras comidas que tinham na geladeira e nos armários da cozinha, nós recusamos, ela de ombros, e continua comendo, as filhas da Vanessa chegam.

- Já avisando mamãe está zangada, meio que a gente foi expulsa. Mais em nossa defesa tinha vampiros, e aquelas coisas dos esgotos. Na escola cortesia do Dimitri. - Jack - Olho para mãe e a tia Scarlett. - Vocês não sabem o quanto eu agradeço Fallon e Talon por nós salvarem, há mamãe está muito zangada.

- Tamo junto. - Ambas falamos junto Fallon e Talon.

- Há, mamãe está furiosa... - Violet - Olho para Jack. - Nós selamos a escola com magia, e jogamos água benta por toda escola.

- Susan vai matar vocês duas. - Scarlett -

- Como vocês foram expulsas ? - Vanessa - Olho para as duas. - Susan vai me matar, seu eu  passar mão na cabeça de vocês de novo. Por isso precisamos de um bom plano, se vocês duas querem sobreviver até idade adulta... Eu ainda pretendo ficar bem viva.

- Fomos expulsa por dano a propriedade, destruição ao patrimônio publico. - Jack -

- Nós estávamos indo para apresentação no laboratório, vimos uma movimentação estranha, vimos um vampiro, inventamos uma desculpas e fomos atrás do vampiro. Aí eu a Jack transformamos as sombras como a Fallon e a Talon, chamam em humanos, aí veio depois aquelas coisas descontroladas do esgoto, corremos pois precisávamos de armas pra lutar com aquilo. Foi bem difícil distrair aquelas coisas. - Violet - Olho para mãe. - Aquelas bichos destruíam tudo que jogamos neles, ele matou uns dois faxineiros da escola, e comeu. Conseguimos matar aquele bicho, a nossa sorte que todo mundo tava no auditório, mais tivemos que chamar os filhos da serpente pra limpar a bagunça, eles conseguiram limpar parte do sangue criar uma ilusão, usando a placa de molhado e fingindo que era os faxineiros mortos, e os outros faxineiros da escola.

- Mais não deu tempo de cobrir a destruição da quadra, e dos armários, bem tivemos que improvisar uma pegadinha, eu tive brilhante ideia de inventar uma pegadinha explodir os armários. E foi isso. - Jack -

- Eu te disse que era uma ideia idiota, que a gente devia fingir de Kátia a sonsa. - Violet -

- Mais só tinha nos duas nos corredores, como aimos explicar ? Hein séria expulsão de qualquer jeito, roubamos as fitas das câmeras, os filhos da serpente hackearam todo sistema de camera da escola pra não deixar rastros de nada. Ainda hackear a empresa de segurança da escola. - Jack - Olho para Violet. - Quis sair em grande estilo da escola, nos duas viramos lenda.

- Vamos virar lendas mesmo depois da mamãe matar a gente. - Violet -

-  O que a Susan disse ? - Vanessa -

- Ela não teve muito tempo pra gritar com a gente, tá ocupada impedido que a nós sermos presas, tá conversando com a escola, que prestar queixa contra nós. Ela tá enrolada com burocracia. Julius que trouxe a gente pra casa. - Violet -

- Da tempo ainda de fugir pro México... Ou qualquer lugar da Europa. - Jack -

- Isso não é longe suficinte pra nossa mãe. - Violet -

- Vocês estão fodidas. - Talon -

- Espera pra ouvir esse mensagem de áudio. - Violet - Pego meu celular e mostro a mensagem de voz.

Mamãe S2

*Áudio* Eu vou mata vocês duas, como vocês conseguiram destruir a quadra ? Os armários e a sala do diretor ? Hein estavam lutando contra vampiros ou demônio apareceu pra vocês duas... Eu espero que tenham lutado contra demônio pra explicar esses estragos... Ha mocinhas quando chegarmos em casa vamos conversar... Vocês duas vão ficar de castigo até vigésima geração Van Helsing...

- E ainda tem mais... - Jack - Pego meu celular e mostro outro áudio.

Mamãe >.<

*Áudio*

Que ideia estúpida foi essa de sair explodido os armários da escola ? Jaqueline como você me explode a estátua da escola ? Aquilo e patrimônio público... Garota você perdeu juízo ? Jaqueline você vai ter sorte se sobreviver até a idade adulta...

