História A Outra Face - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys, Originais
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter, Personagens Originais
Tags Backstreet Boys, Bsb, Fanfics
Visualizações 3
Palavras 1.219
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction A Outra Face - Capítulo 12 - Capítulo 12

O latino acorda de vez, de sua sonolência. Sem saber o que pensar, começa a andar de um lado para o outro. Ele senta-se novamente com as mãos na cabeça. Seu celular vibra, ele nem olha.

 

            - ... acho que estou com dor de cabeça... – ele reclama, fazendo caretas - ... acho melhor eu ir pra casa...

            - ... Se você quiser... eu ti levo... – ela se oferece preocupada

            - Obrigado! Eu me viro... – o latino a abraça - ... vou deixar o número dos outros... caso precise... – ele pega um papel e caneta, anota e entrega em suas mãos

           

            O homem segue no carro; deixa na casa do loiro, pegando um táxi até sua residência. Ele tira rapidamente as roupas, jogando no cesto. Toma um banho, logo em seguida deita-se, fechando os olhos.

            Na boate, Pandora irrita-se, com o celular na mão, espera uma ligação, que não aparece. Sentada em uma das mesas, no canto, sozinha, ela faz sinal para um de seus funcionários.

 

            - ... um serviço extra... – ela entrega um envelope para o rapaz - ... peguem o Howie... e levem-no... para a cela... – a mulher ordena - ... estou entediada...

            - O deixamos solto, senhora? – ele pergunta, com uma voz suave - ... como deseja?...

            - Podem prendê-lo... – ela recomenda - ... mas... quero o serviço... amanhã... pela manhã... esperem ele sair... – Pandora continua com as instruções

            - ... sim, senhora... – o rapaz sai, voltando para o lugar onde estava

 

            O resto da noite, Pandora fica quieta, sentada, tomando água com gás, ainda com o celular em uma das mãos, esperando tocar.

            Amanhece rápido. Nick acorda um pouco desnorteado, olha para os lados, percebendo estar na sala. Olha para o relógio, sem acreditar nas horas. Ele corre para o banho, troca a roupa, sem saber se teria reunião naquele dia ou não, saí para o escritório, mesmo assim.

            Ana Paula, levanta cedo, liga para o Howie, mas seu celular apenas chama, ela resolve ir até sua residência, para saber se ele estaria bem. Enquanto isso, o latino, sentindo a cabeça um pouco pesada, toma um banho e troca de roupas.

            A jovem passa por entre os carros, chegando já na rua do latino; O vê saindo, de costas para a porta. Antes que ela possa gritar pelo seu nome, ela presencia, três rapazes o dominando e o jogando dentro de um carro.

            Com medo, ela se esconde entre os carros estacionados, do outro lado da rua. Trêmula, a jovem pega o celular discando para o primeiro nome que aparece na lista.

 

            - OI! PEGARAM O HOWIE!!! – ela fala gritando - ...PEGARAM O HOWIE!!! – e repete, olhando para todos os lados

            - ... quem está falando? É um trote?... – o homem do outro lado pergunta

            - Não!!! ... Sou a Ana Paula... amiga do Howie... ele me deu o seu número... por favor... ajuda... pegaram ele... – ela fala sem parar, ainda com medo

            - ... Calma!!!.. onde você está? – Brian pergunta - ... o Kevin vai te pegar

            - ... agora... estou na frente da casa do Howie... – ela avisa - ... eu vi... três caras... levando ele a força... por favor... vem logo!- a jovem não se contém, começa a chorar

            - Não saia daí... estamos chegando... – Brian recomenda, desligando

 

            Nervosa, a moça fica do outro lado da rua, olhando para a frente da casa do amigo. Logo o carro do Kevin aparece, bem devagar, ele procura por ela, que praticamente pula na frente do veículo, o assustando. Ele pára de uma vez, abrindo a porta, ela entra e o homem dá partida novamente.

