1. Spirit Fanfics >
  2. A possibility >
  3. Se conhecendo

História A possibility - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Se conhecendo


Alicia

estava no prédio da AE, cansada de fato passará o dia anterior todo com Kai, era estranho falar isso, uma careta se apossou de mim com esse pensamento. Bom depois do dia na praia eu me enfiei em trabalho precisava encerrar os últimos detalhes nas vozes e no Clipe do Mc, estava exausta, mais assim que a Harlow mandou eu e Milene e Anne fomos a empresa, assim que entramos sala de reunião havia 2 homens e Harlow conversando eles levantam e nos comprometam eles claramente eram Coreanos, sentamos e Milene pergunta

- oque viemos fazer aqui ????

Harlow sorri, era espetacular uma mulher de 23 anos, com longos cabelos negros e lindos olhos azuis safira, ela era tipo de mulher que servia de exemplo altamente respeitada e tinha uma personalidade extremamente forte e poderosa, era incrível o modo em cada lugar que ela ia era olhada com admiração, os homens nos analisaram como se eu e as meninas fôssemos um pedaço de carne, então Harlow começou a reunião

- estamos aqui para falar dos ultimos ajustes de uma parceria na produção de um grupo. - então ela queria produzir um grupo Sul coreano aqui no Ocidente - imagino que vocês da SM entreteiment já leram as cláusulas do nosso contrato.

Os homens assentem e falam com um inglês carregado de sotaque

- lemos todas elas e estamos de acordo com todos mais tem uma que chamou nossa atenção. - ele me encara fixamente - por que a Equipe de produção e gerência teram uma menina de apenas 19 anos como chefe ???

Eu encaro Harlow puta merda Har não faz isso comigo não, eu não queria essa obrigação, ser responsável por um acordo de Bilhões valer apena, não sabia se lidaria com isso

- por que não ??? Afinal Alicia é uma Prodígio, escreveu, produziu e Coreografou várias pessoas de sucesso, vídeo clipe de Sucesso então me diga ela e a amiga não tem capacidade de Fazer isso ??? - os homens ficaram calados - além de terem idade aproximada dos meninos que são como os diamantes da sua empresas, oque faz elas as mais indicadas para lidar e conversar com eles .

Após esses argumentos os empresários se calaram, não tinha de fato como refurtar eles encaravam ela, e disseram

- de fato não temos do que reclamar.

Os 3 saiem da sala deixando só nos 4, se eu dizer que estou estou mentindo e claramente meu descontentamento está estampado na minha cara já que Harlow me encara desconfortável, ela sabia a minha opinião que claramente não era só eu, olho Mile e vejo que ela tbm ta com aquela cara de alguém que não gostou do que ouviu

- desculpa meninas.

Mile levanta irritada e fala andando de um lado para o outro.

- que loucura é essa ???

Eu e Anne nós mantinha em silêncio, não queriamos nós envolver em algo tão importante

- é uma oportunidade única .

Mile se irrita e bate os pés irritada, eu não acredito nisso, mal terminamos um trabalho e ela quer nos mandar para o outro lado do planeta para lidar com uma empresa que nunca tivemos contato ???? Era uma simples desconsideração conosco e com a nossa amizade mile parceria a ponto de pular em Har tentando evitar aquilo eu levantei

- está louca Harlow ?? jogar na nossa mão um projeto que vale mais de 50 bilhões ???? .

Ela ri levanta e diz com o seu ar de alguém que sabe oque está fazendo

- não é tão louco quanto aparenta - ela arruma a blusa e continua com seu discurso - pensem vocês só tem a ganhar com esse acordo.