- E mais ameaças de mortes, estamos eternamente de castigo. - Violet -

- Eu conseguiria explicar motivo das bombas, mais estátua ? Como vou convencer Susan disso que você explodiu a estatua,ela vai ver as gravações gênio. - Vanessa -

- Em minha defesa aquela estátuas era misogina, representava o patriarcado. E insultava luta feminista. - Jack -

Acabo tendo uma visão quando as filhas da Vanessa falam sobre morte, conforme elas vão falando tenho uma visão bem longa. - Meu Deus... - Liv - Falo alto, minha respiração fica ofegante.  - Todos se viram olhando pra mim.

Me aproximo da Liv, e seguro na suas mãos, e olho nos seus olhos verdes. - Liv ? Teve uma visão... Você tá bem ? - Talon -

- Hey pessoal, acabei ter uma visão sobre nosso amigo. - Liv - Pisco algumas vezes. - Bem, foi horrível partes dessa visão, acabei de sentir tudo que o cara sentiu, não é nada agradável ter uma estaca enfiada no coração, ele sabia que aí morrer. Temos que encontrar garota ela está assustada e com medo.

- O que você viu Liv ? Garota que garota ? - Scarlett - Franzo a testa.

- Bem, eu vi muitas coisas... - Liv - Coloco a mão na testa meio confusa. - Bem, ele veio atrás de um vampiro, chamado Mike, os dois encontraram uma garota que tinha acabado de se transformar em lobisomem pela primeira vez, ela estava  tão assustada quando voltou a forma humana.. - Olho pra todos. - Pareceram caçadores de seres sobrenaturais... E prenderam os três... Elas estavam presos numa espécie de laboratório, financiando por uma empresa rica... Os dois protegeram a garota.

- Liv ? E o que mais ? Sabe pra onde eles estão indo ? Sabe onde essa empresa ? - Vanessa -

Olhava para todos, confusa, tiro as mãos da minha testa. - As coisas ficam confusas, pois a devido a sequência de palavras das suas filhas, foi dando gatilho pra diversas visões. - Liv - Respiro fundo, focando. - Não sei, mais eles mencionaram um nome Maxwell Lorde que tava com eles nas pesquisas. Ele faz armas militares. Eles queriam replicar vampiros e lobisomens, antes deles fugirem, destruíram todos os arquivos, e roubaram discos regidos dos computadores destruíram tudo. Mais pra isso ser feito, nosso amigo que se chama Daniel, ficou pra trás, garota que se chama Marisa fugiu pra um lado e o Mike pro outro com as informações. Ele conseguiu sair a tempo, ele morreu protegendo a garota.

- Como ela é ? - Fallon -

- Morena, cabelos grandes lisos, mexicana, olhos castanhos bem escuros. - Liv - Olho para Vanessa e Scarlett. - Precisamos encontrar a Marisa.

Nós preparavam os para sair quando Clive entra no necrotério.

- Quem é essa gente toda ? - Clive - Olho para Liv. - Esquece, Liv temos um caso de assassinato.

- Não, vai dar Clive, tô no meio de algo, vou ajudar minhas amigas ir atrás de um lobisomem, um vampiro. - Liv - Olho para Clive.

- Quando eu acho que as coisas vão se acalmar você vem me com essa ? - Clive - olho para Liv. - Anda Ravi você v comigo. Vou precisar da sua ajuda pra resolver o assassinato.

- Acho, que não, porque eu vou ficar bem ocupada. Ti vira mermão. - Liv -

Saimos no necrotério, Liv nos da locais para procurar a garota, nos separamos em grupos pequenos, acabei no grupo das primas sinistras da Vanessa, junto com a Kara mais a legista Zombie, nos fomos juntas para nós separar num bairro chique, onde a Liv achou que a garota poderia estar, já que ela boa em invadir casas de ricos, procuramos e nada, mandamos mensagens pra outras e até agora nada.

- Acharam alguma pista ? - Fallon -

- Nada, ela não estaria num lugar óbvio. - Lena -

- A Marisa boa em furtos, ela precisa de  dinheiro para fugir com os irmãos. - Liv - Olho para Lena. - Senhorita Luthor, ela vai furtar algumas dessas casas, ela me avisou.

