1. Spirit Fanfics >
  2. A Penguin and a Baby Tiger - Michaeng G!P >
  3. I do!

História A Penguin and a Baby Tiger - Michaeng G!P - Capítulo 29


Escrita por:


Capítulo 29 - I do!


Fanfic / Fanfiction A Penguin and a Baby Tiger - Michaeng G!P - Capítulo 29 - I do!

Chaeyoung’s POV

- Chaeyoung, queres casar comigo? – quando Mina disse isto, eu entrei em completo choque, não pensava que ela pediria tão cedo. – Não precisas de responder já, eu dou-te tempo – ela disse e eu percebi o seu semblante triste. – Mas eu real- - eu interrompo-a

- Mina, Eu aceito, é claro que eu aceito, que pergunta boba. – eu digo, ela abre um sorriso enorme, e beija-me, eu respondo. Quando nos começou a faltar o ar, ela separa o beijo com alguns selinhos. Ela tira o anel da caixa, e põe no meu dedo, eu pego no anel e ponho no dedo dela. – Pronto, agora ninguém te tira de mim. – eu digo e ela sorri e começa a fazer carinho na minha bochecha, eu fecho os olhos para aproveitar melhor.

- Chae, Eu te amo, muito mesmo – ela diz e eu sorrio

- Também te amo muito Mina – ela pega em mim ao colo e deita-nos na cama.

- Vamos dormir, deves estar bem cansada. – ela diz e eu assinto, aconchego-me ao seu corpo, e acabo por adormecer rapidamente.

~Dream On~

Eu estou a chegar á igreja, estou muito nervosa. Um dos dias mais felizes da minha vida. Casar com Mina, um dos meus maiores objetivos, e neste momento ia acontecer.

Ao ver meu pai na entrada da igreja sorrio.

- Filha, tu estás linda – ele diz e eu sorrio.

- Obrigada pai, tu também não estás nada mal. – eu digo e ele solta um risinho.

- Vamos lá? – ele pergunta e eu assinto.

Enquanto ia entrando, reparo que Mina não está no altar, o que se está a passar aqui?

Ela já devia ter chegado, ela mesma disse “Quando tu estiveres a entrar, eu vou estar no altar á tua espera, e a ver o quão linda estás.”

Porque ela não está lá?

- Chae, eu preciso que tenhas calma. – Jeongyeon chega rapidamente até mim – Aconteceu uma coisa com a Mina, mas eu preciso que tu fiques calma. – ela diz e eu começo a tremer e os meus olhos começam a ficar marejados. – a Mina enquanto vinha para cá, ela teve um acidente de carro, Nayeon estava junto. Uhm... só houve uma vítima mortal, e essa vítima foi a...Mina. – no momento que ela diz aquilo, eu caio no chão a chorar.

- Não Jeong, ela está viva eu sei que sim, diz-me que ela está viva Jeongyeon. – eu digo e ela olha para o lado. Eu começo a chorar mais.

~Dream Off~

- MINAAAAA!! – acordo com as lágrimas já a escorrerem pelo meu rosto, e com uma dor de garganta horrível.

- Amor, o que foi? – ela diz e eu abraço-a rapidamente. Apertando-a com mais força que o normal, eu só quero que ela esteja bem. – Chae..calma amor, já passou. Foi só um pesadelo, já passou. – ela diz e deixa um beijinho na minha bochecha, segura no meu queixo, e sobe o mesmo, fazendo os nossos olhares se encontrarem. – O que se passou?

- Eu..sonhei que tu.. – soluço – morreste – mais um - enquanto estavas a chegar á igreja – eu digo

- Calma Chae..isso não vai acontecer. Quando tu estiveres a entrar, eu vou estar no altar á tua espera, e a ver o quão linda estás. – ela diz e eu soluço, foi a exata frase que ela disse no sonho.

- Mina...tu disseste a mesma frase no meu sonho... – eu digo e ela começa a fazer carinho na minha bochecha.

- Mas eu estou a dizer agora na vida real, eu não vou morrer antes de ir para a igreja ou qualquer coisa assim. – ela diz e deixa um selinho nos meus lábios. Eu assinto. – Vamos voltar a dormir, agora sem pesadelos. – ela diz e eu assinto, abraço-a fazendo com que os nossos corpos se juntassem o máximo possível.

*De manhã*

Mina’s POV

Acordei um pouco mais cedo do que o normal, eu havia ficado preocupada com Chaeyoung por causa de seu pesadelo.

