História A popular é o nerd inocente (jeon jungkook) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Comedia, Drama, Novela, Romance
Visualizações 162
Palavras 2.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei outras vez é só vou lançar o próximo cap depois de segunda-feira 😒
Espero que gostem do cap

Capítulo 15 - Babaca


Fanfic / Fanfiction A popular é o nerd inocente (jeon jungkook) - Capítulo 15 - Babaca

- pelo o jeito o Sr. Jeon também dá as suas escapadas.- vejo o olhar repreendido em cima de mim. - esse não é horário de aluno tá fora de sala. Posso saber aonde o senhor estava? - professor ainda me repreende.

- eu estava no banheiro.- falo  é vejo os olhos semicerrado do mais velho. - comi alguma coisa estragada hoje no refeitório. - digo colocando a mão esquerda na minha barriga.

- bem que eu senti um gosto estranho no lanche hoje.- o professor fala pensativo, respiro aliviado pela a sorte.- e jungkook, você por acaso viu a s/n, eu achei que ela estava com você.- ele me pergunta e eu arregalo os olhos é penso como sai dessa.

- eu não sei dela profes...ai ai ai.- reclamo fechando os olhos com força, minha mão ainda se mantém em minha barriga. Faço o meu teatro.

- que isso! Jungkook vai pro banheiro garoto, depois passa na enfermaria pra eles te liberarem.- o professor manda. - eu vou procurar a s/n.- ele diz e eu confirmo com a cabeça.

Me viro para ir até o banheiro mas sou surpreendido por uma voz masculina conhecida. Vou com o olhar na pessoa e me surpreendo arregalando os olhos.

- você está procurando a s/n professor? - Mark fala segurando a s/n pelo braço, s/n tem o seu olhar no chão claro e brilhante. - porque eu a achei.- ela levando o olhar e sorri tímida para o professor que a encara.

E melhor eu sair daqui para o professor não desconfiar. Vou até o banheiro.

(S/n on)

Me separo do jungkook que segue até a sala. Dou uma volta pela a escola esperando passar um tempo pra ir pra sala. Não quero que descobrem sobre as minhas escapadas com o Jungkook, também não quero parar de dar essas escapadas.

Tô parada em um corredor perto na minha sala, eu olhava a hora em meu celular mechendo o pé inquieta.

- será que ele conseguiu entrar na sala? - me pergunto.

Aish, é se o Jungkook não conseguir mentir é falar aonde a gente tava é o que a gente fazia. Não...não ele não teria coragem de falar que estava se agarrando comigo no banheiro da quadra.

- falando sozinha.- me deparo com um corpo masculino em minha frente. Levando o olhar é vejo o Mark que sorri. - não era pra você está na sala? - 

- fodeu.- falo baixo e não o respondo, só me viro e saio andando pelo lado oposto da minha sala.

- ou! - Mark pega em meu pulso livre. Paro de andar e refiro os olhos por dentro das pálpebras. - volta aqui, eu vou te levar pra sala.-

- saí, você não vai me levar pra lugar nenhum.- falo me soltando de sua mão. - eu sei andar, posso ir sozinha.- 

- eu sei que você não vai pra sala, é melhor eu te acompanhar.- ele diz. Quem ele pensa que é.

- sai! Você não nada meu pra me falar o que eu tevo ou não fazer.- o xingo. - eu só vou sozinha é se eu quiser.

- então tá bom, enquanto isso eu vou dá uma passadinha na diretoria, vou falar pra diretora que eu vi dois alunos trancados no banheiro da quadra...no intervalo.- Mark diz e eu o olho sem expressão.

- pode ir, você já conhece o caminho.- digo.- não ligo pra quem você viu.- falo é vejo o Mark soltar uma risada.

- não tenta mentir para mim, s/n. Eu até fiquei surpreso... Jungkook s/n? Sério, jungkook.- Mark fala incrédulo, mas sorri.- 

- qual é o problema. Babaca.- falo já me irritando.

- nenhum, eu só nunca pensaria. Jungkook é tão..tão...- o interrompo.

