1. Spirit Fanfics >
  2. A PROPOSTA >
  3. 6 dias para o adeus

História A PROPOSTA - Capítulo 26


Escrita por:


Capítulo 26 - 6 dias para o adeus


Isabela narrando

Acordei um pouco tonta ainda,a claridade entre as janelas entreabertas e um vento frio me fez encolher mais no edredom, virei para o  lado e dei de cara com Júlio dormindo sereno.

Que homem

Fiquei pensativa por alguns estantes até sentir uma pequena pontada em minha cabeça,sinal de uma pequena dor de cabeça me consumindo.  Fechei meus olhos com força contei até o dez e respirei fundo,sentei na cama junto a mim trouxe o cobertor .

O dia hoje estava neutro, o sol aparecia pouco entre as nuvens e o vento dizia que uma tempestade logo logo chegaria,como era bom isso sabe! Acorda ao lado sw Júlio peña e sentir seus beijos todos os dias,suas carícias e sentir seu amor é claro.

- parece que alguém está no mundo da lua - olhei para trás ele estava com um sorriso travesso  em seu rosto.

- bom dia para você também,mocinho  - me virei totalmente para ele que ainda estava deitado,Como eu já estava sentada na cama ficamos em uma certa distância.

- bom dia,dormiu feito pedra ontem! - riu abafado e faço uma carícia no rosto de Júlio.

- eu não me lembro de nada,depois que dormi no seu colo - ele ri,aquele sorriso.

- percebi,pensei em desenhar em sua cara mais sei que morreria no outro dia - dei um tapa de leve no seu rosto.

- você não seria capaz ou bem que... deixe quieto - rimos, queria paralisar esses momentos sabe.

-  eu vou tomar banho, quer me acompanhar? - ele se levantou.

- não,eu vou  ficar um pouco aqui - sorriso e ele me da um selinho e sai.

Como ele ficará quando eu for embora? Eu não posso nem pensar disso, perder ele e não poder levar uma lembrança de nós. Um celular começa a vibrar sobre o criado mudo,viro-me para ver e o celular de Júlio.

- alô! Quem fala? - já tinha atendido.

- oi é a Julia - affffffff.

- o que você quer? - olho para trás para ver se Júlio poderia já ter saído do banho mais não.

- onde está Júlio? - ela enalteceu a voz.

- está me esperando para tomarmos banho juntos - é menti, mais queria poder mostra o lugar dela.

- poderia passar para ele e deixar de me dar detalhes - ela falha na última palavra.

- o que ouve Julia? Tá triste porque percebeu que seu lugar é ser só uma amiguinha enquanto eu posso fazer o que bem entender com ele, estou te avisando saiba bem onde vc é seu canto ou se não vai se queimar. Passar bem - desliguei o aparelho mais ainda pude ouvir um sussurro parecido com fundamentos.

Coloquei o celular no local de antes, calçando as pantufas e pegando um roupão me levanto da cama indo em direção as janelas abertas o vento gélido bateu em meu corpo e rindo com meus próprios pensamentos.

Júlia agora sabe o lugar dela. Mais quando eu parti ela poderá ocupar meu lugar? Ela será a mulher que Júlio terá filhos e se casará? Ou ela só será uma mera garota que Júlio suporta ?

Talvez eu esteja me impondo demais sobre isso,eu que errei eu devo aceitar. Só coloquei Júlio em confusão desde que o conheci,riu novamente.

- posso saber o porque dessa risada gostosa? - me viro Júlio estava com a toalha em volta da sua cintura, ele está penteado o cabelo.

- loucuras, me deixo pensar demais e isso acontece. Vou tomar banho  - sai do quarto e logo fui em direção ao banheiro.

Fechei a porta e me olhei no espelho estava horrível, logo me da uma tontura e tudo fica em círculos e tudo roda inclusive eu. Fixo minhas mãos na pia e me seguro por alguns minutos ,logo tudo foi voltando aos poucos vejo meu reflexo no espelho e me observo .

Depois disso tirei minha roupa e tomei um belo banho,ainda estava pensando o porque da tontura. Mais deve ser normal acordei agorinha, terminei o banho me enrolei em uma toalha e coloquei outra no cabelo .

[...]

- olha Júlio,se não é a coisa mais lindo do mundo - Júlio estava atrás de mim .

Estavamos nesse momento no hospital já era meio dia,vinhemos visitar a Giulia e a pequenininha a Alice minha sobrinha como Júlio havia dito antes.

- é sim, Giulia tome cuidado Isabela pode levá-la! - rio abafado pegando a pequena no colo .

- Isabela eu não a culpo, a culpa é dos dois! Fazam logo filhos. - Giulia ri,agora a garotinha foi pegada do meu colo para colocá-la novamente na incubadora.

- não quero filhos agora ,Giulia - sento ao lado dela junto a uma  poltrona.

- vou deixar vocês duas a sós, te vejo lá fora - Júlio deu um selinho em mim e um beijo ma testa da Giulia e saiu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...