1. Spirit Fanfics >
  2. A patricinha e o Dono do Morro >
  3. Capítulo 25 (Rugal)

História A patricinha e o Dono do Morro - Capítulo 41


Escrita por:


Capítulo 41 - Capítulo 25 (Rugal)


Acordo meio zonzo tento abrir os olhos mas alguma coisa incomeda minha cara, vejo que é o cabelo da Morena porra mano logo vem na minha cabeça lembranças da noite passada e karalho finalmente ela se entrego pra mim caraca meno ela é só minha agora, levanto devagar pra não acordar ela vou pro banheiro tiro toda a minha roupa e entro no box tomo meu banho bem relaxado quando termino eu saio do box me seco e boto a toalha em volta da cintura e saio do quarto vejo a Morena mexendo no celular quando me ve ali fica vermelha acho que deve ta com vergonha ja que a mesma bota o travesseiro na cara mano ela fica muito linda quando ta com vergonha mina é gostosa pra karalho, vou até a cama e me sento perto dela boto a mão na barriga dela por cima da coberta.

Rugal-Que foi Morena:Falo e ela tira o travasseiro na cara.

Madu-Isso não era pra ter acontecido:Fala com cara de triste, ah mano qual é por que não agora ela vai vim com essa vai me deixar puto já to até vendo.

Rugal-Porra Morena não começa com o K.o não.

Madu-Ah qual é eu realmente não devia ter cedido ao seu charme, agora eu me entreguei sou sua por inteiro mas você não é meu:Ela fala meio pensativa e realmente ela ta certa, mas quero ela só pra mim agora depois eu meto o pé.

Rugal-Pow Morena eu to contigo agora, vou ficar com mais ninguém não:Falo isso e ela me olha na hora.

Madu-Serio?:Ela pergunta e agora vejo que ela esta feliz.

Rugal-Aham, agora vem aqui:Falo puxando ela pra um beijo, beijo ela com intensidade e desejo nos afastamos por falta de ar.

Rugal-Agora essa daqui é tua casa agora jaé, tudo oque precisar pode falar comigo que eu descolo pra tu:Falo levantando a cama e indo até o sofá que ta com a minha roupa em cima, olho pra Morena que observa cada movimento que eu faço, tiro a toalha e fingindo que nada aconteceu eu pego minha box e coloco ela desfarco e olho pra Morena e vejo a mesma morder a boca e puta que pariu não me controlo e vou até ela, ja agarro ela vou beijando sua boca gostosa mas logo ela para o beijo.

Madu-To com fome:Ela fala levantando da cama e indo em direção ao banheiro.

Rugal:Vai querer comer o que Morena:Falo aparecendo na porta do banheiro e ela para de tirar a roupa e me olha.

Madu-Pão de queijo, pão francês, nutella, queijo, morango e suco de maracujá:Karalho são quatas pessoas pra comer.

Rugal-Vai com calma fiah, são quantos exércitos.

Madu-Só eu e você mesmo. Agora sai que eu quero tomar banho:Ah porra ela ta de sacanagem com a minha cara só pode.

Rugal-Ah qual é tio, não tem nada ai que eu já não tenha visto:Dou uma gargalhada e saio do banheiro deixando ela lá vermelhada de vergonha.

Saio do quarto e desço as escadas saio de casa e vou até o vapor que eu coloquei na contenção da casa dela dou 100R$ pra ele e peço pra ele ir buscar tudo o que a doida pediu logo entro em casa de novo,eu quero é saber aonde ela vai colocar isso tudo aposto que não vai conseguir comer nem a metade disso, vou pro sofá e sento esperando a Morena descer e porra quando ela desce a mina desce com um puta de um shortinho que meu amigo ja da sinal de vida. Quando eu to indo até ela a campanhia toca! puta merda logo agora, paro e vou até a porta e abro vendo o vapor com as coisas que eu pedi quando vejo ele quase comendo a Morena com o olho ja me sobe uma raiva fizilo ele com os olhos e pego as sacolas da mão dele.

Rugal-Depois nós conversa sobre isso, quero tu na boca daqui meia hora:Falo tudo muito puto Bato a porta na cara dele vejo que a Morena só observa calada mas porra ela a porra do short que ela ta, olho pra ela mas nãofalo nada só vou em direçãoa cozinha e coloco as sacolas na mesa ela só observa meus movimentos mas ainda ta calada, ela levanta e vai arrumar a mesa pro café quando ela termina ela senta e começa se sevir quando vou fazer o meu ela fala.

