História A paixão pelo meu chefe (Imagine Jay Park) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Visualizações 184
Palavras 2.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - 28- Twenty eight


Fanfic / Fanfiction A paixão pelo meu chefe (Imagine Jay Park) - Capítulo 28 - 28- Twenty eight

S/n Pov on  

Eu não sei oque aconteceu naquela sala de reuniões,para deixar Jay tão furioso ao ponto de demitir o Gray. Mas pelo jeito,foi realmente muito tenso 

Caminhamos até o seu quarto,e ele foi diretamente até a sua cama,se sentando e soltando um grande ar pesado. Caminho até ele,e me sento ao seu lado,passando minhas mãos em suas costas,tentando o deixar mais calmo 

-Jay,eu vou para casa. Você precisa descansar e relaxar um pouco,está muito nervoso -digo gentilmente,dessa vez levando minhas mãos até o cabelo do mesmo,fazendo um leve carinho ali-

Jay-Eu não quero amor,eu só vou descansar se você ficar aqui comigo -ele diz me olhando,e pude perceber que sua raiva já estava passando. Respiro fundo e faço o mesmo deitar sob meu colo-

Faço carinho em seu rosto enquanto ele me encarava sorrindo

-Eu sei que você quer que eu fique Jay,mas faz uma semana que eu não entro em minha casa. Eu preciso arrumar as coisas! E quando você estiver mais calmo,você me liga e eu venho para ficar aqui com você! Tudo bem? -pergunto de forma calma e então ele desvia o olhar concordando- eu te amo -digo o fazendo olhar para mim novamente,e dar um sorriso lindo-

Jay-Eu também te amo amor -ele diz e abraça minha cintura,dando um beijo em minha barriga- amor...

-Sim? -digo acariciando o braço tatuado dele,que logo me olha- 

Jay-Oque você acha da gente...ter uma família? -ele pergunta olhando em meus olhos,dando um sorriso fofo-

-Oque? Como assim Jay? -pergunto surpresa,o fazendo rir-

Jay-Uma família S/n,um bebê! Para você amamentar e...

-Tá,eu já entendi Jaebum! -digo o interrompendo revirando os olhos,e ele ri- sinceramente,não penso nisso agora! Eu sou nova ainda,e mal sei cuidar de mim. Imagina de uma criança sozinha Jay -digo soltando um ar frustado,fazendo ele se sentar na cama e me encarar-

Jay-Não amor,você não vai cuidar sozinha! Você tem eu para ajudar né -ele diz e então olha para minha barriga sorrindo- seria incrível,ver você carregando nosso filho ou nossa filha ai...por nove meses -ele diz sorrindo feito bobo,me tirando uma risada divertida- oque foi amor? Eu tô falando sério poxa. Eu quero uma criança,de verdade 

Ele diz fazendo bico,e então eu acaricio seu rosto,sorrindo

-Jay,isso eu só vou poder dar à você depois do casamento -digo rindo e ele me olha pensativo- 

Jay-Não seja por isso senhorita S/n! -ele diz se levantando e se ajoelhando em minha frente- S/n...aceita se casar comigo? -ele diz segurando o riso,então eu o encaro brava-

-Que ridículo,me pedindo em casamento só para ter um filho! Você não presta Jay -digo rindo,e ele ri também. Se levantando e voltando a se sentar ao meu lado-

Jay-Eu tô brincando,mas eu quero casar com você! Mas,não agora...mal começamos namorar -o mesmo diz e então sorri- então está certo,você vai me dar um filho depois do nosso casamento -ele diz rindo e então eu reviro os olhos rindo- 

Ficamos um tempo ali,trocando conversas aleatórias. Jay foi tomar um banho para descansar um pouco,então ele caminha em direção ao banheiro,tirando sua camisa,ainda de costas para mim. Passo a encarar o corpo seminu dele, olhando suas tatuagens na nuca e ao lado esquerdo de sua barriga! Aish,esse homem é um pecado,o mesmo se vira em um movimento rápido,me fazendo assustar e desviar o olhar corada

