História A Posse Interna - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias A Lista Negra (Hate List)
Personagens Nick Levil
Tags Crimes
Visualizações 1
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Policial, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


"Eca hot hetero"

Capítulo 13 - I Want This


Que pesadelo horrível eu tive. Olhei a hora e era 2PM. Me admirei com o tanto de horas que eu dormi tendo aquele pesadelo. Me ajeitei para ir treinar em Mattew, e quando fui ate a sala a casa não parecia ter ninguém.. Procurei Marcus, e por impulso procurei Adler. Escuto algum barulho dentro do quarto de Adler, a porta estava um pouco aberta, olhei pela brecha e vi a cena de Adler e aquela vaca loira sentados se beijando. Meu sangue esquentou mais que na última vez, estava quase expulsando aquela garota da casa. Mas não fiz isso, sai de casa e fui para casa de Mattew. Estava sem querer esperar nenhum segundo. Toquei a campanhia da casa dele e ele veio atender, e sem pensar duas vezes, beijei ele assim que lhe vi, foi um beijo rápido e logo entrei na casa dele. Não conseguia esperar mais nenhum segundo para me vingar de Adler...

Fui ate a cozinha esperar Mattew entrar, eu me escorei na mesa e ao me olhar, parece que ele sabia exatamente o que eu queria apenas pelo olhar.. Ele se aproximou e eu puxei ele pela camisa fazendo com que nossos corpos se colidissem, o beijo lento e quente que estávamos dando, sentir a mão dele sobre meu corpo era enlouquecedor. Ele segurou minhas coxas e me levantou, fazendo com que eu sentasse na mesa e em seguida me puxou mais pra perto, isso tudo sem parar o beijo, ao me puxar pude sentir meu órgão no dele, e aquilo só me fez querer mais. O beijo ficava cada vez mais lento, eu podia sentir meu sexo esquentar e saltitar de vontade. E parecia que ele sabia exatamente o que estava acontecendo, ele parou o beijo devagar e foi subindo beijos pelo meu pescoço, e mordeu o lombo da minha orelha me fazendo arrepiar mais doque já estava, ele então disse quase sem voz

-Você tem certeza?

-Tenho. (respondi)

-Então se prepare.

Assim que ele terminou a frase já voltou o beijo e me segurou sem parar o beijo, e me levou ate o quarto, chegando lá ele fecha a porta e eu empurro ele na parede, e continuo o beijo lento, quente e seduzente que estávamos. Dessa vez eu aproximo nossos corpos como se não houvesse limite, eu e ele sentimos nossos sexos se colidindo, e implorando para que começarcemos logo. Foi então quando ele foi um pouco pra frente e me impurrou para cama, ele subiu minha blusa e deixou ela entre os meus olhos e deixou meus braços levantados, eu não via nada, estava tudo escuro por causa da camisa.

Mattew parou o beijo, e depois de alguns segundo sinto um arrepio como nunca havia sentido antes, senti ele deixando uma trilha de beijos sobre meu abdômen, e ao chegar na virilha ele parou os beijos e arrancou meu sutiã e logo começou a fazer o que deveria ser feito. A cada ação que ele fazia eu sentia que iria explodir.. Na minha vez de assumir o controle, eu quis fazer com que ele sentisse o mesmo que eu ou ate pior.

Aquela tarde foi uma das melhores que já tive, ao sair me levantar e colocar a roupa novamente para ir embora, o cheiro de Mattew estava por todo o meu corpo, eu podia sentir os beijos, as mordidas, as mãos dele, tudo eu ainda podia sentir em mim.. Mattew pediu para que o motorista dele me levasse ate em casa, eu mal podia falar ou me movimentar demais, pois cada movimento me fazia querer voltar. O homem me levou ate em casa, e vejo Marcus me procurando.. Desço do carro e Marcus me barra de entrar en casa sem antes falar com ele

-O que estava fazendo em Mattew?

-Treinando.. (Falei sem conseguir olhar para Marcus)

-E por que demorou tanto?

-Foi um treino pesado, preciso descansar.. (Falo já entrando em casa)

Vi Adler sentado no sofá, não conseguia olhar para a cara dele sem sentir raiva

-Você ta bem?(ele fala sinicamente)

-Bem melhor que você (Respondo maliciosamente e já entrando no quarto)

Meu Deus.. O que aconteceu hoje ??



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...