1. Spirit Fanfics >
  2. A procura de um Daddy - One Shot HOT Kim Taehyung >
  3. Vida de CamGirl em busca do seu Daddy

História A procura de um Daddy - One Shot HOT Kim Taehyung - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, pessoal estou com um projeto que é basicamente, fazer uma ONE SHOT HOT de todos os membros do bts.
Já foi JK, Jimin, e agora nosso querido TAEHYUNG, logo mais teremos novos vindo por ai, espero que gostem e amem eles muito, e se sintam retratadas nessa história.
Beijos amo vocês demais!!! BOLINHOS

Capítulo 1 - Vida de CamGirl em busca do seu Daddy


Há mais ou menos 2 anos trabalho como CamGirl na internet, em um site de Baby's, onde alguns caras me procuram para sanar suas vontades sexuais, nunca transei com nenhum deles, muito menos me relacionei em minha vida privada, a maioria dos vídeos não mostro meu rosto, mesmo não tendo problema nenhum se me pedirem eu mostro, a questão é o que dá prazer ali é meu corpo, então foco mais nisso, venho determinada em parar de dar prazer mas sim em receber, quero um Daddy preciso de um na verdade. 

Assim que entro no site de Daddy's, entro na parte de fazer o cadastro, algo que já fará o site me recomendar o certo para mim.

Nome do seu User: BabyPimentinha_

Idade: 18 anos

Altura: 1, 60

Descrição : " Sou CamGirl, gosto de doces em geral, amo velas aromatizantes (acho excitante), meus olhos são cor de mel, meu cabelo é castanho escuro, tenho bastante seio e um bumbum durinho, barriga chapadinha, e muita disponibilidade, meu número é + 82 984567329, entra em contato se quiser relaxar ;) " 

Termino a minha própria descrição, partindo para próxima pergunta, o site era cheio de questionários, porque a ideia é encontrar seu Daddy ideal. 

Tipo Ideal: " Procuro um Daddy carinhoso e que goste muito de sexo, seja alto, corpo magro slim, cabelo liso e escuro do castanho para um preto, lábios suavemente mais finos e uma voz rouca enlouquecedora, além de uma cor levemente bronzeada e mãos grandes. Use óculos (meu fetiche), e seja dominador, e que goste de BDSM ". 

Idade Ideal do Seu Daddy: De 19 a 24 anos.

Feita descrição do meu ideal, agora que me mandem todas as sugestões site por favor. 

Cliquei na palavra: Finalizar Cadastro 

Cadastro realizado com sucesso, clique aqui e será redirecionado a HOME. 

Fiz o procedimento assim como constava na tela, e me deparei com muitos indicados na minha time line inicial, existiam homens com fotos de seus membros e alguns de seus rostos impecáveis, eu realmente me sentia em um site de prostituição mas sem pagar, era algo muito interessante, mas o que eu pretendia com aquilo era um sexo casual despretensioso. 

Fiz Upload de alguns vídeos antigos meus, do site privê que participo e na mesma hora meu chat estava bombando, na hora dava para ver quem visualizou e seus respectivos perfis, notei vários comentários rolarem as imagens que postei também, eu tinha um acervo grande no celular de vídeos indecentes, e fotos sensuais e eu usaria disso para ser minha arma de Daddy's. 

TaehyungKim95_ curtiu seu vídeo

TaehyungKim95_ curtiu seu vídeo

TaehyungKim95_ curtiu sua foto

TaehyungKim95_ comentou sua foto.  " você é perfeita, baby"

TaehyungKim95_ comentou seu vídeo : " queria um vídeo desses exclusivo para mim" 

E mais comentários e curtidas ele dava nas minhas coisas, se isso aqui fosse um Tinder, ele já tinha dado Match em mim a muito tempo, entrei em seu perfil existiam diversos vídeos e fotos do garoto, ele era um asiático de tirar o folego, cada foto de cueca box deixando aquele membro lindo marcadinho, e ele caia como uma luva nos pré-requisitos comigo. 

