1. Spirit Fanfics >
  2. A perfeição tem nome e sobrenome >
  3. Capítulo único

História A perfeição tem nome e sobrenome - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.

Oiiie meus docinhos de abóbora♡
Espero que estejam bem♡

Hoje vim trazer pra vocês um lemon Hashimada hehe👌😁
Manooo eu nunca vi um casal mais quente do que esses dois meu Rikudou🍋❤😁👌

Antes de mais nada alguns avisos:
- Naruto não me pertence.
- A história foi inteiramente criada e escrita por mim.
- Plágio é CRIME, então não reescrevam, respostem ou dêem continuidade a está história.

Espero que gostem ta?

Beijão da Nandyh, perdão pelos erros que possa surgir e fiquem com a fic♡

Nos vemos lá embaixo♡

.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.

Capítulo 1 - Capítulo único


- Cansado senhor hokage? - uma voz grossa me questionou.

- Hum?

Olhei para todos os cantos da sala procurando pelo dono daquela voz, mas como não encontrei voltei novamente minha atenção aos documentos que estava assinando. De repente ouvi algumas risadas e logo o dono da voz apareceu me causando uma leve supresa.

- Não conhece minha voz mais Hashi... Isso me deixa triste. - dei um longo sorriso ao ver aquela figura de cabelos longos em minha frente, ele fingiu um falso choro.

-  Ao que devo a honra da visita? - ele caminhou até minha mesa afastando tudo para o canto da mesma.

- Nada especial, apenas vim verificar se meu querido hokage estava bem. - ele jogou sua capa em qualquer canto e se sentou da forma mais tentadora de pernas abertas na madeira escura, seu membro estava praticamente na minha cara - Sentiu minha falta por esses dias?

- Com todo ceteza. 

Cheguei minha cadeira para frente colando meu corpo totalmente na mesa, aqueles olhos negros me encaravam como se fossem arrancar minha alma. Madara levou uma das mãos a minha cabeça acariciando meus cabelos de forma calma, eu simplismente sou viciado nos carinhos desse moreno.

- Você sumiu. - ele sorriu - Posso saber aonde estava?

- Estava dando pra alguém por ai. - ouvi o mesmo gargalhar quando arqueei uma sobrancelha em reação a sua resposta - Estou brincando... Izuna me pediu pra treina-lo, então resolvi fazer algo diferente e fora da vila pra não correr risco de destruir nada.

- Conhecendo bem como te conheço  sua primeira resposta porderia ser facilmente uma verdade. 

- Ah Hashirama Senju... - ele se inclinou até meu ouvido sussurando - eu quero 'da é pra você. - aquela frase me surpreendeu muito, Madara não era de dizer quando queria simplismente fazia acontecer.

- Uchiha Madara me dizendo uma coisa dessa... 

O sorriso não saía do meu rosto do mesmo jeito que nossos olhos não se desgrudavam, levantei meu corpo ficando na mesma altura e tomei aqueles lábios vermelhos com amor. Madara suspirava entre nossos lábios dando um toque mais excitante aquela bela conexão de línguas.

- Você é uma delícia. - cortei o beijo encarando aqueles olhos negros.

- Eu sempre fui. - um sorriso malicioso brotou nos labios de Madara - Que tal você se livrar dessa camisa hein? Ela está atrapalhando minha visão.

- Atrapalhando você a ver o que? Isso aqui? - retirei minha camisa vendo o mesmo morder o lábio inferior.

- Agora sim. - as pontas de seus dedos passaram devagar por meu abdômen arrepiando minha pele.

Segurei firme naquele queixo  bem marcado inclinado sua cabeça para o lado, passei a distribuir beijos, chupões e lambidas por toda aquela pele branca deixando marcas bem roxas e arrancando alguns gemidos dele. Madara me empurrou de volta para cadeira enquando seu sorriso malicioso não saía do rosto, ele foi até a grande janela com um andar rebolante na intenção de me provocar e sem dúvidas conseguiu. 

- Está calor né? - ele a abriu fazendo a luz da lua iluminar sua pele, seus cabelos voaram com o vento e eu constatei que jamais tinha tido visão melhor - Vamos para minha parte favorita agora.

Senti aquela boca pequena me dar um beijo rápido antes de morder os próprios lábios, ele retirou seus sapatos colocando em um canto junto com a parte de cima de sua roupa e suas mãos subiram até seu cabelo o amarrando em um belo e farto coque.

Vi ele me lançar um olhar sexy enquanto descia até o chão e subia rebolando, o moreno se sentou em meu colo agora rebolando em cima do meu membro, Madara sabia bem o que fazia e que aquilo me deixaria louco de tesão. 

- Madara não me provoca porra. - falei vendo o mesmo me olhar por cima do ombro.

- Mais é tão bom te provocar Hashi... - ele sentou com mais força aumentando bem mais o contato - ainda mais quando eu consigo te deixar tão duro assim.

- Você é um filho da puta de primeira né?! - sorri segurando forte naquela cintura fina deixando a marca de minha mão lá.

