História A princesa de Thundera - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias ThunderCats
Personagens Personagens Originais
Tags Lion O, Thundercats, Thundercats 2011, Thundercats 2012
Visualizações 20
Palavras 911
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Luta, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


A imagem acima é uma imagem de como é a arena desse torneio, tá(não reparem a logo do SBT no canto ;-; é que essa animação também foi exibida no bom dia e cia.)? Isso é pra quem não viu o ep 1 ou 16 onde nesses eps mostra essa arena.

Capítulo 3 - Torneio


Fanfic / Fanfiction A princesa de Thundera - Capítulo 3 - Torneio

O dia do tão esperado torneio do sino havia chegado. Isso era bom para Tygra, mas para Lion-o, isso trazia más lembranças. Sua filha Leônia sabia disso, e por isso, ela resolveu fazer uma coisa.

Leônia: Eu vou participar ^-^

Willikat: Eu também vou sabe...

Willykat e Willykit haviam crescido e amadurecido bastante nos últimos anos, ambos com 27 anos. Willykat havia virado o tenente da guarda real, enquanto Willykit fazia duas coisas: era uma guerreira e tocava em lugares diversos para entretenimento thunderiano.

Leônia: Porque quer participar, senhor Willykat?

Willykat: Porque acho que desejo esticar as pernas e os ossos. Esses tempos de paz vão me matar se eu ficar parado.

Willykit: Você só vai competir, porque o seu tio vai. Eu sinto isso.

Lion-o: Tome cuidado com ele, filha. Ele....pode ser mais experiente que você e...

Leônia: Shiiuu papai. Eu sei disso, porém quero chegar lá com positividade.

Leona: Boa sorte, filha.

Leônia: Obrigada, mãe.

Uma hora depois...

Willykat havia perdido pra Leônia, que havia conseguido tocar o sino finalmente, mas agora, ela estava do lado de Tygra.

Tygra: Estou vendo que vai perder. Igualzinho o seu pai quando éramos apenas dois príncipes hahahahaha

Porém, diferente do Lion-o(referência do primeiro ep de Thundercats da competição do sino), ela não estava com ódio algum. Apenas olhava o seu tio como se ele fosse apenas uma mosca chata.

E as trombetas tocaram para o início. Leônia estava escalando o mais rápido que podia, e quando sentiu que ia ser atacada por seu tio, ela pulou, do qual quase fez com que ele caísse na água, se não fosse pela bolhadeira dele, que fez com que ele se segurasse em algo e avancasse na frente dela.

Tygra: Você é igualzinha ao seu pai.

Naquele momento, Leônia sentiu sua ira subir pela cabeça, mas ela se concentrou o suficiente para não deixar com que isso atrapalhasse sua concentração na meta. Ela não podia perder, tinha que deixar uma imagem de que a princesa não era igual seu pai no quesito da competição do sino. Ela tinha que ser conhecida como "a princesa que vingou as derrotas de seu pai".

Ela havia logo se lembrado do que as pessoas diziam a ela antes de ela ir até Tygra naquela competição:

"Guarda1: Você está maluca, alteza? O seu tio pode te estraçalhar!!"

"Cozinheira: Quero nem ver no que isso vai dar".

"Lion-o: Tome cuidado com ele, filha. Ele....pode ser mais experiente que você e..."

Mas existiam aqueles que a incentivaram de alguma forma:

"Willykat: Você vai vencer ele. É só você acreditar em si mesma que vai dar tudo certo".

"Leona: Eu sei que você consegue, filha!! boa sorte".

"Clérigo3: com a paciência e a habilidade que um felino possui, você vai conseguir vencer aquela competição com 100% de certeza".

Não, ela não vai deixar o seu tio vencer dela daquele jeito. Não após humilhar o pai dela quando ela nem havia nascido ainda, desde que o pai dela e o tio dela eram apenas filhotes.

O sino estava quase perto dela, era possível ela ver com os olhos dela o sino cada vez mais perto dela, mas Tygra estava ainda na frente dela e ela precisava de algum jeito derrubar ele, e ela já sabia como.

Ela rapidamente usou a sua habilidade de teleporte para ir por trás de seu tio, que estava na frente dela, e com toda a sua força, ela socou a cara dele tão forte que o derrubou na água e com um único pulo, ela foi até o sino e o tocou, anunciando a sua vitória contra o seu próprio tio. Ela finalmente conseguiu vingar as derrotas que o pai dela havia sofrido naquela arena.

Leônia: *enquanto tocava o sino sem parar* Você ainda acha que eu sou igual ao meu pai depois de sofrer essa humilhante derrota, titio?

Tygra não ousou falar mais nada depois daquilo.

Cinco minutos depois, ela havia estado na frente de todos os seus amigos e de seus pais.

Lion-o: Mas...como você o derrotou?

Leônia: Com uma grande motivação, uma boa calma e as suas habilidades felinas, você pode conseguir facilmente vencer uma competição como essa e se possível, ficar mais esperto para possíveis ataques de seu oponente.

Quando do nada, Tygra estava na frente deles.

Tygra: Lion-o, eu...queria me desculpar por tudo que eu havia feito para você. Papai sempre teve razão em te colocar no trono. Acho que ele estaria orgulhoso de você, enquanto eu, só pensei apenas em mim mesmo. Não nas consequências que essa rivalidade poderia causar para nós dois.

Lion-o: Bem, eu vou pensar no seu caso, mas enquanto isso, peço que se afaste de nós todos, pois eu quero ter uma conversa com a minha filha.

Ele apenas fez o que seu irmão havia ordenado e saiu daquele recinto.

Lion-o: Eu quero que você saiba, Leônia que, independente de você ganhar ou perder, eu estou muito orgulhoso de você, de tudo que você faz, pois sei que você tem um coração bom, um coração de ouro.

Leônia não falou nada demais. Apenas abraçou seu pai e deixou algumas lágrimas caírem, mas não eram lágrimas de tristeza, solidão, amargura, mas eram lágrimas de felicidade, de estar se sentindo completa depois de seu pai falar isso para ela. E para finalizar, ela falou algo para seu pai.

Leônia: *que estava abraçada com o Lion-o* Papai, eu quero ficar para sempre ao seu lado, pois eu não quero nenhum outro papai. Eu quero sempre você, pois eu te amo papai...te amo muito, assim como eu amo a mamãe.

Lion-o não falou nada, apenas deixou um sorriso transparecer. Um sorriso de estar se sentindo finalmente completo, com uma família que ele sempre sonhou.


Notas Finais


Momento kawaii entre pai e filha *----*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...