História A Raposa e a Lebre - Capítulo 20


Escrita por: e Yumilhada

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 29
Palavras 1.255
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi pessoal! Aqui quem fala é a Nona e venho pedir mil desculpas por ficar certa de uns 10 dias sem postar nada, eu e a Yumi temos uma Rotina extremamente corrida por isso não dá tempo de fazer, esse capítulo vai ser mais curtinho porém o próximo eu prometo que vai ser bem longo ♥ não vou prometer que vai ter dia sim e dia não, porém vou fazer o meu possível para que saia cada vez mais rápido! Beijinhos e boa leitura!
(Haruka delícia na foto)

Capítulo 20 - De frente a frente


Fanfic / Fanfiction A Raposa e a Lebre - Capítulo 20 - De frente a frente

P.O.V Daniel

Haruka vai no Hospital visitar a Aly de novo, e infelizmente eu não pude ir já que ela está com muito medo de mim...Por algum motivo eu sinto que foi meu pai eu sei que isso pode parecer mega estranho, parecer não né, é mega estranho! mas sei lá, tudo leva a ele tudinho mesmo! Só ele que é muito parecido comigo e não teria outro motivo para a Aly estar com tanto medo...então vou visitar ela o mais rápido possível e ver se minha teoria está realmente certa, afinal, acusar alguém de estupro é muito sério então precisamos ter certeza de tudo.

Já era umas 11:00 da noite e eu tava no meu quarto ouvindo Rock só de bermuda e sem camisa, e claro, dando umas espiadas no Haru-Chan de vez em quando... até que ouço umas risadas bem altas vindas do quarto dele, como se já não bastasse ele com a Lisa todo dia aqui em casa, Hahahahaha eu não acredito que ele tem outro amigo e ainda por cima não me apresentou! Quando eu coloco a cabeça na janela (de cantinho claro) e vejo quem é eu não acredito... NAPOLEÃO?! Achei que eu tinha sido sério o bastante naquele dia e ele me vem com essa?! A esse filha da puta vai sofrer na minha mão! Dessa vez não vai sair impune!

Até desliguei meu som só para ouvir eles conversaram e saber que merda que esse Nojento tá fazendo no quarto do meu amor, e adivinha? Bom, não ouvi nada de interessante, apenas sobre gibis antigos, filmes e essas paradas de Deuses que o Haruka adora.

Então apenas fechei a janela e acho que ele percebeu que eu estava um pouco...irritado. afinal, fechei a janela com tanta força que eu achei que tinha quebrado (Hahahahahahaha foi muito engraçado) e amanhã eu dou um jeito no Napoleão...De N O V O

Eu acordo com meu despertador tocando "Ugly boy" da Banda Die Antwoord pela qual tenho um amor infinito e um gosto "Peculiar" por assim dizer. Abro minha janela com um sol tão forte que quase queima minhas retinas...aff, verão é um SACO! sorte minha que o Haruka deixou a janela aberta então posso ter uma visão bem ampla do quarto dele já que minha casa é um pouco maior que a dele. E quando eu vejo um saco de dormir no chão quem estava lá? Pois é, NAPOLEÃO-PORCO •Tsk• nojento.

Eu sei que o Haru odeia que eu me pague de super ciumento mas é que eu nunca amei ninguém então eu sou um pouco chato, eu sei e espero que ele compreenda que eu não quero que aquele Filho da Puta ataque ele durante a noite, afinal, quando se ama alguém você pode ficar obcecado (eu) ou até mesmo louco de vez! (Ele) enfim, só quero ver no que isso vai dar, nem vou mais para a escola, perdi 100% da minha vontade mínima de estudar então vou ficar numa boa aqui no meu quarto. Até que ouço a campainha tocar, bom, deve ser outros vizinhos sei lá tentando fazer amizade com minha mãe e eu sei que ela é ótima nisso então não tenho nada com que me preocupar.

Até que fica um silêncio muito grande e não ouço mais Jake mechendo com ferramentas e nem Lisa no telefone com as amigas, muito menos minha mãe conversando com alguém aleatório do trabalho

Desço as escadas correndo com uma dúvida enorme no meu coração e com medo de que algo de ruim tenha acontecido enquanto eu sofria de amor que nem uma garotinha de 16 anos no meu quarto...e quando entro na sala não consigo acreditar no que via...minha mãe beijando um cara que eu não fazia a porra da ideia de quem era! Lisa com os olhos tão arregalados que até assustou e Jacob com a mão na cara e ficando cada vez mais vermelho, então já pude deduzir quem era... Jonathan. O antigo e Único amor de adolescência de minha mãe...Urgh será que ele podia ao menos dizer "oi" antes de tacar um beijo na Olívia?! E pior ele olhou para a gente e Perguntou quem era nós! Quem é você caralho! •Arg• não tenho paciência alguma para isso.

