1. Spirit Fanfics >
  2. A Ovelha e o Lobo >
  3. A ovelha e o virgem

História A Ovelha e o Lobo - Capítulo 5


Escrita por: SailorMim

Notas do Autor


oie galerinha bonita como ta o fim de semana de vocês? ✨

tem capítulo novo uwu

Capítulo 5 - A ovelha e o virgem


  Dentro do vestiário Mingyu tirou suas roupas e ficou apenas de toalha


Minji estava com a cabeça abaixada e nem ao menos ouvia o garoto se aproximar


Mingyu colocou parou bem na frente da cabine de chuveiro onde Minji estava encolhida no chão e abriu a porta



-AAH! O QUE É ISSO?! - Ele tomou um susto sem reconhecer a garota e caiu para trás caindo de bunda no chão quase quebrando levando a porta da cabine junto

-MINGYU! - Minji levantou a cabeça e viu o garoto caído no chão só de toalha - Que cena…



Ele se levantou lentamente sentindo uma imensa dor na bunda e arqueou as sobrancelha sombras quando reconheceu a garota


-O que faz aqui? Quase me matou do coração achei que você fosse uma assombração! - Ele reclamou

-Me desculpa, só queria ficar sozinha não achei que alguém fosse entrar aqui agora…- Ela abaixou a cabeça de novo pois não queria ficar encarando ele de toalha - Eu vou sair daqui então, me desculpa ter assustado você, vou encontrar outro lugar pra lamentar minha vida patética



Minji se levantou ainda encarando o chão, porém Mingyu empurrou ela de volta para dentro do chuveiro e se enfiou junto com ela na cabine trancando a porta



-O-oque está f-fazendo?! - a cabine era pequena então os dois ficaram um tanto espremidos ali

-Te obrigando a fazer algo que você não faz

-C-como é?!- Minji começou a ficar vermelha de vergonha enquanto sentia ele segurar seus braços e pensava no que aquela frase impura queria dizer

-Conversar- Mingyu disse sério


Ele deu um jeito de sentar no chão daquele box e Minji ficou em pé olhando ele se ajeitar usando apenas aquela toalha com vestimenta



-Sente-se também- Ele pediu

-Como…


O garoto então se moveu um pouco para o lado abrindo um espaço para ela sentar ao lado dele


-Não mesmo, eu vou sair daqui, não quero falar sobre isso com você - Minji ameaçou sair do chuveiro mas Mingyu segurou sua mão


Ela puxou sua mão para perto de si imediatamente quando sentiu o toque dele, Minji não estava acostumada com aquele tipo de intimidade, apesar de estar trancada numa cabine de chuveiro ridiculamente pequena com um garoto de toalha, segurar as mãos parecia algo bem mais ousado


-T-tudo bem! Eu sento contigo, mas não pretendo falar nada - Ela cedeu



 Minji sentou-se ao lado dele se espremendo um pouco


-Você está bem? - Ele perguntou, mas Minji não respondeu - Okay não precisa me responder então, apenas me ouça - Ele deu de ombros - Você parece ter ficado bem mal com o que Kyung disse e posso ver em seu rosto isso - Mingyu disse- Quero que você entenda de Kyung é um cara babaca, diz coisas idiotas que constrangem os outros e fazem eles ficarem mal o tempo todo, e o jeito dele de ser engraçado, mas não tem graça nenhuma e eu sei disso


Minji encarou Mingyu e ele estava com uma expressão séria e irritada, ele definitivamente não gostava daquele garoto


-Eu brinco com você e falo coisas idiotas, mas não na frente de todo mundo, eu não quero constranger você publicamente, mas a diferença é que nós somos amigos, ele não é seu amigo



 Aquela foi a primeira vez que Mingyu se dirigiu a Minji como sua amiga

 Apesar de ter raiva de Mingyu as vezes, ela se sentiu um pouco feliz com aquilo


-Eu só fiquei com vergonha daquilo porque é verdade…- Ela finalmente disse algo - E eu não queria que todo mundo soubesse disso, mas agora o time todo e até as líderes de torcida sabem disso, e a Yunji vai com certeza usar isso contra mim no futuro! - Minji cerrou os punhos - Eu nunca fiz sexo e sei que nessa idade todo mundo já teve sua primeira vez, e eu nem cheguei perto, eu nunca nem ao menos beijei um garoto! Eu tenho vergonha dessas coisas porque todo mundo acha ridículo alguém da minha idade não ter chegado nisso ainda…- Ela sentiu seus olhos se encherem de lágrimas - Não é minha culpa se ninguém nunca gostou de mim a esse ponto, eu sempre fui sem graça de qualquer maneira…


Mingyu não esperava que ela fosse se abrir dessa maneira para ele e ficar tão vulnerável, ver ela chorar daquele jeito fez ele enxergar ela de uma maneira que nunca tinha enxergado antes 

 

-Minji não se sinta assim - Ele virou-se para ela - Você não deveria se cobrar tanto sobre algo tão idiota com todo o respeito e claro, cada um tem seu tempo de fazer essas coisas, ninguém tem o direito de rir de você porque você é virgem, isso não e motivo pra ter vergonha! Você apenas não achou o cara certo, o cara que vai cuidar de você e fazer você se sentir pronta - Ele disse com convicção - Hoje em dia as pessoas acham que fazer sexo e a coisa mais importante do mundo, mas não é! E muito idiota a pressão que botam nos outros pra eles transarem, isso e muito sem noção, cada um deveria fazer quando estiver a vontade, seja com 17 ou 40 anos! 