Madu-Deixa que eu faço:Ela fala pegando três paes bota os bagui dentro do pão e me da depois me da o café, nós toma café junto e quando acabamos ela boto as coisas sujas na pia e foi guardar as coisas. Mano a mina comeu tudo e mais um pouco meu pai, volto pro quarto e ela ta la mexendo no celular, vou até ela e me sento do seu lado na cama.

Rugal-Ai morena vou colar la na boca, vou ver se venho de noite ficar com tu jae.

Madu-Ta pode ser:Fala virando pro canto.

Rugal-Pow morena que foi, vai ficar nessa:To ficando bolado já, porra cu doce do karalho.

Madu-Voce não ia sair, ta demorando muito já:Karalho meno essa mina só pode ta tirando com a minha cara, pra eu não sentar a mão nela é melhor eu meter o pé.

Levanto da cama e saio rápido do quarto bato a porta com força desço as escadas e saio da casa dela, como ontem eu vim a pé com ela tenho q ir a pé pra boca então vou andando e com a boca são só 3 ruas depois da casa da Morena em 8 minutos eu chego la, entro faço um toque com os menor e vou direto pra minha sala.

Faço o de sempre e começo a resolver os b.o de sempre mais minha cabeça não sai da Morena porra mano não posso ficar assim por uma buceta mano, tenho todas que eu quero na hora que eu quero falando nisso vou chamar a  Rayssa quero fuder ela agora.

             *WhatsApp On*

Rugal-Qual foi Rayssa, quero você aqui na boca em 10 minutos.

                  *WhatsApp off*

Deixo nem a puta responder ja desligo o celular, pego dentro da gaveta mais um basedo ja bolado acendo e fico la fumando até a puta chegar.

Vapor-Koe patrão tem uma puta ai fora querendo descolar um papo contigo.

Rugal-Manda entrar:Falo isso ele sai da minha sala e em seguida a puta entra, porra mano a mina ta com um roupa minúscula e com a saia q ela esta já vejo que ta sem calcinha, mais é uma puta mermo.

Rayssa-Me chamou Amorzinho:Fala sorrindo safada, mas na hora nem LIGO por ela ter me chamado assim.

Rugal-Chamei, agora vem aqui e chupa meu pau:Falo isso me sentando na cadeira a piranha nem espera eu pedir de novo e já vem até mim. Ela já vai tirando meu short e sem esperas ela já cai de boca no meu pau, puta que pariu fui a loucura ela continua chupando e me masturbando quando não to mais aguentando eu puxo o cabelo dela e levo ela pro quartinho que tem ali na minha sala, jogo ela na cama e mando ela ficar de quatro por que hoje eu quero comer esse cuzinho.

Ela faz como eu pedi eu já vou alisando seu cuzinho e mano a puta ta tão molhada que chega ta escorrendo nas pernas, sem mas demoras eu vou passando meu pau no seu cu e entro numa entocada só porra a mina já ta quase arrombada piramha vagabunda fico fazendo movimentos de vai e vem forte ela grita e fala que ta doendo mas eu não LIGO e continuo quando to perto de gozar eu aumento as entocadas e gozo chamando a Morena puta merda mano, a puta fico toda revoltadinha levanto e começou a gritar.

Rayssa-Eu não acredito que você me chamo com o nome daquela puta:Ah mano quando ela fala isso já fico puto e vou pra cima dela já dando um tapão na cara dela, ela me olha desisperada e eu vou até a minha carteira pego 2 notas de cem reais e jogo em cima dela.

Rugal-Voce nunca mas fala assim da Morena ta ligada, não quero mas ver você minha frente vaza.

Rayssa-Mas amor...; Nem deixo ela terminar de falar vou até ela e puxo seu cabelo com força arrastando ela pra fora da minha sala.

Volto pra minha mesa e sento na cadeira, porra mano não to acreditando que chamei a Morena numa foda Karalho cara essa mina ta mexendo comigo tenho que me afastar dela. 


Notas Finais


Nao esqueçam de votar e comentar o oque estão achando da história! É importante vocês me seguirem também.
Bjjjs amoores😘😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...