História A primeira neve (chanbaek) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Drama, Melodrama, Romance, Songfic, Yaoi
Visualizações 50
Palavras 1.695
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom gente, este é o capitulo final, me perdoem qualquer coisa, pois acho que não consegui expressar toda a ideia nessa escrita. Mas aqui está 🤗
Espero que gostem, e boa leitura!!

Lê-se sem pressa, desfrutem do final dessa historia! beijos ! 😗

Capítulo 4 - "A primeira neve chegou"


Fanfic / Fanfiction A primeira neve (chanbaek) - Capítulo 4 - "A primeira neve chegou"

...para que eu possa afogar as dores do passado.



  Fitei o banco solitário em frente aquele lago brilhante, o vento soprava forte emaranhando meu cabelo, poderíamos retornar a esse sentimento novamente?

  Me dirigi ao banco e fiquei ali, aflito a cada segundo, olhando para a tela do celular esperando por respostas, onde está você Park Chanyeol? Seria esta mensagem uma miragem? Esfreguei os olhos.


Eram reais.


  

  Talvez já estivesse me cansando de tudo isso, estava prestes a cogitar que Chanyeol já era impossível para mim, eu apenas queria dormir, para que pelo menos assim eu encontre-o em meus sonhos.

  Aos poucos tomei força e levantei, caminhei silenciosamente pelo parque, já sem esperanças, minha visão estava cansada por conta de meus olhos murchos de tanto chorar. Dei alguns passos e não demorou muito para que o celular em meu bolso me parasse vibrando histéricamente. Peguei-o suspirando pesado, então liguei a tela.


  Uma nova mensagem de Park Chanyeol


  Sem hesitar desbloqueei o celular para abrir a mensagem.


Onde você está?”

Disse ele.


  Tantas respostas passaram pela minha cabeça, eu estava nervoso, mas estava tão cansado mentalmente, olhei os flocos de neve e em seguida o respondi.


“ Onde sempre estive, esperando por você.”

 

  Sim, eu sempre esperarei por ele, onde mais eu poderia estar?! fitei sua foto, eu estava com tantas saudades, bati forte em meu peito, tentando amenizar a dor que sentia, eu já nem sabia em que estado me encontrava depois de tanto tempo.

  Ele visualizou, porém não retrucou, guardei o celular em meu bolso e continuei a vagar pelo parque. Chanyeol estava procurando por mim, e isso não parava de repetir na minha cabeça, era como se aquilo me prendesse naquele lugar.


 Estava quase indo embora, quando ouço alguém gritar.


Hey! BAEKHYUN! — ao ouvir aquilo meu corpo paralisou por completo. Estava com medo de olhar para trás, aos poucos pequenos flocos de neve caíam diante de meus olhos, a primeira neve havia chegado mais cedo este ano, seria isso...

   

Sim, idiotas dizem que as ideias dos sonhos
Talvez possam tornar-se realidade”

-The First Snow


 Sim, está certo. Adeus natal lamentável.


  Chanyeol °


  “Baekhyun…?” enviei a mensagem.

 

  Um bom tempo havia se passado sem obter respostas. “Talvez ele esteja com Sehun agora…” pensei, eu pareço tão idiota.

   Respirei fundo tentando segurar as lágrimas que preenchiam meus olhos sem eu mandar, aquela situação estava me deixando aflito, ele vai mesmo ir embora assim? Sem um adeus?

  Não, na verdade sou eu quem deveria ir, uma vez que foi eu quem cometeu o erro.


 “Contorne-o” as palavras de Kyungsoo vieram em minha mente.


   Não esperei duas vezes, corri novamente, enxugando as lágrimas, “e daí se ele estiver com Sehun?” Eu preciso vê-lo, apenas uma vez.

  (...)

    Havia chegado em seu apartamento, parei em frente a porta e a fitei, coloquei as mãos nos joelhos tentando recuperar o fôlego. Quando  tomei controle de minha respiração suspirei fechando os olhos, “Vamos Chanyeol, você consegue!” pensei.

   Abri os olhos e bati na porta, um tanto nervoso.

   

 Ele está em casa?