Entrei na lista de indicados e não é que lá estava ele com uma estrelinha de número 1 ao lado do nome, caindo perfeitamente na descrição ideal que eu disse. 

Entrei no Chat, e o chamei. 

" Gostei das suas fotos, pena que não tem vídeo...Daddy" 

Não demorou nem meio segundo e a resposta havia sido enviada. 

" Nossa a Baby mais linda de todas me chamou, eu que deveria fazer isso....se quiser vídeos, é só ligar a WebCam gatinha ;) "

" eu topo, que tal um strip meu para você e depois um seu para mim..?"

" uau, direta assim baby, por mim tudo bem, aquele número seu é real?" 

hunm, então ele já tinha ido no meu perfil, bom saber!

" Claro, é sim pode chamar..e sim sou direta, queremos a mesma coisa..sexo fácil"

" Minha Baby é moderna... curte BDSM mesmo?

" Sim, amo ser dominada"

" eu sou um dominador, gostei de saber Baby, te faria pedir por mais.... "

Na mesma hora minha tela liga e uma vídeo chamada começa a aparecer na tela, acabo por aceitar, eu não me importaria de mostrar meu rosto. 

Oi Daddy - digo animada, vendo que sua câmera não pegava seu rosto, o que de alguma forma era frustrante pra mim. 

Oi Baby...eu amei seus vídeos você é linda, e muito gostosa...

Que voz era aquela, pelo horário da madrugada era tão rouco e sexy, tudo que eu queria quando escrevi aquela descrição, seria a voz que te faria gozar somente descrevendo o que faria com você.

- Obrigado...você me parece muito gostoso também Daddy, mas não consigo ver está com roupas demais.

- você também baby, lembra da promessa...seu strip pelo meu strip, prefiro você primeiro. 

Sorri de leve, arrumando a câmera em um bom angulo, eu estava com uma babydool transparente, enquanto minha calcinha fio dental mal aparecia, me levantei da cama e fiquei diante da câmera do computador, passava as mãos pelo meu pescoço, indo por meu corpo, esfregando as mãos sobre meus seios, puxando de leve as alças as largando provocando um som erótico, enquanto mordia minha boca, eu via ele inquieto do outro lado da web. 

Se você quiser Daddy pode se tocar.... eu deixo - falo provocativa. 

- deixa? acho que dominador aqui deva ser eu. 

- quando a gente se encontrar.. você domina. 

- vamos nos encontrar então, huh?gostei de você baby sabe o que quer. 

Sorri boba com aquela voz de comando dele, mesmo sendo simples era provocativo me excitava e me deixava molhada mesmo,  virei de costas para ele, através da tela da Web como sempre fiz, e me abaixei deixando claro a visão do meu bumbum ainda coberto pela micro calcinha, enquanto sentia o arfar dele do outro lado, mesmo eu querendo muito ver ele agora, e ser possuída por esse homem incrível, eu ainda tinha dúvidas se valia a pena um encontro cara a cara, me mostrei das formas mais absurdas possíveis para ele, abri bem meu bumbum vendo a calcinha me comendo praticamente, ele falava besteiras do outro lado, virei-me para câmera, e o mesmo batia uma punheta frenetica enquanto me olhava. 

Daddy, vamos fazer assim...eu tiro toda minha roupa...você tira a sua e depois vamos ao prazer, que tal? awn! 

- tudo bem Baby, vamos dessa vez fazer como você quer. 

Tirei a parte de cima do Babydool que era junto do sutiã, mostrando meus seios para ele, sentia o sofrimento dele a distância, o mesmo apertava seu membro agora por cima da calça, já que ele entendeu a ideia de tirarmos a roupa e brincarmos depois, massageei meus seios, circulando meus biquinhos, chupeis meus dedos e os esfreguei no local, deixando bem excitado, minha calcinha estava muito molhada, apertava meus seios diante a tela do computador. 

- não faz isso comigo Baby, me passa seu endereço, eu vou ai agora?