Eu suspiro eu nao acreditava não queria mais não podia negar que esse desafio me interessava, mais não podia tinha Anne não podia ir morar em outro país, passar semanas fora era uma coisa outra é ir trabalhar em outro país sob o a tutela da AE. Harlow sempre foi inteligente e sempre conseguiu pegar as coisas no ar, agora não seria diferente, ela percebeu meus olhares indecisos indo em direção em direção a Anne, um sorriso tomou seu rosto e ela disse calmamente

- não se preocupem com a Anne ela irá junto, era fazer a tão sonhada faculdade de Cenografia e como ela já está sobe o nosso contrato, nos bancaremos tudo, além de dar a chance de certeza de um estágio dentro da Big3.

Ela queria muito agente nesse projeto, eu suspiro estava cansada, passará muito tempo acordada e não durmo bem a 4 fodidos dias, tento me deixar mais calma e Mile senta novamente

- tudo bem então já que a Anne vai com agente não vejo problema.

Ela fala animada, ela fala isso por que tá louca para fugir do Carlos que vem aparecendo todo dia em nosso apartamento, sério esse garoto é problema, nesse caso seria de fato melhor irmos embora mais isso não me agradava por vários fatores, algo me dizia que ir para a Coreia do Sul não era a melhor ideia, e bem saber coreano sabíamos, teríamos de aprender, mais antes que eu negasse Anne fala animada

- sim estou de acordo, será divertido.

Agora só faltava eu, todas me olhavam eu encaro As três que estavam com cara do gato do Sherek e mesmo não gostando da ideia eu concordo, elas eram minha família eu faria tudo para vê-las feliz, se elas acham que a Coreia é uma boa ideia que seja .

- está bem.

Harlow pula de Alegria e sai da sala para resolver as nossas passagens ela queria que particimos dentro de 3 dias, eu olho o documento que tava na mesa e pego ele para ler, nesse momento Mile e Anne se aproximam e Anne comenta feliz

- sabemos que você não queria mais obrigada.

Eu sorrio levanto o olhar e encaro as orbes escuras de Anne, ela era rabugenta mais sabia agradecer eu bagunço seus cabelos e digo fazendo careta

- vocês sabem que eu não seria capaz de fazer nada que magoasse vocês.

Elas assentem e Mile, começa a planejar oque levar, esse menina tem coisa isso me desanima, eu estava lendo o documento, e oque leio me deixa tensa esse acordo valia mais de 100 bilhões, pois além de promoverem o grupo a Albertinne Company, exportaria as mercadorias da SM entreteiment por um preço baixo oque fazia ambas as empresas lucrarem. Aquilo me deixou preocupada, eu teria de me dedicar dobrado a esse trabalho, sinto minha cabeça doer, estavamos na sala da AE, ainda eu tava na metade do contrato quando a porta é aberta e Miguel passa por ela, ele era um produtor muito renomado aqui na AE.

- poderiam nos dar licença ???

Mile não faz nada o ignora totalmente, ela era doida totalmente, ela amava fazer isso ela disse que é divertido ver os outros se aborrecendo por não conseguir oque quer, em especial Miguel que era uma pessoa tremendamente orgulhosa, ao ver que Anne e Mile não se movem ele repete o pedido mais dessa vez mais grosso

- Poderiam nós dar licença ???

Grosso era pouco ele praticamente rosnou, e nesse momentos Harlow volta ela encara Miguel e franze as sombracelhas irritada, ele era uma pessoa irritante nem sei como namorei ele por 4 fodidos anos, pai amado eu devia ser mandada para a NASA assim me diziam oque se passa em minha cabeça, eu levanto assim que levanto vejo uma mensagem no meu celular, eu olho em volta e digo para Miguel

- não temos nada a Falar.

E saio entrego o Contrato a Harlow deixei eles lá, minha cabeça doía eu não queria briga e se eu ficasse lá era oque aconteceria, eu precisava de ar, não estava me sentindo bem, vou Lara o lado de fora do prédio, e verifico a mensagem, olho o número e assim que vejo de quem é um sorriso se apossa dos meus lábios, era ele Jongin.

