1. Spirit Fanfics >
  2. A psiquiatra e seu paciente >
  3. Não tô com criatividade pra título

História A psiquiatra e seu paciente - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Um século depois e aqui estou eu! Oi, gente!

Capítulo 3 - Não tô com criatividade pra título


Fanfic / Fanfiction A psiquiatra e seu paciente - Capítulo 3 - Não tô com criatividade pra título

Jungkook

Point of view

Quarto, clínica psiquiatra

Não acredito que eu deixei isso acontecer. Eu sou muito burro! Tinha que ter conferido aquela vadia, mais como eu ia saber que ela tava viva depois daquilo? Ainda me lembro do seu sangue escorrendo, dos seus gritos de dor, seus pedidos de socorro, ela gritando para mim parar!

Agora, aqui estou eu! Amarrado em uma cama de um hospício com dois guardas me vigiando! Aposto que daqui a pouco alguém vem me encher o saco.

???- Jeon Jungkook, certo?

Que que eu disse?

???- Eu me chamo Jin e sou o diretor desses lugar!

JK- SÉRIO?!?!? Não te perguntei nada!

Jin- Amanhã você irá conhecer a sua doutora, ok?

JK- Espero que ela pelo menos seja gostosa!

Jin- Vamos aplicar um calmante em você,ok? Pra ficar mais calminho!

JK- Quirido, mais calmo que eu tô só dormindo!

Sinto uma agulha perfurar a pele do meu braço e logo depois a minha vista embaça e eu caio em um sono profundo.

Sn

Point of view

Clínica psiquiatra

No outro dia...

Não queria aceitar de jeito nenhum a proposta do Jin. Muito da hora cuidar de um psicopata e tals mais, vai que ele tenta me matar? Eu ein! Jin me convenceu de que nada irá acontecer comigo e aqui estou eu parada em frente a porta do quarto do tal de Jungkook!

Passo o meu cartão e coloco minha digital para destrancar a porta. Assim que entro no quarto vejo um garoto amarrado na maca, aparentemente ele está dormindo. Seus cabelos são pretos e seu rosto é jovem, ele é muito bonito mais não deixa de ser um assassino.

JK- Vai ficar me encarando até quando, doutora?

Sn- Pensei que estivesse dormindo!

JK- Não estou como já deu para perceber!

Sn- Me chamo Sn e serei sua doutora daqui pra frente!

JK- Pelo menos você e gostosa!

Sn- Preciso que você responda algumas perguntas, tá?

JK- Claro, baby!

Sn- O que te levava a matar mulheres?

JK- O fato delas serem chatas pra caralho! Você é a única exceção!

Sn- Algum problema familiar?

JK- Minha madrasta conta?

Sn- Namorada?

JK- Não! Não quero me prender a ninguém a não ser você!

Sn- Me fale sobre seu pai!

JK- Um filho da puta que engravidou a minha mãe e depois abandonou ela, quando descobriu que era menino começou a dar dinheiro para a minha mãe me manter. Anos depois aparece com uma mulher que é mais rodada do que roda de carro, ela me enche o saco até hoje. Quer dizer enchia, já que eu matei ela ontem! 

Sn- O que aconteceu com a sua mãe?

JK- Ela casou com um carinha rico e vive falando que eu tenho que dar um neto pra ela. Topa sair comigo?

Sn- Em suas atuais condições você não vai conseguir cumprir o pedido dela, né?

JK- Não me importo de fazer um filho aqui, contando que seja com você!

Sn- OK, Jungkook! Irei trazer seus remédios mais tarde e daqui a pouco um enfermeiro vem com o seu café da manhã!

Saio do quarto e cumprimento os seguranças.

Segurança 1- Arrasando corações, doutora!

Sn- Guri chato!

Deixo os seguranças para trás e sigo em direção a sala do Jin.

Sn- Jin?

Jin- Oi?

Sn- Eu fui ver o paciente novo!

Jin- E aí?

Sn- Ele é chato de mais, credo!

Jin- Que que ele fez?

Sn- Ele...

Enfermeira- Doutora Sn! Lisa está tendo mais uma crise!

Sn- Mais tarde a gente conversa, Jin!

.

.

.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...