História A perfect gentleman ( HIATUS) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kizashi Haruno, Mei, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Visualizações 265
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


💜

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction A perfect gentleman ( HIATUS) - Capítulo 1 - Capítulo 1


-Sakura! Sakuraaaaaa!

-Estou indo Ino!Estou indo.

Sakura levantou as barras de sua saia de lã crua e correu escada acima,escorregando no quarto degrau e mal conseguindo se segurar no corrimão antes de cair sentada. Ela deveria ter se lembrado de que a escadaria estaria escorregadia,já que havia ajudado a arrumadeira do andar de baixo a encerá-la naquela manhã. 

Ao parar diante da porta do quarto de Ino,ainda tentando recuperar o fôlego,Sakura disse:

-Pois não ?

-Meu chá ta frio.

O que Sakura queria responder era "Estava quente quando eu trouxe para você há uma hora,sua grosseirona preguiçosa",mas o que falou foi:

-Trarei outro bule. 

Ino bufou.

- É melhor mesmo. 

Sakura esticou os lábios no que só uma pessoa quase cega poderia chamar de sorriso e recolheu o serviço de chá.

-Deixo os biscoitos? - perguntou.

Ino balançou a bela cabeça.

- Quero biscoitos frescos.

Com os ombros um pouco arqueados pelo peso da bandeja. Sakura saiu do quarto, tomando cuidado para não começa a resmunga antes de chegar ao corredor. Ino estava sempre pedindo chá,sem se preocupar em tomá-lo até ter passado uma hora. Nesse momento, é claro,o chá já tinha esfriado,e então ela pedia outro bule.

Isso significava que Sakura não parava de subir e descer as escadas. Às vezes parecia que era tudo que ela fazia na vida. E tinha, é claro,os remendos pra fazer,as roupas para passar,os cabelos para pentear,os sapatos para polir,as camas para arrumar...

-Sakura!

Quando ela se virou,viu Temari indo em sua direção.

-Sakura,eu queria saber se você acha que essa cor fica bem em mim .

Sakura avaliou a fantasia de sereia de Temari. O corte não a favorecia muito,mas a cor destacava muito bem em sua pele.

- É um tom muito bonito de verde. - respondeu ela com toda sinceridade. -Deixa as suas bochechas rosadas.

-Ah,que bom que gostou. Você leva jeito para escolher minhas roupas.- Temari sorriu e estendeu o braço para Pedro um biscoito açucarado da bandeja - Mamãe está me perturbando a semana interior com esse baile de mascaras,e sei que não vai parar enquanto eu não estiver com a melhor aparência possível, ou - a menina contorceu o rosto numa careta -ate ela achar que eu estou com a melhor aparência possível. Ela está determinada a fazer com que uma de nós fisgue um dos irmãos Uchiha,sabia?

-Eu sei

- E,para piorar as coisas,aquela tal de Tsunade anda escrevendo sobre eles de novo. E isso-Temari terminou de mastigar o biscoito e fez uma pausa para engolir - só aumenta o apetite da mamãe.

-A coluna de hoje estava boa ?- perguntou Sakura,apoiando a bandeja no quadril. - Ainda não consegui ler.

- Ah,o de sempre- disse Temari com um aceno de mão. - Na verdade, ela às vezes pode ser bastante maçante,sabe?

Sakura tentou sorrir,mas não conseguiu. Não havia nada que ela gostaria mais do que viver um dia da rotina maçante de Temari. Bem,talvez não fosse querer Kurenai como mãe,mas não se importaria de ter um contidiano de festas,jantares e saraus*.

O aniversário de 20 anos de Sakura,no entanto,fora quase um ano antes,e ali estava ela,ainda morando na casa de Kurenai,ainda servindo a mesma de todas as maneiras possíveis m por algum motivo desconhecido,Kurenai permitira que Sakura permanecesse em sua casa.

E a menina havia ficado. Enquanto a madrasta era um demônio que ela conhecia,o resto do mundo era um demônio desconheço.