- Daddy não posso confiar em você é um total estranho....- falo fazendo biquinho, e chupando mais um dedo, e passando sobre o pano fino da calcinha, acariciando o que ele tanto queria, me sentei na cama, colocando a câmera com foco em minha intimidade, e puxei de lado a calcinha o deixando ver minha vagina, chupei de novo os dedos e acabei por enfia-los e gemer para ele. 

Por favor eu preciso te foder Baby. 

- Daddy não posso, nem ao menos sei seu rosto... 

- se eu mostrar você realmente me passa seu endereço, sei o que quer...que eu te foda com força, te faça gemer, e no lugar dos seus dedinhos eu esteja metendo meu pau. 

Uau ele era muito desbocado, mas eu gostava assim, precisava somente saber se seu rosto era bonito, eu queria dar para ele, e pra mim ser um estranho não fazia diferença. 

- Sim, se você mostrar seu rosto eu passo. 

eu mal termino de falar, e um asiático lindo aparece na tela, comprovando que era ele mesmo seus cabelos lindos escorridos caindo em franjinha pelo rosto, eu estava me sentindo totalmente louca por aceitar transar com um estranho e dar meu endereço para esse garoto, que coisa mais linda ele era. 

- hein, e agora.? - ele encarava a camera lambendo os lábios, ele é lindo demais, nem parecia real. - podemos transar direito?

Ri com o comentário dele, direito mas é boa, na hora entro no chat e digito para ele o meu endereço e número da porta do meu apartamento. 

- quando você vem?

- agora...só me aguarda.

Me joguei em minha cama aguardando a maior loucura que eu poderia fazer, transar com um estranho e dar meu endereço a ele, na verdade da minha casa, e sim eu estaria fazendo tudo isso porque ele é um puta de um gostoso do caralho, e eu defino com essas palavras mesmo, eu já estava sem a parte do babydoll e somente de calcinha na cama, pensando se realmente isso poderia ser real, eu nem sabia de onde ele era, quanto tempo levaria, o cara pode ser até de outro estado. 

Assim que peguei meu celular tinha uma foto dele, em um corredor de um prédio, seria tão rápido assim? ou isso é da casa dele. 

Se passaram dois minutos nem isso, a campainha do meu apartamento toca, corro até a sala tampando os seios com as mãos, espio pelo olho mágico e era ele, destranco a porta a abrindo, acabo por deixar meus seios na visto dos olhos dele, foda-se literalmente. 

- Oi Taehyung? - ele sorri quadradinho, ele é o cara mais lindo que já vi. 

- uau recepcionado assim? gostei vizinha! - fiquei totalmente confuso. 

- what? como assim?

- eu sabia s/n que era você, tinha dúvidas, sou filho do síndico que você chamou de viado. - ele sorri e eu morro de vergonha, eu nem sabia que o senhor Lim tinha filho e muito mais um gostoso desse como nunca vi esse garoto antes?! eu tinha que ter visto e dado muito antes para ele. 

Puxei o mesmo pra dentro do apartamento. 

- Não acredito que quero foder com o filho daquele desgraçado.  Ai desculpe!

- Não precisa, quem vai foder com alguém aqui sou eu... lindos peitos...só percebi que era você quando passou endereço, só tive que descer uns dois andares somente. 

- assim melhor, podemos transar mais. - levo ele até sofá o atirando no mesmo e subindo em seu colo - me domina Taehyung, me faz fazer muito barulho para seu pai me xingar novamente, vai...adoraria dizer que é o filho dele que esta me fodendo bem gostoso. 

- Vai gemer bem gostoso...- noto mesmo puxar meu cabelo para trás rude demais... e lamber meus seios e os morder com força, ele gostava de BDSM, seria prazeroso e doloroso um sexo com um dominador. 

- vou....Taehyung...me fode. 

Na mesma hora ele começa estapear meu bumbum, tirando do bolso, uma coleira que eu conhecia super bem era para sufocar enquanto me penetrava, sim eu era uma ninfo, meus vídeos para internet eram por puro prazer, o mesmo coloca ela em meu pescoço, e me arrasta saindo do sofá. 

Fiquei ajoelhada no chão, com ele segurando aquela coleira, enquanto me encarava sério mas muito safado. 

