1. Spirit Fanfics >
  2. A princesa e o... Gato? - TodoMomo >
  3. Capítulo único

História A princesa e o... Gato? - TodoMomo - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction A princesa e o... Gato? - TodoMomo - Capítulo 1 - Capítulo único


Yaoyorozu Momo é a princesa do reino de Kyoto. E desde pequena sempre quis lutar pelo seu reino. E conseguiu. Hoje ela é considerada a cavaleira mais forte de todo reino. Mas como toda mulher, ela também se apaixonou. E foi logo pelo príncipe de Nagasaki. Todoroki Shoto. Eles se encontravam algumas vezes em bailes ou aniversários. E sempre tinham assunto e gostavam de passar o tempo um com o outro.


A princesa caminhava pelo jardim de seu palácio como fazia diariamente. E hoje em especial ela estava usando um vestido. Ela nunca foi chegada a usar mas esse ela gostava. Achava ele bonito e confortável.


- Bom dia senhorita Yaoyorozu. - o guarda que fazia a ronda a comprimentou.


- Bom dia Midoriya-san. - respondeu com um sorriso.


- Soube da visita que terão hoje? - Ele perguntou para a morena que havia parado de andar.


- Não! Quem vem ao castelo hoje?


- A família Todoroki. - sorriu pois sabia que a visita deles deixava a jovem guerreira feliz.


- Sério? - Perguntou com os olhos brilhando - Os todorokis vão vir? 


- Vão. - ele sorriu. - Acho que chegam daqui a pouco. Se já não chegaram.


- Com licença. - fez mensura e correu para dentro do castelo.


A morena corria o mais rápido possível para a sala do trono onde seus pais estavam. Chagando lá, deu de cara com Rei e Enji Todoroki.


- O-Ola senhor e senhora Todoroki. - fez mensura assim que entrou.


- Olá Momo-chan. - Rei a comprimentou com um sorriso.


- Olá. - Enji fez só um aceno com a cabeça.


- Bom ver vocês de novo. - Ela disse com um sorriso.


- Parece cansada, queria. Veio correndo? - Indagou sua mãe que estava sentada em seu trono com o Marido do lado.


- Sim. - sorriu amarelo - O Midoriya-san disse que vocês viriam então vim vê-los.


- Não é precisa mentir Momo-chan. - Rei sorriu para a mesma - Shoto está no jardim da frente.


- Ma-Mas... Quem disse que eu vim só por ele? - Disse constrangida e um pouco vermelha.


- Sabemos que veio por causa dele querida. - Seu pai falou dando uma risadinha - Vai lá.


- O-Ok. - deu uma mensura rápida e saiu correndo. 


Ela o veria de novo. Ela lembra muito bem da última vez que o viu. Foi a seis meses. No seu aniversário de dezoito anos.


Flashback on


- Está bem bonita Yaoyorozu. - ele sorriu.


Os dois estavam sentados no banco do jardim secreto de Momo. Eles queriam fugir um pouco da festa. A única pessoa que sabia aquele lugar e que sabia que os dois estavam alí era o guarda Midoriya.


- O-Obrigada Todoroki-kun. - ela disse vermelha.


- É meio raro eu te ver de vestido. Eu gostei. - falou um pouco vermelho.


- Eu uso de vez enquando. Só em ocasiões especiais ou quando não tenho nada melhor para vestir. Esse também é um dos únicos que eu gosto.


- Ele é bem bonito. Mas o que conta é a pessoa que está usando.


- O que está insinuando Todoroki-kun?


- Que não importa a roupa que você vista, você sempre está bonita. - ele sorriu um pouco corado para ela e a mesma ficou bem vermelha.


- Com licença. - Midoriya entrou no jardim. - Todoroki-sama, seus pais estão te procurando para ir embora.


- Um estante Midoriya-san. - disse e o mesmo se retirou dali deixando os dois sozinhos novamente - Foi bom te ver Yaoyorozu.


- Pode me chamar de Yaomomo. - disse a mesma se levantando e o bicolor também se levantou.


- Então me chame de Shoto. - disse deixando ela passar e a seguiu saindo do jardim.


- Ok! - sorriu meio sem jeito. - Até a próxima. - acenou para o mesmo que ia andar para dentro do castelo, mas antes, ele parou e foi andando rápido para perto dela. A Morena não estava entendendo nada, mas quando ele estava perto o suficiente, puxou a cintura da mesma para perto de si deu um beijo nela. A mesma não estava esperando por aquilo, mas cedeu.


Quando o ar começou a faltar ele se separaram, mas Todoroki ainda mantia a mão sobre a sua cintura e os dois se encaravam.


