1. Spirit Fanfics >
  2. A proposta ( IMAGINE JUNGKOOK) >
  3. Ele fugiu!

História A proposta ( IMAGINE JUNGKOOK) - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Olá amores!

Mais um pra vocês enlouquecem haahahahha.

Boa leitura!
Desculpa pelos erros!

Alerta: CAPITULO com trilha sonora

Capítulo 27 - Ele fugiu!


Fanfic / Fanfiction A proposta ( IMAGINE JUNGKOOK) - Capítulo 27 - Ele fugiu!

S/N OFF

(...)

JK ON

Finalmente depois de alguma insistências fiz com que ela abrisse a porta, seus olhos estavam inchados, olhos vermelhos e eu não me sentir menos do que culpado por tudo aquilo. Tentei me aproximar do seu corpo mas ela se afastou e sentou na nossa cama, ela olhava pra baixo e eu me ajoelhei na sua frente.

- Eu sinto muito por não ter contato nada pra você sobre isso...Eu...-Parei um pouco pra respirar passei a mão nos meus cabelos tentando me acalmar e a olhei nos olhos.-Eu vou te contar tudo! Tudo que quiser saber eu vou te contar só preciso que você acredite em mim daqui em diante.

FLASH BACK ON

-Mady? Posso entrar?- Entrei no quarto e minha esposa estava deitada na cama acariciando a barriga e quando me viu entrar assentiu com a cabeça sorrindo.

-O-oi meu amor, estamos descansando o almoço.-Ela disse sorrindo acariciando a barriga e eu abaixei lhe beijei a barriga fazendo um leve carinho.

- Eu preciso te contar uma coisa...Não é o melhor momento mas preciso ser sincero com você...Não posso continuar com tudo isso...Você precisa saber da verdade. – Disse olhando para as minhas mãos e a Mady se levanta e fica sentada ao meu lado.

(...)

- Eu sinceramente não acredito que você fez isso comigo! -Quando terminei de falar Mady imediatamente se levanta e começa a apontar o dedo na minha e eu apenas não fiz nada eu estava errado, ela tinha todo direito de estar brava comigo.-Você e minha irmã juntos? Diante da minha cara? Jeon e a nossa filha? Você não pensou nela? Eu não acredito nisso!

-Mady eu aceito tudo, pode descarregar em cima de mim eu mereço tudo isso. Eu realmente não pensei em ninguém mesmo sou um idiota mas eu quero mudar! Quero ser uma pessoa daqui pra frente...Mady tudo o que eu preciso é do seu perdão!- Disse me ajoelhado abraçando suas pernas e ela me olhou com.raiva nos olhos me ajudou para que eu ficasse de pé mirou meu rosto e me deu um tapa no rosto que me fez virar para o outro lado e as minhas lágrimas vieram junto.

- Eu te odeio Jungkook! Te odeio com todas as minhas forças, te odeio por ter acabado com nosso amor, nossa historia, nossa familia vou fazer questão que nossa filha te odeio... E eu NUNCA vou te perdoar. – Foi a última palavra que ela disse antes de sair do quarto batendo a porta brutalmente.

Eu não corri atrás dela, pois ela estava com toda razão em estar com raiva de mim eu estraguei tudo.

(...)

#MENSAGEM NO CELULAR#

Jimim: Onde você está?A Madyson está em trabalho de parto!

Eu: Estou a caminho!

Fiquei chateado por não ter recebido nenhuma mensagem dela mas então lembrei que ela estava chateada e que não queria me ver nem pintado. Meu coração doía eu estava tão apavorado como se eu já soubesse que alguém ruim iria acontecer. Tomei várias multas de trânsito de tão rápido que eu acelerava o carro.

Cheguei no hospital correndo fui direto para a área de emergencia, abri a porta rapidamente e Najoom veio até a minha direção me segurando.

-Calma...Calma...você não pode entrar! – Ele disse tentando me sentar.

-C-como assim Nam? Ela é minha esposa e minha filha vai nascer...Deixa eu entrar! – Disse tentando me soltar.

- Sua filha já nasceu...

-O-oque? -Perguntei arregalando meus olhos vindo de um breve sorriso que se desfez quando vi a Allyson sendo carregada pelos enfermeiros aos prantos gritando “A culpa foi minha”. – O que esta acontecendo?

-Infelizmente a Mady teve um deslocamento de placenta vindo de um grau de estresse elevado. Ela já chegou desacordado e infelizmente não tinha o que fazer, optamos em salvar o bebê eu sinto muito Kookie.