- a onde fica o seu quarto? - ele me pergunta de maneira possessiva. 

Apontei a direção e ele me faz levantar do chão e me deu um beijo caloroso, enquanto puxava com força a coleira marcando meu pescoço com ela pela força exercida, e apertando meus biquinhos dos seios duros, ele era tão sado e eu amava isso, sua língua enroscava perfeito comigo minha intimidade pulsava pensando em como é ser dominada por Kim Taehyung. 

Caminhamos até o quarto, notei meu notebook aberto no site, mais certo no perfil dele, já que eu jamais imaginaria que ele morava a dois andares do meu, e que é o filho do síndico desgraçado que vive me multando por barulho e festinhas. 

O mesmo me atirou na cama, dando a volta nela encarando meu notebook aberto. 

- quer fazer uma sextape comigo? - sorrio maliciosa para ele. 

- que tal uma live, para todo mundo do site? marcamos nossos users...ficaremos mais populares mais pessoas podem nos querer juntos, quem sabe uma orgia bem gostosa Taehyung?! - olhei sugestiva para ele, quem sabe convidar mais pessoas aqueles user famosinhos, poderíamos render muito dinheiro. 

- ah baby realmente é uma pimentinha, anda .... vá para o meio da cama, e fique se mostrando pra câmera, vamos começar agora! - ele pega meu notebook e conecta com seu celular, transmitindo tanto pelo ângulo do note, como também do seu celular que com certeza ele usaria quando estivesse me fodendo, da maneira que eu acredito que ele faça, fodendo rudemente. 

Notei ele vindo com a câmera perto de mim, enquanto eu acariciava meus seios apertando os biquinhos e fazendo gemidos altos. 

- A live já está bombando - ele fala, eu queria transar e mostrar pra todos, o que eu faria com aquele de pele bronzeada e corpo torneado, uma tentação de homem. 

Chupo dois dedos, simulando um boquete e os desço por minha barriga até encontrar minha calcinha que já estava muito molhada, a coloco de lado, mostrando bem minha bucetinha para o meu público, o membro de Taehyung estava muito marcado na roupa, ele estava explodindo de tesão, era um exibicionista assim como eu tinha muitas seguidoras no site, e haviam com certeza muitas mulheres cobiçando vê-lo nu agora mesmo, desfrutando através de mim a sensação de como seria ser dominada pelo Kim. 

Anda...gatinha mete seus dois dedinhos nessa bucetinha gostosa...vai babygirl - introduzi meus dedinhos como ele pediu, eu era uma submissa, amava essa função a colerinha ainda se mantinha em meu pescoço, ele arrumou alguns travesseiros atrás de mim e me fez deitar, deixando minha intimidade exposta para sua câmera, a mão dele apertava aquele membro gostoso enquanto se controlava com meus gemidos, já que eu introduzia rapidamente meus dedos em minha bucetinha enquanto mordia o lábio, e com a outra mão apertava meu seio direito, mostrando satisfação em ser cobiçada, em ser vista por tantas pessoas ao vivo. 

engatinhei até ele, e o mesmo puxa minha coleirinha me fazendo voltar a deitar. 

nada da babygirl ser desobediente, deitadinha....para o oppa chupar essa bocetinha deliciosa....- sua voz de comando sobre mim, me fazia estremer e ficar mais úmida ainda, ele posiciona a câmera para focar no que ele faria e vem se deitando sobre mim, suas roupas demais me agoniavam. 

Tirei sua camiseta, e arranhei com força seu abdomen vendo ele gemer, e arfar pela minha audácia, ele deixou e não me controlou como faria um dominador, ele quer também me dar espaço beijei seu peito nu, descendo mordidinhas no peitoral até seu oblíquo, acariciei com as mãos por cima do tecido da calça, e senti a grossura que era seu membro. Peguei em seu cinto desafivelando, o tirando abri seu zíper enquanto ele me olhava com desejo me vendo tirar sua roupa, levantou da cama deslizou a calça jeans pelas pernas, que eu notei serem bem fortes e me atraíam muito, voltando para cima da mesma eu cobicei por seu membro em minha boca, e o chupar muito, eu amava fazer um boquete e nesse homem eu amaria muito mais. 

