História A Orquestra - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Tags Tae
Visualizações 11
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiê voltei

Capítulo 4 - Hey


Eu retiro o que disse pessoas

O Taehyung é uma boa pessoa , mais não deixa de ser um patife 

- Tá afim de ir beber uns soju comigo hoje? - Diz Tae Levantando 

- Vamos - Digo fazendo o mesmo se espantar

 - É sério? - diz ele incrédulo

- Sim , tô precisando sair mais - Digo sorrindo - agora vamos , faz tempo que não bebo 

Tae pega em minha mão e começa a andar 

- ei me solta - tento me soltar , mais falho miserávelmente  , por que ele é muito mais forte do que eu

- ei me solta - Ele diz fazendo uma voz fina com uma cara irritante

- Patife - Resolvo desistir 

.

Vamos até o estacionamento e entramos no carro dele

Tô com um mal pressentimento ....

Ele dá a partida no carro e começa a conversar comigo , sobre coisas aleatórias , eu respondi só por que hoje tô de bom humor 

- E você namora? - Diz ele sério

- Não , gosto de ser livre - Digo fazendo o mesmo rir 

- Aigoo , não pense assim , deve ter pessoas interessadas em você - Diz ele olhando pra frente 

- Eu aposto que não tem , e se tiver alguém , problema da pessoa - Digo olhando pra minhas unhas 

- como você é má , gostei disso - Diz ele me olhando malicioso

- Se arrependimento matasse , eu já estaria enterrada - digo fazendo o mesmo rir 

.

.

- Mais duas por favor - Digo para o bar Men

- Chega S/n , por que eu trouxe ela pra beber - Diz  batendo na própria testa

- Quem é você? E como sabe meu nome? Cadê o Taehyung? - Digo olhando prós lados não enxergando quase nada 

- Eu sou o Taehyung - Diz ele 

- Não você não é ele , para de mentir , seu patife - digo deitando no balcão do bar 

- S/n vamos embora - Diz ele me pegando no colo

- Taehyung , cadê ele , Taehyung cadê - digo deitando no ombro do garoto 

.

O garoto me coloca no carro e me cobre com o casaco dele 

- Cadê o Taehyung? - Digo me sentando 

- Sou eu S/n - Diz ele meio irritado 

- Aish , diz pra ele passar lá em casa agora , aquele cabeça de bagre - Digo me descobrindo 

- Por que quer levar ele na sua casa? - Diz o garoto que diz ser o Taehyung  enquanto dirige 

- Pra ele cantar pra mim , eu acho que ele canta - faço cara confusa 

- Ele canta S/n - diz ele rindo

- Aí que bom - digo me jogando no banco - vou te contar uma coisa , não fala pra ele - digo olhando prós lados

- pode falar tô ouvindo - Diz ele segurando o riso

- O Taehyung é muito lindo , se ele me quisesse eu já tava na dele - começo a rir - Mais não conta pra ele viu? 

- pode deixar - diz o garoto incrédulo 

Paramos em frente a uma casa enorme 

- O que vai fazer comigo , não encoste em mim seu bastardo - Me encolho no banco

- Aqui é a casa do Tae , ele disse pra mim te trazer pra cuidar de você - diz o garoto tirando o cinto e saindo do carro 

Ele abre a porta pra mim , e me pega no colo de novo 

- De novo me pegando no colo - digo revirando os olhos

- Quieta pequena - Ele diz 

- Ei - estápeio o ombro dele - só o Taehyung pode me chamar assim seu patife , e se você contar pra ele , eu te esgano 

.

Acordo no meio da noite com uma blusa enorme , num quarto enorme , eu ainda tô meio bêbada , e vejo uma poltrona na minha frente , tinha um homem sentado ,só não enxergo quem é 

Me levanto com um travesseiro e vou até a poltrona 

- Quem é você ? Onde eu tô? - digo quase caindo , mais o homem segura minha cintura me fazendo sentar no colo dele 

- Sou eu , o Taehyung - Ele diz como um sussurro perto da minha orelha , me fazendo arrepiar com sua voz grossa 

- Cadê o homem que me trouxe até aqui ? - Digo 

- Era eu S/n - diz ele em tom grave 

- Quer dizer que você ouviu tudo o que falei ? - Digo me aproximando 

- Tudinho - Diz ele apertando minha cintura 

Eu não queria beijá-lo , meu corpo diz não , mas minha mente deseja isso 

Vou me aproximando até juntar nossos lábios em um beijo calmo 

Ele para e me pega no colo , me deitando na cama , e levanta indo até a porta do quarto 

- Er... Boa noite S/n - Diz ele meio envergonhado

- Boa no... - Ele sai e fecha a porta 

Eu olho pra cima sorrindo 

- meu Deus o que eu fiz? Aish - escondo a cara no travesseiro

.

.

Acordo com a luz do dia na minha cara , e uma dor de cabeça infernal 

Percebo que não estou na minha casa 

E não estou usando minhas roupas 

E não me lembro de nada

Me levanto

E vou até a porta , quando abro me deparo com um corredor enorme

Começo a andar 

- Oi? Tem alguém aí? - Digo olhando pras portas ao meu redor 

- acordou - ouço uma voz grossa atrás de mim e me assusto 

- como eu vim parar aqui Tae? , O que aconteceu?

- é uma longa história .... - ele diz olhando pra baixo 


Continua....







Notas Finais


Beijos no popo , espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...