História A Place To Call Home - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Cheryl Cole, Harry Styles, Justin Bieber, Kendall Jenner, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Taylor Swift, Zayn Malik
Personagens Cheryl Cole, Harry Styles, Justin Bieber, Kendall Jenner, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Niall Horan, Personagens Originais, Taylor Swift, Zayn Malik
Tags Chiam, Haylor, Hemlinson, Hendall, Larry
Visualizações 71
Palavras 1.802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estou de voltaa
Mas não tenho nada de importante para falar, então, boa leitura!!

Capítulo 4 - Que merda está acontecendo aqui?


Pov Louis

 

O Harry me buscou no colégio e eu obviamente não falei nada da festa.

Quando chegamos em casa, almocei com ele, trocando o mínimo de palavras possíveis pois ainda estava puto e quando ele voltou para o trabalho eu subi para o meu quarto.

Quando deus seis horas mais o menos, fui tomar um banho.

Depois que terminei tentei vestir minha melhor roupa.

Não era lá essas coisas, mas estava ótimo.

Desci para sala já estava dando sete horas.

A Mariah ia dar um pulinho no mercado e foi com o segurança pois o motorista tinha ido levar o Harry que depois do almoço não quis voltar dirigindo, então obviamente ele iria ficar fora até um pouquinho mais tarde.

Aproveitei e mandei mensagem para o Zayn avisar quem fosse trazer as bebidas trazer logo.

Não demorou muito e logo chegou ele e mais alguns garotos com alguns barris de chopp e eu mandei irem para a área da piscina. Eu estava torcendo para o Harry não chegar agora e barrar tudo.

Uns já trouxeram equipamento de música e foram instalando tudo nos fundos.

Voltei para dentro de casa e a Mariah chegou no mesmo momento.

-Oi Mariah, tudo bem?

Disse tentando disfarçar meu nervosismo.

-Oi.

Ela disse meio confusa.

-Deixa que eu te ajudo com essas sacolas até a cozinha.

Peguei as sacolas da mão dela e a olhei.

-Mariah já não deu a hora de você ir não? Tipo já está quase dando oito horas acho que você já deveria estar em casa.

-Louis querido eu ainda tenho que fazer a janta.

Ela foi dá um passo e eu fui para o lado.

-Ah qual foi Mariah o Harry pode pedir uma pizza para a gente.

Ela sorriu.

-Ta doido menino, não vou embora e deixar o Sr. Styles sem janta.

-Já sei!

Chamei sua atenção.

-Eu faço a janta.

Arranjei uma solução.

-Você não é um empregado da casa.

-Aí Mariah fazer uma jantinha não é nada demais, além de que é uma forma de agradecer o Harry pelo que está fazendo por mim.

Ela ficou me olhando.

-Por favor.

Fiz uma carinha e ela cedeu.

-Tudo bem, eu vou.

-Ótimo.

Um barulho veio da cozinha e ela me olhou.

-Quer barulho foi esse?

Tentei arranjar uma desculpa logo.

-Ah é a pipoca que to fazendo.

-Pipoca uma hora dessas?

-É.. Meu bucho tem um buraco negro. Viu outro bom motivo para eu ir já fazer a janta.

Ela pareceu meia desconfiada, mas deixou passar.

-Tudo bem eu vou indo então.

-Isso, pede para o Mike te levar.

Ela me olhou.

-Não precisa eu pego um taxi ou o metro.

-Aí para com isso, eu to aqui cuidando da casa ele pode ir de boa, e eu sei como o Harry é preocupado com você, não vou te deixar sair assim toda desprotegida a noite.

-Está bom então, mas fecha a porta aqui quando eu sair. Logo ele já está de volta e o Sr. Styles creio que não demora muito a chegar também.

Assenti e ela saiu, acenei da porta e vi quando os dois saíram.

Corri até a cozinha e deixei as compras na mesa, depois fui até os fundos e chamei o Zayn que arrumava a mesa com uns salgados que ele tinha trazido mais os garotos.

-Algum problema Louis?