Najoom terminou de falar e me vi no chão segurando meu peito como se estivesse sendo aberto a facadas. A minha cabeça estávam quente, minha garganta fechada e ao meu redor tudo parecia ter ficado em preto e branco. Como um filme em preto e branco passou pela minha cabeça, desde o dia que me apaixonei até o dia que a pedi em casamento a lembrança de como ela me completava e enchia meus olhos de orgulho, o dia que descobrimos a gravidez e como um murro a sua última frase me atacou “ EU NUNCA VOU TE PERDOAR". Estava no chão aos gritos e choros enquanto Najoom, Jimim e Tae tentavam me consolar.

(..)FLASH BACK OFF(...)

-Ou seja...Ela morreu me odiando e eu nunca tive a chance de ser perdoado...Depois te tudo isso eu disse pra mim mesmo que seria uma pessoa melhor, principalmente pra minha filha. S/N Eu confesso que fiz muita merda, machuquei pessoas, a família da Mady me odeiam, tentaram por diversas vezes tirar a Yuna de mim, mas nessa vida o que eu mais queria era o perdão da Mady. – S/N estava prestando atenção em tudo o que eu estava dizendo ela apenas me olhava confusa.- Estava com vergonha de você...Tive vergonha em te contar esse meu lado obscuro...Fiquei com vergonha de você saber do que eu já fui capaz de fazer...Eu tive medo de não me aceitar...Me perdoa!-Finalizei ainda ajoelhado em suas pernas e ela então se levanta.

-Kookie...- Ela respirou passando a mão no rosto. – Eu sei que isso passou a muito tempo e eu realmente acredito em você. Eu disse que acreditaria, né? Mas é muita coisa pra minha cabeça processar ainda...Muita informação pra engolir e eu preciso respirar.

-S-sim amor...Sim sem problemas.-Respirei aliviado pegue seu rosto com minhas mãos e tentei lhe beijar mas ela desvia das minhas mãos.

-Kookie eu preciso de um tempo, tá?- Ela pediu e meu coração doeu mas Assenti com a cabeça.

-O tempo que precisar...Sério...Mas promete que vamos ficar bem!- Disse quase implorando com meus olhos cheios de lágrimas.

-O tempo dirá Kookie só me dá esse tempo, por favor! – Ela finalizou saindo pela porta a fechando lentamente e eu sentei na cama e chorei. Chorei por ter lembrado de todo aquele epsodio, chorei por ter sido aquela pessoa horrível, chorei por ter sido o culpado de toda a desgraça da minha família.

-V-você está me punindo né Mady? – Olhei pra cima como se ela estivesse pintada no teto.- Tudo bem! Eu mereço mesmo!

(...)

-Onde você vai? – Perguntei descendo as escadas vendo S/N com o Ryung no colo e segurando a Yuna pela mão.

-Vou na casa do Yoongi eu disse que tomaria café com ele hoje.-Ela disse terminando de arrumar a bolsa e olhou pra baixo.

- Você está bem? Não dormiu na nossa cama.- Perguntei e ela mudou de assunto.

-Volto mais tarde...Tchau!- Ela Disse saindo pela porta e eu me aproximei beijando seu lábio que estava tremendo. Dei um selinho na Yuna e outro beijo na testa do meu filho.

- Eu amo vocês, vocês são tudo pra mim!- Finalizei e ela saiu apenas sorrindo de lado e eu fiquei a olhando entrar no carro ajeitando as crianças e saindo com o carro.

Imediatamente ao vêla saindo assim tão fria senti uma necessidade em fazer uma visita a uma pessoa.

( Para maior experiência a partir desse parágrafo se possível leiam ao som dessa musica: https://youtu.be/GqmAe0QfkjU)

(...)

Estacionei o carro tirei o sinto de segurança e abrir a porta com cuidado e fechei caminhei até uma banca de flores que ainda estava aberta.

-Olá boa tarde -Sorri para a moça morena de olhos amendoados. – Gostaria dessas aqui – apontei para as margaridas.

Paguei as flores e passei pelo portão do cemitério, não era umas das coisas que gostava de fazer mas eu precisava de uma ultima conversa.