- Vamos dar mais uma volta no bairro então, todas juntas. Kara usa visão de raio x. - Lena -

Andamos novamente pelo bairro quando vemos uma garota sair pela janela de uma casa vazia, com um capuz, carregando uma mochila, e um taco de baseball, quando ela não vê sai correndo.

- Marisa ... - Liv - Grito -

Corremos atrás dela, ela corria rápido, Talon, Fallon e Kara correm atrás dela, elas entram por umas ruas, elas somem das nossas vistas..

- Jesus preciso voltar pra academia. - Liv - Falo ofegante. - Podia ser uma zombie com a velocidade do filme sou a lenda..

- Deus é tão bom, que não permitiu isso. - Lena - Falo ofegante correndo na frente da Liv. - Ainda bem que Deus fez vocês lentos, igual uma tartaruga.

- Tem medo de zombies ? - Liv - Paro e coloco a mão na cintura morrendo.

- Tenho... - Lena - Grito, olhando pra trás. - Anda Liv temos que ir atrás delas..

- Eu preciso de uma tenda de oxigênio. - Liv -

Um garoto para a moto, eu vou até ele. - Me empresta sua moto ? - Pego minha carteira e dou uma boa quantidade de dinheiro pro garoto.

- Lena Luthor... Claro pode pegar. Eu sou seu fã. - Garoto -

- Eu devolve sua moto, daqui a pouco. - Lena - Olho para Liv que vinha morrendo. - Anda Liv, se não vamos alcançar as outras.

- Já vou, meu pâncreas tá doendo... Sou sedentária..  - Liv - Grito -

- Posso tirar foto ? - Garoto -

- Claro.. - Lena - Faço posse pra foto, tiro uma duas. - Me marca no twitter e no insta. - Subo na moto, a Liv sob logo atras de mim,ligo a moto e saio.

Corriamos atras da garota, ela era rápida, nos três jogamos ela em direção há uma rua sem saída com um muro, ela pula no muro, eu puxo ela pra trás que cai no chão, ela abaixa o capuz vejo uma garota latina dezeseis anos assustada que mostra as presas pra mim,e garras seus olhos estavam vermelhos.

- Se afasta de mim, eu não vou voltar pro laboratório. - Marisa - Mostro as presas pras garotas. - Não, vou sair daqui sem lutar vadias..

Talon e Fallon mostram suas presas pra garota, ela se acalma.

- Ótimo, mais vampiros, foi assim que cai nessa roubada. - Marisa -

- Eu não sou vampira. - Kara -

Lena e Liv chegam alguns segundos depois.

- Com sabe meu nome o morticia ? - Marisa - Olho pra mulher branquela na minha frente.

- Eu comi cérebro do seu amigo Daniel, eu sou uma zombie, isso nos ajudou até encontrar. - Liv - Falo calma olhando pra Marisa. - Onde estão meus modos eu sou Olivia, mais pode me chamar de Liv, essas são minhas amigas Lena, Kara, e as gêmeas Fallon e Talon. - Cada uma cena para Marisa. - Viemos te ajudar Marisa.

- Puta que pariu que roubada eu fui meter, Vampiros, Zombies e lobisomens só falta uma alienígena e uma bruxa ela completar o time, A Lena Luthor tá na minha frente. - Respiro fundo. - Marisa - Vamos fazer seguinte, vocês me deixam sair daqui, eu me livro desses investimentos. E nenhuma de nós três precisamos nos ver nunca mais.  - Falo calma, olhando pras quatros. - Ou vocês me ajudam a roubar mais casas, e dividimos lucro simples assim.

- Isso roubo, e roubo crime. Errado roubar de outras pessoas, o que seus pais diriam. - Kara - Olho repreendo a garota na minha frente. - Isso é errado.

- Maluca sumiu ela nem ligaria, pois isso e sobrevivência, tô nem aí nem conheço meu pai mesmo. Eu tenho que voltar pra casa faz uma semana que eu tô fora, tenho que ver, então se poderem dar licença. - Marisa - Olho para tal Kara. - Se não forem me ajudar assaltar casas, eu dispenso ajuda. Eu tenho que levar isso pra um amigo, pra poder sumir daqui logo com os meus irmãos, mais antes preciso encontrar minha Mama, tem uns cara sinistro atrás de mim.

