História A Órfã - Imagine Jisung - NCT Dream - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jisung
Tags Irmãos, Jisung, Nct Dream
Visualizações 184
Palavras 959
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction A Órfã - Imagine Jisung - NCT Dream - Capítulo 2 - Capítulo 1

S/N on

Estava sentada em meu quarto mexendo em meu celular, quando de repente escuto os gritos exagerados de Park Jisung, meu irmão adotivo

Corri até a sala onde encontro o garota com um controle em sua mão e um sorriso no rosto

- Você é louco por está fazendo isso - falei a meu irmão que sorria ao me ver confusa - Qual é a graça em jogar um jogo de terror?

Olhei para a tela escura do jogo. Park Jisung não era a pessoa mais normal do mundo e, não falo isso apenas pelo garoto rir de jogos de terror 

- Não estou rindo do jogo - Me sentei ao lado de Jisung que estava sobre uma almofada no chão 

- Dá para perceber - Falei enquanto via um zumbi vindo na direção do personagem - Você realmente é um garoto estranho Park Jisung 

- Você também é estranha Kim S/N - Peguei o controle de sua mão e comecei a jogar. Jisung não tinha o costume de me chamar de Park S/N, o garoto já tinha oito anos quando fui adotada, então é normal escutar "Kim S/N" sendo gritado por todos os cômodos da casa

Me acostumei a chamar a senhora Park de mãe, mas ainda não me sinto confortável a chamando assim

- O que vai fazer mais tarde? - Jisung continuou calado observando a tela por onde o jogo - Não vai me contar? Devo adivinhar?

Jisung me encarou e assentiu. Sorri e lhe entreguei o controle do vídeo game

- Irá sair com Nancy? - Jisung me olhou assustado. Não era difícil adivinhar que o garoto está morrendo de amores pela garota 

- Você... - Falou enquanto me encarava. Eu apenas sorria vitoriosa - Errou feio, Mark Hyung me chamou para irmos numa festa

- Vai sair escondido? Nossa mãe nunca deixará você ir a uma festa - Jisung deixou sei controle de lado e se levantou. O garoto me olhou com seu olhar confiante e falou

- Ela com certeza deixará - Me levantei e segui o garoto que ia até o quarto de nossa mãe. Fiquei atrás da porta escutando sobre o que eles conversavam 

Algum minutos depois Jisung saiu do quarto da mais velha e passou direto por mim. A senhora Park não era a mais fácil de lidar, e Jisung com certeza fez de tudo para convencer nossa mãe, mas provavelmente não conseguiu

- Ela não deixou? - O garoto assentiu enquanto eu ria,  voltou para a sala e se jogou no sofá 

- S/N... Você sabe como eu posso destrair o porteiro? -  Olhei incrédula para Jisung que pegava seu celular e digitava algo. Provavelmente estava falando com Mark 

- Você realmente vai tentar fugir? - Jisung assentiu fazendo eu me levantar e chamar a atenção dele - O que pretende fazer?

- Vai me ajudar? - Perguntou o garoto quando me viu de pé. Assenti e Jisung voltou a digitar 

- Está falando com Mark oppa? - O garoto bufou me fazendo ficar confusa, mas não perguntei nada - Ainda não me disse o que vai fazer para fugir de casa

- Mark hyung irá nos ajudar - Olhei para Jisung que jogou seu celular no sofá e sorriu - Você vai comigo, não é?

- Realmente vai querer ter sua irmã mais nova ao seu lado? - Jisung pegou em minha mão e me puxou para seu quarto

- Ah... Você tem alguma ideia de como destair aquele poste? - Dei uma risada e me joguei em sua cama macia

- Tente atrair a atenção dele com algum barulho. Jogue algo pesado na cerca - Jisung começou a procurar algo entre suas coisas. O garoto abriu a porta de seu armário revelando um espaço inacessível - Como você consegue acumular tanta coisa em um lugar?

- Eu apenas jogo tudo aí dentro - Falou apontando para o pequeno espaço. Naquele momento duvidei se dois corpos não podem dividir o mesmo espaço 

- Jisung! Seu amigo está aqui - Escutei a voz de nossa mãe chamando pelo meu irmão. O garoto provavelmente chamou algum de seus amigos para lhe ajudar a fugir de casa

- Quem é? - Perguntei quando vi Jisung sair de seu quarto me deixando sozinha no local 

- Ela perguntou algo? - Escutei a voz do garoto se aproximando. Já estava um pouco tarde, eram oito e dez, naquele momento eu só queria dormir 

- Apenas disse o que você mandou - Escutei a voz de Mark oppa e sorri. Fazia um tempo desde que nos vimos, me pergunto se o garoto mudou muito

- O que ela respondeu? - Vi Jisung entrar junto a seu hyung. Mark logo me encarou e sorriu, recebendo maus olhares de Jisung. O meu querido irmão mais velho estava realmente estranho hoje

- Ela apenas disse que não queria escutar nenhum tipo de barulho - Fui até a porta e me virei olhando mais uma vez para a cara emburrada de Jisung

- Preciso ir. Se precisarem de mim batam na porta - Fui até meu quarto respirando fundo. Me joguei em minha cama e afundei meu rosto no travesseiro

- S/N! - Escutei a voz de Jisung do outro lado da porta. Faziam cinco minutos desde que saí de seu quarto, mas logo fui chamada

Fui até a porta e abri. Jisung segurava a chave de seu quarto e colocou em minha mão

- Se nossa mãe perguntar, eu e Mark provavelmente estamos dormindo - Jisung falou a última parte tentando imitar minha voz, quando percebi isso mostrei a língua para ele - Tenho que ir

Vi o garoto correr na direção de seu quarto e fechar a porta. Peguei meu celular imaginando se algo poderia acontecer. Taeyong é responsável, mas Jisung não, é bem provável que nossa mãe descubra algo e o garoto ficará de castigo

- Tome cuidado Park Jisung...


Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado!! Até a próxima e tchau!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...