" Tive um ótimo show "

Aquilo me fez sorrir ele era uma pessoa divertida, eu gostaria muito de passar o dia com ele, e nem pensei ao mandar aquela mensagem antes do Show dele, na verdade até uma idiota me senti. Eu gostava da companhia dele, era alguém que eu facilmente seria amiga, e com toda essa emoção eu respondo

" Não devia tá descansando ??"

Não olho a resposta dele pois sou puxada por Miguel que me encara irritado

- Chega, eu te dei um tempo alicia eu juro que tentei mais deu .

Eu me solto dele, um sentimento de ódio e rancor passa por mim, por tudo, esse babaca se aproveitou de mim no meu momento mais frágil e agora quer pagar de bonzao, eu o encaro e digo fria

- vai a merda.

Eu ia sair andando mais ele me puxa de novo e aperta meu braço, eu tento me soltar mais ele fala irritado

- oque você tem com Aquele cantorzinho de merda ???

Eu fico petrificada, como ele.sabia ??? A não ser que ele tenha me seguido, meu deus no que ele se tornou ele chegou ao ponto de me seguir, e isso me fez tremer, se ele me seguiu nesse momento em quantos outros ele não seguiu, ele tinha enlouquecido de vez, como a entrada da empresa era meio deserta, ele não teve medo de alguém ver, eu me solto dele e digo com um ar de espantada

- você é doente !! Me esquece !

Eu saí andando estava fervendo de ódio eu não queria papo só fui andando até que trombo com alguém, eu peço desculpas mais a pessoa me segura, surpresa lá atitude eu levanto o olhar e vejo alguém de óculos escuros e o rosto coberto, com um boné, assim que vê que eu olhei o estranho diz

- cuidado .

Aquela voz, não, não era possível, eu sorrio besta, esse homem me surpreende cada vez mais.

- caldo senhor Jongin.

Ao ouvir seu nome ele abaixa a máscara e me dá um sorriso mais é besta, mais essa atitude me faz rir e esquecer por um momento oque tava rolando até 5 minutos atrás, mais como nada que é bom dura logo vejo Miguel vindo em nossa direção, então uma ideia muito louca passou pela minha mente eu pego na mão de Jongin e digo nervosa

- corre !!!

Eu saio correndo e puxo ele que me acompanha, o mesmo estava confuso, mais dava altas risadas ao desviar das pessoas no caminho enquanto eu o puxava pela cidade. Depois de ver que já estava longe e que Miguel não nós seguirá eu parei de correr , era uma praça, muito bela, ele respira devagar seu peito subia e descia, oque me fazia encarar o peito dele sobe a blusa que matava bem os músculos, ele percebeu que eu tava olhando e deu uma corada eu rio e falo apertando as bochechas dele

- que fofo !!!

Ele tira a minha mão de sua Buchecha e ri e me traz pra perto dele, seu cabelo estava bagunçado, eu amava quando mais nova assistir os shows deles e as partes que Kai passava a mão no cabelos e dava aquele olhar matador era os meus momentos favoritos, eu cubro o rosto dele e arrumo o cabelo ele me olha mais não fala nada eu sorrio de sua compreensão, mão queria fotos na rede amanhã, como manchete " Ídol Kai é flagrado com uma menina " pai amado não quero nem pensar nisso pq quem pensa atrai . Ele me encara e pergunta sorrindo

- estava fugindo de quem ???

Eu franzo a testa puta merda ele percebeu

- do ex embuste .

Ele me encara confuso eu faço uma careta mais somos enterrompidos por um menino para lá de bonito eu sinto meus olhos saltarem de ver tanta beleza, " Kai é mais" minha mente doida diz mais aí depende o menino que chegou era fofo num sentido fofo Kai bom Kai exalava sexo, na dança na voz no modo de andar até o jeito que essa peste olhava exalava sexo. Jongin olha o menino e diz sorrindo

- oi baek-hyun hyung

O menino fofo me encara e eu cruzo os braços, ele sorri e fala

- tô vendo que ficou amigo mesmo dessa menina - ele para e me analisa isso me irrita afinal eu lá tenho cara de pedaço de carne Lara ser analisada ??? Ao ver minha expressão irritada logo trata de de falar - quantos anos tens bela dama ?