Todo mundo senta na sala com a maior cara de cú e minha mãe vermelha até agora com o beijo e o Jonathan com um sorriso super mega sem graça. Até que finalmente ele solta uma frase;

-Então... vocês são filhos da Olívia?-Pergunta John

-É...nós somos.-Falo em um tom arrogante

-Eai...quem é você?-Pergunta Lisa mesmo já sabendo da Resposta

-John. É um prazer conhecer todos vocês.

-O'que você tá fazendo aqui?!- Pergunta Jake já irritado

-Opa garoto, fica frio ai...hahahaha-Fala tentando animar o clima.- posso saber a idade de vocês?

-16.-Falo

-15.- Fala Lisa

-19.- diz Jake

-Uou, vocês já são bem grandes então...não preciso me explicar que vou passar a morar aqui.

-OQUE? DE JEITO NENHUM!- Fala Jacob

-Mãe! Diz alguma coisa!- Fala Lisa

-É verdade...ele é seu novo padrasto

-Quer saber? Eu vou ficar no meu quarto.-Fala Jake se levantando e caminhando até o andar de cima

-É... bom...não podemos fazer nada né, então...não vou ficar implicando com você John, espero que cuide bem da mamãe.-Fala Lisa em um tom calmo e doce.

-Ah, pelo menos você pequena, prometo cuidar bem dela- Fala

-Dani...?-Fala Olívia tentando me manter na sala

-É melhor eu ir acalmar Jacob antes que ele faça alguma idiotice... concorda? E mais, tenho que ir ver Aly no Hospital no caso do Jason.

- Ainda com isso Daniel? Não é melhor deixar Haruka resolver?-Fala preocupada

-Não acha estranho que ela tenha tanto medo de mim? E você sabe quem é extremamente parecido comigo e ainda pode fazer besteira.-Falo em um tom mais alto

-Ok, ok ok! Só não faça besteira!- Fala indo na cozinha conversar com John

-Tá, não tenho o costume de fazer merda (Bom, na verdade tenho sim, mas quero parecer descolado na frente do meu padrasto e mostrar que eu sou o mais foda da família)

E Finalmente chego no hospital e quase dou de cara com Haruka saindo da sala com dois detetives...uffa, essa foi por pouco mesmo...entro no quarto da Aly e ela pareceu surpresa mas não desesperada, parece que ela se recuperou bastante dês da última vez. E pelo oque o Haru me falou ela não se lembrava de muita coisa já que foi drogada também. Mas como eu tenho muita, mas muita experiência com drogas, sei que ela está mentindo então posso bater um papo de frente a frente com ela sem ouvir um "vai com calma" do Haru a cada 5 segundos.

-Hey pirralho, se o Haruzinho te ver aqui você vai estar muito ferrado sabia?-Fala se Ajeitando na cama

-Sabia, porém tenho prioridades.

-Manda.

-Como era o perfil do cara que te estuprou?

-Eu não-

-eu sei que sabe- Falo interrompendo ela

-Ah garoto, não é fácil sabia? Não é tão simples falar de algo que me abalou tanto.

-Eu sei...mas não quero que ninguém mais sofra com isso, pessoas como você não merecem esse tipo de tratamento, eu sei. Mas eu quero evitar então... você podia descreve-lo para mim?- Falo

-Bom...ele era igual você... porém um pouco mais alto e cabelos mais chegados ao branco, porte físico extremamente grande e olhos verdes, barba por fazer e uma roupa casual, porém por baixo tinha uma camisa do exército.

Olha, eu tenho sorte que tinha um gravador na minha Jaqueta para que eu possa alertar a polícia.

Sem dúvidas era o meu pai, ela descreveu ele exatamente como era naquela época e finalmente podemos dar início a busca e prender um homem sujo e imundo Jason Scott.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do Capítulo! Não esqueçam de comentar oque acharam e por favor não brigarem comigo KKKk eu realmente peço desculpas! Até o próximo cap Bye bye
-Nona


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...