-Não, mas tem como você já chamar o pessoal para vir?

Ele franziu a testa.

-Mas já?

-É.. Sabe como é, quanto mais cedo começarmos mais vamos poder curtir e também evitar de acabar tão tarde e nos atrapalhar amanhã no colégio.

Dei uma desculpa.

-Tem razão, eu vou mandar no grupo avisando que já está tudo pronto.

Concordei e voltei para sala, sentei no sofá e fiquei esperando. Uns quinze minutos depois ouvi o som da campainha, levantei correndo e atendi a porta, era o Justin.

-Eai.

Ele me cumprimentou.

-Pode chegar lá nos fundos Justin, o pessoal está lá.

Ele assentiu e passou por mim, mas no meio do caminho parou e chamou minha atenção.

-Hey, eu só queria agradecer mais uma vez, você é o cara.

Sorri e ele continuou o caminho.

Fechei a porta e dois minutos depois ela tocou de novo.

-Hey boy.

-Oi Kendall.

-Que casa em colega.

Ela disse quando dei passagem para ela entrar.

-Valeu.

-Mas cadê o pessoal todo?

-Ah os que chegaram estão lá nos fundos, só seguir reto e o som que você chega lá.

Ela sorriu e continuou o caminho, fiquei esperando e aos poucos já tinha chegado muita gente, mas tipo muita gente mesmo.

Quando eu vi o segurança voltando sai fora de casa, tentando explicar a situação para ele.

-Oi Mike.

-Louis que som é esse, e esses caros ali fora?

-Ah então, eu esqueci de te falar, eu chamei uns amigos do colégio aqui para uma socialzinha, mas é coisa boba, daí ligamos um sonzinho. Mas não se preocupe, já avisei o Harry, ta tudo certo.

-Se já avisou ele então tudo bem.

Sorri e voltei para dentro da casa, para finalmente curtir a festa.

 

~~~~~~~~~~

 

Pov Harry

 

Caramba já ta dando quase dez horas e eu ainda na empresa, preciso parar com isso e olha que sou a droga do dono.

Toc toc toc.

Ouvi a porta e olhei na direção quando ela se abriu.

-Nunca vai parar com esse habito de trabalhar até tarde né?

Sorri.

-Dito por alguém que também ficou trabalhando até agora.

A loira sorriu.

-Aprendi com o melhor.

Ela caminhou até perto da mesa.

-Mas sabe, a gente podia aproveitar que está só nos dois aqui...

Ela deu volta na mesa, virou minha cadeira e sentou no meu colo.

Virei o rosto para o lado.

-E aproveitar.

Coloquei a mão na cintura dela a levantando e ficando em pé também.

-Taylor, não vai rolar, eu to super cansado e tenho que voltar para a casa.

-A qual foi baby, uns minutinhos a mais ou a menos não faz diferença.

Ela se aproximou e passou uma mão por entre meus cabelos, me afastei um pouquinho.

-Faz sim, tem uma pessoa nos meus cuidados e eu preciso ir para casa.

-Nos seus cuidados? Não vai me dizer que pegou mais umas daquelas crianças. Por favor ná Harry, se você quer tanto ter um filho, já disse, olha eu aqui.

Sorri de forma irônica.

-Eu e você tendo um filho juntos? É não vai rolar.

Ela cruzou os braços e eu continuei.

-E não é uma criança, é uma adolescente... na verdade quase adulto.

-Meu Deus, agora você chegou no seu auge querendo adotar um adolescente.

-Eu não adotei ninguém, ele só vai ficar lá por uns dias, até o Liam achar um lar para ele.

-Entendi!

Nos encaramos por um tempo.

-Agora sério, eu preciso ir.

-Há que ponto chegamos em? Você trocando uma foda comigo por um adolescente.

-Você sabe que não é isso.

-Ta bom, ta bom, não precisa arranjar mais motivos para me expulsar. Mas você fica me devendo hein.

Ela se aproximou e deu um beijo no canto da minha boca e saiu.

Pensem em uma ex chiclete, lhes apresento Taylor. Meu namoro de maior longa data e também uma das acionistas da empresa. No fim de tudo acabamos virando amigos e de vez enquanto um pouco coloridos, se é que me entendem.

Desliguei o computador, caminhei até a porta, apaguei a luz e desci pelo elevador.

Cheguei no estacionamento do prédio e o Ashton me esperava lá. Entrei no carro o cumprimentei e ele logo saiu do estacionamento do prédio e depois portão a fora, seguindo para casa, assim finalmente eu teria um descanso.

 

