1. Spirit Fanfics >
  2. A proposta ( IMAGINE JUNGKOOK) >
  3. Ele é forte vai sair dessa...

História A proposta ( IMAGINE JUNGKOOK) - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus amoooooooooooores!
Mais um pra vocês enlouquecem junto comigo!

Desculpa os erros e já já tem outro haha

Boa leitura!

MANO 53 FAVORITOS 😱😱😱😱😭😭😭💜💜💜💜💜💜💜💜💜
GENTE OBRIGADA SÉRIO 😭😭😭😭💜

Capítulo 16 - Ele é forte vai sair dessa...


Fanfic / Fanfiction A proposta ( IMAGINE JUNGKOOK) - Capítulo 16 - Ele é forte vai sair dessa...

(...) Minutos antes do incidente(...)

HOBI ON

Finalmente uma folga pra a minha vida tão corrida. Alguns amigos de trabalho tinham me mandado uma mensagem para que eu fosse até o bar beber algumas e jogar conversa fora.

O bar era bem movimentado e não era não qualquer bar que se encontra na esquina. O que mais me chama atenção era a gigantesca mesa de sinuca, velha mesa de sinuca onde tantas vezes eu, Jimim, Jk, Nam e Tae víamos jogar e pegar algumas garotas, mas o tempo passa e as coisas mudam com o tempo.

- Olá eu quero qualquer coisa forte – Disse a bartennder morena gostosa. Eu precisava de alguma coisa pra começar a noite. Os meninos foram pegando as fichas do mesa de sinuca e eu fiquei responsável pela bebida.

- Maus tempo amigo? -Uma voz familiar me surpreende, me viro na cadeira e vejo Kwan sentando ao meu lado.

-Qual é cara eu não quero te encher de murro hoje- Disse desanimado. A bartennder chegou com meu pedido e agradeço com um sorriso de canto.

- Não estou aqui pra brigas Hobi, sabe que somos amigos a um tempo...

- Isso faz a muito tempo antes de eu saber que você é um pilantra egocentrico- O cortei e dei um grande gole no meu copo e continuei.- E pior, saber que tentou enganar a S/N com outra mulher a fazendo sofrer tanto. Você tem noção o quanto ela ficou despedaçada?-O cortei e desabafei.

-Eu entendo! Esta com raiva e...

- EXATAMENTE! – O cortei novamente com a voz mais alterada e todos do bar nos olharam.- A sua sorte é que eu vi tudo. Eu iria aproveitar a situação pra tentar ter ela de volta mas então eu vi que comigo ela não seria feliz como ela é com o JK. Desistir dela eu escolhi a amizade, escolhi o amor, coisa que você nunca vai saber o que é. – Terminei de tomar o líquido do meu copo o bati fortemente na mesa e sai andando mas Kwan me puxou pelo braço forte.

- Você não tem noção com quem está se metendo. Você vai ser arrepender por ter estragado os meus planos. – Kwan dizia serrando os dentes.

- Está me ameaçando? -Perguntei o encarando já preparando meu punho mas ele exitou olhou pra baixo com um sorrisinho e me deixou sem reposta.

Certamente a noite não tinha começado muito bem, eu já tinha ficado irritado com toda aquela situação peguei minha carteira meu celular e resolvi voltar pra casa.

Quando sai do lado de fora tinha uma carro preto todo filmado com as janelas fechadas parado de frente ao bar a janela do passageiro começou a abrir lentamente tinha uma pessoa aparentemente estáva todo de preto, colocou algo que parecia uma arma pra fora. “Uma arma?.

-Hoseok entra no carro agora! – Kwan gritou do outro lado era ele quem estava dirigindo.

Quando se está diante de uma arma você não tem reação do que fazer, um filme passa pela sua cabeça, você.comeca a lembrar da sua família, seus amigos, nesse momento tudo i que você quer é ficar vivi. Sem exita abri a porta do passageiro de trás aquela no banco da frente ainda apontava a amar em direção a mim. Olhei ao redor e reparei que tinha mais quatro carros da mesma cor nos seguindo. Finalmente ele para o carro em uma avenida deserta me manda sair do carro e fiquei de frente pra ele.

- Meu caro e amigo Hobi...- Ele dizia com as mãos no bolsos andando de um lado para o outro.-Eu realmente gosto de você. Sério! Eu gosto de você quando éramos amigos tínhamos uma ligação incrível.

-Vai para o inferno Kwan! – Disse e ele gargalhou.

