História A princesa chinesa e o samurai japonês. - Capítulo 134


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Personagens Originais
Tags Adrinette, China, Idade Feudal, Japao, Marichat
Visualizações 38
Palavras 1.575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, estamos chegando aos 200 favoritos, espero que gostem do capítulo de hoje
Uma boa leitura.

Capítulo 134 - A determinação de dois seguranças.


Kim : __ Sabia que eu gostei de você, Ondine, mas é uma pema que não podemos ficar juntos , infelizmente ! - disse para a embaixadora , ficando triste pelo motivo que ainda trabalhava como conselheiro real para o rei alemão , abaixando um pouco a sua cabeça.

 

 

 

Ondine : __ Eu também , Kim , mas por que não podemos ficar juntos ? - disse com carinho, olhando calmamente para ele, querendo saber os motivos para que o conselheiro não fique com ela.

 

 

 

Kim : __ É que eu tenho um contrato eterno com o rei alemão, ele não aceita demissões no reinado dele ! - respondeu com tristeza, mantendo a sua cabeça abaixada , olhando para baixo.

 

 

 

Ondine : __ Isso é muito ruim, ninguém deve ser obrigado a ficar ao lado de uma pessoa ...., ah...., como o rei alemão te trata ? - disse para o amado, olhando tristemente para ele, querendo saber sobre o rei alemão.

 

 

 

Kim : __ Muito mal, ele vive me xingando toda a hora, nunca me agradece em nada , sempre vive me pedindo as coisas , não é somente eu , que ele maltrata ,são todos os empregados dele ! - respondeu com mais tristeza ainda, mantendo a sua visão abaixada, querendo começar a chorar.

 

 

 

 

Ondine : __ Por que não o denuncia , Kim , ele não pode ficar impune ! ? - disse com ansiedade para o amado, sugerindo para que ele faça uma denúncia contra o rei alemão.

 

 

 

 

Kim : __ Apesar de ter razão, mas eu não posso, porque em meu contrato, me proibie de fazer qualquer denúncia contra ele , por isso, ele se acha imbátivel ! - disse sobre a sua opinião a sugestão da denúncia contra o rei alemão, ficando mais triste ainda.

 

 

 

 

Ondine : ___ Mas que droga, não tem nenhum outro modo para se livrar deste contrato terrível ?! - disse revoltada para o amado, batendo o seu pé no chão do jardim , querendo saber se o amado não tinha saída para se livrar do acordo.

 

 

 

 

Kim : __ Bem, tem sim, mas é muito perigoso ! - respondeu sincero para a amada, erguendo a cabeça para ver ela , contando sobre a única tentativa de cancelar o contrato.

 

 

 

 

Ondine : __ Como assim ? - perguntou ao amado, vendo ele erguendo o rosto , ficando preocupada com aquilo.

 

 

 

 

 

Kim : __ O rei alemão odeia traições, por isso, o meu amigo Yin está pensando em estragar o novo plano do rei alemão ! - respondeu para a amada, olhando calmo para ela.

 

 

 

 

Ondine : __ Bem, eu nunca fui a favor de trair uma pessoa, principalmente alguém importante , mas neste caso, eu vou abrir uma pequena excessão ! - disse ao comentar sobre a opinião sobre as traições,ficando em dúvida sobre o assunto.

 

 

 

 

 

Kim : __ Tem razão, mas é preciso , o plano do rei alemão, é que ele vai sequestar a princesa chinesa, que é protegida por um dos samurais do mestre Fu, que eu me lembro , o nome dele é Chat Noir, o príncipe Nathaneel já lutou contra ele, mas acabou perdendo, sendo obrigado a fugir ! - disse para a amada, contando sobre o plano de sequestro da princesa Marinette.

 

 

 

 

 

Ondine : __ Minha nossa, agora eu sei os motivos para que você tenha medo dele ! - disse para o amado, ficando espantada com o plano do rei alemão ,olhando surpresa para ele.

 

 

 

 

Kim : __ Sim, ele é muito perigoso, ele fez um pacto com a magia do mal, para se tornar imbátivel , por isso, que todos os empregados tem mesmo dele ! - concordando com a amada, contando sobre o pacto que o rei alemão tinha com a magia do mal.

 

 

 

 

Ondine : __ É mesmo, eu já ouvi falar sobre o assunto, por sorte, o rei holandês é contra isso ! - disse para o amado, concordando com ele, contando que o rei holandês não gostava daquele tipo de coisa.

 

 

 

 

Kim : __ Pensei que o rei holandês estava a favor do meu chefe, por que está me dizendo isso ? - disse surpreso, olhando intrigado para a amada.

 

 

 

 

 

Ondine : __ É descobriram o antigo,fazendo magia do mal, então, o conselho decidiu condenar ele a morte na fogueira , eu mesma assim a execução de perto , foi térrivel ! - disse para o amado, contando sobre a morte do rei aliado do alemão.

 

 

 

 

Kim : __ Eu preciso avisar o Yin, assim vamos saber o que fazer , obrigada mesmo ! - disse surpreso para a amada , pretendendo contar a história ao chinês,agradecendo ela por tudo.