Ele ri divertido e então entra no banheiro,respiro fundo e então caminho até a porta,indo preparar algo para ele comer

Desço as escadas e vou diretamente para cozinha preparar o "almoço" 

Jay Pov on 

Estava no banheiro,pensando sobre o assunto de ter filho com a S/n. Sinceramente eu nunca parei para pensar se eu queria ser pai de verdade.Eu nunca lidei com crianças, nunca fui desses que pensava em ser "papai". Minha vida anda sempre um saco,por conta da empresa,eu não quero ser um pai não presente na vida do meu filho,ou da minha filha! A S/n me fez mudar completamente de idéia,só que...quem garante que eu serei um bom pai? Aish eu não sei se realmente quero isso 

Saio do banheiro com a cabeça um pouco longe,e então volto a realidade vendo a S/n entrar no quarto,dando um sorriso e caminhando até mim

Sorrio fraco e então caminho até a cama e me sento,olhando para ela

Jay-Amor,eu estava pensando sobre aquilo que eu falei...sobre a gente ter um bebê! E eu acho que não estou pronto para isso,eu tenho medo de não ser um bom pai,e não poder dar o carinho necessário que ele precisa,será minha primeira experiência  em relação à isso -digo confuso e então ela sorri,vindo até mim,se sentando ao meu lado- 

-Jay,é claro que você vai ser um bom papai! Você é bom em tudo que faz,e inclusive em dar carinho as pessoas...-ela diz acariciando meu rosto,então eu sorrio,olhando para ela-

Jay-Eu acho melhor,deixar para quando estivermos pronto de verdade! -digo calmo,e ela concorda sorrindo- garota eu te amo tanto -falo abraçando ela,que retribui rindo-

-Eu também te amo "garoto" -ela diz acariciando minhas costas nua,me deixando arrepiado,desço minhas mãos até sua e adentro elas dentro de sua blusa,na intensão de tirar o sutiã dela,mas ela deixa um tapa em minhas costas,me fazendo gemer baixo em reprovação- seu safado! -ela diz rindo,e então dou risada também, apertando sua cintura,tirando uma leve arfada dela- não começa Jaebum -ela desfaz o abraço me olhando bravinha-

Jay-Aigo,eu estava quase lá amor -digo encarando os seios dela,mordendo meus lábios fortemente- 

-Ei,seu tarado -ela ri se levantando,e parando em minha frente- não posso mais te abraçar agora

Jay-Okay,eu paro garota! -digo rindo,e ela revira os olhos- você precisa saber,que você é gostosa demais S/n -digo cruzando os braços,e ela ri. Imitando meu ato-

Mostro a língua,e ela me imita outra vez

Jay-Aish desisto de você garota -falo rindo,e caminho até o guarda-roupa...pegando um roupa-

Então me troco,e caminho até ela que sorri 

-Você precisa comer,eu preparei o almoco,vamos! -ela diz me puxando em direção a porta-

Jay-Garota,desse jeito eu fico sem braço pô -digo bravo,porém rindo e ela me solta rindo- obrigado -falo ainda rindo,vendo ela revirar os olhos- 

Entramos na cozinha e nos sentamos,começando a comer. Depois de nos alimentar,fomos para a sala assistir um filme qualquer 

Então nos deitamos e ficamos assistindo. Bom na verdade,ela ficou...porque eu acabei dormindo com ela mexendo em meus cabelos 

S/n POV on 

Durante o filme,Jay pegou no sono! Então eu sorri,e me levantei com cuidado, dei um beijo sob a testa dele,desliguei a TV,e então fui para casa 

S/n POV off

Já era tarde,quando Jay acorda. Percebendo que a garota não estava ali junto á ele

Jay-Amor? -Jay diz sem receber respostas alguma,então ele caminha até a cozinha,não encontrando ela- S/n? Aonde você tá garota? -o mesmo sobe em direção ao seu quarto,e outra vez não encontra ela- aish,ela realmente foi embora! -ele diz se sentando na cama,pegando seu celular mandando mensagem para ela dizendo que ela já poderia voltar 

