História A Outra - Capítulo 74


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana
Tags Drama, Hot, Luansantana, Romance
Visualizações 94
Palavras 535
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 74 - 74.


Fanfic / Fanfiction A Outra - Capítulo 74 - 74.

Pela manhã ouço uns resmungos de Helena, mas não dou bola, já que ela anda fazendo isso toda hora.


Leva mais uns minutos e sinto alguém me cutucar, é Nicole.


"Não foi ainda para escola?" Pergunto e passo a mão sobre os olhos e me sento na cama.


"Não, a bolsa da mamãe estourou." Ela diz dando de ombros.


"Que? Cadê ela?" Me levanto e já começo a vestir a primeira roupa que encontro.


"Já está no carro, Breno tá ajudando ela se acalmar." Ela diz tranquila.


"Cade as bolsas deles?" Pego as chaves.


"Já coloquei tudo dentro do carro." Ela diz enquanto me observa.


"Então vamos." Desço as escadas correndo junto a Nicole.


Chego na sala vejo Breno segurando as mãos de sua mãe, enquanto ela respira fundo e sorri.


"Tá tudo bem?" Pergunto beijando sua testa.


"Agora ela está mais calma." Breno diz enquanto me ajuda levantar a sua mãe.


"Nicole vai abrir lá o carro." Digo e no mesmo instante ela sai correndo até o carro.


"Tá tudo bem, tudo bem." Helena diz sorrindo "Não é a primeira vez que passo por isso, mas será a última."


"É a última mesmo né." Breno diz dando risada e ajuda a mãe dele se arrumar no banco do carro.


Sigo o caminho até hospital o mais rápido que consigo, as contrações de Helena aumentam.


Nicole fica tentando acalmar a sua mãe até o hospital.


Chegando no hospital logo somos atendidos, minha Helena segue para a sala de parto e eu vou me trocar para assistir.


Fico segurando a sua mão, assim como fiz nas outras, ela aperta a minha mão a cada segundo que passa, e quando finalmente escutamos o chorinho do nosso menino Gabriel, ela sorri e deixa lágrimas de felicidade escorrer pelo o seu rosto, assim como eu.


Enfermeira trás ele até nós, beijo o seu rostinho e logo em seguida Helena faz o mesmo.


"Nosso meninão é lindo." Depósito um beijo em seus lábios.


"É lindo mesmo, igual você." Helena diz sorrindo.


Saiu do quarto e aviso as crianças e minha família, que logo vem até o hospital ao nosso encontro.


Helena Magalhães


Pensar em tudo que passamos e hoje estou aqui com o nosso terceiro filho nos braços.


"Lindo igual o mano aqui." Breno diz passando a mão sobre Gabriel.


"Iludido, ele é a minha cara." Nicole diz gritando.


"Não gritem por favor." Peço com calma.


"Ele é tão pequeno." Sófia diz enquanto o observa admirada.


"Precisamos registrar o momento de vocês cinco." Marizete diz com os olhos marejados.


"Bruna pega o celular e tira uma foto deles." Amarildo diz abraçando a sua esposa.


"Se arrumem aí." Bruna diz pegando o celular.


Breno fica de pé ao meu lado direito e pega Nicole no colo. 

Luan fica do meu lado esquerdo segurando a minha mão, ajeito Gabriel em meus braços e sorrio para a foto. 


"A foto ficou linda." Bruna nos mostra.


"Quem diria em o Luan com três filhos." O Breno César diz dando risada.


"Construímos uma família linda meu amor." Luan cochicha em meu ouvido.


"Obrigada por tudo meu eterno ídolo, eu te amo." A próximo meus lábios dos seus.


"Eu te amo minha menina." Ele me beija.



Notas Finais


Então gente, esse é oficialmente o último capítulo da fanfic A Outra. Mas esperem que tem o epílogo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...