~~~~~~~~~~

 

Pov Louis

 

A minha tentativa de manter a festa nos fundos não deu muito certo, pois tinha muita gente para um local só, agora estava todo mundo solto pela casa, e eu tentando tocar um casal de um dos quartos.

Quando finalmente consegui, passei a chave em todos e as coloquei no bolso.

Desci e fui procurar pelas únicas pessoas que conhecia.

Cheguei na área dos fundos e lá estavam os três, com o Justin claramente alterado.

-Aí eu já disse que você é o cara?

Ele disse assim que eu cheguei perto dos três, passou o braço por cima do meu ombro.

-Ei pessoal ELE É O CARA.

Ele gritou para todos ali escutarem. Alguns gritaram de volta e um doido passou correndo se jogando na piscina assim vários fizeram o mesmo.

-Vocês não exageraram um pouquinho na quantidade de gente não?

Perguntei olhando para os três e a Kendall respondeu.

-Baby uma festa grandiosa é assim mesmo, por que deu ruim?

-Não, ta tudo certo.

-Ei será que tem salgado aí? acabou os daqui.

Zayn perguntou me olhando.

-Acho que sim, vou lá na cozinha pegar.

-Eu vou com você.

Ele respondeu e a Kendall continuou.

-Também vou.

-E eu vou pular na piscina.

Olhamos o Justin que saiu correndo e pulou com o copo de cerveja e tudo mais.

Meu pai amado o que eu aprontei?

Entrei com o Zayn e a Kendall na cozinha, procuramos, mas não tinham salgado.

-E agora?

Olhei os dois.

-Relaxa, ninguém ta se preocupando com isso. Ta geral bêbado e os que não estão vão ficar, tipo vocês dois, vem vamos dançar.

Kendall falou, deixou sua garrafa em cima da mesa e puxou nós dois para a sala que basicamente tinha virado uma pista de dança.

Começamos a dançar, mas eu ainda estava meio duro. Preocupado na verdade.

-Se solta!

Ela balançou meu ombro e comecei a curtir um pouco, peguei um copo de cerveja e comecei a tomar.

Quer saber eu vou é me divertir, que se dane.

 E com o passar do tempo já estávamos rebolando até o chão.

 

~~~~~~~~~~

 

Pov Harry

 

Quando o Ashton virou o carro na rua de casa, achei estranho pois estava lotado de carro, será que estava rolando festa no condomínio? Mas em plena segunda feira, acho difícil.

Quando nos aproximamos de casa e o Mike abriu o portão notei a música alta vinha de casa, mas que merda ta acontecendo?

O Ashton parou o carro e eu desci logo.

-O que t acontecendo aqui?

Perguntei para o Mike que estava parado perto do portão.

-Ah eu fui levar a Mariah na casa dela e quando voltei o Louis disse que tinha convidados uns amigos do colégio para uma social e que tinha falado com você.

-Ah ele disse isso?

Ele assentiu.

Sai trotando até a porta, abri a mesma a escancarando e dei um grito que mesmo com o som alto, deu para ouvir minha voz.

-QUE MERDA ESTÁ ACONTECENDO AQUI?

Todos pararam no mesmo momento e me olharam, inclusive o Louis que dançava animado ao lado de uma garota e dois garotos.

Eu mato esse garoto, eu juro.


Notas Finais


Eu amo treta na moral rsrsrsrsrs
Mas é isso, vamos ver o desenrolar no próximo
Volto quando puder, ateee!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...