            Assim que ela entra na casa do Brian, vai logo falando, sem parar, tentando segurar as lágrimas, que insistiam em cair.

 

            - Ajudem o Howie... – ela começa, puxando o AJ pela camisa

            - Calma!!! ... toma um copo com água e açúcar... – Brian oferece - ... senta... e conte o que aconteceu...

            - Eu... eu... é... – ela pega o copo e bebe de uma vez o conteúdo - ... aí... – ela respira fundo, ainda tremendo - ... eu falei pra ele... que isso era perigoso... – sem saber como começar, Ana Paula conta pedaços

            - Explica do início... porque eu não estou entendendo nada – AJ fala sentando-se do seu lado - ... respira e vai...

            - ... ele me pediu ajuda para descobrir o nome de uma pessoa... Pandora... mas ele não me falou o que queria com essa informação... só que era pra ajudar um amigo... ontem à noite... fui até a boate e o encontrei lá... ele me mandou embora, mas não fui... – ela acaba pausando um pouco, para beber mais um gole de água - ... vi ele com ela... vi eles entrando em uma porta falsa... mas fiquei fora... depois de um tempo... ele saiu sozinho, pegou um copo com gelo e entrou novamente... eu o segui... vi o que eles estava fazendo no quarto...

            - ... ele dormiu com ela? – AJ interrompe a narrativa da jovem

            - Não... ele a estava excitando... e ela estava amarrada na cama... – ela dá outra pausa - ... enfim... saí e liguei para ele, ele foi até a minha casa e de lá foi pra casa dele... eu fiquei preocupada e fui na casa dele... antes de chegar... o vi... acho que trancando a porta de casa... vi três caras o agarrando... não sei o que fizeram... mas depois de um tempinho... ele parou de lutar, um carro apareceu e o colocaram nele e saíram cantando pneu...

            - Droga!!!... Como vamos achá-lo? – Kevin pergunta sentando-se

            - Cadê o Nick? – Ana Paula acaba perguntando, olhando em volta

            - ... ele ligou... estava indo direto para o escritório... – Kevin comenta - ... minha cabeça... deu um nó agora... o que vamos fazer?

            - ... o Nick não pode saber... o que aconteceu... – a jovem avisa - ... de nada...

            - Nós sabemos!!! – Brian responde

 

            Em algum lugar da cidade, o latino, desperta, abrindo os olhos bem devagar. Sentindo enjôos, olha em volta, sente o chão frio. Percebe estar em um quarto bem pequeno, com nada dentro.

            Mesmo com tornozelos e pulsos amarrados, com um certo esforço, consegue arrastar-se até uma das paredes, onde se encosta.

 

            - OI!... TEM... ALGUÉM... AÍ? -  ele grita - ... Aí!! minha cabe...ça  Aí!... – como se fosse desmaiar novamente, ele volta a deitar o corpo no chão, tentando respirar

 

            Saindo de uma das lojas mais movimentadas de Los Angeles, Pandora, ao entrar no carro, recebe uma ligação.

 

            - Senhora... a encomenda foi deixada no local... – uma voz masculina começa a falar - ... deseja mais alguma coisa?

            - Ótimo! ... ele está acordado? – ela pergunta animadamente - ... o amarrara? Amordaçaram?...

            - ... ele ainda estava desacordado...  o amarramos, mas sem mordaça... – o rapaz relata - ... o lugar estar úmido e com um “cheio” abafado... ele pode sufocar... se for amordaçado...

            - Tudo bem!... Mantenha alguém lá... depois eu apareço – ela responde pensativa – ele está de castigo...

            - ... vai mantê-lo lá?... por quanto tempo?... separo a comida? – o rapaz demonstra preocupação - ... não notaram a falta dele?...

            - ... sem comida... sem água... – ela decreta - ... não se preocupe... eu cuido disso...

            - Vai matá-lo!!! – o rapaz insiste

            - Já disse... não se preocupe... agora... é comigo – ela avisa - ... tchau!!!... – e desliga


Notas Finais


Aguardem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...