-Pra você é fácil falar! Deve ter perdido sua virgindade anos atrás! Todas as garotas querem você o tempo todo! - Minji enxugou as lágrimas irritada



  Mingyu então respirou fundo


-Posso ser sincero? - Ele sorriu - Eu ainda sou virgem também



  Minji fez sua melhor cara de interrogação



 -Você é um mentiroso

-Não é mentira - Ele disse sério e Minji não sentiu nem um pingo de falsidade naquele olhar



 Aquele garoto estava contando a mais pura verdade


   Kim Mingyu era virgem



 -Impossível…

-Tudo é possível ovelhinha- Ele disse com uma expressão aliviada como se tivesse tirado um peso das costas - Você é a primeira pessoa que conto isso, todo mundo acha que sou um garanhão que fica com todas, mas eu nunca cheguei lá, sinceramente eu nunca achei a garota certa

Minji estava embasbacada com aquela informação, toda imagem de galinha pegador que ela tinha de Mingyu havia se desmanchando bem em sua frente


-Desculpa…

-Não se desculpe, eu não tenho vergonha disso, só não conto para as pessoas porque se não Yunji vai fazer de tudo para tentar tirar minha virgindade, ela é uma psicopata

-Mesmo assim, você é bonito e popular, já beijou várias meninas e logo vai aparecer uma que vai quebrar esse seu escudo de garanhão e vocês vão ter um belo momento íntimo juntos - Já eu, nunca beijei ninguém na vida, nunca me apaixonei de verdade e ninguém nunca se apaixonou por mim e nem vai, sou sem graça, fracassada e nerd, só não fazem piadinhas o tempo todo comigo porque Wonwoo e meu amigo e eles tem medo dele...

-Não…- Minji encarou os dedos envergonhada

-Isso é um pouco fofo

-F-fofo!? - Ela perguntou indignada - Todas as minhas amigas já namoraram e tiveram mil ficantes, até Eunbi já namorou um cara uma vez, e eu nunca nem segurei nas mãos de um menino…

-Por isso reagiu daquela maneira quando segurei sua mão? - Ele riu - Consegue ficar de boa comigo só de toalha mas não consegue segurar minha mão! Viu? E fofo

-E t-todo um c-conceito okay?! - Ela disse indignada - E eu já vi você de toalha antes, já me acostumeiok de ee eee de uma pessoa muito

-Já te vi de sutiã antes, queria me acostumar com isso também, poderia me mostrar de novo? - Mingyu disse sorrindo sugestivo e Minji quase deu um tapa nele

-Voltou a ser o pervertido imbecil de sempre pelo visto...- Ela cruzou os braço como se quisesse esconder os seios

-Enfim ovelhinha - Ele botou a mão na cabeça dela - Espero que esteja se sentindo melhor - Mingyu fez um cafuné de leve no cabelo dela para acalma-la - Se quiser seu primeiros beijo, peça para Wonwoo, aposto que ele te ajudaria com isso

-CREDO! Ele e um irmão pra mim eu nunca beijaria ele - Minji colocou a língua para fora e fez cara de nojo - E a Eunbi ama ele, ela não me perdoaria se eu beijasse o homem dela

-Pode pedir para mim então - Mingyu jogou no ar a frase de uma maneira mais séria e encarou a garota

-N-não brinque dessa maneira…- seus olhares se encontraram e ela se sentiu estranha

-Não estou brincando



 Minji então engoliu em seco e sentiu seu coração acelerar, por algum motivo ela estava cogitando em aceitar aquela proposta…


-E-eu…- sua respiração começou a pesar enquanto ela encarava os lábios dele, imaginando como seria se aquilo realmente acontecesse 


Mingyu ficou em silêncio por alguns segundos encarando o rosto totalmente vermelho dela


-Você fica fofa quando está com vergonha - Ele disse rindo - Relaxa ovelinha, estou brincando com você - Mingyu deu língua para ela - Gostei de você se abriu um pouco e eu pude me abrir também, eu não costumo conversar muito com os outros assim 


Minji não tinha nem palavras naquele momento, o garoto deixou ela totalmente desestruturada com aquela brincadeira


-Se ele te irritar de novo só falar comigo e com o Wonwoo que a gente acaba com ele - Mingyu fez um joinha com a mão e se levantou do chão


Minji permaneceu ali sentada sem dizer uma palavra, o choque foi grande para ela 


-E-espera um segundo! - Ela tentou segurar ele mas o único local para segurar era sua toalha, e aquilo foi uma péssima ideia 