Eu caí no riso pelo jeito dele, puta que pariu não dá,ambos me encaram como se eu fosse uma louca tá talvez eu seja mais isso não vem ao caso, eu olho para ele e digo serena

- não te enteressa.

Os dois me olham estupefados, mais eu tô nem aí, onde já se viu, primeiro me analisa feito carne e agora quer dar uma de espertinho ? Se foder, se acha que vou cair de amores por que é famoso tá errado, prevendo a merda Jongin se põe ao meu lado e diz

-  então hyung, eu vou levar a Ali para almoçar até mais tarde.

O outro que decidi chamar de Baiacu, me olha ainda surpreso e sai eu quase mando o dedo do meio e um VAI SE FODER  bem alto, eu encaro Jongin ainda com o Sangue fervendo e digo bem reta

- e quem disse que eu vou  almoçar com você .

Ele sorri, aí pai não sorri assim, esse sorriso me lembra as épocas que  ficava vendo as Fancans dele, e falando,Não,para cada  olhar ou sorriso se matar, maldito ! Isso me desequilibra e ao ver o meu estado se aproxima de. E pergunta

- e não vai ???

Eu me afasto e na minha mente fica rodando várias coisas, puta merda não dá quero água, não uma caipirinha, me afasto dele e suspiro e do de ombros ele da risada e eu falo

- você paga dessa vez .

Ele acente e vamos andando pela cidade vez ou outra agente olhava em volta para ter certeza que ninguém o Reconheceu, assim que chegamos no Restaurante, ele recebe uma chamada e atende eu não entendia uma vírgula do que era dito, oque me fez lembrar que precisava apreender coreano o mais rápido possível, ele não estava com uma cara muito boa e diz desconcertado

- era o Suho hyung, ele pediu que voltasse ao Hotel.

Ele claramente estava chateado por ter. De voltar, eu sorrio e falo

- parece que o almoço vai ter de ser uma próxima vez.

Jongin se aproxima de mim e sorri, eu me abalo e me afasto maldito sorriso

- com toda certza.

Eu sorrio foi um tapinha em seu braço e falo encomoda pela aproximidade

- espaço pessoal grandão.

Ele nega e se aproxima ainda mais esse homem é um maldito ignorou total oque eu disse ergueu meu rosto para que eu pudesse olha-lo nos olhos e disse

- ,Mais eu embarco amanhã de madrugada para os Estados Unidos .

Eu sorrio, mais estava meio triste era até legal ser importunada por ele e como ele era legal para anima-lo digo

- juro que te ligo todo dia só para de encher o saco .

Ele tomba a cabeça desconfiado, me puxa para um abraço e sorrio com isso esse homem consegue ser surpreendente, eu o abraço e  ele diz contra os meus cabelos

- eu gosto de ser seu amigo.

Eu sorrio e o abraço forte, e me afasto e digo

- também curti a sua amizade, mesmo você sendo um pé no saco !

Ele ri e nega, era divertido está com ele essa adrenalina era boa, e conversa com alguém de fora era divertido agente se despede e eu volto para a empresa, mais meus pensamentos não estavam ali e sim no coreano que eu deixei momentos antes, assim que entro no prédio vou até a sala de produção e encontro, Mile trabalhando com o MC levinho, aquele era um trabalho solo da Mile, geralmente trabalhávamos juntas, mais esse ela fez sozinha e tem sido um estouro até agora, eu mando um beijo para Mile que indica a bolsa dela. Eu entro enquanto ela volta a ficar na conversa com Livinho, eu pego os documentos do Contrato com a SM, e saio. Eu sabia que Harlow me daria o dia de folga, então fui para casa precisava analisar os documentos detalhadamente .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...