1. Spirit Fanfics >
  2. A Primeira Clareana >
  3. Noite no labirinto

História A Primeira Clareana - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Noite no labirinto


Fanfic / Fanfiction A Primeira Clareana - Capítulo 8 - Noite no labirinto

ANTERIORMENTE...

E mais uma vez eu encontro um verdugo só que dessa vez ele...

AGORA...

Ele só me atacou não atacou o Ben, eu era o alvo. Eu já estava preparada, eu tinha trazido minhas flechas especiais que eu tinha feito a um mês atrás, eram flechas explosivas jogo uma no verdugo mas ele desvia e a flecha explode.

- Ben, corre volta pra clareira.

B- Eu não posso te deixar aqui, o Minho me mataria

- Não importa, vai logo os portões já vão fechar, se eu não chegar a tempo, não deixa ninguém entrar é uma ordem, VAII - ele ainda com receio correu de volta pra clareira.

Agora era só eu e o verdugo...

 

                                           P.O.V. MINHO

Hoje a S/N me obrigou a tirar um dia de folga, diz ele que eu preciso descansar mas eu sei q não era isso, ia acontecer alguma coisa muito ruim. Estava com o Gally, ele estavam construindo uma enfermaria, até que eu escutei uma explosão vindo de dentro do labirinto, todos nós paramos e ficamos observando, esperando eles voltarem pq já estava na hora, eu estava quase entrando mais me parou e escutei mais uma explosão e só o Ben chegou.

- Ben cade ela?

B- Um verdugo apareceu, e ela jogou uma flecha que explodiu mas o verdugo desviou, ai ela me ordenou voltar- quando ele falou que ela ordeno, eu, Alby e Newt sentamos no chão esperando por ela - pq vcs sentaram, ela precisa de ajuda

- Nos não podemos entrar

N- Se vc saiu e ela ordenou que vc voltasse, nos não podemos entrar, e nem vc, pois sabemos que ela tambem disse que não é pra ninguem entrar

A- Só oq nos resta e sentar e esperar

Ben se sentou e todo o resto, e aconteceu... os portões começaram a se fechar, minha preocupação aumentou eu estava me levantando e entrando mas o Alby me segurou, eu olhei pra trás e estavam todos com os olhos marejados, eu não aguentei e comecei a chorar, e os portões se fecharam.

 

                                        P.O.V  S/N

Depois que eu mandei o Ben embora o verdugo me acertou, e eu cai no chão, peguei mais uma flecha explosiva, me concentrei e acertei ele em cheio, e desmaiei. Acordei assustada e sangrando na região das costas, não conseguia me levantar mas eu precisava pq as paredes estavam se mexendo, elas estavam se juntando e se eu continuasse ali eu seria esmagada, peguei o meu arco e as flechas que restavam me levantei com muita dificuldade e fui me apoiando nas paredes indo em direção a clareira, mas ouvi o pior barulho do mundo e eu reconhecia aquele barulho, era um verdugo.

- Mais que merda, quantos eu vou ter que matar - olhei para os lados pra saber da onde ele estava vindo - eu preciso me concentrar, pq eu só tenho três flechas explosivas e duas com fitas, para avisar os proximos corredores se é pra entrar no labirinto ou não - estava quase desmaiando de novo quando o verdugo apareceu.

Atirei a primeira flecha explosiva e acertou a parede que ele estava, ele correu pra perto de mim e eu me desesperei respirei fundo e lancei a segunda antes de acertar ele, ele consegui me picar comum tipo de seringa que tinha na calda dele, ele fugiu e eu desmaie, e não lembro mais de nada.

 

NO DIA SEGUINTE...

Acordei no dia seguinte com a luz do sol, estava muito fraca, não conseguia me mexer e não sentia minhas pernas, olhei pro lado e vi uma poça de sangue se formando ao meu redor, eu precisava de ajuda então peguei minha flecha com a fita verde e lancei ela no alto torcendo pra que chegasse na clareira, não conseguia me manter acordada, pq eu já estava 24 horas sem água e sem comida, cai deitada no chão e consegui ouvir alguem gritando meu nome mas não reconheci a voz, desmaiei de novo...

 

CONTINUA...


Notas Finais


Desculpem a demora pra postar, mas foi isso até o proximo capitulo, BJSS.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...