 

 

 

 

 

Ondine : __ Por nada, então, por quanto tempo, vai ficar aqui ? - disse com calma, olhando curiosa para ele.

 

 

 

 

Kim : __ Mas três dias, ainda não consertam o nosso navio, então, vamos ficar mais este tempinho, depois iremos voltar para a Alemanha ! - respondeu para a amada, contando sobre o seu tempo restante na Holanda.

 

 

 

 

 

Ondine : __ Então, que tal a gente se encontrar amanhã á tarde, assim vamos ter mais tempo juntos ?! - disse para o amado, convidando ele para um novo encontro , olhando esperançosa para ele.

 

 

 

 

 

Kim : __ Bem, eu posso tentar, eu estou pensando em fugir do príncipe Nathaneel, assim , vou ficar bastante tempo com você, antes de voltar a Alemanha ! - disse ao aceitar o pedido da amada, dando um sorriso singelo a ela.

 

 

 

 

 

Ondine : __ Que bom, meu amor , bem, me encontre no restaurante Mar Aberto e Companhia, ele fica bem perto do hotel ! - disse animada com a aceitação do namorado , começando a marcar o encontro com ele.

 

 

 

 

Kim : __ Ah sim,que horas ? - disse para a amada, aceitando o local de embora, querendo saber sobre o horário.

 

 

 

 

 

 

Ondine : __ Que tal as 11 horas da manhã, eu imagino que já tenha tomado um bom café da manhã, depois podemos dar uma volta na cidade ?! - perguntou sobre o horário escolhido por ela , olhando esperançosa para o amado.

 

 

 

 

 

Kim : __ Parece ser um bom horário, assim vamos passar uma boa parte do dia na cidade , também o príncipe Nathaneel não gosta de ficar saindo do quarto dele ! - respondeu para a embaixadora , contando que o ruivo não gostava de sair.

 

 

 

 

 

Ondine : __ Mas por que ele não gosta de sair , Kim ? - perguntou admirada para o amado, ficando curiosa com o estranho comportamento do ruivo.

 

 

 

 

Kim : __ Eu nem sei, imagino que o pai dele o ensinou , mas eu não fico me intormendo aonde eu não sou chamado ! - respondeu com calma , olhando sincero para a amada, dando de ombros sobre o assunto.

 

 

 

 

 

Ondine : __ Tem razão, eu acho melhor mudar de assunto, vamos continuar aproveitando o nosso passeio ! - disse ao amado, concordando com um aceno breve de cabeça , convidado o amado a continuar com o passeio nos jardins.

 

 

 

 

Kim : __ Sim, assim eu fico bem longe do Nathaneel por mais um tempo ! - disse ao aceitar o convite , olhando sincero para a amada, ficando feliz que ia ficar mais um tempo longe do príncipe ruivo.

 

 

 

 

( ... )

 

 

 

 

  E então, o casal voltou a passear alegremente nos jardins reais , conversando outros assuntos , dando risadas, sentindo a lua e as estrelas fazendo companhia.

 

 

 

 

( ... )

 

 

 

 

~ Quebra de tempo - Holanda - No hotel - No quarto de Nathaneel.

 

 

 

 

  Assim que foi retirado da festa , o ruivo foi levado pelos seguranças do hotel , ficando revoltado com o tratamento que estava recebendo dos seguranças, reclamando do tratamento deles.

 

 

 

( ... )

 

 

 

 

 Nathaneel : __ Me solte agora mesmo, seus imbecis , não gosto nada disto, esperem só até que o meu pai sabia disto ! - disse para os dois homens, lutando para se soltar do aperto, ameaçando em contar ao seu pai.

 

 

 

 

Lisandro : __ Pode reclamar o quanto quiser, estamos apenas recebendo as devidas ordens , então, pode continuar com isso ! - disse em um tom sério , olhando sério para ele ,

 

 

 

 

Geraldo : __ O meu colega tem razão, apenas estamos recebendo ordens ! - disse para o ruivo, concordando com ele, continuando a levar o ruivo para o seu quarto.

 

 

 

 

 

Nathaneel : __ Que droga ,mas o meu pai vai ficar sabendo de tudo ! - disse para os dois seguranças , olhando nervoso os dois seguranças, ficando revoltado.

 

 

 

Lisandro : __ Sim, já nos disse um monte de vezes ! - disse com impaciência , olhando sério ainda para o ruivo.

 

 

 

 

Geraldo : __ Bem, estamos quase chegando, pode cuidar deste rebelde aqui , enquanto eu abro a porta ? - disse para o colega,pedindo para que ele segure o príncipe , olhando calmo para o amigo.

 

 

 

 

Lisandro : __ Sim, assim terminamos o serviço ! - disse ao aceitar o pedido do amigo, assentindo com a cabeça dele.

 

 

 

 

Geraldo : __ Bem, segure o braço dele, não deixe ele escapar daqui ! - disse para o amigo, passando o braço direito do ruivo para o amigo, pedindo para que o colega não deixe o príncipe fugir.

 

 

 

 

Lisandro : __ Claro, meu amigo ! - disse para o amigo, pegando o braço dado pelo amigo, segurando com firmeza .

 


Notas Finais


me desculpe por algum erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...