Coloquei minhas mãos na barra de sua cueca box preta, e a deslizei para baixo notei ele por a mão na base de seu pau e me encarar. 

é isso que você quer? safada! 

Assenti com meus olhinhos pidões, como se quisesse chupar o melhor pirulito do mundo e com certeza era, eu poderia apostar. 

quero colocar todo na minha boquinha.....daddy. 

- babygirl só vai poder engolir tudinho, depois que Daddy chupar essa bocetinha molhadinha. - Ele me deita, e puxa minhas pernas sobre seus ombros se deitando na cama, seu pênis estava tão duro que se mantinha muito ereto, a cabecinha rosada me dava água na boca, eu não aguentaria muito para chupa-lo. Com seu rosto em meio as minhas pernas, Taehyung deslizou seus lábios pela parte interior de minhas coxas dando beijinhos, e lambidas na área enquanto suas mãos apertavam meu bumbum, meus gemidos eram sofregos, eu não aguentava mais a expectativa dos lábios dele me tocando, sua boca geladinha estava seria o atrito perfeito. Senti sua boca deslizar pelo meu clitóris, e me contorci involuntariamente os travesseiros me deixavam mais inclinada conseguia cuidar tudo que ele fazia, uma mão masturbava seu membro, que expelia o pre gozo que eu tanto queria degustar, enquanto sua língua se remexia e vibrava sobre meu ponto de prazer, pelo qual me fazia quase fechar as pernas mas ele as abria novamente, eu tremia muito até ele prender entre os dentes com um pouquinho de força me deixando arrepiar, enquanto dava linguadinhas em cima dela, sua mão para de masturbar seu membro grosso e passa a dar tapinhas sobre meu pontinho, enquanto resvalava a língua na minha entradinha, degustando também da lubrificação que dali escorria, eu estava muito molhada por ele, sua língua era maravilhosa, se não o melhor oral que já recebi Taehyung era jovem mas tinha uma habilidade invejavel com a língua, sinto ele beijar minha bocetinha, dando sugadas, um beijo de língua me babando toda, deixando escorrer pela minha entradinha, melecando tudo enquanto fazia força para enfiar três dedos de uma vez so em minha bocetinha. 

- awnn ohh dói daddy, coloca um de cada vez.....

- vou enfiar três dedos nessa buceta....- ele me da um tapa no rosto mas de leve não doeu, mas sim excitou, puxou a colerinha do meu pescoço, e se inclinou para me beijar, subindo mais para cima ele esfregou sua língua em meus lábios.  - quer que eu te faça gozar com a minha língua..?ou com meu pau?

- com os dois, me fode de qualquer forma, só me come seu desgraçado, para de joguinhos. 

- bravinha assim, acho que vou enfiar...awn logo esses três dedos nessa xotinha já que esta bravinha, vamos ver se isso te acalma ne safada. 

Com toda força ele enfia trÊs dedos me alargando, minha bocetinha era apertadinha ele não conseguia nem mexer seus dedos, estava ardendo mas era assim o BDSM, a tentação da dominação se meu mestre, meu daddy queria eu tinha que fazer algo por isso eu precisava deixa-lo louco por mim para ser épico e insano. enquanto tentava mexer seus dedinhos eu gemia muito e pedia por mais. Ele retoma seu oral em mim, mas investindo seus dedinhos rapidamente o que mal se movia na verdade mas ele insistia, eu me contorcia na cama, aquilo estava quase me fazendo gozar minhas pernas estavam fraquejando e tremendo muito, assim que sentia ele sobrar meu clitóris, e dar umas chupadinhas de leve e esfregar sua língua me desmanchei em seus lábios, sua promessa de me fazer gozar, com sua língua foi real apenas gemia desejando agora o pau dessa delicia me invadindo em todas as posições possíveis nessa casa. 

Ele me chupava saboreando do meu gosto, o mesmo me olha e se deita ao meu lado, eu ainda tentava me recuperar mas ele nem esperou, pegou me pela coleira e me puxou até seu membro que estava durissimo e muito ereto.

