1. Spirit Fanfics >
  2. À prova de balas ( Imagine Chanyeol) >
  3. 18

História À prova de balas ( Imagine Chanyeol) - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Olá amores, tudo bem?

Como está a quarentena? Cansa neh?

Demoreiiiii, estou tendo uma crise na escrita esses tempos, nada saí. Mas bem, aqui estou e espero que gostem.

Bjinhos

Capítulo 18 - 18


- OK, esse lugar certamente não é como eu imaginava - _____ disse boquiaberta.

 

Apoiada em Chanyeol, ela tentou se desfazer de seus braços mas não teve êxito. Mesmo que estivesse cheia de dor, surpreender-se com o asilo a que Tao estava se referindo a deixou animada. Casa? Para quê? Ela prefere ficar com os velhinhos.

 

As televisões são enormes, todas as salas possuem ar condicionado e o refeitório é enorme. Esse lugar certamente não é beneficiado pelo governo.

 

- O que está fazendo? – Chanyeol perguntou sério – Se eu te soltar você vai se machucar.

 

Ela revirou os olhos.

 

- Eu só queria ir até aquela janela – apontou – Será que tem piscina?

 

- Mesmo que tivesse você não poderia usar – ele a apertou um pouco mais – Seus machucados ainda não fecharam.

 

- Chato – murmurou.

 

Chanyeol semicerrou os olhos. Mas que garota teimosa! Ele bem queria discutir com ela para dizer o quão perigoso poderia ser expor-se, mesmo para idosos, mas não teve a oportunidade já que Tao se aproximou juntamente com uma mulher baixinha.

 

- Amigos, essa é Anne, ela irá arranjar alguns quartos para nós.

 

Chanyeol e ______ examinaram a mulher ao mesmo tempo. Uma senhora beirando os 60 anos para mais, vestindo um vestido florido e com um sorriso simpático no rosto. O que ela poderia ter a ver com Tao, um assassino e criminoso?

 

- Tao me contou sobre o ocorrido com você, querida – ela disse olhando com pesar para os machucados de _____ - Não se preocupe que ajudarei a cuidar de você, igual cuido de todos aqui.

 

Chanyeol soltou uma risadinha baixa.

 

______ ficou com as bochechas vermelhas. Ela virou idosa agora?

 

- Eu agradeço, de verdade – ela sorriu.

 

- Tao e Chanyeol podem ficar juntos – Anne voltou a falar - _____ ficará perto do meu quarto.

 

As mãos de Chanyeol apertaram a cintura de _____. Não gostava muito da ideia de deixa-la longe de si. Se algo acontecesse ali dentro, ele não teria tempo para salvá-la.

 

- Não se preocupe – Tao apressou-se em dizer – Aqui ninguém entra sem identificação.

 

- Vai ficar tudo bem - _____ inclinou sua cabeça e encarou os olhos de Chanyeol – Vamos estar seguros aqui dentro.

 

(..)

 

Anne estava afofando os travesseiros da cama enquanto _____ ainda olhava em volta. Chanyeol e Tao, assim como esperado, estavam do outro lado do corredor em seu quarto duplo. Ela não sabia muito bem o que pensar de tudo.

 

Tiveram que sair ás pressas de seu apartamento e ela nem mesmo conseguiu falar com Yoon. Tudo mudou num piscar de olhos. Ela se pergunta se foi uma boa ideia topar participar disso tudo. Talvez ela não estivesse realmente pronta para lidar com tudo isso.

 

______ pensou em Iseul, sozinho e chateado, dentro de um quarto no hospital. Gostaria tanto de pelo menos lhe mandar uma mensagem mas ele não lhe passou o número do telefone. Rude.

 

- Sinta-se em casa – Anne a tirou dos pensamentos.

 

______ sorriu de lado.

 

- Como conheceu Tao? – ela não resistiu a pergunta.

 

Anne pareceu ficar pensativa.

 

- Cuidei de Tao quando ele ainda era bem pequeno. Seus pais sempre foram muito generosos comigo. Esse lugar – ela abriu os braços – Eles me ajudaram a construir.

 

______ acenou. Então fazia total sentido tudo aqui ser do bom e do melhor. Tao não perde tempo!

 

- E você? Como entrou nesse mundo, menina? Ainda mais com dois deles.

 

Ela fez uma careta.

 

- Posso dizer que eles vieram até mim – com dificuldade, ela caminhou até a cama e sentou-se – Chanyeol praticamente implorou pela minha ajuda, disse que eu era sua única amiga se confiança.

 

- Eles são assim – Anne refletiu – Sempre dramáticos e solitários.

 

Um sorriso triste escapou de seus lábios. Antes de Chanyeol, ela nunca tinha tirado tempo para pensar sobre o mundo do crime. Sobre como as pessoas sofriam nele ou eram obrigadas a fazer parte dele. Era uma realidade totalmente paralela a tudo o que ela já viveu.

 

_______ adoraria ter encontrado Chanyeol em outras circunstâncias, ou ainda, adoraria tirar toda a dor de seu peito. Só de pensar em tudo o que ele passou para estar ali, seu corpo se arrepia. Crescer sozinho deve ser péssimo.

 

- Olha, talvez você não queira receber o conselho de uma velha mas sinto que preciso te alertar sobre isso – Anne sentou-se com cuidado ao seu lado e segurou suas mãos – Essa vida que eles têm irá perturbá-los até seus últimos suspiros. Mesmo que tentem correr, ela sempre os alcança. É difícil, mas essa é a verdade. Não estamos num filme, estamos na vida real e aqui, aqui tudo é ruim.

 

______ franziu as sobrancelhas, confusa.

 

- Eu vi o jeito que Chanyeol cuida de você, o modo como se olham – ela lhe deu um sorriso complacente – Irá doer, querida. E essa dor é muito pior que a dor física.

 

Os dedos de ______ apertaram-se. Aquela sensação, a falta de ar e o aperto no peito se redescobriram. Anne parecia dizer tudo aquilo com muita verdade, como se já tivesse passado pela mesma coisa.

 

- Eu não quero interferir na sua vida – continuou – Mas eu precisava te alertar. Cuide-se enquanto ainda há tempo.

 

Anne levantou-se e saiu sem dizer mais nada. Fechou a porta com cuidado e deixou ______ presa em milhares de pensamentos.

 

Pensamentos e uma realidade que começava a metralhar sua mente.

 

(..)

 

- Você poderia parar de andar em círculos – Tao pediu pela terceira vez.

 

Chanyeol respirou fundo.

 

- Você tem noção da gravidade da situação? Eu pensei que tinha mais tempo mas não tenho! Kadá está chegando, ele me mandou uma mensagem através do que aconteceu com ______. Ele sabe que eu me importo, ele está muito perto.

 

- Eu sei, eu sei mas...

 

- Não, você não entende. Ela quase morreu! Eu não estava lá com ela. Dei mole! Pensei que poderia ter pelo menos alguns dias de vida normal mas não posso, Kadá nunca deixará minha vida ser normal.

 

- Você tem um plano em mente? – Tao perguntou.

 

Chanyeol ficou em silêncio por alguns instantes.

 

- Eu tenho – soltou – Mas _______ não pode saber de nada. Nada mesmo.

 

 

 


Notas Finais


Vishhh, qual será o plano?

_____ deveria se afastar?

Love u mo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...