História A Potter Secreta - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Visualizações 11
Palavras 886
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - Uma nova amiga





Uma nova amigs


🦋


🌸


🦋




- Olá Lyra, essa é a Ninfadora ─ Disse Olho Tonto.


- Não me chame de Ninfadora ─ Disse a garota de cabelos rosas, com muita raiva.


- Tudo bem, tudo bem. Lyra essa é a Tonks, Tonks essa é a Lyra Potter ─ Disse Olho Tonto.


- Olá Tonks, prazer ─  Disse Lyra, sorrindo para Tonks.


- Prazer Lyra, e desculpe-me pelo barulho é que tropecei no tapete ─ Disse Tonks, sorrindo.


- Tudo bem, eu também vivo tropeçando nele ─  Disse Lyra, sendo gentil.


- Agora que vocês foram apresentadas, podemos nos sentar? Gostaria de explicar o porquê de eu trazer a Tonks ─ Disse Olho Tonto.


- É claro só vou mandar chamar Alex, ele deve ter ido cuidar das galinhas a Tia Molly saiu com todo mundo para ir comprar o material ─ Disse Lyra.


Ela pegou sua varinha e disse:


- Expecto Patronum

E sua linda corça prateada apareceu.


- Diga a Alex que Olho Tonto e Snape chegaram ─ Disse Lyra, e a corça saiu pela porta.


- Lyra, você está bem? ─ Perguntou Snape, baixinho.


- Sim, estou sim. Por que? ─ Disse Lyra.


- Nada, só achei você estranha ─ Argumentou Snape.


- Será que dá pra vocês pararem com essa ladainha e virem até aqui? ─  Disse Olho Tonto, grosseiramente.


Quando Lyra e Snape se juntaram a ele e a Tonks, Olho Tonto disse:


- Bom, o motivo pelo qual eu trouxe a Tonks aqui é que ela é muito experiente com feitiços é claro em defesa contra artes das trevas. Então, como você já está acostumada com o meu jeito e o do Snape lhe ensinar, achamos que uma pequena mudança iria lhe fazer bem.


- Mas ela só será responsável pelo seu treinamento, enquanto Alex será treinado por mim e pelo Alastor ─ Disse Snape.


Nesse momento Alex entra na sala, e se senta ao lado de Lyra.


- Uau, quem é você? ─ Perguntou Alex, admirado para Tonks.


- Eu sou a Tonks, prazer ─ Disse Tonks, sorrindo.


- O prazer é todo meu ─  Disse Alex.


Lyra que não estava nem um pouquinho gostando daquilo, disse:


- Será que a gente poderia treinar a maldição Cruciatos? Tô doida pra experimentar se eu sou tão boa quanto a Bellatriz Lestrange.


- É claro que sim, acho que gostaria de usar o senhor Alex como cobaia estou certo? ─ Disse Snape, com ironia.


- Acertou em cheio professor ─ Disse Lyra.


- Bom, então vamos? ─ Disse Olho Tonto se levantando.


Quando chegaram ao jardim, Snape e Olho Tonto lançaram feitiços sobre a casa para que as maldições imperdoáveis não fossem detectadas. E depois Snape pediu para que Tonks e Lyra ficassem de frente uma para outra.


- Lyra vamos começar com o mais simples, que é desarmar ─ Disse Olho Tonto.


Então Lyra sacou sua varinha e disse:



- Expeliarmus

E a varinha da Tonks voou longe.


Então enquanto Lyra praticava com Tonks, desde feitiços leves, a Legilimencia, Oclumencia até maldições imperdoáveis, Alex praticava com Snape e Olho Tonto.


Quando deu 16:00, Molly e os outros chegaram, e o treino encerrado.




- Pai, essa é a Tonks, Tonks esse é o Lupin meu pai ─ Disse Lyra, apresentando os dois.


- Prazer, Remo Lupin ─ Disse Lupin estendendo a mão para Tonks.


- O prazer é todo meu ─ Disse Tonks, apertando a mão de Lupin.


- Olá querida, eu sou Molly Weasley agora venha vamos comer ─ Disse Molly.


Então todos sentaram e tiveram uma bela refeição. As 7h todos foram embora, antes de Tonks partir, deu um abraço enorme em Lyra  e disse que voltaria todos os dias  para ajudá-la em  seu treinamento, antes da viagem.


Ja que todos haviam ido Lyra  foi para o seu quarto.


- Lyra, posso entrar? ─ Era Lupin.


- Sim pai ─ Disse Lyra.


- Harry me contou o que aconteceu hoje mais cedo, e ele está muito arrependido do que falou ─ Disse Lupin, calmamente.


- Eu sei pai, porém eu estou muito magoada com ele assim como ele deve estar comigo. Por tanto, acho melhor cada um ficar no seu canto por hora ─ Disse Lyra.


- Tudo bem filha, já coloquei seus livros na sua estante e tudo o que você me pediu pra comprar esta no seu armário. Seu dinheiro e o dinheiro do Harry, estão aqui nesses dois saquinhos e as chaves também. Harry disse que era pra deixar com você ─ Disse Lupin, carinhosamente.


- Tudo bem pai, obrigada ─  Disse Lyra - Aqui, tome um pouco do dinheiro e reforme algumas coisas aqui em casa que sei que estão precisando, eu vou da viajem para a escola mesmo então poderá fazer com calma ─ Disse Lyra, pegando um pouco do dinheiro em seu saquinho e dando para Lupin.


- Obrigado filha, agora vá dormir. Amanha você tem que acordar cedo, afinal você disse a sua tia Molly que ia ajuda ela com os duendes do quintal ─ Disse Lupin, dando um beijo na testa de Lyra e a cobrindo.


- Tudo bem pai, boa noite eu te amo ─ Disse Lyra.


- Boa noite filha, eu também amo você ─ Disse Lupin, e em seguida ele saiu do quarto.


E Lyra em segundos adormeceu.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...