História A Parallel World (Season 2) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, G-Friend, Got7, I.O.I, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, Choi Yoo-jung, Dahyun, Eunha, Jackson, Jennie, Jeon So-mi, J-hope, Jihyo, Jimin, Jisoo, Jungkook, Jungyeon, Kim Se-jeong, Kim So-hye, Lim Na-young, Lisa, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Rosé, Sana, SinB, Suga, Tzuyu, V, Xiumin, Yerin, Youngjae, Yuju, Zhou Jieqiong
Tags 2yeon, Chaelisa, Dahmo, Jensoo, Michaeng, Satzu, Sohyo
Visualizações 189
Palavras 2.618
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eae :v

Sorry por não postar ontem, mas eu não estou muito bem, porém tamo ae hehe :v

Um cap bem light pra vcs sksksks

Então, duas coisas pra falar:
1 - A partir daqui, se inicia a nova fase da fic
2 - Segura na mão de GodJihyo e vai

Boa leitura <3

Capítulo 11 - Eleven


Pov's Chou Tzuyu

Havia uma semana que Chaeyoung havia acordado, mas foi por breves segundos, ela sussurrou o nome de Mina e logo depois apagou de novo, Eunha disse que agora ela estava apenas dormindo e que em breve acordaria.

Infelizmente a namoradinha de Chae estava aqui em Seul, porém ainda não tinha dado as caras por aqui, juro que se eu ver essa loira falsificada eu dou na cara dela, sei que essa garota não é flor que se cheira e espero muito que quando Chae acordar ela dê na cara dessa vadia.

- Chou Tzuyu! É a terceira vez que te chamo e você fica aí voando alto! - sou tirada de meus pensamentos por uma Sana irritada e de braços cruzados, sorrio e estendo meus braços em sua direção. - Você quer que eu vá aí? Pois saiba que não vou... - diz fazendo bico e reviro meus olhos.

- Eu tenho chocolates aqui Saninha... - digo sorrindo de lado e vejo os olhos da mesma brilhar, ela rapidamente anda até mim e senta em meu colo.

- Cadê o chocolate? - pergunta sorrindo abertamente e faço bico.

- Nossa Sana, é assim é? Tem mais interesse no chocolate do que em mim? Fiquei ofendida agora! - digo indignada e a mesma gargalha.

- Que fofa essa minha namorada, com ciúmes do chocolate. - diz rindo e aumento meu bico, Sana nega com a cabeça deposita um selar longo em meus lábios. - Parou com a birra? - pergunta e assinto com o olhar vidrado em seus lábios. - Sua pervertida! - diz e me dá um tapa no braço.

- Ai amor! - reclamo acariciando o local e a porta de casa é arrombada, arregalamos os olhos e logo vimos o casal furacão em nossa frente.

- Como assim a Yerin está aqui? - Jeongyeon pergunta indignada e franzo o cenho.

- Pensei que soubesse... - digo e Sana se ajeita em meu colo ficando de frente para elas.

- Algo me diz que essa garota não é flor que se cheire... - Nayeon diz se sentando no sofá e Jeong se senta ao lado da mesma.

- E não é mesmo, eu e Tzuyu sempre víamos essa garota com outras, enquanto Chaeyoung trabalhava para nosso pai, porém sempre que íamos avisar Chae sobre Yerin, o demônio aparecia, parece até que lê mentes... - Jeong diz e assinto. - Só sei que se eu ver essa piranha na rua, eu dou na cara dela.

- Credo gente, vamos parar com o ódio certo? - Sana diz entrelaçando nossos dedos e assentimos.

- E aí? Alguma notícia da Mina? - Nayeon pergunta e Sana suspira.

- Nada, mas Jackson está na cidade, não sei o que Akira esta aprontando, mas coisa boa não é... - Sana diz e suspiramos.

É pessoas, Mina deu uma sumida da cidade, boatos dizem que a mesma está em Daegu, cuidando dos preparativos do seu casamento com Wang, coisa que não agradou ninguém por aqui e foi motivo de algumas confusões com Jackson. Nosso único medo no momento, é da reação de Chaeyoung diante de todos esses acontecimentos, porém o que nos resta é esperar...

Pov's Hirai Momo

- Amor? - ouço a voz de Dahyun e suspiro, antes de me virar para a mesma. - Ainda preocupada com Mina? - pergunta e assinto me jogando na cama, eu já tinha me livrado do gesso, porém não poderia fazer nada que envolva chutes, corridas longas e pulos, para minha tristeza.