  Ela puxou a toalha sem querer deixando Mingyu totalmente nu em sua frente


-AH N-NÃO! - Ela tampou os olhos envergonhada

 -Ops, você está se abrindo até demais ne? - Mingyu riu e pegou sua toalha de volta - Se quiser ver e só pedir…

-SAIA DAQUI MINGYU SEU TARADO SEXUAL! - Minji gritou chutando o garoto 



    

Mingyu pulou para fora do chuveiro depois de levar um belo chute na canela


-Eu só queria tomar uma banho- Ele resmungou e foi para o chuveiro do lado

-S-sua camiseta está ali no banco, ela está lavada então não se preocupe! - Minji disse antes de sair correndo do vestiário 



A garota saiu com o rosto tampada para não ser vista por ninguém, mas suas bochechas estavam tão vermelhas que ela era quase um alvo humano impossível de não se notar 

Ela se dirigiu até a cafeteria da escola e pediu uma água gelada

 Aquela era a única maneira de esfriar sua cabeça


Enquanto bebia sua água ela pegou o celular e viu algumas chamadas perdidas de Wonwoo, o amigo estava deveras desesperado atrás dela pela escola


 -Wonwoo? - Ela retornou a ligação

-MINJI! ONDE VOCÊ SE METEU? - Wonwoo gritou do outro lado da linha quase deixando ela surda

-Estou no refeitório, não precisa gritar dessa maneira - Ela disse

-Não saia dai! Estou indo!



Ele desligou na cara de Minji e a ficou sem entender nada

Em poucos minutos Wonwoo apareceu no refeitório correndo como se fosse o fim do mundo e quase tropeçou em uma cadeira

Todos encaravam ele como se fosse um lunático e Minji fazia o mesmo


-Wonwoo pra que esse show todo? Você está me envergonhando - Minji deu com a testa na mesa 

 -Você sumiu e eu fiquei preocupado, depois do que Kyung fez eu não podia ter te deixado sozinha, me desculpa eu tinha que ter ido atrás de você - O garoto sentou ao lado dela


Minji já tinha tido sua cota de conversas sentimentais por hoje, e mesmo que Wonwoo fosse seu melhor amigo, ela não estava nem um pouco afim de repetir tudo o que disse para Mingyu


 -Está tudo bem, eu só fiquei chateada na hora mas já passou

 -Não fique com isso na cabeça, eu por exemplo só fui perder a virgindade ano passado! E olha que foi terrível! - Minji estava a ponto de pregar a boca de Wonwoo para ele parar de falar coisas tão vergonhosas em público

-Sim eu sei! Você me contou com detalhes até demais! Agora fale baixo estão todos olhando para cá - Mini puxou a orelha do amigo 

-Ai desculpa! - Ele reclamou - Mas é sério, Kyung é um otário rude - Wonwoo pegou a garrafa de água dela e bebeu

-Ei! - Minji pegou sua água de volta - Enfim grandão, eu tenho aula agora e você deveria treinar, não se preocupe comigo - Ela disse sorrindo fraco e levantando da mesa - A gente se vê depois



Apesar de Wonwoo aceitar a decisão da amiga de não querer falar sobre o assunto, ele se sentia um pouco deixado de lado naquele momento

Tudo bem que era um assunto extremamente pessoal mas eles se conheciam a mais de 10 anos e ele queria tentar ajudá-la como fosse


 -Eu não vou deixar ele te irritar novamente - Wonwoo disse por fim

 -Eu sei- Minji suspirou aliviada, ela estava feliz por ter alguém que se preocupasse com ela


 Minji então foi direto para sua sala de aula onde poderia ter paz por algumas horas, mesmo que não fosse uma nerd com as melhores notas ela gostava de estudar pois mantinha sua cabeça distraída por um tempo

Mas naquele dia nem a aula mais interessante estava fazendo ela parar de pensar em uma coisa


  E aquela coisa era Mingyu

 Ela não conseguia parar de pensar no momento em que eles dois estavam juntos no banheiro, e como Mingyu provocou ela de uma maneira fora do comum deixando sua cabeça em órbita de tão nervosa


 Sem contar com o fato de que ela tinha visto pela primeira vez na vida o "instrumento" de um garoto ao vivo


   "Até que era grande…"



   Ela pensou consigo mesma


 "MINJI O QUE É ISSO?! Que nível de depravação é esse?! Minha nossa que coisa terrível"


   Ela se arrependeu no mesmo segundo de ter pensado aquilo 


 Minji sentia que estava ficando louca por culpa de Mingyu

Ela passou tanto tempo tentando não pensar nele que perdeu a aula inteira e não conseguiu assimilar um terço da matéria

 Se antes ela já estava mal por perder aulas por conta do time, imagine agora que mesmo dentros das aulas ela conseguia se perder



  Talvez a loucura estivesse mesmo batendo em sua porta


   Ou talvez fosse outra coisa...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...