 Bati de novo e ninguém respondia, onde ele estava? Minha cabeça estava cheia de especulações, sentia raiva de mim mesmo, cocei a nuca arrancando alguns fios de cabelo ao pensar no que faria, peguei meu celular novamente.

  Uma mensagem de Baekhyun estava escrito na tela, talvez na hora em que eu estava correndo para vir até aqui tão desesperado que acabei ignorando meu celular.

   

Chanyeol?”


Onde você está?”mandei, olhei ao redor buscando sua face porém o corredor se encontrava vazio. Ficar ali me deixava angustiado.


Por favor responda


Onde sempre estive, esperando por você.”

Todas minhas perguntas foram respondidas naquela mensagem.


 “Posso voltar a estar do seu lado
Acendendo a chama da vida
Até que isso finalmente se extingue por você”

-The First Snow

   

   

 Meus olhos arregalaram-se na mesma hora, seria isso um milagre de natal? Me senti tão aliviado, ele disse que ainda esperava por mim, eu ainda tinha chance de contorná-lo.


desculpe Baekhyun. Eu estou aqui.


  Pensei nos vários lugares onde ele poderia estar, então novamente o parque me veio na mente. Voltei correndo de volta para lá com toda velocidade que podia. Ele estava esperando por mim, não posso decepcioná-lo de novo, por favor, espere, só mais um pouco.


(...)


 Passei pelos pontos onde mais gostavamos dali, porém ele não estava em nenhum lugar, foi quando fui até o caminho principal que vi sua figura miúda, parada olhando seu celular, olhar para ele era como se toda aquela angústia sumisse, eu não deveria deixá-lo.


—  Hey !BAEKHYUN!.—  gritei seu nome ofegante, derramando lágrimas. Lentamente seu rosto foi se dirigindo a mim, ele aparentava estar em um estado lastimável, assim como eu, foi tudo culpa minha.


   Logo corri até ele o abraçando.

—  Me desculpe — pedi em desespero.—eu demorei muito não foi?..Me desculpe…. — minha voz estava falha, eu o abraçava mais forte a cada palavra que saía da minha boca, Baekhyun estava imóvel em meus braços, podia escutar ele soluçar, seu braço minuciosamente se envolvia em minha cintura, ver ele chorar era doloroso demais. —  Eu prometo que não o farei chorar de novo, Baekhyun, por favor me perdoe! — conclui.


Você...sabe por quanto tempo eu te esperei?!—  sua doce voz malmente conseguia sair.— você é um cretino sabia?


— Eu sei, eu sei muito bem disso, então por isso... por favor eu te imploro... me bata, me xingue, mas não vá embora,  eu prometo nunca mais sair do seu lado, eu errei, eu sei que errei, mas não vá embora.— falei aos prantos.


—  Eu nunca ousei sair daqui Chanyeol, então por favor cumpra com o que dizes. — falou me dando alguns socos na costa, seguindo a frequência de seu tom de voz.


— Eu te prometo, farei de tudo para permanecer ao seu lado, me desculpe, mas eu serei egoísta.


—  Seja, por favor seja egoísta!—  clamou soltando todas as lágrimas que estavam presas.—  Eu não quero me sentir horrível por te amar, eu apenas chutei Sehun, me sinto horrível, você sabe quantos dias eu suportei por você? Sabe o quanto eu chorei por você? Olhar daquela vidraça era como trazer todas nossas lembranças, eu não consegui me afastar disso, porque eu sabia que você iria voltar, eu esperava isso, me sinto um cretino, eu preciso de você, eu não me importaria de ser pisoteado, se eu tiver você do meu lado, poderei suportar tudo, então por favor seja egoísta!

 

Mesmo se houver um dia em que eu use meu tudo


— Ei! Você acha que não foi difícil para mim também?! O quão culpado eu me sentia e me sinto, por olhar daquela sacada e me ver preso sem ter coragem de te ter de volta?! olhar seu perfil e me sentir um lixo, eu apenas queria te ver feliz, mas eu errei, eu te machuquei, eu queria que você me esquecesse, não porque não te amo, você tem ideia do tamanho do impacto que isso faria em você? Sim eu errei, me desculpe, apenas me desculpe, então por favor, pare de chorar e acredite em mim mais uma vez!— levantei a voz o abraçando mais e mais forte, para ter certeza de que não o largaria de novo.