- Tem algo pairando no ar Tofu, eu vou descobrir o que é, afinal a culpa é minha por ter deixado isso mas mãos de Mina. - digo me sentando e Dahyun se senta de frente para mim, cruzando suas pernas em forma de índio.

- Quer dizer que se arrepende? - pergunta com um misto de tristeza e confusão e nego com a cabeça.

- Não me arrependo de largar tudo por você Dahyun, eu faria de novo se preciso, você é a pessoa que eu amo e eu nunca desistiria de você, eu enfrentaria tudo por você Tofu. - digo acariciando seu rosto e a mesma sorri docemente. - Só fico mal, porque eu sinto que Mina sentia algo pela Chae e está se casando por que eu deixei de ser a herdeira, querendo ou não, tenho uma parcela de culpa nisso e...

- Não Momo, nenhuma de vocês são as culpadas, o único culpado é o Akira, ele é o vilão da história, que se incomoda com a felicidade alheia e pensa só em dinheiro. Se ele amasse vocês de verdade, ele amaria vocês independente da opção sexual, independente se a pessoa é rica ou independente da cor, raça, religião. Seu pai apenas não aprendeu a amar e desconhece a palavra apoio, mas não se preocupe meu amor, nossa turma está aí pra isso, vamos amar vocês independente de tudo ou qualquer coisa. - finaliza sorrindo fofa e me seguro para não apertá-la.

- E é por isso que eu te amo, você me entende como ninguém nunca entendeu, você é a pessoa certa para mim Tofu. - digo sorrindo e a mesma cora, a puxo para se sentar em meu colo e quando a mesma vai protestar, a calo um um beijo.

Um beijo calmo, sem pressa, apenas demonstrando tudo o que eu sentia por Dahyun, queria mostrá-la que a amava, queria mostrar que me importava com ela, assim como ela se importava comigo.

Sinto uma de suas mãos em minha nuca, prendendo meus cabelos, enquanto a outra estava em meu pescoço, minhas mãos se apossavam de sua cintura, acariciando o local cuidadosamente. Dahyun suspira quando minha língua invade sua boca e sinto suas unhas arranharem minha nuca, fazendo-me arrepiar, a mesma percebe e sorri entre o beijo, mordo seu lábio inferior como resposta e quebro o beijo descendo meus lábios para seu pálido pescoço, depósitos pequenos selares no local e antes de me afastar mordo levemente sua pele, Dahyun me dá um tapa no braço e gargalho me afastando um pouco.

- Abusada... - resmunga antes de sair de meu colo e antes que eu protestasse e ela volta a falar. - Calada, vamos descer agora. - praticamente ordena e faço careta, antes de sair da cama, indo atrás da minha namorada esquentadinha.

Pov's Kim Jisoo

- Jendeuk! O que faz aqui? - pergunto assim que vejo a figura de Jennie escorada no balcão da cafeteria e a mesma sorri.

- Vim ver minha namorada, aliás não viu ela por aí não Srta. Kim? - pergunta sorrindo de lado e coloco uma de minhas mãos no queixo.

- Olha, eu até tinha visto ela, mas acho que no momento ela está ocupada... - digo a olhando e a mesma arqueia as sombrancelhas.

- Ah é? Ocupada com o quê exatamente? - pergunta e me aproximo um pouco.

- Ocupada em beijar a namorada dela. - digo e rapidamente puxo a nuca de Jennie selando nossos lábios, a mesma sorri entre o beijo e nos separa.

- Hum... Ousada, gosto disso. - diz sorrindo de lado e lhe dou um tapa, enquanto a mesma ri. - Cadê o movimento deste estabelecimento? - pergunta e rio.

- No momento a maioria das pessoas estão trabalhando Jennie, aliás acho que era pra você também estar né? - digo semi cerrando os olhos para ela que sorri forçadamente.

- Posso te ver mais não é? Tiro um tempinho pra vir aqui e você já está me explusando? - pergunta indignada e seguro o riso.

- Que discussão é essa aqui? - Yuju surge da cozinha e Jennie se assusta.

- Que discussão? A Jisoo que está me expulsando daqui! - Jennie protesta e a olho incrédula.

- Que horas eu te expulsei Kim Jennie?! Eu só falei algo verdadeiro, em momento nenhum eu disse: "Sai daqui embuste"! - digo indignada e a mesma abre a boca ofendida.

