História A outra face da amizade - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Seinen, Suspense
Visualizações 5
Palavras 1.276
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Mistério, Seinen, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Volta as aulas


Scott acorda assustado, seu corpo ainda cansado se recusa a levantar mas se rende ao som do despertador tocando as 5:45 da manhã, ainda sem forças ele levanta de sua cama e vai em direção a sua escrivaninha para desligar aquele maldito som que parecia alto o suficiente para acordar todos da casa. Após desligar ele se vê em pé em frente seu celular, tudo que ele queria era voltar a dormir mas sabia que seria impossível, já que em seu calendário marcava "2 de fevereiro" simbolizando sua volta as aulas, então após um longo suspiro ele vai em direção ao seu guarda roupa, para poder se preparar. 

Já trocado, ele pega sua bolsa preta ainda leve com seu novo material e retira seu celular do carregador, desce para cozinha onde seus pais estão tomando café, seu lugar estava pronto com uma xícara de café e um pedaço de bolo de laranja em seu prato.

-Bom dia querido. -disse sua mãe com um tom alegre.

-Bom dia. -também disse seu pai.

-Bom dia. -ele respondeu com uma voz de sono. 

-Está animado para seu primeiro dia? 

-Mais ou menos mãe, um pouco cansado ainda. 

Sua mãe fez silêncio por alguns segundos, nisso olhou para o pai de Scott com um olhar preocupado. 

-Olha filho... Sei que esses tempos tem sido difíceis para você mas... Quero que saiba que se precisar conversar e se abrir com alguém, eu e seu pai estamos aqui.

-Isso, se quiser conversar sempre estaremos aqui pra ajudar filho.

Scott olha para eles e bota um sorisso de canto de boca acompanhado de um olhar pra baixo. 

-Está tudo bem. Só preciso me acostumar a tudo isso, em breve estarei bem de novo. 

Ele levanta deixando um pouco de café na xícara e um metade do bolo no prato. 

-Me desculpem mas... Vou indo já, não quero me atrasar no primeiro dia.

Ele sai da cozinha e bate a porta deixando seus pais com olhares tristes e preocupados para trás.

Ele podia sentir o vento gelado da manhã batendo em seu rosto e fazendo seu cabelo balançar, ainda estava cansado pensando em tudo o que havia acontecido no final do ano passado. Nisso ele passou por algo que o fez parar e ficar parado encarando com um olhar distante por um tempo, um antigo parquinho, com seus brinquedos velhos e balanços quase completamente quebrados, nisso suas lembranças voltaram algum tempo atrás, na época que ele e seus amigos se juntavam lá para conversar, dar risada e se divertir falando besteira, ele sentado em cima do gira-gira, seu amigo Alex ao seu lado sempre dando risada, em dois balanços estavam Chris e Bob contando alguma coisa maluca como sempre faziam, sentado perto deles em um pneu estava Will sempre pronto a fazer uma piada, independente da situação , e sentada no final do escorregador estava Liz, uma das amigas mais antigas de Scott, ele sempre gostou dela mas nunca teve coragem de falar e isso é um arrependimento que nunca poderá ser apagado. 

Voltando ao presente, Scott se sentiu vazio e uma dor surgiu em seu peito, só de lembrar que aqueles dias jamais voltariam foi o bastante para acabar com seu humor.

Cotinuou seu caminho até chegar em um prédio grande com um letreiro em azul dizendo "colégio Santa Mônica", ele sabia que havia sido retocado pois ainda se lembra do letreiro desbotado e horroroso que estava lá ano passado. 

Continuou andando até a entrada, lá viu alguns rostos conhecidos e outros não, mas isso era comum, principalmente pelo fato de um novo ano começar e novos alunos entrarem. Algo chamou sua atenção em um banco um pouco a frente da entrada, Liz sentada no banco conversando com duas outras meninas, ele tentou ignorar e começou a andar, não queria passar na frente dela por conta da vergonha mas não tinha outro caminho então teria que aguentar pelo menos um pouco. Ao passar em frente ao banco, Liz o percebeu e acenou com a mão com um sorisso, ele deu um sorisso de canto de boca e acenou de volta mas logo em seguida voltou a olhar pra frente se dirigindo a um banco vaziu. 

Ele ficou sentado lá por alguns minutos, até que Alex chegou e sentou ao seu lado. 

-E aí.

Scott olha pra ele e da um sorisso.

-E aí. -ele responde. 

-Faz tempo né? A gente mal se falou depois... bem... depois daquilo.

-Pois é, nenhum de nós se falou muito depois daquilo, mas acho que ninguém esperava outra coisa, não foi uma simples discussão afinal de contas. -disse Scott olhando para baixo. 

-Sim, foi bem pior em todos os aspectos. -nessa hora Alex começou a passar a mão em seus cabelos negros que se pareciam com os de Scott, com o único diferencial de os de Alex ser um pouco maior e ser pra cima.

Antes que eles pudessem fazer qualquer coisa, algo chamou a atenção de Alex que fica olhando para frente parado, Scott vendo isso olha pra frente também e vê Will passando na frente de ambos, Scott tenta criar força para chamá-lo mas não consegue fazer sua voz sair e depois de um tempo ele se afastou completamente. 

O sinal tocou e todos foram para suas respectivas salas, agora no 2° Colégio as salas eram divididas em A e B, Scott e Chris estavam na sala A, enquanto Alex, Will, Bob e Liz estavam na B, não era algo incomum já que todo ano pelo menos dois deles ficavam separados dos outros quatro. Scott e Chris mal conversaram já que a relação de todos do grupo estava estranha mas ainda trocaram palavras, perguntando como foi as férias ou como estavam, no entanto o único que Scott se sentia confortável para falar sobre o acontecido era com Alex já que eram amigos e longa data, pelo menos maior que com o resto do grupo. 

As primeiras três aulas terminaram e o sinal do intervalo tocou, Scott saiu rapidamente da sala pois a última coisa que queria era ser barrado por algum professor amigo dos seus pais que ficariam fazendo perguntas, no entanto seu plano não deu muito certo, quando chegou nas escadas deu de cara com a Psicóloga da escola, que o chamou para a sala dela. E sem ter o que fazer, ele simplesmente a seguiu.

-Então Scott, como foram as férias? Conseguiu descansar? -ela perguntou com um sorisso no rosto.

-Sim, foi bom, deu pra descansar. 

-Entendo... Bom Scott, eu sou amiga dos seus pais e eles me falaram que você não está muito bem esses últimos tempos e... Eu quero lhe dizer que se precisar de alguém pra conversar eu estou disposta a ouvir sabe, por exemplo se tiver algo que não quer que seus pais saibam mas quer falar com alguém, eu estou aqui.

-Obrigado Senhora Ângela mas no momento eu só quero ficar sozinho e desfrutar de meus próprios pensamentos. 

-Tudo bem, entendo você. -disse Ângela com um sorriso meia boca no rosto. -Bom, me desculpe tomar seu tempo, pode ir.

-Obrigado. 

Scott saiu e desceu mais rápido ainda para não ser pego de novo nessa situação desconfortável por ninguém. Seus pensamentos enquanto desciam a escada eram que não tinha como seu dia piorar, no entanto, ele estava errado pois assim que chegou lá em baixo viu uma roda de pessoas gritando, ele foi até lá para ver o que está a acontecendo e a cena o chocou de maneiras que ele não podia descrever. Will estava em pé com a mão suja de sangue e no chão se encontrava Alex, com o rosto machucado e quase ao ponto de desmaiar.












Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...