Observei ele se levantar virando de frente pra mim, sua boca salivava enquanto seu olhos não saiam do meu membro, suas mãos subiram e desceram por minhas coxas ainda cobertas me fazendo arrepiar, quando dei por mim Madara já descia minha calça até deixar meu membro totalmente a mostra, o mesmo lambeu os lábios antes de passar a língua por toda a extensão me fazendo estremercer.

- Mada do céu... nyanh... que boca é essa... - os movimentos eram intercalados entre chupar, lamber ou apenas me masturbar sem tirar os olhos de minhas expressões.

- 'Ta gostando Hashi? - ele me perguntou com a boca toda suja de pré-gozo e baba sem cessar os movimentos com as mãos.

- Sim... annh... - joguei minha cabeça para trás suspirando fundo, sinto que o ar estava acabando - Meu santo Rikudou como pode existir alguém como você...

- Ei olha pra mim. 

Abaixei meu olhar e tive a visão dos deuses. Com uma das mãos Madara tirou meu membro devagar de sua boca e passou a bate-ló de leve em sua língua e com a outra ele apertava com força a carne da minha coxa, não tive reação a não ser olha-ló com a boca entre aberta o que arrancou gargalhadas gostosas dele.

- Eu amo fazer isso... - meu pré-gozo escorria no canto de seus lábios - ainda mais quando é em um pau tão gostoso igual o seu.

E com aquelas palavras eu acabei me derramando sem aviso na sua boca e rosto do moreno, ele expressou e me olhou com surpresa, os dedos finos limparam seu rosto levando todo o líquido quente e viscoso para sua boca engolindo tudo como se fosse um doce. Seu corpo se ergueu de forma lenta, suas mãos descerem e num movimento rápido vi sua calça e cueca deslizar por suas fartas e definidas pernas me permindo ver aquela perfeição de corpo nu, ele sentou novamente na mesa em minha frente de pernas cruzadas.

- Agora meu querido hokage... - ele apoiou os braços na mesa abrindo as pernas deixando tanto seu membro duro que babava em excitação quanto sua entrada rosinha e molhada bem exposta pra mim - você vai usar essa linguinha e vai me chupar bem gostoso.

- Com todo prazer.

Cheguei pra mais perto da mesa e adimirei aquela bela visão por alguns segundos antes de passar a língua por sua entrada causando arrepios por seu corpo, eu o estoquei com a língua sentindo suas mãos se enrolarem em meu cabelo e puxar.

- Hashi... ai caralho... que delícia...

- Você vai achar isso aqui muito mais gostoso.

Eu mesmo tratei de lubrificar meus dedos e o estoquei, as costas de Madara arqueou conforme os movimentos se intensificaram. Ele bateu a mão com força na mesa me fazendo sorrir.

- Senju Hashirama pelo amor de Rikudou me fode... me fode como se sua vida dependesse disso...

- Porra Madara.

Levantei com tudo fazendo a cadeira se chocar contra a parede, abri a gaveta lateral da mesa tirando de lá um tubo, mais especificamente um tubo lubrificante quente Madara amava. Derramei por todo meu membro e um pouco na entrada dele, com meu dedos espalhei o líquido por seu buraquinho rosa enquanto o mesmo sorria.

- Own... eu senti saudades de você dentro de mim... humm... - ele dizia enquanto meu membro entrava com cuidado.

Sorri vendo o mesmo jogar a cabeça para trás de tanto trazer, aumentei os movimentos do quadril segurando forte em sua cintura e coxa. Marada levantou o olhar e quando vi ele estava com a língua pra fora, ele segurou uma de minhas e levou até seu pescoço pedindo pra que eu apertasse.

- Annh... Hashi... fode seu moreno vai... nyanh...

- Você é uma perfeição. - me inclinei colando nossos lábios e chupando aquela linguinha vermelha.

Cessei meu movimentos pegando Madara no colo, caminhei com ele até a parede o prensando na superfície fria. Voltei a estoca-lo com força, em certo momento achei o ponto doce de Madara e passei a focar apenas naquele ponto arrancando doces e manhosos gemidos dele.

- Hashi... eu vou gozar... annh... - ele mal teminou as palavras e sujou nossos abdômens com seu líquido.

Senti que já estava perto também, mas não pararia de me enterrar naquela entrada quente e apertada por nada nessa vida.

- Mada eu 'to quase também... annh...

- Me enche de porra Hashirama.

E pela sugunda vez me derramei, preenchi o interior de Madara ouvindo o mesmo gemer com os lábios entre abertos enquanto nossos olhos não se desgrudavam. Com ele ainda em meu colo eu me sentei na cadeira me permitindo relaxar com o outro em cima de mim, o vento frio balançavam os fios de seu cabelo que se soltaram durante o sexo enquanto a luz da lua fazia não só seus olhos brilharem como seu cabelo também. Sua pele auva parecia uma porcelana fina, não aguentei tomando seus lábios em um beijo delicioso.

Com essa transa eu confirmei que realmente a perfeição tem nome e sobrenome... é  Uchiha Madara.

Fim...


Notas Finais


.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.

Espero que vocês tenham gostado♥
Lembrando que comentários positivos são sempre bem-vindos :-D
Até a próxima docinhos de abóbora♥Beijão ~°3°~

.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.°.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...