-Olá Madyson a quanto tempo não conversamos né? – Antes de tudo isso Madyson era a pessoa que me entendia mais que eu mesmo. Deixei as flores, margaridas eram suas preferidas próximo ao seu tumulo e me sentei. – As coisas não estão boas por aqui Mady, eu precisava tanto de você aqui pra me desculpar, aliás ouvir você dizendo que me perdoa, sabe? Seus conselhos eram os melhores...Eu realmente me sinto culpado e eu sei que sou culpado pela sua morte. Você se foi me odiando e sinto que aí da onde você esteja você está me punindo. Mady eu mudei...Sei que você esta vendo...Eeu não quero desapontar mais ninguém... Nem a S/N, aliás falando em S/A Ela já sabe de tudo e por favor Mady não tira ela de mim...Eu tirei sua vida mas eu daria tudo pra trazer você de volta e mudar tudo o que eu fiz...Me perdoa Mady! ME perdoa! ME perdoa! Mê de um sinal daí que você está me perdoando, eu preciso do seu perdão! – Me deitei em sua lápide e deixei as lágrimas lavarem a pedra gelada.

JK OFF

(...)

S/N ON

- Que surpresa voce por aqui. – Disse Sully pegando Ryung do meu colo e depois deu um beijinho no rosto da Yuna.-Oooi meu gordinho mais lindo e minha coelhinha linda.

Quando vi Yoongi vindo do quarto corri e o abracei chorando. Ele como em instinto paterno segurou minha cabeça no seu peito e fala suavemente ao meu ouvido “Isso chora! Chorar alivia a alma e a lava também” “Vai ficar tudo bem". Era incrível como sem ao menos saber do que estava acontecendo ele me acalmava me deixava mais tranquila e me fazia enchergar a situação por outro ângulo.

(...)

-E foi isso que aconteceu...Só estou um pouco confusa! Sabe? É muita coisa.- Disse bebendo o copo de água que a Sully tinha me entregado.

-Todos nós temos nossos demônios e quando optamos em mostrar as pessoas é normal estranhamento. Mas assim maninha...Isso faz muito tempo e está nítido que ele é uma pessoa diferente agora. – Disse Yongii alisando minha perna enquanto eu concordava com a cabeça.

- V-vocês são adultos e o relacionamento de vocês começou de outra forma e agora vocês estão descobrindo um ao outro é normal ficar chateada. – Disse Sully que estava em pé balançando Ryung que estava quase dormindo.

- Obrigada pelos conselhos vocês são demais! – Disse sorrindo e Yoongi apertou minhas bochechas.

-Yu? - Chamou Yuna que estava sentada no sofá assistindo desenho.-Quer suco de morango? – Ela.assentiu com a cabeça correndo até seus braços.

#Mensagem no celular #

-Tae/Tarado: S/N ONDE VOCÊ ESTA?

EU: Na casa do Guinho por que?

Tae/tarado: Não está vendo o jornal? OLHA AGORA PORRA!

Depois da mensagem estranha que recebi do Tae corri até a televisão a liguei e coloquei no jornal que estava com a tela em vermelho indicando alerta geral.

# Reportagem#

William ainda não se sabe o paradeiro do criminoso mas sabemos que ele fugiu na transferência de um presidiário para o outro. O Sr Jeon Kwan estava preso na prisão de mudança máxima mas devido a uma confusão em sua cela onde ocorreu a morte de mais de quatro presos o mesmo seria encaminhado à prisão isolada no interior da cidade onde ocorreu o atentado e o mesmo acabou fingindo.

Bom todas as autoridades da cidade já foram acionadas e estamos aguardando mais informações.

#Reportagem OFF#

- Meu Deus! – Disse Sully atrás de mim assustada.

-Fiquem com as crianças pra mim eu vou correr até em casa Pra avisar o Jungkook! – Disse saindo correndk abrindo a porta a fechando de qualquer jeito.

(...)

Cheguei de frente para minha a casa e algo fez meu coração parar imediatamente. Meus olhos se arregalaram e se encheram de lágrimas quando vi fumaça saindo das janelas e barulhos de vidros quebrando. Nossa casa estava pegando fogo e eu rapidamente tirei o cinto de segurança desci do carro correndo.

-JUNGKOOOOOOOK!

MEU DEUS! MEU DEUS!

E AGORA?

(...) FIM DO CAPITULO (...)


Notas Finais


Vivas(os)?
Confesso que chorei muito na parte do JK e ainda com aquela música.😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭
E então? Gostaram?
MANO KWAN VOLTOU!!!! 😱
Me contem suas experiências!
Estou curiosa Aaah

Amo todos vocês 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...