História A Potter Secreta - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Visualizações 39
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - O Plano


Já era quase 1 hora da manhã, quando Dumbledore deu uma pausa na reunião para eles poderem comer e beber alguma coisa e descansarem...

Lyra estava deitada no colo de seu pai, Fred, Jorge e Alex haviam dormido no sofá e Dumbledore bebia seu chá calmamente até que ele pediu atenção de todos, e Fred, Jorge e Alex caíram do sofá de susto enquanto Lyra se sentava ao lado de Lupin..

Dumbledore então disse:

- Bom depois de todas as explicações e perguntas, vamos ao plano que temos até agora


- Bem, para começar Lyra, você terá que aprender executar muito bem feitiços , seja das trevas ou não, desarmamento também é muito importante, poções, transfiguração, defesa contra artes das trevas, apartação, e se desejar pode aprender com o seu pai a se tornar um animago ja que ele viu os amigos se tornarem um para poderem ajudar ele, e que a ajudará bastante, e além disso deve treinar sua Oclumencia e sua Legilimencia , porém é claro que nada desses recursos que você precisa aprender, você poderá aprender em Hogwarts pelo menos não com a urgência que você precisa, você vai ficar fora de Hogwarts por um ano, e só retornará no mesmo ano em que seu irmão também entrará na escola, até lá, você vai aprender tudo o que precisa com membros da Ordem,  até aí você entendeu Lyra?

Lyra que havia prestado bastante atenção respondeu:

- Sim senhor, eu devo ficar fora de Hogwarts por um ano para aprender recursos avançados, e so vou voltar no mesmo ano que meu irmão, e serei treinada por membros da Ordem

- Ótimo, agora o porquê disso Lyra e o seguinte, nós queremos lhe dar uma vantagem sobre Voldemort, você se tornando uma grande bruxa, você poderá se manter segura e manter seu irmão seguro e até mesmo o derrotar como a profecia disse, compreende?


- E quanto ao ministério, bem ele não terá como saber quem executou os feitiços pois você estará na presença de bruxos maiores de idade, e enquanto ao seu rastreador que todo bruxo menor tem, você não o possui, não o seu eu verdadeiro, porque Lyra Lilian Potter que é seu nome verdadeiro deixou de existir pois você só  usou esse nome somente quando era pequena, por isso quando você deixar a escola e se tornar Lyra Lilian Potter e deixar de ser Lyra Lupin, apenas é claro para você mesma, pois ainda não poderá se assumir publicamente, o rastreador que o Ministério acha que você possui não irá funcionar ou se quer existir, por tanto sua apartação será segura


- Está tudo claro Lyra?


Perguntou Dumbledore

- Sim senhor, quando eu parto e para aonde eu vou?


Perguntou Lyra

- Bem você partirá no Natal, assim não levantará suspeitas e pode ir para a sua casa mesmo, os membros da Ordem saberão aonde te encontrar, agora Lyra, dois avisos extremamente importantes, primeiro você não deverá contar isso a ninguém, e segundo, quando ver o seu irmão, não pode contar quem você é para ele, somente na hora certa


Respondeu Dumbledore

Lyra havia ficado chateada, pois ela queria poder contar a Harry quem ela era, mas ela disse:

- Está bem, mas eu posso me aproximar dele?

Dumbledore respondeu dando uma piscadinha para ela:

- É claro que sim, isso será crucial para o nosso plano, você deverá ser amiga de Harry e fazer ele confiar em você Lyra, isso é muito importante, e sem contar que é um meio de você ficar perto dele

Então Jorge se levantou e disse:

- E nos? O que nos faremos?

Dumbledore sorriu e disse calmante:

- Os senhores estarão no plano, porém a função de vocês só será dada quando Lyra partir, não se preocupem

Lupin que estava quieto até agora disse olhando para a filha:

- Lyra, você é muito nova para tudo isso, tem certeza que é isso que quer?

Ela sorriu para o pai e respondeu:

- Pai, eu sei que o senhor está preocupado, mas depois de tudo o que eu ouvi e descobri, eu quero ser tão forte quanto meus pais foram e ter tanta coragem igual ao senhor teve, e eu vou conseguir, eu vou ser mais forte que Voldemort e vou destruir ele, e acima de tudo vou ser uma grande irmã para o Harry

- Então está bem, estarei com você para o que der e vier minha filha_ respondeu Lupin


E os dois se abraçaram, Lyra então disse:

- Pai eu quero ir ver meu irmão, depois quero ir no banco pegar a carta e um pouco de dinheiro, depois vou começar minha longa e difícil jornada_ Disse Lyra carinhosamente

- Está bem filha, antes de tudo começar nos faremos tudo isso, Alvo?_ Disse Lupin

- Sim, com toda certeza que sim, e se permite o convite, quero que os rapazes vão também, assim eles se sentiram por dentro do assunto_ Disse Dumbledore sorrindo

- Está bem, eles podem ir _ disse Lyra sorrindo ao ver a cara de alegria dos amigos




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...