Desci as escadas e fui preparar o café da manhã para mim e para Chaeyoung, ela merece, primeiro é a melhor noiva do mundo, segundo ela merece o primeiro café da manhã na cama como noiva.

Preparo umas torradas, geleias, suco de laranja, umas frutas etc. sei é que a bandeja ficou cheia.

Entro no quarto e vejo as suas costas nuas viradas para a porta. Pouso a bandeja na mesinha e vou acordar Chaeyoung.

- Amor... – eu digo e ela remexe-se – Minha vida.. – eu digo e ela esboça um sorriso – Minha noiva..vamos acordar – eu digo e ela abre os olhos com um sorriso lindo formado nos seus lábios.

- Adoro quando és tu a acordar-me, deixa-me sempre bem disposta. – ela diz e eu dou-lhe um selinho.

- Trouxe café da manhã na cama para ti. – digo e ela sorri ainda mais, incrível como ela ama mais comida do que me ama a mim. Ela começa a comer e eu acompanho-a.

(...)

Estamos na sala a ver uma série, bem, Chaeyoung está a ver tudo, eu não consigo prestar bem atenção por estar sempre a reparar nela e no anel em seu dedo.

Até que Nayeon e Jeongyeon, finalmente saem do quarto e vêm até nós.

- Bom dia meninas – eu digo

- Bom dia – elas dizem, Chaeyoung apena assentiu com a cabeça para as mesmas e voltou a prestar atenção na série.

- PARA TUDO! – Nayeon grita do nada

- Ai amor, não precisa gritar assim. – Jeongyeon diz e eu rio um pouco.

- Isso é um anel no dedo de vocês? – ela pergunta

- Nayeon nós sempre usamos anel, o que tem? – eu digo e Chaeyoung deita a cabeça no meu ombro e esboça um sorriso, claro que eu só estou a brincar com Nayeon.

- Nem venhas, esse anel é diferente. Mina, tu não me digas que pediste a Chae em casamento e não me disseste nada? – ela diz e eu e Chaeyoung rimos.

- Pera quê? Casamento? – Jeongyeon pergunta e finalmente olha para os nossos dedos. – Caralho! Vocês vão casar! – Jeongyeon diz e ela e Nayeon começam ao pulos felizes.

- Sim nós vamos casar, não vos dissemos mais cedo porque aconteceu ontem antes de irmos dormir, e vocês só acordarem agora. – eu digo

- Se eu não tivesse reparado, ia contar? – Nayeon pergunta um tanto quanto triste.

- Nayeon, eu já sabia que ias notar, e se não notasses é claro que eu te contaria. A minha madrinha precisa de saber que vai haver casamento para comparecer nele. – eu digo e ela olha-me com uma cara de confusa e depois seus olhos começam a ficar marejados.

- Mina, isso és tu a pedir para eu ser tua madrinha de casamento – ela pergunta e eu assinto – Aí meu Deus!!!! É claro que sim!!! – ela diz e eu levanto-me e abraço-a – Não havia pessoa melhor para eu pedir para ser minha madrinha. – eu digo e ela deixa um beijo na minha bochecha. – Eu te amo – eu digo e ela sorri.

- Eu também te amo Mina – ela diz.

- Vamos lá parar com isto – Jeongyeon diz e puxa Nayeon para sentar no seu colo. Olho para Chaeyoung e vejo que a mesma sorria.

- E tu, já escolheste a tua madrinha? – eu pergunto e ela sorri mais.

- Já, posso lhe ligar e dizer para ela vir aqui para eu pedir? – ela pergunta

- É claro que podes amor – deixa um selinho em meus lábios e sai para ligar para quem fosse.

*Depois da ligação*

- Ela já está a vir para aqui, ela trás a namorada. – ela diz e eu sorrio.

(...)

*Campainha toca*

Chaeyoung vai aos saltos até a porta, e quando volta, atrás da mesma tem Momo e Dahyun, até já sei quem será.

- Dah, Eu quero te fazer uma proposta. – Chaeyoung diz e Dahyun assente – o que achas de seres madrinha do meu casamento? – Chaeyoung pergunta e Dahyun abre a boca em choque, todas rimos daquilo.

- É claro que eu aceito Chae, nunca que eu recusaria uma coisa dessas. – Dahyun diz e elas abraçam-se.

- Meninas, podem ficar para ver a série,  nós não temos mesmo mais que fazer. – eu digo para Momo e Dahyun e as mesmas assentem.


Notas Finais


Reta final mesmo, mais dois capítulos amores.

Love u all❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...