S/n POV on 

Estava em meu quarto,quando recebo uma mesnagem de Jay,dizendo que poderia voltar...mas eu recusei,o mesmo insistiu,mas continuei negando! Ele precisava de um tempo sozinho poxa,eu estou praticamente morando com ele,eu tenho minha casa pô 

Jay Pov on 

S/n negou várias vezes,então desisti deixando meu celular de lado,levemente irritado! Já que ela disse que iria voltar 

Levanto e vou para o banheiro,tomando um banho. Saindo,escuto a campanhia tocar,me visto rápidamente,colocando apenas uma bermuda e desço,abrindo a porta na intenção de que séria a S/n....mas era a HyunA 

"Oh meu deus,porque?" Penso e reviro os olhos

Jay-Boa noite HyunA,que surpresa você está aqui...deseja alguma coisa? -digo sarcástico,então ela me empurra entrando sem minha permissão- deus do céu,oque eu faço com essa mulher? -pergunto sussurrandp para mim mesmo,então fecho a porta,caminhando até ela-

HyunA-Você não muda nada,sabia? -ela diz olhando para meu corpo,e foi ai onde lembrei que estava apenas de bermuda-

Jay-Aish,é só você não olhar garota! -falo bravo,e então caminho até o sofá,me sentando- fala oque você quer,ou veio apenas encher meu saco com aquele papinho de me ter devolta??? Porque eu nã...-ela senta em meu colo,então atacando meu lábios colocando meus braços para trás,o apertando fortemente. Quanto mais eu tentava empurrá-la,mais ela aoertava meus braços 

Eu sei que eu tenho mais força que qualquer mulher,mas...a HyunA,estava praticamente afundando as unhas no meu braço! Estava doendo porra

Depois de alguns segundos,ela me solta sorrindo satisfeita,empurro ela fazendo ela se levantar de meu colo

Jay-Você ficou louca mulher? -digo furioso,ela sorr- se você soubesse a vontade que eu tenho de bater em você,você não iria sorrir desse jeito! Vai embora...-digo e ela nega,subindo as escadas indo para meu quarto- mas que porra! -digo e então,fico ali por alguns minutos pensando no que fazer para ela sair da minha casa,eu sabia oque ela queria,mas eu nunca na face da terra iria transar com ela-

Me levanto irritado,e subo até meu quarto,encontrando a mesma nua em minha cama

Me assusto,e fico a encarando por alguns segundos,passando a encarar o corpo dela

"Porra Jaebum,não faça merda! Ou se não você morre" 

Até pareçe,que com ela nua em minha cama,iria me deixar louco por ela...

Jay-Olha só,você não está achando que com isso irá me deixar excitado,está? -digo sarcástico,tentando desviar o olhar,realmente eu não posso mentir a HyunA é gostosa,mas...não igual a S/n! A S/n sim me deixa de pau duro- HyunA por favor,vá embora...eu não vou transar com você,eu amo a S/n e não você 

Digo e vejo a mesma furiosa caminhando em minha direção,naquele momento eu congelei não consegui falar nada,apenas senti suas mãos em minha cintura e seus lábios tocando aos meus 

"Eu vou apenas fingir que cai nesse joguinho de sedução e então,irei botar ela para rua" penso colocando minhas mãos sob a cintura dela,retribuindo o beijo

Por um momento eu me senti um lixo,eu estava traindo a mulher da minha vida,mas eu sabia que era o unico jeito de me livrar dela

Então,caminho com ela em direção a cama,e a deito. A mesma para o beijo e olha em meus olhos sorrindo

Dou um sorriso falso,e então levo meus lábios em direção ao seu pescoço,deixando um beijo molhado ali,sentindo a mesma murmurar meu nome baixo 

"Cara,oque eu estou fazendo?" "Eu não posso continuar isso,eu vou acabar caindo no joguinho dela" 

Solto um suspiro tentando afastar meus pensamentos,então sinto a mão de HyunA,em meu membro,me fazendo morder os lábios 

