História A Professora - Capítulo 29


Escrita por:

Visualizações 331
Palavras 1.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLHA SÓ, QUANTO TEMPO EU NÃO VOLTO AQUI DUAS VEXES SEGUIDAS EM MENOS DE 24 HORAS, MEUS ANJOS? SJAIEJW
ME BEIJEM POR ISSO!!
ME BEIJEM MUITO AAAAAAAAA
ENFIM, ESPERO QUE GOSTEM E DESCULPA QUALQUER ERRO ORTOGRÁFICO PORQUE GALERA, EU NÃO REVISO.
BOA LEITURAAAA!!!!!!!!!! <3

Capítulo 29 - Capítulo 29


Camila P. O. V

O tanto que aquela tal de Halsey fez a minha Lolo sofrer. Eu não tinha nem palavras para tentar amenizar a dor dela. O que eu podia fazer era abraçá-la. Eu não consigo nem imaginar o quanto a Lauren sofreu por conta dessa embuste.

Não sei o que eu faria se a de uma hora outra para outra, Lauren me dissesse que não me amava de verdade, que era tudo mentira. Acho que eu me afundaria numa tristeza sem fim, de onde eu nunca sairia. Morreria lá, com o coração partido, o rosto com lágrimas e peito dolorido.

Assim que entramos no seu apartamento, Lauren larga as chaves na mesinha da sala e me puxa pela cintura me beijo intensamente. Gosto dela assim.

_ Quando você disse que iríamos tomar café na sua casa, pensei que fosse comer, sabe? Pão, leite, manteiga, queijo, frutas. - dou uma risadinha arranhando seu pescoço com minhas unhas.

_ Vamos comer isso também. - ela sorri de lado. - vai se trocar enquanto preparo tudo, tudo bem?

Concordo e subo com a minha mochila para o seu quarto. Amo o quarto de Lauren porque tem o seu cheiro, mais forte que o normal, tem as suas coisas, tem o jeitinho dela.

Decido não usar um dos meus pijamas e pegar uma blusão seu no seu closet. Tomo um banho quente que me faz relaxar todos os músculos. Me seco, visto o blusão e volto para o cozinha, encontrando Lauren fazendo ovos com bacon.

_ Huum, delícia! - tento espiar por cima de seus ombros e deposito um beijo na curva do seu pescoço.

_ Adoro quando você veste minhas roupas. - ela olha para trás e me vê roubando uma torrada.

_ Amo vestir suas roupas. - respondo assim que termino de mastigar. - Lolo posso te fazer uma pergunta?

_ Quantas você quiser, mi amor. - ela diz num tom de voz um pouco mais rouco que o normal, enquanto coloca os ovos com bacon em uma travessa pequena.

_ Lembra do livro que me emprestou?

_ Claro! Ele é meu favorito e me ajudou e te roubar pra mim. - dou uma risadinha.

_ Você me empresta outro? Faz tempo que eu não leio. Queria voltar ao hábito de novo. - dou de ombros.

_ Claro. Você pode escolher qualquer um. Depois eu te mostro, vamos comer agora. - Ela diz pegando a jarra de suco na geladeira.

Comemos entre conversas aleatórias, risadas e muitos beijos. Eu amo passar meu tempo com a minha Lolo. Me sinto completa. Ah, Camila você só tem 17 anos. Que eu tenho 17 anos, eu sei. Só que, eu sei o eu sinto, sei o que eu quero, o que eu desejo. E Lauren que eu quero, que eu desejo, meus sentimentos por ela são maiores que eu mesmo. Não cabe em mim. Ela é feita para mim.

Terminamos de comer e como prometido, Lauren disse que me levaria para escolher o livro que eu quisesse. O engraçado é que eu nunca tinha visto essa parte do apartamento. É um corredor onde a porta fica na cozinha. Sempre achei que ali seria o quartinho de limpeza.

_ Pronta? - Lauren pergunta colocando a mão na maçaneta da única porta ali.

_ Claro.