- Embuste Jisoo?! Olha aqui vo...

- VAMO PARAR COM A PALHAÇADA AQUI?! - Yuju grita e nos assustamos. - Credo, estão piores que a Lisa e a Rosé... Como vocês estão em um relacionamento onde brigam até pelo vento?

- Olha, se o vento estiver vindo em minha direção e a Jisoo entrar na frente, eu pico o pé mesmo. - Jennie diz e abro a boca ofendida.

- O quê?! Prefere o vento do que a mim? Ok Jennie, fique com o vento então! - digo nervosa e bufo cruzando os braços.

- Ai meu G-Dragon... Vocês são mais velhas do que eu e agem piores do que eu, pelo amor de Deus gente, vão caçar o que fazer! Jennie, vai lavar uns pratos, Jisoo, vai limpar o chão! - Yuju diz nervosa e a encaro ofendida.

- Mas eu nem trabalho aq...

- Não perguntei! Some da minha frente! - interrompe Jennie apontando para a cozinha e Jennie sai pisando duro para lá. - E você, circulando! - diz apontando para o chão e resmungo antes de obedecer.

Quebra de Tempo

- Estou morta... - digo me jogando na bancada e deito minha cabeça ali.

- Não sinto minhas mãozinhas... - Jennie diz com voz de choro e faz beiço, começo ri e Yuju aparece.

- E aí? Vão brigar de novo em minha presença? - pergunta e negamos rapidamente. - Ah, que bom, se eu ver vocês brigando outra vez, farão coisas piores, ouviram? - pergunta e assentimos freneticamente. - Pois bem, tchau meninas, já deu minha hora, fui, beijos! - diz sorrindo alegremente e sai da cafeteria.

- Ok, essa sim é bipolar... Ei amor, vamos no hospital visitar a Chaeyoung? - Jennie pergunta e assinto.

- Assim que terminar meu expediente, vamos lá. - digo e a mesma caminha até mim, me abraçando por trás.

- Vou te esperar aqui então. - diz depositando um beijo em minha nuca e sorrio assentindo.

Pov's Jung Yerin

- Então é aqui que ela está internada... O que será que houve? - me pergunto olhando para o hospital e sinto um corpo se colidir com o meu. - Não tem olho na car... - me interrompo ao olhar para o garoto em minha frente que me analisava.

- É nova por aqui? - pergunta e arqueiro uma de minhas sombrancelhas.

- Pra quê quer saber? - pergunto e o mesmo dá de ombros.

- Sei lá, as vezes você quer conhecer a cidade, não sei... - diz e continuo confusa. - Sou Jackson Wang, minha família é uma das mais conhecidas aqui. - diz e arregalo meus olhos. Ele é um Wang?!

- A-ah, sou Jung Yerin, me mudei de Busan ontem. - digo e o mesmo sorri de lado.

- Quer dar uma volta? Podemos conversar melhor durante o trajeto... - diz e assinto rapidamente, ele pega em minha mão e começa a nos guiar. Acham mesmo que vou perder a oportunidade de me envolver com alguém rico? Jamais!

Pov's Chou Tzuyu

- Tzu! Tzu! A Eunha ligou! A Chae, ela...ela...

- Pelo amor de Deus Sana, respira antes de falar! - a repreendo e a mesma toma fôlego.

- A Chaeyoung acordou! - diz e me levanto em um pulo do sofá.

- O quê?! - pergunto incrédula e a mesma revira os olhos.

- Sua irmã acordou, temos que ir pro hospital agora! - diz me puxando e paro bruscamente.

- Temos que avisar as ou...

- Já avisei, vamos logo! - diz abrindo a porta e me empurra para fora.

- Você é muito carinhosa hein? Adoro! - digo em um falso entusiasmo e a mesma me fuzila com os olhos. - Ok, parei. - digo levantando as mãos e a mesma abre a porta do lado do motorista. - Perai, Perai, você vai dirigir? - pergunto e a mesma assente. - Claro que não! Da última vez, você quase bateu meu carro lindo! - protesto indo até a mesma que me olha incrédula e começa a me dar tapas. - Ai Sana! Isso dói!

- Dói é?! Pois saiba que você merecia um soco, sua palhaça! Vamos logo! - diz nervosa e caminha pisando duro até o lado do passageiro, engulo seco me arrependendo amargamente de ter atiçado a fera e entro no carro, logo o ligando e dando partida rumo ao hospital.