- Esta bandeja não está pesada?

Sakura piscou para sair do mundo dos sonhos,e se concentrou em Temari,que pegava o último biscoito da bandeja. Droga. Ela queria guarda-lo para si.

- Está - Murmurou- Bastante. Eu realmente deveria levá-la para a cozinha.

Temari sorriu.

- Não vou mais atrapalhá - la,mas depois que terminar você poderia passar meu vestido cor- de -rosa? Vou colocá-lo hoje a noite. Ah,imagino que os sapatos que combinam com ele também precisem ser aprontados.

Sakura assentiu,acrescentando mentalmente os pedidos de Temari á lista diária de tarefas.

- Então nos vemos mais tarde! - Disse Sakura descendo para a cozinha.

                        ✨



Alguns dias depois,Sakura estava de joelhos,segurando alfinetes entre os dentes enquanto fazia modificações de última hora na fantasia de Kurenai para o baile de máscaras. 

- Assim está bom? - perguntou Sakura,falando entre dentes para os alfinetes não caírem.

-Apertado demais.

Sakura ajustou alguns alfinetes.

- E agora?

-Folgado demais.

Sakura tirou o alfinete e enfiou no mesmo lugar.

- Pronto. E agora?

Kurenai se virou para um lado e outro e então enfim declarou:

- Assim está bom.

Sakura sorriu ao se levantar para ajudar a madrasta a tirar o vestido.

- Preciso dele pronto em uma hora para não me atrasar para o baile. - Decretou Kurenai.

- É claro. -murmurou Sakura.

Achava mais fácil dizer "é claro" do que conversar com a mulher.

- Esse baile é muito importante. Ino precisa fazer um bom casamento este ano. O novo conde... - Ela estremeceu de desgosto. - Disse que este é o último ano que poderemos usar essa casa. Nós temos todo o direito de ficar com essa casa. Não faço ideia do que ele planeja fazer com a casa. - Disse Kurenai. - Se Ino não se casa com alguém de posses,não sei o que vamos fazer.


Foi então que Ino entrou glamourosa pela porta do quarto de Kurenai.

- Você está linda hoje - Disse Kurenai a Ino - e ainda nem começou a se maquiar. O dourado do seu vestido combina perfeitamente com seus cabelos. Você vai fisgar um daqueles irmãos Uchiha.  - Continuou Kurenai - tenho certeza disso.

       (...)✨

Três horas depois,Sakura estava parada na entrada da casa, observando primeiro Kurenai,em seguida Ino e por último Temari entrar na carruagem. Sakura suspirou e voltou para dentro da casa. Teria uma noite livre,isso sim era um verdadeiro luxo,talvez leria algum livro antes de se recolher... 

Mas,no instante em que passou pela porta,a senhorazinha Chyio que trabalhava na cozinha,agarrou seu braço.

- Vamos,não há tempo a perder. - Disse a senhora.

Sakura olhou para ela como se a mulher tivesse ficado louca.

- Como?

A senhora Chyio a puxou pelo braço.

- Venha comigo. 

Sakura se deixou ser arrastada por três andares acima até seu quarto,uma pequena alcova* enfiada embaixo das calhas do telhado.

- Você precisa tirar a roupa. - Falou Chyio.

- O que?

-Nois precisamos correr.

 - Não estou entendendo o que a senhora...

Ao ver a cena montada em seu quarto,Sakura ficou boquiaberta e as palavras se perderam antes que ela concluísse a frase. Uma banheira de água morna estava bem no meio do cômodo e as três arrumadeiras andavam de um lado para o outro. Uma delas enchia a banheira com uma jarra d'água e a outra mechia em um baú, e a terceira segurava uma toalha e dizia:

- Rápido! Rápido!

Sakura olhou perplexa para elas.

- O que está acontecendo?

A senhora virou para ela e explicou radiante:

- Você,Haruno Sakura,vai ao baile de máscaras!



Continua...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...