- Estou chateado com você.-Ele Disse se aproximando de mim.- Realmente estou irritado por você ter estragado meus planos.

-FODASSE!- Gritei e ele continuou rindo.

-O que vou fazer agora vai abalar a família Jeon...Eu não queria machucar ninguém mas tenho uma dívida muito alta pra pagar para a mafia e preciso desse dinheiro. Eu realmente amo muito a Yuna mas eu preciso dela neste momento.- Kwan andava de um lado para o outro com as mãos no bolsos.

- Oppa! Deixa ele ir...Só ameaça e vamos embora! Por favor! – Um rapaz alto, cabelo preto, se aproximou do Kwan era o filho dele.

-KIM SEOKJIN! – Kwan gritou.-Quantas vezes eu tenho que te pedir pra não me interromper? – Ele falou e o agrediu lhe dando um tapa no rosto. O mesmo jovem saiu andando me lançando um olhar triste e voltou para o carro.

- O que você quer de mim?- Perguntei e ele apenas me olhou com desprezo.

-Não! Quero nada...Vamos dizer que sem querer desabafei com você e agora você sabe de mais. – Ele terminou dando um sinal para os cinco caras que já estavam fazendo uma roda perto de mim- Não o deixe vivo!

Olhei ao redor e senti uma pancada forte na cabeça cair meio.tonto no chão e sentir algo se chocar contra o meu rosto me fazendo ficar sem ar. Minha visão estava turva só sentia pancadas, chutes, arrastões, meu corpo estava sendo moído a pés. Eu tentava me defender mas era impossível. Meu abdômen doía, queimava, ardia a sensação era que algo me cortava por dentro. Ainda no chão e com aqueles homens em cima de mim aos pouco fui vendo o rosto do jovem desesperado pedindo ao pai que parassem de me bater.

- Oppa por favor...Não precisa disso!- Ele implorava mas Kwan o batia na cara para ele calar a boca e então foi ficando cada vez mais longe eu tentava abrir meus olhos mas pareciam ter ficado pesados...então eu vi só...só...escuridão.

HOBI OFF

(...) Situação Atual(...)

S/N ON

-Espancado? Mais quem faria isso? -Me levantei com as mãos na cabeça chorando.

-Chamaram as autoridades alguém falou alguma coisa?- Jungkook perguntou também estava arrasado eu o abraçava chorando e ele tentava em todo tempo me dizer que tudo iria ficar.

O Doutor Najoom finalmente sai da sala de emergência tira seu avental manchado de sangue respira fundo em nossa direção.

-QUERO VER ELE!- Me levantei imediatamente mas fui segurado por Jungkook.

- Não vou permitir ainda visitas por um momento. Tivemos que reanima-lo duas vezes, as pancadas e os hematomas foram profundas. Precisamos aguardar o resultado dos exames pra saber se a parte neural foi afetada. Quando ele estiver fora de risco eu permito a entrada de vocês.

- Meu Deus! – Eu andava inquieta e um lado para o outro com as mãos na cabeça.

-Mas ele vai sobreviver né? Nam por favor diga que sim.- Disse Jungkook implorando.

-Gente calma o Hobi é forte ele vai sair dessa eu tenho fé.- Jimim puxou a cabeça do Jungkook para um abraço e chorou junto com ele.

-No momento só podemos esperar...Devido as dores o colocamos em côma induzido a base de morfina e vamos aguardar ele responder aos estímulos.

-Não...Aí está doendo...Aíí minha barriga está doendo.-Senti uma pontada na barriga como uma forte cólica e minhas pernas falharam e senti meu corpo ser jogado no chão.

-NÃO...Não...S/N fala comigo...Fala comigo por favor. -Ouvia a voz bem fraca do JK ...- Nam me ajuda!

-Enfermeiras levem ela para a emergência! Apliquem uma injeção intra muscular de adrenalina bem leve e por precaução apliquem intramuscular com AT. QUERO exames completos de sangue! - Foi a última coisa que ouvi antes de apagar.

(...) FIM DO CAPITULO (...)




Notas Finais


😮😮😮😮😮
Curisas(os) para os planos do Kwan?( Não me matem por favor)
O Hobi sobrevive?
S/N Está bem? Ou não?
Gente vocês realmente estão gostando?
Me contém!! Isso é o ótimo pra minha mente fértil trabalhar kkkj


Beijinhos até o próximo!
Obrigada pelo apoio 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...