1. Spirit Fanfics >
  2. A Promessa da Terra do Nunca - Imagine Emma >
  3. Capítulo 10 - Foi isso...

História A Promessa da Terra do Nunca - Imagine Emma - Capítulo 10


Escrita por: LordGod

Capítulo 10 - Capítulo 10 - Foi isso...



Emma On

Duas horas depois...

Estava com o Ray, Riki, Norman e Aiko na biblioteca, estávamos conversando sobre o traidor mesmo não querendo acreditar que alguém pode estar traído agente sendo um informante da mama, mas era a realidade. Na verdade eu acho que no eu, Norman, Ray e Riki estávamos conversando a Aiko estava no canto inquieta, pensativa, ela estava de cabeça baixa completamente cabisbaixa isso me deixa preocupada 

- Gente - O assunto deles é interrompido, fazendo todos olharam para mim - Vocês sabem o que aconteceu com a Aiko? - Na hora Riki deu uma olhada rápida pra Aiko e fez uma expressão de raiva mas logo desviou o olhar

Riki: Não.. - Era mentira, ele estava escondendo alguma coisa 

Ray: Onde paramos?

Logo depois os garotos continuaram o assunto do traidor, a única coisa que passava pela minha cabeça era: “O que aconteceu com ela?” Eu não tirava os olhos dela pensando o que podia ter acontecido, isso nunca aconteceu com ela 

Norman: Eu vou descobrir o traidor essa noite... Melhor irmos antes que a mama desconfie 

Eu, Norman e Ray saímos da biblioteca Riki e Aiko tinham ficado, Ray e Norman viraram o corredor e logo eu nao conseguia ver ou ouvi-los, eu já ia sair mais ouvi a voz de Riki decide ficar e escutar a conversa

Riki: O que ela fez? - Ela? Ela quem?

Aiko: Nada... - Ouvia ela soluçando 

Riki: Tá tudo bem, ela não pode fazer isso de novo, eu vou te proteger você sabe disso - O que essa fez para ela? Do que eles estão falando ? Eu ouvia o choro da Aiko e isso doei em mim 

Aiko: Ela tentou fazer de novo! Quando estávamos conversando a sos na floresta - De novo? 

Riki: Você tem que ser forte.. você ama Emma e não ela, você sabe disso! 

Aiko: Eu sei.. você tá certo eu tenho que ser forte - Ouvi passos se aproximando da biblioteca e corri e virei no corredor escondendo atrás da parede - Obrigada! - Ouvi ela agradecer ele é logo ouvi os passos, o Riki passou por mim e logo venho a Aiko, eu segurei o pulso dela que fez ela ficar assustada e puxei ela até o quarto, fechei a porta e olhei ela

Aiko: Emma? O que você tá fazendo? - Perguntava ela um pouco assustada, dava para ver o medo no rosto dela 

- Você tá bem? - Quando eu falei ela desviou o olhar fazendo eu ficar preocupada - Aconteceu alguma coisa? - Ela parecia estar desconfortável com as minhas perguntas 

Aiko: *Suspira* Ta tudo bem, Não aconteceu nada - Ela estava tentando disfarçar forçando um sorriso 

- Você nunca foi assim, tá acontecendo alguma coisa! Não mente pra mim - Ela fez um expressão de tristeza e desviou o olhar - Neve, Olha pra mim! - Ela me encarou com o mesmo olhar triste - Então, o que aconteceu? 

Aiko: Aquele dia no lago.. - Ela fez uma pausa tentando segurar o choro - Algum viu ! - Ela não aguentou e algumas lágrima escorrem do seu rosto, ela apoiou sua cabeça no meu peito e eu envolvi meus braços no corpo dela dando um abraço 

- Você sabe quem foi? - Ela balançou a cabeça em negação, Quem poderia ter visto? Só tinha nós duas lá! O único que sabe é o Riki, mas ele não contaria para ninguém 

Aiko: A Culpa... foi minha! - Ela dizia entre os soluços

- A culpa não foi sua! - Eu tentei tranquilizar, apertando mais o abraço 

Aiko: Foi sim! Se eu não tivesse... - Na aquela hora ela travou e eu não entendi o porque