Agora você vai por essa linguinha para fora e vai lamber a cabecinha do meu pau....sem reclamar só lambidinhas se chupar apanha.- ele queria testar minha sanidade- e a principio que bocetinha saborosa, seu gostinho é muito bom agora quero que chupe seu pirulito grosso. 

Coloquei minha língua assim como ele mandou, o mesmo segurava a coleirinha enquanto eu segurei pela base seu pau, e comecei a rodear sua cabecinha rosada e dar lambidinhas, eu lambia umidecendo bem sua glande com a minha boca, comecei a lamber da base até a cabecinha, quando eu ia abocanha-lo ele puxa com força e não consigo, pois a coleira me impede. 

Eu disse lamber, quando eu mandar você mamar no meu pau vocÊ mama, entendeu? - eu tento novamente abocanhar, e sugo sua cabecinha de leve chupando rapidamente até a base do seu pau, ele me puxa de maneira brusca, e eu me afasto de seu membro, e ele me puxa até perto do seu rosto, acaricia minha bochecha e me acerta um tapa ali, esquentando meu rosto. - Eu disse para obedecer, vai apanhar mais se não ouvir, tu quer mamar já, enfiar tudo nessa boquinha, sua teimosa? - eu assentia incasavelmente com a cabeça, nem que meu daddy me maltratasse eu não queria lamber, eu queria chupa-lo, fazer uma boa garganta profunda nele, Taehyung era um tesão de homem. - Então fala, o que quer fazer...implora vadia!

Ele pega a câmera novamente, pela qual eu tinha até esquecido que em todo momento pessoas viam meu sofrimento de querer saborear ele e não poder. Taehyung focou em meu rosto a câmera mais precisamente na minha boca, e falou comigo. 

diz para eles o que você quer sua safada...fala o quanto tu quer chupar o meu pau? anda - me da mais um tapa e eu olho para a lente a minha frente, levei as mãos a minha bocetinha enquanto me estimulava disse o que eu tanto queria. 

Eu quero chupar muito o meu daddy, o pau dele é tão grande e grosso....

- conta o que quer fazer com meu pau...babygirl. 

- quero chupar ele, esfregar e bater ele na minha boquinha daddy, lambuzar meu rostinho com a tua porra.... fazer uma garganta profunda bem gostosa pra ti... deixando bem babado teu pau, suga sua cabecinha e passar a língua por toda extensão do teu pau...goza na minha boquinha. 

Ele novamente larga camera em um ponto que me filme bem, puxou pela coleira me atirou frente a frente ao seu membro, o seguro pela base. 

Abre a boca! 

Eu a abri e ele enfiou seu membro com violência dentro dela, comecei a fazer uma garganta profunda nele, babando bem seu pau, escorria minha baba fazendo deslizar, eu gemia abafado contra seu pênis, e sentia ele estremecer pela força que minhas cordas vocais faziam ao emitir o som, sua cabecinha batendo no céu da minha boca, ele investia sua pelvis contra meu rosto, que criava novamente uma coloração avermelhada pelo atrito, eu tentava me afastar para respirar mas o mesmo aperto a coleira me tirando o ar e me fazendo chupar, mesmo segura meu nariz e soca seu pau em minha boca, me fazendo engasgar diversas vezes, até sentir jatos quentes na minha boca, esse puta gostoso estava gozando na minha boca, ele soltou meu nariz e afrouxou a coleira me deixando respirar fui tirando lentamente da minha boca seu membro vendo sua porra escorrer, e um fio nos ligando notei seu olhar contente me cuidando. 

viram o que ela gosta...- ele fala para quem nos assistia - de tomar leitinho quente na boquinha...ser dominada, essa safada..agora chupa de novo e limpa tudinho. - ele aponta para seu membro melecado de gozo e eu começo a lamber tudinho tirando toda porra que tinha no membro de Taehyung com muita satisfação. 

Ele se endireitou na cama, e bateu em suas coxas...