- tão melhor que você, também acho.- digo o olhando atentamente.- jungkook é simples mas maravilhoso, tímido mas lindo. Convenhamos, jungkook e muito melhor que você.- falo.

- o que atração não faz né.- diz e eu faço cara de rejeição. - e melhor você vim comigo, ou eu conto tudo pra diretora da escola. Tenho certeza que a Jennie vai adorar fazer a sua reputação caí.- me ameaça e eu simplesmente não ligo.

- eu não ligo pra porra de reputação nenhum, mas eu vou com você.- falo percebendo que já se passou um tempo e eu posso voltar para a sala.

...

Chegamos até o corredor da sala é vejo o professor na porta e o jungkook saindo do corredor. Merda, o professor não deixou ele entrar?

- você está procurando a s/n professor? - Mark fala me segurando pelo o braço, fito o chão.- porque eu a achei.- olho para o professor sorrindo amarelo. Jungkook que se retirava do corredor agora nos olha com uma expressão preocupada.

- ah, eu estava procurando ela sim.- o professor me olha. - pode começar a se explicar.-

- claro.- falo com receio, procurando uma desculpa. 

Percebo que o Jungkook já saiu do corredor.

- você tava com o Jungkook? - ele me pergunta serio e eu quase engasgo com o ar.

- e-eu com o Jungkook.- pergunto com o dedo indicador em meu colo. Começo a rir fingindo que o quê o professor falou nunca aconteceu é nem aconteceria. - não, professor.-

- então porquê você tá gaguejando? - o professor pergunta e olha pro Mark parado ao meu lado. - você já pode ir garoto.- ele fala sério com o Mark que me olha e sai andando. - agora pode me responder.-

- é que... é vergonhoso.- digo já com uma desculpa bem clichê em mente.

- o que é vergonhoso? aonde você estava? - o professor joga pergunta por cima de pergunta.

- é que eu foi na enfermaria...tomar remédio para dores íntimas.- digo supostamente envergonhada. - eu estou entrando naqueles dias, sabe.- sussurro pro professor que me olha.

 - ah sim, entendi.- o professor fala. - foi por esse motivo mesmo? - ele pergunta e eu concordo com a cabeça.

- agora eu possa...entrar? - pergunto olhando para a porta.

- pode sim.- ele diz gentil.

- com licença.- abro é passo pela porta aliviada.

Vou em direção a minha mesa com todos os olhares da sala em minha direção. Sento na minha cadeira é recebo o olhar malicioso da Jenni.

- o quê foi? - pergunto pra Jenni.

- s/n eu te conheço, você não some com ninguém atoa principalmente quando esse alguém é o Jungkook.- ela fala me olhando. - você não me enganar.-

- tá, mas eu nem to tentando de enganar.- digo vencida. - eu te falo sem problema nenhum. Levei o Jungkook no banheiro da quadra.- falo baixo.

- sabia. Sabia que você tava dando pra ele.- ela diz.

- que! Não! Jenniiii.- a repreendo. - eu não estava fazendo isso sua... pervertida.- digo.

- então você tava fazendo o quê? - me pergunta sem expressão.

- a gente só estávamos se beijando, trocando saliva.- digo simples.

- só isso mesmo? - me pergunta com dúvida.

- sim.- digo firme. - agora vai copiar a explicação no quadro.- falo e vejo a Jenni fazer cara de sono.

...

A aula já acabou, jungkook voltou no último horário, acho que deu tudo certo, daqui a pouco eu vou falar com ele.

Pego o meu celular pra olhar se há alguma mensagem. 

Observo uma notícia da Manu me avisando que vai viajar a trabalho, minha irmã trabalha em uma empresa não muito grande que ainda está em desenvolvimento ela é uma das gerentes, mas eu sei que não é só isso que a prende naquela lugar, eu sei que tem homem no meio ela só não me falou ainda.

Comemoro um pouco com a notícia é me vem uma idéia na cabeça.

- Jenni.- a chamo.

- Oi.- me responde vindo em minha direção.