Lauren abre a porta e meus olhos brilham. Ela tem uma biblioteca particular em casa e nunca me disse isso antes. Se ela soubesse o quanto eu amo ler, não teria escondido isso de mim. As paredes são as prateleiras dos livros que vão do teto ao chão. Tem uma mesa com alguns papéis ao canto da sala e uma poltrona enorme uma mesinha ao lado no centro da sala. É lindo e o cheiro dos livros é melhor ainda.

_ Como você nunca me contou que tinha uma biblioteca em casa?

_ Ela acabou de ser construída. Tem apenas uma semana. Eu ia te fazer uma surpresa, mas você me perguntou do livro. - ela sorri e dá de ombros.

_ É lindo, Lauren. Vou passar meus dias aqui agora. - giro devagar olhando em volta.

_ Vai me trocar por livros, Cabello? - ela pergunta divertida.

_ Vou. - ando em sua direção e ela faz bico. - vai ficar de birra?

_ Vou. - ela faz uma voz de bebê e eu dou uma risadinha.

_ E o que eu posso fazer para você deixar de birra? - entrelaço meus dedos em volta do seu pescoço e seus braços envolvem minha cintura.

_ Me beijar, seria uma ótima opção. - lhe dou um selinho.

_ Assim? - pergunto e ela nega.

_ Não. Assim. - sua mão se enrosca nos meus cabelos e me puxa para um beijo ardente me fazendo arrepiar. Desço minha mãos por seus braços indo de encontro a sua bunda e a puxo para mim. Lauren solta um suspiro pesado.

Suas mãos descem para a parte de trás da minha coxa me dando impulso para enroscar minhas pernas na sua cintura. Lauren caminha para fora daquela sala linda e quando dou por mim, estou deitada no sofá. Os beijos de Lauren descem para o meu pescoço e suas mãos entram por baixo da blusa fazendo a mesma subir e logo me vejo livre dela.

_ Sem sutiã, Camz? - Lauren me encara com desejo nos seus olhos agora escuros e passa a língua nos lábios.

Sua boca encontra um dos meus seios enquanto sua mão massageia o outro e eu gemo em satisfação sentindo sua língua circundar meu mamilo e um arrepio me percorre quando ela morde de leve.

Minhas mãos puxam o seu cabelo e ela começa o mesmo tratamento ao meu outro seio enquanto massageia o outro.

_ Lo-lolo. - gemo o seu nome.

Sua mão desce pela lateral do meu corpo, apertando a minha cintura e logo encontrando a minha calcinha literalmente encharcada.

_ Isso tudo é pra mim, Camila? - ela sussurra no meu ouvido e puxa o lóbulo da minha orelha.

Sua mão entra dentro da minha calcinha e começa a massagear o meu clitóris devagar, torturando.

_ Lolo... - tento implorar, mas ela para.

_ Me peça. - ela sussurra dando mordidas no mês pescoço.

_ Por favor. - sua mão sai de dentro da minha calcinha os levando na boca enquanto me encara. Eu poderia ter um orgasmo só com essa cena mesmo.

_ Por favor o que, Camila? - ela diz devagar enquanto chupa os dedos que me torturava. - Eu quero muito sentir o seu gostinho, mas você vai ter que me pedir. - ela sorri maliciosamente.

_ Primeiro, você tá com roupa demais. - tiro a roupa que ela estava com uma rapidez que eu até eu não acredito. - segundo, eu quero que você me chupa e agora.

Seus olhos brilham e ela sorri com luxúria.

_ Como você deseja. - ela me dá um selinho e descendo dando mordidas pelo pescoço, seios, barriga. Ela para de frente para minha intimidade e me olha como se pedisse permissão. Coloca as mãos na lateral para tirar a última peça do meu corpo. Ouço alguém mexendo na porta e logo risadas invadem o apartamento.

_ Aí meu Deus, Demi fecha os olhos. - ouço a voz de Taylor seguidas de risadas.


Notas Finais


NA TRAVEEEEEEEEEEE..
NÃO ME MATEM RS EU ADORO DEIXAR VOCÊS NA VONTADE DE HOT RS.. PORÉM ALEGRIA DE POBRE DURA POUCO, E EU SOU PROBRE.. VOCÊS NÃO?
UM BEIJO E ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO!!!
FUUUIII !! <3 <3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...