História A origem de uma guerreira - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 258
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 32 - 31. Dividida...


 Fui resgatada no final das contas por Dracula e Lúcifer enquanto Miguel saia do inferno com o corpo inerte de seu filho... O corpo que há um tempo foi ocupado por Lúcifer e que me deu muito prazer... Pensando desse modo minha situação ficou meio estranha. Fui levada a uma espécie de caverna, que poe dentro se assemelhava muito a um castelo estilo inglês da idade media, conhecida também como a temida idade das trevas. Deitei em uma cama destinada a mim, pois me sentia muito fraca, fazia dias que não me alimentava direito e minha sede de sangue estava insuportável, principalmente por causa da gravidez. Estou quase dormindo quando vejo alguém se aproximar e me abraçar com força.

- Calma meu amor sou eu Vlad; ele me olha com seus olhos escuros cheios de amor - Eu te darei seu alimento hoje...

  Ele tira a camisa então com as unhas fere seu torso e assim me alimenta com seu sangue, ele está sentindo muita dor, mas mesmo assim não permite que me afaste. Quando finalmente estou saciada ele me liberta de seu abraço.

- O que sente por mim Ana? - Ele me olha com um pouco de mágoa; eu a transformei nesse monstro e...

- Eu não te odeio Vlad... Confesso que nem sei o que sinto... Apenas me deixe sozinha....

- Como quiser Ana...

  Ele me deixa sozinha, eu deveria sentir algo pelo meu primeiro amante... Mas quando penso nessas coisas um par de olhos azuis surge em minha mente... O que isso realmente significa?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...