História Os nove filhos de Michael Jackson - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson, Personagens Originais
Visualizações 239
Palavras 558
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Diversão


As 8 da noite os seguranças ligaram para Michael perguntando se poderiam autorizar a entrada de TJ, Michael autorizou.

Paris estava no quarto no Skype com a colega Bianca Muor fazendo o trabalho de Ciências, as duas conversavam sobre Morfina e Demerol, dois tipos de analgésicos injetáveis, Bianca que era filha do médico mais rico e famoso da Califórnia explicava oque o pai dela havia dito.

- Papai disse que Demerol é considerado o primo mais próximo da Morfina, eles não são irmãos porque apesar de terem o mesmo efeito tem substâncias diferentes e efeitos colaterais totalmente diferentes...

Paris anotava tudo no caderno, e ouvia tudo com muita atenção.

No andar de baixo Michael bebia vinho na latinha de refrigerante e fazia careta para Prince que era o único filho que sabia do segredo dele.

Toda vez que Michael voltava da adega com uma latinha cheia Prince ficava rindo ganhava uma piscada de um olho do pai.

TJ entrou na sala sendo acompanhado por duas meninas bonitinhas.

Michael que era louco por crianças foi se apresentar (Não que ele precisace).

- Olá meninas, me chamo...

Foi interrompido pela menina mais alta.

- Michael Jackson!, todo mundo sabe seu nome!.

Michael sorriu e apertou a mão da menina, e disse.

 - Eu também te conheço, Keeplin Up Whith the Kardashians, você é a Kendall e você a Kylie, certo?.

As duas meninas sorriam e fizeram que sim com a cabeça, Michael perguntou.

- Quantos anos vocês tem?.

Kendall disse.

- 12!.

Kylie disse:

- 11!.

Michael sorriu e disse.

- Eu tenho dois filhos, da idade de vocês, Prince de 12 e Paris de 11, tem apenas um problema...Eu não sei onde estão!.

As duas meninas riram pela expressão que Michael fez ao realmente perceber que nenhum dos filhos estava mais na sala.

Michael de repente deu um peteleco na orelha de TJ e perguntou.

- Vão passar a noite?.

- Se eu beber sim,mas se eu não beber não!.

Michael sorriu novamente e chamou.

- Franz!.

Um mordomo apareceu dizendo.

- Sim, senhor Jackson?.

- Pode servir o melhor vinho de minha adega para meu sobrinho, por favor?.

- Com prazer! 

Michael deu outro peteleco na orelha do sobrinho, o menino ficou irritado e deu um peteleco na orelha do tio.

- Já sei, vamos brincar de guerra de balão d'água!.

Disse Michael com olhos de criança.

Todos gostaram da ideia, Michael subiu as escadas para chamar os filhos.

Quando achou anunciou apenas.

- Guerra de balões d'água, corram lá para baixo!.

Os cinco desceram correndo para fora da casa.

Começaram a jogar balões d'água uns nos outros até TJ ter uma ideia.

- Mike,Kendall,Kylie,Bebé,Prince,Blanket e Paris, vamos formar dois grupos de batalha, vai ser melhor!.

Todos concordaram, o grupo foi divido em quatro para cada.

Grupo A

Kendall, Blanket,TJ e Paris.

Grupo B

Mike,Prince,Bebé e Kylie

O integrantes do grupo começaram a se esconder pelo enorme jardim, brincaram muito.

Depois foram brincar nos brinquedos do paeque, na montanha russa todos foram com os braços levantados para o ar.

Depois todos tomaram banho e foram assistir um filme.

Becky e Blanket sentaram casa um em uma perna do pai, Prince deitou a cabeça no colo de Paris.

O filme escolhido foi Harry Potter e a pedra Filosofal.

Ao final Blanket perguntou apenas.

- Porque o Harry vive implicando com o Snape, se o cara apenas ajudou ele o filme todo?.

Michael olhou para o filho e disse.

- É o mal hábito das pessoas de julgar os outros pela aparência!.

No fundo Michael estava falando de si próprio, e da emprensa que o chamava de louco só por ser diferente.











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...