Durante o trajeto, pensei ter visto Yerin com um garoto que parecia com o tal Jackson, mas acabei ignorando, estava nervosa por muita coisa estar acontecendo, então não dei importância.

Quebra de Tempo

Assim que chegamos no hospital, desci em disparada para a recepção, ouvindo os resmungos de Sana atrás de mim.

- Ah, oi moça! Vim visitar minha irmã, recebemos uma ligação da doutora Eunbi, avisando que ela acordou. - digo tudo muito rápido e a moça fica um pouco assustada.

- Q-qual é o n-no...

- Son Chaeyoung! - a interrompo e Sana desce o tapa em minhas costas. - Shiba! - a repreendo e recebo um olhar nervoso de sua parte. - Desculpa. - peço baixo e a recepcionista libera nossa entrada. Corro em disparada pelos corredores e logo vejo uma debandada de pessoas barrando o corredor.

- Meu Deus que zona... - Sana diz parando ao meu lado e assinto lentamente, ali estavam 2Yeon, DahMo, Chaelisa, Jensoo, Sohyo, Yoohye, Jimin, Jungkook e Yuju.

- Vamos organizar essa bagunça agora! - chego colocando moral mesmo, afinal, eu posso. - Cada um agarra seu par aí e abre o corredor! - digo e rapidamente meus escravos obedecem, Jimin e Jungkook ficam sem saber o que fazer e os dois acabam só abrindo espaço mesmo, vejo Eunha me agradecer com o olhar e sorrio.

- Vou deixar uma turma entrar e depois os que ficaram entram ok? - Eunha diz e todos assentem. - Então, quem são os primeiros? - pergunta e todos levantam as mãos, Eunha dá um tapa na própria testa e seguro o riso, sentindo Sana me beliscar.

Ficou decidido que os mais próximos entraria primeiro, todos aceitaram de boas e logo entramos, sorrio ao ver Chaeyoung desenhando algo em um caderno e sinto Sana segurar minha mão, os cabelos dela estavam suficientemente grandes, batiam quase em seu pescoço e estavam levementes ondulados.

- Chaeyoung? - Eunha a chama e a mesma tira os olhos do caderno olhando para a doutora, porém assim que a mesma vê a debandada ali dentro abre um sorriso.

- Oi! - diz acenando e logo as meninas praticamente pulam em cima dela.

- Meu Deus! Não façam isso! - Eunha pede desesperada e gargalho, as meninas se afastam e Chae me olha.

- Oi pirralha. - diz pra mim e lhe mostro meu dedo do meio antes de ir a abraçar.

- Como vai coisa feia? - pergunto e ela dá de ombros sorrindo.

- Jeongyeon, finalmente veio pra cá, achei que teria que fazer Nayeon ameaçar terminar o namoro pra você vir nos ver. - Chaeyoung diz e rimos.

- Desculpa a demora, mas agora eu vim pra ficar, então... - Jeongyeon deixa no ar e rimos outra vez, Sana caminha até mim e entrelaça nossas mãos.

- Opa, novidade... - Chae diz olhando para mim e Sana que corava e sorrio. - Não acredito que Sana caiu em suas cantadas horríveis. - diz e Sana gargalha enquanto abro a boca ofendida, todas ali dentro riam e eu agora estava emburrada.

- Odeio vocês... - resmungo enquanto elas ainda riem e logo ouvimos alguém bater na porta, logo a silhueta de uma garota é revelada e assim que vemos quem é arregalamos os olhos. Myoui Mina em carne e osso, não mais ruiva e sim morena dos cabelos pretos, adentra o quarto um tanto quanto tímida e envergonhada.

- Você veio! - Momo diz sorrindo e logo abraça a irmã.

- O-obrigada por me avisar Momoring. - diz baixo e Momo assente se separando, puxo Mina para perto de nós a abraçando de lado e assim que entra na visão de Chaeyoung, ela cora e olha para a pequena.  - O-oi Chaeng. - diz baixo e Chaeyoung franze o cenho.

- Quem é você? - pergunta confusa e arregalo meus olhos, não acreditando.

Como é que é?!


Notas Finais


Minha nosa :v

Não me matem ok? Sou um amor de pesoa Kshakhaka <3

Foi isso pessoas, fé no pai que MiChaeng sai

Obg pelos views, favs e comentários! Te amo vcs delicinhas! <3<3

Ignorem os erros em nome de Jihyo :3

Até mais!!

2bj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...