História A Rainha - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila, Camren, Guerra, Lauren, Luta, Possessiva, Possessivo, Vampiro
Visualizações 292
Palavras 992
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii meus queridos e queridas, a autora aqui demorou porque tinha que estudar para a prova a semana quase toda mas eu já estou de volta.

Boa leitura!

Capítulo 10 - Camila Cabello você está ...


Camila: on

 

Ja se fazia uma semana que Lauren estava  dormindo ou como nós chamamos: um estado de hibernação profunda, chega a ser preocupante isso, chamei diversos anciões e curandeiros para garantir que aquilo era normal, depois de uns 3 dias eu tive a confirmação de que seu estado era normal é raro, existem vampiros que demoraram 10 anos para despertar.

 

Tomara que minha Lolo não demore tudo isso, é muito tempo! Ainda bem que não sou uma mortal e posso lhes esperar por séculos mas uma hora cansa, eu estava rezando internamente para que ela abrisse de uma vez suas lindas esmeraldas e me visse, me senti inútil por não lhe proteger.

 

— Camila minha irmã?- perguntou Sofia um pouco alto entrando no meu quarto, eu e Sofi sempre fomos muito unidas, quando nosso pai morreu, ah deixe isso para lá - Camila a culpa não foi sua pelo que aconteceu com Lauren ! A culpa é do Gustav- falou colocando a mão no meu ombro.

 

— A culpa não é só dele, e minha também! Desde o início a culpa foi minha - virei a cabeça lhe olhando tristemente - tudo começou quando eu fiquei noiva da Elizabeth! Eu despertei a revolta de sua família por ter escolhido aquela que todo mundo rejeita, depois Gustav chegou na cidade e a entregou para o povo - disse chorando - me diz de que adiantou eu ser rainha se não fui capaz de impedir sua morte, eu a vi morrer gritando meu nome! - explodi em seus braços.

 

— Camila você não pode mudar o passado mas pode mudar o presente para impedir que o passado se repita, proteja Lauren e mate Gustav, a alma de Elizabeth merece justiça, só não fizemos nada antes porque não tínhamos provas para afirmar a acusação - falou me deixando completamente surpresa.

 

Olhei para Lauren e tomei minha decisão definitiva, vou protegê-la e destruir de uma vez por todas aquele projeto falsificado de vampiro, ninguém vai me impedir de ser feliz e reinar, quem fizer isso pagará muito caro, Meu nome e Karla Camila Cabello Estrabão I, sou a rainha de um povo poderoso e vou mostrar do que somos capazes.

 

— Camila olhe calmamente para trás e não grite- pediu minha irmã calma, eu fiquei confusa mas decidi fazer o que ela pediu, se eu tivesse prestado atenção no movimento entre nós não teria olhado jamais o que estou vendo - Camila?- perguntou minha irmã.

 

Um choque me atingiu ao ver a cena, Lauren acordada sentada cama com o par de olhos vermelhos me encarando com se eu fosse uma deliciosa refeição, mas nem em sonhos! Ela tá querendo arrancar um pedaço de mim! Socorro mamãe! 

 

Seu olhar ficou estreito ao reparar na mão de Sofia na minha cintura, quem pode ser a rainha mais azarada que já existiu nesses milênios, minha situação está bem complicada! Uma vampira faminta e com ciúmes! Poderia ser pior? Não ouse responder essa pergunta.

 

— Mila eu te amo viu, mas eu vou me mandar, se resolva com ela- falou minha irmã correndo até a porta e fechando ela, olhei para a porta muito indignada com minha irmã caçula, traição em família que coisa feia! Issu num si faz! Eu vou acertar minhas contas com ela depois.

 

— Oiii Lauren, tudo bem com você meu amor - perguntei recuando para trás, meu sexto sentido gritava com um mega fone: perigo!!!-  você sabe que eu te amo né?- perguntei me escondendo atrás da escrivaninha. Não me julgue! Ela é recém transformada e pode ter uma força superior a minha enquanto esse período durar.

 

— Buh- escutei a voz no meu ouvido, se eu pudesse infartar teria morrido agora - isso foi por me morder sem minha permissão!- falou brava e antes que pudesse falar algo em minha defesa recebi um tapa que estralou, que lindo hein? À rainha andando por aí com cinco dedos no rosto.

 

— Calma aí ! Em minha defesa você tava morrendo! E dá pra sair daí ?- perguntei me referindo a ela estar em cima da mesinha - Sofiaaaaaaa me ajuda!!!- gritei desesperada tentando buscar uma saída, minha irmã trancou a porta! A sua gnoma você me paga.

 

Eu devia ter ficado coma a boca fechada, ela não gostou de escutar da minha noção nome de outra mulher, que vampira mais ciumenta, isso mesmo Camila, vai rindo, e a sua morte que está chamando para si mesma - Lo que tal a gente conversar?- pedi baixinho.

 

— A primeira coisa que eu esperava quando acordei era receber um beijo seu e você agarrada com uma mulher e ela te chamando de amor - falou se aproximando, suas veias a mostra no braço mostravam claros sinais de sua profunda irritação comigo - você é MINHA CAMILA!-  destacou a última parte para que eu entendesse.

 

— Lauren vamos sentar e tomar um chá para acalmar seus ânimos ?- tentei argumentar com ela que só ignorou o que eu falei e aproximou seus lábios dos meus- Ei você não pode fazer isso - reclamei do seu aperto possessivo em minha cintura, ela riu da minha reclamação.

 

— Agora você não é a rainha e sim a minha Camila - sussurrou em meu ouvido me deixando com os pelos do corpo arrepiados, meu orgulho ficou um pouquinho danificado com isso, sempre dominei e não ao contrário, meu eu rainha queria que eu fizesse isso, mas eu não podia levantar a mão para minha querida Lauren. Não desejo visitar o outro mundo tão cedo.

 

Estava morrendo de ansiedade por dentro para o beijo que ela me daria, o ambiente estava muito tenso, nos encarávamos como se fossemos inimigas, o olhar desafiador carregado de raiva e amor, orgulho brilhava em nossos olhos,fechei meus olhos esperando o beijo.

 

— Camila o que está acontecendo neste palácio?- perguntou minha mãe interrompendo o beijo, olhei para a mesma com raiva, é pedir demais que esta pessoa suma? Tanta hora pra atrapalhar tinha que ser agora!

 

Continua...


Notas Finais


Ó que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...