- Vamos fazer o seguinte, buscamos seus irmãos, e você vem com a gente, vá.os proteger vocês. - Kara - Olho para Marisa que me olha desconfiada.

- Como eu vou saber que você não trabalha pra eles ? As vampiras que sei que não, até a Zombie. - Marisa -

- Pode confiar em mim, eu sou supergirl. - Kara -

- Não, brinca ? - Marisa -

- Sério.. - Kara -

- Tá falando que eu fui perseguida pela Supergirl, que me derrubou no chão. - Marisa - Falo animada. - Sério ? Não tá Zuera com a minha cara ? Porque eu tô de pessimo humor, faz dois dias que eu tô fugindo de homens de pretos, que tiraram em mim.

Sopro vento gelado.. - Acredita agora ? - Kara -

- Com todos certeza... Apesar de ser uma ladra incrivel sou sua fã. - Marisa -

- Eu vou devolver a moto, eu consigo um carro pra nós. - Lena -

- Pra onde nós vamos, você vai precisar usar um carro estilo calhabeque velho nada de carros luxos. Se você ainda quiser ter seu carro, ela podem roubar seu carro, ou roubar, os pneus, gasolina, motor. - Marisa - Olho para Lena luthor.

- Tá legal... - Lena -

A Tallon e a Fallon foram avisar as outras saíram correndo na sua velocidade vampira, devolvo a moto ao garoto, a Marisa cobria rosto com sua blusa, ela colou até uma bandana no rosto, pergunto se alguém tem um carro antigo, garoto que me ajudou falou que um vizinho dele tem, vou até casa dele, e compro carro, já saio dirigindo, Marisa nos diz a onde temos quer ir, um bairro perigoso em Nova York.

- Então você está com as memórias do velhote do Daniel ? Você pode ver tudo que ele viveu ? - Marisa - Olho para tal Liv.

- Quando como cérebro de alguém, eu fico com todas as suas qualidades, defeitos e sua personalidade. Posso ver a forma que elas morreram. Mais ela ativar a visão, eu tenho que ver, ouvir ou tocar em algo dessa pessoa. - Liv - Olho para Marisa.

- Você fica naquele modo zombie igual walking dead ? Se derem um tiro na tua cabeça você morre. - Marisa -

- Fico, mais só quando preciso, pra uma luta, ou algo do tipo, mais eu volto ao normal rápido. Se não comer um cérebro fico burra, igual walking dead. Um tiro na cabeça mata qualquer um até um lobisomem exceto um Vampiro. - Liv - Olho para Marisa.  - Uma estava no coração não pode matar, nem uma bala de prata no coração só me ferir. O que pode matar e um tiro na cabeça.

- Você foi mordida por um lobo ? Ou arranhada por um lobisomem ? - Lena -

- Não, Daniel disse que eu tenho gene de lobisomem. Sou descendente de um lobisomem, ele disse óbvio. Já que a minha Mama é uma loba  - Marisa - Reviro os olhos. - Só queria saber onde a doida da minha Mama está ? Ela saberia que o fazer.

- Sua Mãe abandonou vocês ? Ou sequestraram ela ?- Kara -

- Minha Mama nunca abandonaria a gente, ela sumiu e diferente, ela sumiu depois que aqueles tal Maxwell Lorde apareceu do trabalho dela. - Marisa - Olho para Kara séria. - Não se abandona a família, minha Mama e doida, mais ela é uma pessoa responsável. Eu tava procurando por ela quando virei um lobo, apesar de eu saber que minha Mama e uma loba.

Lena paro carro na casa que estava bem cuidada, Marisa pula do carro ela corre em direção a sua casa, seguimos ela duas crianças pulam cima dela uma de quatro e outa doze anos.

- Onde você estava ? Ficamos preocupados ? Mama ainda não voltou. - Manu -

- Longa história... Tava procurando Mama. - Marisa - Olho para Manu. - Cadê Serginho ?

- Marisa... Cade Mama ? - Jorginho -

- Hum, sei lá, ele só vem aqui da uma olhada na gente vai fazer os corre dele. - Manu -

- Vamos, embora com umas pessoas. - Marisa -

- Não, temos que esperar Mama. - Manu -

- Vamos encontrar a mãe de vocês até ela, precisando proteger vocês. - Lena -



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...