- Até a próxima Yaomomo. - sorriu ladino dando um selinho rápido na mesma e saiu da li deixando a jovem guerreira corada no escuro da noite.


Flashback off


Só de lembrar daquele dia fazia a jovem Yaoyorozu ficar toda vermelha. Gostou daquilo. Foi o primeiro beijo dela.


Ela correu praticamente o castelo inteiro e não o encontrou. Foi no jardim da frente, do fundo e nada. Só tinha um lugar que ela tinha visto. O jardim secreto dela.


Correu para onde era o jardim e entrou lá. Ele também não estava lá.


Jesus, onde o bicolor se meteu?


Ela se sentou no banquinho de pedra dali e deu um suspiro longo. Foi aí que ouviu um miado.


- Miau.


- Um gato? - Se levantou e começou a procurar - Psi Psi gatinho. Aqui. Vem aqui.


Ela ouviu um barulho da moita e dali saiu um gatinho gordinho e fofinho. A única coisa que assutada a Yaoyorozu era que o gato era metade branco e metade vermelho. Mas de fato isso tornava o gato ainda mais bonito.


- De onde você é gatinho? - Pegou ele no colo tocando no fucinho dele - Você tem dono? - Procurou por uma colera nele, mas não achou. - Hm... Parece que não tem dono. Bem... Parece que você vai ficar comigo. Vem. - saiu do jardim. - Vamos procurar o Shoto-kun comigo? - ela foi caminhando para seu castelo mas o gato parecia querer se soltar. - Eita, o que foi? - parou de andar e o gatinho a encarou. - Você é muito fofo. - sorriu.


Viu que o gato estava lambendo seu rosto e sentiu cosquinha.


- Para kkkkk. - o gato parou de lamber, aí quando percebeu, o gato estava lambendo o canto de sua boca. - Ei! - afastou seu rosto. - Não é pode. - disse fazendo uma carinha brava voltando a ir para o castelo.


Antes que ela desse mais um passo, o gato voltou a lamber sua boca e de repente uma luz bem forte apareceu e quase cegou a Yaoyorozu e como reflexo ela fechou os olhos. Mas de repente sentiu algo pressionando seus lábios. Quando abriu seus olhos deu de cara com um lindo rosto da pessoa que ela estava procurando.


- Olá de novo Yaomomo. - sorriu quando se separaram.


- Sho-Shoto-kun? - ela ficou muito vermelha. - O-O que... Acabou de acontecer? Você… era aquele gatinho?


- Basicamente sim. - riu constrangido.


- Co-Como?


- Também não sei. - riu - Eu estava aqui te esperando aí quando percebi eu era um gato… - disse fazendo uma cara de paisagem.


- Acho que entendi... Mas... Como você voltou ao normal?


- Sabe aquela história da princesa e o Sapo? - ela acentiu positivamente com a cabeça - Então… Para resolver precisa de um beijo de uma princesa. - ele sorriu.


- A-A - falou bem vermelha.


- Vamos lá pra dentro? - estendeu a mão para a garota e a mesma pegou. Logo os dois começaram a caminhar para dentro do castelo.


- Achou ele Momo-chan! - Rei apareceu sorrindo - Espera... Vocês… estão de mãos dadas?


Os dois acabaram esquecendo disso e olharam para suas mãos.


- Que fofos. Estão namorando.


- Nã-Não estamos namorando… - Momo falou corada.


- Ué, por que não?


- Por que eu ainda não pedi. - Shoto se explicou olhando para a Yaoyorozu.


- Qu-Quê? - ela olhou ficando mais vermelha.


- É ué… ainda não tive a oportunidade de te pedir em namoro.


- Acho que vou deixar os dois sozinhos. - falou saindo dali rindo.


- Por que… você me pediria em namoro? - Perguntou ficando cara a cara com a jovem guerreira.


- Ué… Não é assim que funciona? Quando se gosta muito de uma pessoa você pede ela em namoro, não é?


- Vo-Você… gosta de mim?


- Não teria te beijado se não gostasse. - segurou o queixo dela. - Então, o que me diz? - deu um sorrisinho - Quer namorar comigo?


- Sho-Shoto-kun… - ficou mais vermelha ( se é que era possível ).


- Não precisa aceitar se não gostar de mim. - disse abaixando a cabeça.


- Eu quero. - ele a olhou nos olhos e sorriu.


- Ótimo. - beijou ela.



Notas Finais


Esse shipp é tudo pra mim e eu adorei escrever essa fanfic. Espero que tenham gostado. Bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...