História A rainha vermelha - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 10
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sei não... só lê essa bagaça aí

Capítulo 1 - O início de um longo inverno.


Fanfic / Fanfiction A rainha vermelha - Capítulo 1 - O início de um longo inverno.

É tempo de inverno e o vilarejo fica mais vazio que o normal, os únicos sinais de vida são as crianças brincando com a neve. Tudo parece normal e calado até demais, continuo andando com Passos lentos pelas estreitas ruas... O som dos meus passos ecoava com um ruído estranho, continuo calmamente até que sinto uma mão tocar minha cintura, viro com um toque rápido e seguro a mão da pessoa

- Cal Lutter

Cal era um amigo de infância, ele tinha sido abandonado pelos pais durante o período da guerra, e desde de então vaga pelo vilarejo.

- Vejo que você ficou mais rápida

- Ou você mais lento

- Obrigada por todo esse amor

- Sai fora Cal

- Você não vai ver os jogos de inverno?

- Acho que não

- Mas por que ?

- Você sabe que para mim, dois homens se jogando um contra o outro no meio do gelo não é nada mais do que o alcance da grande burrice humana

- Azar seu, eu quero mais que eles se matem !

- Você não entende Cal? Eles querem mostrar que são superiores a nós, querem mostrar que nós de sangue "imundo" não chegamos aos pés dos de sangue prata !

- Você imagina demais Kali

- Se você acha

- Não leve a vida tão a sério! Vamos !

Continuamos a andar pelas ruas imensas e vazias, até que Bul vem correndo até nós, ele latia e saltava sinal que estava com frio então eu o pego e lhe levo para casa

- Parece que o inverno vai durar ainda mais este ano!

Cal fala enquanto ajeita seu cachecol

- É... Parece que cada inverno dura mais

Estávamos chegando na porta da minha casa quando Livie chama por Cal

- Ei Cal espere !

- Há... Olivie é você

- Você sabe que não gosto de ser chamada por Olivie, me trata por Livie por favor

- Há claro

- Cal...

Eu interrompo

- Sim ???

- Tenho que entrar agora !

- Ho não, fique mais um pouco vamos aos jogos de inverno juntos

- Desculpa mas não vou !

- Tudo bem então

- Eu vou com você Cal

Diz Livie com aquela voz chata dela

- Há claro Livie

- Até mais

Me despeço dos dois é entro em casa, havia uma bagunça espalhada por lá.

- Mãe? Pai ? Cheguei!

Paro por um momento é penso!

- Há é... Eu moro sozinha (risos)

Me perguntava a mim mesma como alguém que mora sozinha deixa uma bagunça dessa

- Vamos lá bul, vá se esquentar, eu irei fazer um chá para mim então fique aqui na sala tudo bem ?

Fui até a cozinha para fazer rapidamente um chá e me surpreendo com um corvo na janela

- Oi rapazinho tudo bem ?

- (craa) *barulho de corvo*

- Ei, você parece estar machucado... deixe eu dar uma olhada

Eu o pego e vejo que sua asa está um pouco perfurada, com certeza deve ter passado por algum arame farpado

- Deixe eu colocar você aqui tudo bem ?

O coloco em uma gaiola é o deixo na cozinha, termino meu chá e vou para sala brincar com o bul.

- É bul hoje o dia foi bem longo... venha cá garoto deite aqui

Ele se deita em meu colo e acabamos adormecendo.


Notas Finais


É né.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...