História A Posse Interna - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias A Lista Negra (Hate List)
Personagens Nick Levil
Tags Crimes
Visualizações 3
Palavras 990
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Policial, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ta gostando?? Espero que sim, nunca fui muito boa nessas coisas :(

Capítulo 3 - Tree.. Two.. One...


Escuto barulhos na porta, abro os olhos e dou de cara com o sol no meu rosto, olho para esquerda e Marcus esta lá com a cabeça encostada na parede e socando devagar na mesma.

-O que você ta fazendo aqui? (Perguntei meio rouca)

-Finalmente acordou, precisamos de voce na central.

-De mim? Eu cheguei em Barcelona não faz nem 1 dia direito.

-Vamos lá, eu lhe explico.

-Espera.

Fui ao banheiro, tomei banho escovei os dentes e sai junto com Marcus ate a central, eu fazia milhões de perguntas e ele continuava calado.

-Chegamos(fala ele já parando a moto)

-O que eu tenho que fazer Marcus?

Ele continua andando sem me responder, -eu vou bater em você seu porra- ao entrar ele me faz subir uma escada, e lá esta um computador e milhões de pessoas ao redor dele.

-O que ta acontecendo?

-Preciso que você coloque ordem nessa bosta.

Eu olho para aquela galera toda, eles precisam de atenção. Peguei uma barra de ferro q tinha no chão, fiz Marcus segurar uma tela de ferro, bati com força a barra na tela e fez um barulho estrondante ecoar pelo local, fazendo os ouvidos de qualquer um doer, a barulheira acabou.

-Fala o que tem que falar.(Disse olhando pra Marcus)

-Pessoal, é o seguinte, como sabemos, Adler foi descoberto e pego pela policia. A policia então juntou pistas e descobriu sobre a central, em poucos minutos alguns tiras chegam aqui. Precisamos de alguém que hackeie o sistema da polícia fazendo com que a central não exista para eles. Mas isso será difícil, sem pausa precisamos de alguem. Quem não for capaz que saia dessa sala agora.

Alguns saiem da sala, outros ficam pensativos, já uma pouca minoria esta convencida.

-O que vocês estão esperando? Hackeiem!! (Falei impassicente)

No mesmo instante que acabo de falar a frase, escutamos barulhos de tiros lá em baixo e homens falando alto.

-Porra. (Marcus falou já correndo lá pra baixo)

-HACKEIEM ESSA MERDA AGORA. (Gritei já saindo da sala)

Eu e Marcus corremos as escadas e vemos 5 policiais encostados na parede atirando. Marcus me da uma arma e fala

-Só tem 5 balas. Economize.

-Ótimo. (Completei já pulando as escadas ate lá em baixo)

Muitos estavam atrás de coisas para se proteger das balas, eles me olham avançar e gritam -LOUCAA, VOCE VAI MORRER!-

Assim q avancei atirei em um policial que bateu de frente a mim, continuei.

A minha esquerda tinha um tira que estava com a arma mirada em mim, já na minha direita havia um beco sem saída, corri ate Ele e o policial me seguiu, ele não me ver apareço atrás dele -Bye bye tira- atiro.

-Faltam mais três. (Falo comigo mesma)

Saio do beco com a arma já carregada, vejo os três policiais em fileira, um atrás do outro por trás de um muro atirando. -minha hora- corri para as costas deles e um deles me viu e já mirou a arma em mim, eu me desviei da mira e bati no cotovelo dele fazendo o braço dele ficar mole, e então controlei o braço dele fazendo ele atirar nos dois polícias, e soquei em baixo do seu queixo. Consegui ver alguns homens batendo palmas para mim, apenas sorri e continuei.

-Acabaram os tiras? (perguntei a Marcus)

-Os últimos você fez esse show!

-Ótimo, precisamos hackear esses merdas agora!

Falei já subindo as escadas.

-E então?.. (Perguntei a eles)

-Nada! (Falaram em coral)

-Mas o que? Vocês são uns bostas! (Disse Marcus irritado)

Um dos homens que estava naquela sala disse

-Precisamos do Adler!

-VOCÊ É BURRO? ELE ESTÁ NA CADEIA! (Marcus girou irritado)

-Mas se a gente conseguir entrar lá?

-Não vamos conseguir! (Gritou Marcus)

-Ou talvez sim.. (Falei já mexendo no computador)

Coloquei no mapa da prisão que Adler estava.

-Eu preciso de uma identidade falsa, peruca, maquiagem, e de uma moto esperando eu e Adler nessa esquina. (apontei)

Eles me olham com olhar confuso.

-AGORA!(falei)

Depois de algumas horas

-O que você pensa que vai fazer? Tirar o Adler de lá andando normalmente?

Continuei calada assim como ele fez comigo.

-Vai pra esquina, e me da 30 minutos!

-Okay..

Entrei na delegacia, já estava disfarçada e com identidade falsa, estava pronta, cheguei ate o portão, e esperei. Os policiais saiem correndo para dentro, pois estava havendo briga no pátio, assim como eu planejei. Entrei escondida e fui ate a cela de Adler

-Eae hacker!

-Você é a fugitiva de Boston?

-SHIIIU(fiz sinal para ele calar a boca)

-Vem comigo!(falei já abrindo a cela dele)

Corremos ate a cozinha, iriamos sair pela porta dos fundos. Abrimos a porta e havia 2 policiais encostados nas grades, fiz o sinal para que o amigo de Adler pegasse uma arma e metesse o louco, e ele fez, os 2 policiais saíram e foram ate o homem, foi quando eu e Adler pulamos as grades e fomos ate Marcus. Ao estarmos voltando uma viatura nos segue -puta merda- Marcus entra em várias ruas para despistar eles, mas só conseguimos uma vez, foi quando eu e Aler descemos da moto em quanto Marcus continuava. Chegamos a central e fomos diretos.

-Saiam dai(disse Adler já sentando na cadeira do computador)

Marcus entra na sala gritando

-Os tiras estão rastreando, vai logo Adler!

Ele continua concentrado na tela

Um homem chega e diz

-Os tiras estão entrando na rua RÁPIDO!

Adler continua concentrado.

-ELES VÃO PASSAR PELA FRENTE DA CENTRAL! RÁPIDO!

Adler não move o olhar, nem fala absolutamente nada. O clima esta tenso demais.

-VÃO PASSAR, EM 3.. 2.. 1.. (Ele para de contar)

-O que houve? (perguntamos eu e Marcus em coral)

-Eles nunca mais acharão a Central! (Fala Adler se levantando da cadeira e andando em direção a mim)

Todos começam a comemorar e ele continua andando ate mim.

-Obrigado por ter ido me tirar daquela gaiola! (Disse ele sorrindo bem perto de mim)

-Eles precisavam de você!

-E você?..

-Eu sei fugir de qualquer situação. (Falei com orgulho)

Nós dois sorrimos e continuamos nos olhando.

-Ainda não sei seu nome! (ele fala ainda com o sorriso no rosto)

-Alexa. (Estendo a mão para ele e ele aperta)

Acho que estamos começando a criar um laço, ótimo! Mais coisas eu ganho sem gastar grana com isso.


Notas Finais


Eu gosto de conversar, comenta ai o que achou.. sou legal gente


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...