História A primeira vista(Connor x Hank) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Detroit: Become Human
Personagens Connor, Kara, Markus, Personagens Originais
Tags Ação, Games, Lemon, Yaoi
Visualizações 68
Palavras 378
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi,cara de boi kkkk brincadeiras a parte tudo bem com vcs meus amores estou aqui lhe trazendo mais um capítulo.
.

.

.

.
Espero que gostem ❤😘 Boa leitura.....

Capítulo 5 - Um ser vivo?


Fanfic / Fanfiction A primeira vista(Connor x Hank) - Capítulo 5 - Um ser vivo?

Visão do Hank 

Quando eu avia falado aqui foi como se eu tivesse me libertado de uma prisão,por muito tempo eu não falai um "Eu te amo" e falei aqui com total sinceridade.

Connor olhava pra mim com seus olhos castanhos cheios de dúvidas e alegria ao mesmo tempo:

-Connor eu te amo,eu tinha medo de admitir pra mim mesmo que tinha sentimentos por vc....por isso eu sempre te desprezava -ele me olhava surpreso e felicidade junto com um sorriso.

-Hank eu também te amo,mais eu tinha medo de dizer e vc....

-Nao aceitar -eu disse dando um sorriso.

Connor virou a cabeça pro lado de vergonha,o puxei pela cintura para ficar mais perto de mim:

-Vamos olhe pra mim, pequeno-aquilo avia saido sem eu perceber.

-Pequeno?! -disse enquanto dava um sorriso malicioso.

-Nao me provoque! -disse apertado sua cintura.

Nesse momento meu telefone tocou,era o filha da puta do Fowler (tavam achando que não ia ter palavrão né)na mensagem dizia para voltarmos para a delegacia imediatamente.Connor avia percebido pela minha expressão:

-Precisamos voltar, infelizmente-disse eu  sem emoção.

-Vamos então depois podemos continuar nosso "joguinho" depois-disse dando uma mordida no meu pescoço.

Nesse momento eu o apertei contra mim:

-Nao me provoque.

Visão do Connor

Voltamos para a delegacia,avia um caso de uma divergente acusada de agressão uma AX400,pelos dados que coletei sua localização era em uma casa abandonada.

Fomos até lá e quando chegamos ela estava com uma garotinha no colo,as duas tentaram escapar mais elas só queriam ficar juntas:

-Pfv só queremos uma família,ser livres para termos nossas vidas.

Aquilo me fez pensar em como os divergentes só querem ser livres,eu decidi deixá-las partir.

Antes que eu pudesse fazer algo uma voz me fez voltar a realidade:

-Connor!! Vc as pegou?!-disse Hank ofegante.

Fiz um sinal de negativa para ele:

-OQUE?!!!!PQ VC NAO AS PEGOU??

Hank vendo que eu não estava bem,não perguntou mais nada, apenas fez um sinal para que eu o seguisse.

Já no carro eu estava com a cabeça caída sobre o banco olhando a chuva cair, percebi que Hank me olhava pelo retrovisor preocupado:

-Connor...ta tudo bem?

-Eu....não sei.

-Connor me conta oque vc tá sentindo.

-Esse e o problema,eu estou sentindo...Hank eu sou uma máquina eu não deveria sentir.

Hank me olhou com ternura,tirou uma de suas mãos do volante e colocou na minha coxa:

-Connor vc não e uma maquina,vc e um ser vivo.

Hank me fez pensar,eu realmente estou..... vivo?




Notas Finais


Gente eu sei que ficou ruim mais eu espero agradar pelo menos uma pessoinha.bjs pra quem quiser e um abraço pra quem não quer ❤😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...