História A Posse Interna - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Orphan Black, Pretty Little Liars
Personagens Alex Drake, Detetive Arthur "Art" Bell, Felix "Fee" Dawkins, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Wren Kingston
Tags Suspense
Visualizações 5
Palavras 976
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Policial, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OII GENTEEE QUE XODADEEES

Capítulo 28 - Steel Chest


Eu acordo e vejo Matthew no chão com um tiro no abdômen tinha sangue por todo lado, ele tinha tirado a camisa e tinha colocado no tiro para estancar o sangue..
      -Alexa.. ce ta bem?(fala ele quase sem voz e tonto)
      -Relaxa vou tirar a gente daqui.. (procuro meu celular mas não tinha nada nos meus bolsos, procuro o de Matthew e também não tinha nada)

Merda, ela levou nossos celulares..
        -Ai que droga, sera que Andrew ta muito longe?
       -Alexa não se preocupa comigo eu to bem..
       -Matthew você não ta bem, você só levou esse tiro por minha causa, não era pra mim ter deixado você vim!
       (Matthew rir e começa a tossir sangue eu mando ele ficar quieto e não fazer esforço ele já perdeu sangue demais)
       -Antes de morrer eu queria dizer que pra mim você não é só sexo...
      -Cala boca Matthew você não vai morrer! 
      -Quero te dizer que desde o momento que eu te olhei eu senti algo que nunca senti..
      -Para.. vai sair mais sangue..
       -Te dizer que eu queria que tudo entre mim e você fosse perfeito.. desde o momento que eu te beijasse ao momento dos nossos corpos se encontrarem.. te dizer que eu sempre vou te proteger..
         -Relaxa o Andrew ta vindo pra buscar a gente..
         -Alexa..
         -O que foi?
        -Me fala o que você acha de mim..
       -Bom.. eu acho que você é a pessoa que invade a minha mente eu querendo ou não, a pessoa que me faz querer não desperdiçar nenhum segundo, e pra mim você também não é só sexo.. é... mais...
        -Mais como?
        -Quando a gente sair daqui, tomar um bom banho e você tiver melhor pra que eu possa subir em cima de você, eu falo no seu ouvido em quanto a gente ta deitado numa cama.. ou se preferir deixar a sexualidade de lado eu posso falar em quanto a gente enfia um tiro na cabeça da minha irmã.. bem romântico não acha?
       (nós dois rimos)
       Depois ouço barulho do carro chegando, era finalmente Andrew..
      -Só fica vivo até lá por favor... (falo pra ajudando ele a se levantar)
     Entramos no carro e levamos ele para o melhor hospital de Barcelona, ele entra numa sala e eu e Andrew ficamos do lado de fora esperando darem noticias de Matthew..
      -Por que demorou tanto?
     -Porque eu acho que ninguém escapa vivo da sua irmã genia com facilidade.. 
     -Não fala nela mais uma vez ou te soco
     -Okay então quando chegarmos em casa eu conto..
     -Quando chegarmos em casa eu vou tomar um banho e lembrar ao burro do Matthew que eu preciso dele vivo..
     -Você realmente gosta dele não é?
     -Eu não sei Andrew, ele me causa sensações que ninguém já causou.. eu sinto que.. não é só tesão..
     -E eu acho que ele sente o mesmo.. 
     -Como assim?
     -Sabe Alexa.. Matthew foi como um filho pra mim, conheci ele com 16 anos, fugindo dos pais horríveis que tinha.. eu praticamente adotei ele, e em toda a vida dele ele só se apaixonou por uma garota.. o nome dela é Sophia, eles se conheceram na Central.. foi o primeiro e único amor dele, mas ela morreu numa invasão da Central na casa dela, levaram ela dos braços do Matthew bem no dia que ele pediu ela em namoro.. foi dai que surgiu o ódio dele por vagabundos e o medo de se entregar pra qualquer outra menina e matarem ela de novo.. Quando ele apareceu com você o brilho nos olhos dele voltaram como quando ele tinha 18..
    (eu não consigo falar nada)
   -Por isso ele daria a vida dele para manter você viva.. porque ele prefere morrer e continuar protegendo você seja lá pra onde ele for, do que viver mais uma dia sem ter você..
    -Por isso ele precisa ficar bem..
    -É..
   Depois de algumas horas um médico chega falando com Andrew..
    -O paciente pode receber visitas, depois de amanhã ele já pode receber alta, não foi tão grave o tiro mas por causa da perda de sangue ele vai ter que se recuperar mais um dia aqui.. 
    Eu me levanto e vou ver ele em quanto Andrew fica conversando com o médico, entro na sala e ele me olha como se me visse após 12 anos..
    -Então o homem extremamente sexy também é peito de aço.. (Falo brincando e sentando do lado dele)
    -Não era pra você me ver assim.. 
    -Verdade, ta me devendo um dia inteiro pelado.. 
    (Nós dois rimos e eu seguro na mão dele)
   -Depois de amanhã você paga sua divida..
   -Você também tá me devendo por salvar sua vida.. 
   -O que?! você não salvou, só caiu com um tiro no chão me fazendo quase chorar.. 
   -Que?.. (ele fala sorrindo)
   -Que você caiu com um tiro no chão.. 
   -Repete a última frase.. 
   -Que última? 
   -Vai repete..
   -Você caiu com um tiro no chão.. 
   (Nós dois rimos de novo)
   -Pensei que fosse perder você seu burro.. 
   -Ai nunca mais veria esse corpinho sexy que inclusive fica muito bem junto ao seu?
   -É serio Matthew (falo rindo) pensei mesmo que fosse perder você..
   -Sobre aquela conversa que tivemos em meu leito de morte.. o que você queria falar pra mim?
   -Bom.. eu ainda não estou em cima de você e nem estamos atirando na minha clone.. então nada feito! 
   -Quando eu sair daqui.. você vai falar nem que seja por gemido! 
   -Por que? vai me bater?
    -Só se você pedir.. 
   (eu rio e dou um selinho nele)
   -Até amanhã peito de aço..
   -Só não me traia até eu sair daqui..
   (eu rio e saio do quarto, eu e Andrew vamos pra casa e eu descanso do dia que foi hoje, vi minha irmã cara a cara pela segunda vez, quase perdi o Matthew e temos o Marcus de volta.. eu realmente preciso capotar na cama)


Notas Finais


oiii genteee e como uma boa escritora, sumi mas voltei KK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...