Mas vocÊ gozou... não quer descansar?!  - perguntei apreensiva. 

- eu quero é te foder..meu pau ainda tá bem grosso e duro, senta!

Ele pegou em minhas mãos e eu cruzei as pernas sobre o colo dele, sentindo mesmo bater no meu clitóris com seu membro, ficando mais rígido rapidamente, ele estava com muita vontade e não seria gozar que acabaria cedo com a brincadeira, sentei aos poucos em cima do pau de Taehyung, o Kim deslizou devagar gemendo junto comigo, claro que ele era discreto e muito malicioso em seus olhares. 

Me deitei mais sobre ele, e comecei a sentar bem gostosinho como eu sei que enlouquece qualquer homem, suas mãos pousadas em minha cintura, sua língua para fora resvalando no biquinho dos meus seios enquanto eu sentava nele, sentia seu pau me alargando, minha bocetinha ardia um pouco, porque ele tinha tentado enfiar trÊs dedinhos em mim, eu gemia muito era uma puta profissional, a puta de Kim Taehyung, enquanto eu sentava com força até a base dele, batendo suas bolas em meu bumbum, o mesmo chupava meus seios e apertou a coleirinha eu conseguia respirar mais era uma pressão boa ali, enquanto ele mordicava meus seios, os cortando com seus dentinhos a ardencia me causava mais tesão, eu gostava de todas as praticas sadomasoquistas que ele poderia provar, me deu chupões nos seios que arroxaram na hora, ele retirava todo seu membro de dentro de mim e o enfiava novamente com força, rebolei sobre seu colo, o melhor colinho que já sentei diga-se de passagem, estou tento o melhor sexo em tempos, todos eram bons mas ele é incrível, eu deslizava eu seu pênis e agora ele mordia o lóbulo da minha orelha, cochichando muita putaria no meu ouvido. 

que buceta apertada...- ele morde minha orelha na pontinha, e estapeia meu bumbum, Taehyung me deixa sentada reta sobre ele, sem estar debruçada como antes, fico reta dando visão do meu corpo todo para ele, o mesmo põem as mãos na minha cintura, e começa a me penetrar com rapidez, enquanto olha meus seios pulando pelo impacto e vendo minha bocetinha sentando no seu pau, sua mão vai para meu clitóris e começa a estimula-lo, ele pega a câmera na mão, e filma seu pau me comendo, dando zoo para os telespectadores, depois fita minha boca e coloca eu chupando seus dedinhos. 

HUnm, que pau gostoso daddy, será que algum daddy que está assistindo agora quer transar com a gente? - eu fazia uma bela voz de puta e encarava a câmera, com certeza todos que estavam na décima punheta deliravam em imaginar me fodendo no lugar do Tae, e eu me sentia mais desejada ainda com isso, eu amava a super exposição do sexo, uma atriz pornô, uma stripper online, o que for eu gosto de ganhar dinheiro com a putaria, com o sexo fácil. 

Imagina meus dedinhos sendo o pau de outro daddy...chupa com vontade. 

- awn dois paus me fodendo que sonho. - disse sorrindo talvez tae tenha tendências mais sexuais que eu. 

Chupei seus dedos e ele me estocou mais algumas vezes, até trocar de posição largando novamente a camera, ele tentava enturmar quem assistia junto, um bom profissional eu diria, seriamos um casal perfeito. ele me deixou de quatro e se posicionou atrás de mim, de novo com a câmera, me fez chupar seu pau e depois virar de costas, chupei de novos seus dedos, e ele os esfregou em meu cuzinho tentando introduzi-los, eu não tinha problema com sexo anal se ele quisesse eu aceitaria tranquilamente, ele forçou seus dedinhos ali, mas logo desistiu, bateu uma punheta rapida e meteu seu pau em minha bocetinha encharcada que não teve nenhum esforço para entrar amarrou no seu punho minha coleira puxou todo meu cabelo para trás me enforcando e começou a me penetrar, eu gemia feito uma cadela no cio, eu estava quase gozando só com este ato, ele estava me fazendo a  mulher mais feliz do mundo na cama, a submissão era uma dádiva, o bom é ser mandada ser submissa dos desejos de um tesão de homem como este, algo que me arrepia pelo corpo todo. 