- vamo fazer uma festa do pijama lá em casa.- dou a ideia. - faz tanto tempo que a gente não faz isso.- digo relembrando das boas lembranças.

- eu acho uma boa.- Jenni diz animada.

- ótimo, so tem que falar para as meninas.- digo.

- elas já tevem ter ido pra as suas casas.- Jenni fala.

- aish, também acho.- falo é vejo o Jungkook andandoo sozinho até a saída. - JUNGKOOK! - o grito.

- que isso menina.- Jenni pergunta.

- tô chamando o Jungkook.- falo simples é saio andando em direção do jungkook que me olha. Jenni me segue.

Chego em jungkook.

- deu tudo certo? - pergunto pra ele sobre a tentativa de não levar bronca.

- deu sim, eu fiquei o penúltimo horário todo no banheiro.- fala com um sorriso simples no rosto.

- maravilha.- falo olhando pra Jenni que estava do meu lado.

Vamos com o Jungkook até a saída da escola. Encontramos o jimin do outro lado da rua dentro do carro a espera do jungkook.

Vejo o jimin abrindo a janela de vidro escuro do caro dando um oi a distância.

- vocês querem uma carona? - jungkook pergunta mas eu nego com a cabeça Jenni também nega.- tem certeza? -

- sim jungkook.- falo gentil. - hoje não precisa.-

- então tá.- jungkook fala.

- ah aqui Jungkook.- chamo-o. - vai ter uma festa do pijama lá em casa, aparece lá, pode chamar os meninos também.- digo.

- tá, eu vou olhar tudo certinho.- ele diz. - mas vai ser qual dia? - ele pergunta com curiosidade.

- eu não sei ainda.- digo.

- então depois você me fala.- ele diz olhando para o carro que lhe espera.

- eu te falo sim.- digo.

- certo, tchau pra vocês.- ele despede de nós duas.

- tchau, jungkookie.- falo e vejo o moreno sorri.

- tchau, jungkook.- Jenni fala é o Jungkook atravessar a rua é entrar no carro.


(Jungkook on)

Entro no carro e sento no banco do passageiro ao lado do jimin que me olha antes de ligar o carro.

- jimin, a gente vamos convidados a ir em uma festa do pijama.- falo é vejo o seu olhar curioso.

- festa do pijama? - ele pergunta confuso.

- isso, a s/n chamou.- falo é ele seque a sombrancelha franzindo a testa. - chamou todos os meninos na verdade.-

- okay, vou querer ir.- jimin fala atento ao trânsito movimentado.-

...

Chegamos em casa. Não estava todo mundo lá hoje mas o que mais importava estava. Kim taehyung. Eu vou contar pra ele sobre a festa do pijama e vou deixar ele espalhar pro resto da casa.

- jungkook chegou.- taehyung fala me olhando.

- sim, e preciso falar com você.- digo sem demonstrar expressão.

- ih, o que quê aconteceu.- ele me pergunta vindo a minha direção um pouco tenso.

- nada de mais, na verdade é uma notícia até que boa.- fala é percebo a tensão em seu olhar sumir as poucos.

- então diga, jungkook.- ele fala.

- nós vamos convidados a ir passar uma noite na casa da s/n.- digo e vejo o sorriso simpático em seu rosto.

- opaaa! Gostei ela chamou todos? - ele pergunta atento.

- sim, todos os sete.- digo.

- legal, vai ter só ela é quela tal de Jenni lá? - tae diz.

- eu acho que não, ela teve chamar as outras amigas dela.- o respondo.

- hmmm.- taehyung resmunga pensativo.

- tae, o quê você está pensando? - digo.

- nada de mais, só as mesmas coisas de sempre.- ele responde.

- então com certeza é merda.- falo é ele confirma.

- tenho certeza que vou gostar dessa festa do "pijama".-taehyung fala com um olhar de malícia.


Continua...


Notas Finais


Foi isso pra hojee.
Até o próximo cap
E eu vou ficar uns dias sem wi-fi então vou sumi até nos comentários
Sorry. Bjss 🖤🖤🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...