Por favor
Acredite em minha determinação de mudar por você


—  Eu acredito, Chanyeol, eu sempre te esperarei, mas não ouse me deixar sozinho de novo! — disse tremulo limpando os olhos.— Eu te peço.


“Porque você é minha respiração
Sempre me dando a coragem para amar
Fui estúpido em deixar você ir (realmente sinto muito)”


Meus olhos estavam tão cheios de lágrimas, que palavras se recusavam a sair da minha boca, afastei Byun um pouco de meu corpo e então admirei seu rosto por alguns momentos, antes que ele falasse alguma coisa o puxei para um beijo, um beijo de saudades, um beijo de arrependimento, um beijo de amor. Foi como tirar todo peso de minhas costas, foi como retornar novamente aqueles dias calmos, onde nos amávamos novamente. Baekhyun estava quente, o senti levantar sua pequena mão até meu pescoço, estava gelada, me fazendo arrepiar. Foi um beijo que mesmo calado, falava tanta coisa, agora entendia aquelas lágrimas que davam de encontro com as minhas, era felicidade.

    Tudo então tomou forma e cor, aquela noite insana, valeu a pena. As vezes devemos agir descaradamente do que viver de um arrependimento doloroso, era uma verdade.

 

  Separei-me de Byun, enxugando suas lágrimas, acariciei seu cabelo que estava quase congelando e segurei firme em sua mão.


— Estarei com você até seu último natal pequeno, não se preocupe mais. Eu prometo.— ao terminar Byun me mostrou seu belo sorriso se expandindo em meio ao seu mar de lágrimas. O retribui. 


 E então alguns flocos de neve caíram na ponta de seu nariz, sorri. Sim, a primeira neve havia chegado mais cedo, assim como o meu belo milagre de natal.


Rezando para um milagre para voltar em meus olhos”


“Com você mais e mais neste Natal”

-The First Snow


*BONUS*

  — Baekhyun!— ouvi Sehun me chamar antes de subirmos no palco. Virei para ele um pouco em duvida enquanto arruma meu microfone, estavamos no ultimo show da temporada de natal.— Não nos falamos desde aquele dia...me desculpe.— curvou-se em minha frente.

— Bem...quanto a isso...

— Apenas vamos ser como antes.— Sehun me interrompeu.— Eu sei que foi desconfortável para você.

— Mas eu agradeço, pelos seus sentimentos, Sehun.— falei me curvando em questão de agradecimento.— Obrigado por sempre estar comigo. Vamos apenas ser como antes.

— Obrigado! — disse Sehun suspirando aliviado. — Desejo lhe felicidades. Mesmo que eu ainda sinta inveja de Chanyeol.— sorriu.

— Um dia encontrará a pessoa certa, eu sei.

  Agradeci seu apoio e então subimos no palco, Sehun era um bom garoto e com isso não quis decepciona-lo, sempre me apoiando e ajudando, eu sou muito grato a ele, mesmo que eu não podesse corresponder aos sentimentos dele, tentarei meu maximo para retribui-lo.

 Obrigado Sehun, desejo-lhe felicidades!

Sehun°

 No final eu ainda o amava, Hyung, secretamente o amarei, apenas comigo mesmo, como um segredo passageiro. Pelo menos assim posso voltar a ficar ao seu lado, como antes. Desejo-lhe uma vida ainda melhor.

Observando a neve branca caindo°

Nas lacunas de meu coração
É possível afogar todas as dores do passado

Observei você ir embora com arrependimento
Deixando-me com meu natal lamentável
De novo e de novo.



Notas Finais


Bom gente foi isto, me desculpe pelo breve bônus, pretendo fazer uma sebaek então esse bônus foi mais pra esquentar mesmo, e pro meu querido Sehun não sair sem nada né?!

Espero que tenham desfrutado de tudo, até as próximas fanfics!!!

Se cuidem viu, e não durmam muito tarde lendo fanfics 😏😙😙 beijos e até!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...