Eu sentia ele batendo na minha bunda, e afundando seu pênis na minha intimidade enquanto eu somente gemia. 

- awnn daddy seu pau é o mais gostoso..me fode...fode fode...rápido - eu sabia se ele investisse no mesmo pontinho mais vezes eu gozaria. 

geme meu nome....que eu vou encher de porra essa bocetinha, vai...- ele me enforca de vez sem deixar ar nenhum passar, e começa a fazer uma siririca em minha intimidade, eu tremia enquanto era fodida por aquele pau delicioso e sua mão trabalhava rápido em meu clitóris, ele me tira da posição de quatro, sem afrouxar o enforcamento e me deita de ladinho, ergue minha perna deixando minha intimidade escancarada para a câmera, com certeza muitos gozaram com a cena, e começou a me tocar enquanto fodia minha boceta, mais algumas estocadas e esquichei no pau do Taehyung  e ele gemeu arrastado. 

puta que pariu caralho.....vai aperta meu pau na puta que pariu...delicia awnnn- ele geme, e sua porra escorre para fora da minha boceta enquanto eu também melava seu membro com meu gozo, eu respirei fundo e estava suada. tentando regular a respiração já que ele já retirou a coleira de mim, assim que gozou. acariciei o local o mesmo pegou a câmera filmou minha bocetinha cheia de porra e acabou com a live. Jogando a camera sobre a cama, ele me olhou. 

Nossa te foder é muito bom, é gostoso demais, que boceta apertada baby! 

- Obrigado Daddy, ...seu pau que é muito grosso e grande para minha bocetinha...mas daddy - o chamei manhosa- agora todos sabem meu rostinho..

- amour, não se preocupe não dava para tirar print da live para segurança das pessoas e ela não vai ficar gravada, só vamos ver os comentários no chat, mas o vídeo some e ninguém mais acha. 

- uma pena eu queria ver novamente a gente transando. 

- pra que ver, se posso todo dia vir na sua casa te comer gostosinho em qualquer lugar. Não sou seu vizinho de graça. 

- é muita cara de pau Kim Taehyung. 

- cara de pau é a sua...- ele cheira meu rosto - cheirinho do meu pau aliás, gostou?

- amei. - eu sorri e beijei sua boca rapidamente. 

Ainda pelados, resolvemos ver o que aconteceu, dizia que nossa live teve 49k de telespectadores, e fomos o assunto principal do site além de termos faturado 4 mil wons, fiquei impressionada transar na web da mais dinheiro que strip, os chats bombavam principalmente por três caras que me encheram de mensagens. 

JeonggukJeon97_  : Você é linda noona... não gostaria de se encontrar um dia, também quero sentir sua bucetiha apertada ;) 

Hoseokiee_ : Com uma dessas, eu comia todo dia, gostosa se quiser um thressome só me chamar. 

JinnieSeok92 : Faço Swing com a minha namorada, aceita nós quatro juntos? qualquer coisa entra em contato com esse número +82 94857384

Olha ai que sucesso você fez..- ele ia para chuveiro da minha casa, ligando a água. 

- se você topar eu topo. - digo sorrindo indo para banheiro junto com Taehyung. 

- Quem sabe, vamos ver se não chamamos todos. - arregalei meus olhos ele era tão sexual assim. 

- todos?

- sim todos te fodendo só você, uma orgia. o que acha? - ele franzi cenho pra mim, e eu notei a água percorrer aquele corpo lindo, eu analisaria o perfil dos outros três vai que me interessa algum, se Taehyung topa sei la porque não, não é mesmo. 

acho uma ótima ideia. 

Sai saltitanto, e voltei ao notebook, no final isso tudo não ficou só nesta noite. 

 

 

 

"

 

 


Notas Finais


e ai o que acharam, peguei um pouco pesado eu acho, sei la não gosto de HOT fraco, tanto que o que eu achar ruim eu apago e no final gostei deste, vamos ver no que vai dar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...