- Como assim? Se você não tivesse o q... - Senti alguém encostando o corpo atrás de mim e envolvendo os braços entre mim e Aiko 

Riki: Tá tudo bem - Essa voz era do Riki, olhei para trás e vi que ele estava me olhando nos olhos com um sorriso que me deixou tranquilizada, ele fazia carinho no cabelo de Aiko e sorria para ela 

- Você sabe o que aconteceu? - sussurrei para ele, e ele acenou a cabeça como afirmação

Eu vou descobrir o que aconteceu com ela, eu vou continuar cumprindo a minha promessa com ela 

Nós três ficamos abraçados por minutos que pareciam horas confortáveis, ao longo do tempo Aiko foi parando de chorar e parou completamente mas continuou se apoiando sua cabeça no meu peito Até que ela se afastou e deu um sorriso pra mim

Aiko: Obrigada Emma - Ela deu um sorriso e se aproximou e me deu um selinho - Eu vou beber um pouco de água - Ela saiu do quarto ficando apenas eu e Riki, ele sentou na cama que estava atrás dele e respirou fundo 

Riki: Você realmente gosta muito dela, né? - Ela deu um sorriso que ele deixou envergonhada 

- Sss... sim, porque ? - Ele de umas gargalhadas 

Riki: Você realmente protege ela, você é uma boa pessoa pra ela - Ela deu um sorriso que me deixou cadê vez mais vermelha - Isso é estranho - Logo eu fiquei confusa 

- Estranho? Porque estranho? 

Riki: Porque antes você era a protegida, certo? 

- Como você sabe disso? - Ele deu outra gargalhada

Riki: Ela não era a única que acordava com alguém chorando de madrugada - Eu ouvi isso eu corei 

- Tá tá, mas você pode me contar o que aconteceu - Eu fiz uma expressão séria que tirou o sorriso do rosto dele, ele deu batidinhas do lado dele indicando para eu me sentar, eu me sentei e ele respirou fundo 

Riki: Porque quer tanto saber disso? 

- Porque eu quero ajudá-la, idiota - Ele fez uma expressão surpresa e logo depois deu um sorriso 

Riki: Tá bom, Eu estava lá fora brincando com os menores até que vi a Anna e Aiko saindo da floresta, a Aiko estava com raiva dava para ver na cara dela, a Anna saiu andando quando Aiko ficou parada, foi até ela e perguntei o que tinha acontecido, ela falou que a Anna viu você e a Aiko naquele dia do lago

- Então porque ela estava tão trote quando estava na biblioteca?

Riki: é que isso é outra coisa, eu acho que ela se lembrou ou discutiram sobre o assunto quando estavam na floresta

- Você sabe que assunto é esse?

Riki: Sei porque?

- Então me conte - ele fez uma cara de indignação 

Riki: Eu não sei se devo

- Eu já falei eu quero protegê-la então porfavor?

Riki: tá bom, Foi assim...

“Isso foi a mais ou menos dois meses, eu não me lembro muito bem quando foi.

Eu e Aiko estava conversando na sala de jantar, sobre vocês duas e da paixão dela... até que a Anna chegou e chamou ela, dizendo que elas tinham que conversar a sós. Eu acabei ficando desconfiado e foi atrás delas, até que elas entraram na biblioteca e trancaram a porta

Eu não conseguia ouvir direito a conversa delas, por causa que a porta tava abafando o som. Fiquei por uns dez minutos tentando ouvir a conversa, depois eu ouvi o grito da Aiko 

Aiko: PARA COM ISSO! EU NÃO QUERO!!

Nesse momento eu abri a porta e não vi elas, mas os gritos pararam, eu foi no fundo da biblioteca e vi a Anna prendendo a Aiko na parede, Ela estava chorando e estava tentando se soltar”

Quando ouvi eu só conseguir sentir raiva disso, estava cerrando os punho para tentar me conter, o Riki percebeu e segurou a minha mão 

Riki: Tá tudo bem, ela já esta superando, vamos ajudar ela - Ele deu um sorriso que eu o retribui 

Mas eu ainda pensava porque Anna varia isso para ela, elas eram melhores amigas! Então foi por isso que elas pararam de se falar 

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...