Jay-HyunA,por favor...não faça isso! Eu...tenho namorada e você sabe! -digo entre arfadas leves,sentindo ela apertando meu membro cada vez mais forte- HyunA! -digo seu nome em um gemido baixo e manhoso,e quanto notei eu estava sendo masturbado por ela- 

"Meu deus,eu sou...um lixo" penso e então tento parar,mas ela segura meu corpo contra o dela "maldita hora que eu fui pensar em fazer essa merda,eu nunca vou me perdoar por isso" 

A mesma inverte as posições,ficando sob meu colo

Jay-Não HyunA,eu não quero -empurro ela,e quando ia me levantar,sinto ela agarrar minha cintura- por favor -sussurro triste,por perceber que acabei de trair a S/n- 

HyunA-Não,você quer. Eu sei que você quer Jayzinho -ela me deita na cama outra vez,tornando a ficar em cima de mim- você não ama ela,você ama apenas á mim -ela diz pegando em meu membro,voltando a me masturbar- 

Jay-Não,eu não amo você. Eu apenas queria passar a perna em você,mas acabei caindo no seu jogo -digo baixo,porém bravo-

Ela sorri,e então solta meu membro,começando a cavalgar em meu membro,gemendo meu nome alto demais 

Fecho meus olhos,sentindo que eu queria chorar,mas eu segurei até o fim 

Depois de alguns minutos 

Acordo um pouco,assustado não vendo HyunA ao meu lado,então pensei que fosse tudo um pesadelo,mas olho para mim,me vendo totalmente nú 

Nessa hora,meu corpo estremesseu,e a única coisa que eu pensei foi "eu realmente transei com ela" começo a chorar sem parar,eu naopude acreditar no que eu tinha feito,eu acabei com o nosso namoro,como é que eu vou contar para ela? 

Eu estava tremendo pensando em que fazer,mas minha cabeça estava a mil,eu só conseguia pensar na S/n...eu sou um inútil 

Dia seguinte 

S/n POV on 

Acordo,e vou tomar um banho para ir até a empresa

Quando eu estava pronta,liguei para Jay várias vezes,mas ele não atendia,então deduzi que ele já estaria na empresa

Então fui ao trabalho,chegando lá,vou diretamente até a sala de Jay,e encontro  apenas HyunA sentada na cadeira dele. 

"Como é que ela entrou aqui?" Pergunto e reviro os olhos

-Oque você está fazendo aqui? Cadê o Jaebum? -pergunto confusa e ela sorri,olho para seu pescoço,e lá havia marcas de chupões e arranhadas,desvio meu olhar olhando nos olhos dela- cadê o Jay? -pergunto estressada,então sinto alguém atrás de mim,olho para trás e vejo Jay,com um semblante triste,como se estivesse chorando por uma semana- ah,bom dia amor -beijo ele sorrindo- está tudo bem? -pergunto preocupadae então  ele concorda- Então tá,oque ela está fazendo aqui? -pergunto fazendo ele encarar HyunA por alguns segundos-

Jay-Am...S/n! Por favor,me deixa a sós com ela,depois...eu...passo da sua sala ok? -ele pergunta com a voz fraca,como se quisesse chorar-

-Amor,tá tudo be...

Jay-Por favor -ele diz ainda encarando HyunA-

Respiro fundo,então saio da sala dele indo para a minha

Jay Pov on 

Assim que S/n sai da minha sala,eu deixo algumas lágrimas cair,e caminho até HyunA,que me olhava sorrindo

Jay-Vai embora,eu já dei oque você queria! Me deixa ser feliz,por favor -digo ainda chorando,e ela acaricia meu rosto- 

HyunA-Com ela jamais,mas comigo eu deixo meu amor -ela diz e deixa um selar em meus lábios-

Permaneço em silêncio,então ela se levanta e deixa outro selar em meus lábios,indo embora em seguida 

Me sento e começo a chorar novamente,porque? Eu nunca vou me perdoar  

....................














Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...