História A Posse Interna - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Lista Negra (Hate List)
Personagens Nick Levil
Tags Crimes
Visualizações 1
Palavras 457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Policial, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - The Kiss


Apenas em socar aquilo, eu já percebi que o treino seria pesado. Então antes que pudesse socar novamente, pedi um descanso para água. Mattew me levou ate a cozinha que tinha uma janela enorme que levava ate a entrada, que era a onde os meninos estavam. Bebi minha água e ao passar pela janela eu vejo Adler conversando com uma mulher, ela era loira, baixinha, olhos claros, ela era bonita.. Vi Adler conversar com ela e eles dois sorriam e se olhavam com olhares quentes, ate que eu vi a garota dar um beijo quase na boca de Adler. Aquela cena me fez esquentar o sangue, me fez ter um sentimento de raiva. Eu então sem conseguir ver mais nenhum segundo deles dois juntos, fui ate o salão irada! Sem falar com Mattew, apenas soquei aquele saco como se não fosse nada. Meus socos em sequência fazia o saco pesado balançar mais que o normal, ate cair no chão. Eu então vejo o saco no chão e a areia pesadíssima correndo pelo chão -eu fiz isso?-

-Uau! (Falou Mattew)

-Quero mais!

-Infelizmente, sua hora de treino acabou.. Mas amanhã nós treinamos bem mais!

Saímos e fomos ate a porta de entrada, ao chegar eu vejo Adler abraçando a garota e lhe devolvendo o beijo quase na boca. Aquilo me fez esquentar o sangue novamente -que merda ta acontecendo comigo?- Foi quando Mattew iria falar algo, quando eu me virei para ele e sem pensar duas vezes, encostei meus lábios nos deles, e quando percebi estávamos nos beijando.. Eu percebo a porcaria que eu fiz e paro o beijo, e é quando não percebo a presença de Adler..

-Já estão tão íntimos assim?(Comenta Andrew rindo)

Marcus me olha sem jeito..

-Cadê Adler?(pergunto)

-Lá fora!(disse Marcus)

-Okay, Mattew, amanhã as 5AM de novo certo? (Falei)

-Pode deixar.. (Ele fala malicioso)

Ao sairmos, percebo que Adler já estava dentro do carro -será que ele sentiu o mesmo que eu?- mas que merda de sentimento de raiva era aquele que me fez beijar Mattew? Que por mais que os lábios dele fossem macios, quentes e irresistíveis, eu não queria ter beijado ele assim. Entro no carro, e ainda com raiva de Adler, eu sento na frente junto com Andrew. Andrew nos leva para casa e Adler abre a porta do carro assim que ele estaciona e já entra dentro de casa sem dar explicações.

-Tchau Andrew! E obrigada por me ajudar..

-De nada.. (Ele fala malicioso, pois lembrou do meu beijo com Mattew)

Eu apenas sorriu e vou para a casa, que Marcus estava me esperando na porta.. Por um lado eu não me arrependo do que fiz, mas por outro sim..

-Por que aquele beijo?

-Por que eu quis..

Acabei a conversa e me tranquei no quarto, eu não devia explicações a ninguém.


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...