História A Raposa e a Lebre - Capítulo 7


Escrita por: e Yumilhada

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 38
Palavras 1.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal! Vim deixar mais um cap cedo. Até porque ficar postando 10 horas na noite não rola né? Haha. Espero que gostem desse cap e boa Leitura.

Capítulo 7 - Eu cuido de você Haru.


Fanfic / Fanfiction A Raposa e a Lebre - Capítulo 7 - Eu cuido de você Haru.

P.O.V Daniel


Hoje eu não quis ficar com praticamente ninguém no lanche. Só conseguia pensar no Haruka, o beijo ficava dando Reply o tempo todo em minha mente, eu queria beijar ele denovo mais e mais. Fui procurar ele no lanche e aconteceu às piores coisas do mundo, ele estava incrívelmente machucado e abalado...nunca parei para pensar oque o Haruka passava todos os dias e acho que tô começando a ter uma queda por ele...mas não posso deixar essa paixonite besta continuar, vou fazer de todo o possível para parar de me sentir assim.

Fui para a aula e estranhamente o Haruka não estava, Era a primeira vez que ele faltava já que era o aluno modelo. Então achei bem estranho a cadeira dele estar vazia...como de costume sai da sala sem falar nada, o professor ficou bravo como sempre mas eu já estava acustumado a muito tempo.

Procurei ele por toda a escola até achar ele no cantinho do banheiro de baixo do Lavatório chorando e resmungando coisas que eu não fazia ideia do que era, me aproximei e ele se assustou

-SAI DAQUI DANIEL!- gritou assustado

-Até parece! Vem aqui!- puxei ele com força para perto de mim e o abraçei

-D-D-Daniel...me solta...por favor...-Falou enquanto chorava

-Realmente...melhor você não ficar mais na escola por hoje, vou te levar para minha casa.

-E-Eu não quero...-Falou resmungando

-Tarde demais!- dei um sorrisinho de canto e puxei ele para fora da escola, indo em direção ao estacionamento. Ele não falava nada apenas chorava enquanto soluçava ao mesmo tempo.

Levei ele até o meu carro e entramos, dei partida e fomos em direção a minha casa. Mas...oque eu não esperava era ver minha mãe lá, na sala com a Lisa...dogra, se verem o Haru agora elas vão pirar! E bom, não demorou muito para eu entrar e elas verem o Haru.

-O que esse nerd sem graça ta fazendo aqui???.- Lisa Fala fazendo cara de Nojo

-Lisa! Cale a boca. O mais importante é... o que os dois estão fazendo fora da escola.- fala a mãe.

Merda merda merda! Ela vai querer expulsar o Haru logo hoje??? Bom, não importa, se eu não puder ficar aqui com ele nós vamos a outro lugar...e não demorou muito para chegarmos lá na cozinha e eu pronto para ouvir uns coice da minha mãe. E ficou apenas Haru e Lisa na sala de estar.

-Oque você tá fazendo na minha casa?- Fala Lisa

-Seu irmão me arrastou pra cá.- falo fazendo cara de tédio.-Não preciso de ninguém fingindo que se importa.- Haru susurra baixinho

Narrador on:

Lisa era sempre tão...chata. Ficava discutindo com o Haru simplesmente porque tinha medo de perder seu irmão para ele. É um medo e ciúmes um pouco normal de irmão, Muitos tem, porém é sempre bom controlar direito.

Já na cozinha a conversa sobre o Haru era meio estranha...

-Filho, olha, saiba que eu não quero ficar no seu caminho entende?- Falou Olívia

-Sim mãe, mas... porque isso do nada?- indagou Daniel

-Ah querido...seu namorado.

-QUE NAMORADO MÃE?- Gritou Daniel assustado- Isso só pode ser loucura.

-Não é seu namorado filho?

-Não mãe, não é.

-Então...quem é ele?-Perguntou Olívia

-Mãe, ele é...hm...meu... amigo. Só isso, amigo.

-Aaata...bom, já que esclarecemos isso, poderia me falar oque seu amigo/namorando tá fazendo aqui com você fora da escola?

-ah sim, haha, ele tá... passando muito, muito mal. Não tem ninguém na casa dele para cuidar do Haru então...eu vou fazer isso.

-Se esse é o caso...me chame se precisar de alguma coisa.-Falou saindo da cozinha indo em direção ao quarto.

Narrador off.

Minha mãe tá estranha... muito esquisita mesmo, falando esses negócios de "namorado" eu heim! Bom, o importante é o Haru, vou levar ele lá para o meu quarto e deixar ele descascar um pouco...

Quando cheguei na sala me deparei com a seguinte cena:

Lisa sentada no sofá e Haru sentado no chão enquanto ela mechia no cabelo dele. Como assim? Queeeee? A 5 minutos atrás eles estavam se xingando e agora viraram Best Friends? Que porra é essa mano, e Lisa só pode ser retardada também, a cara de sem graça que o Haru tava fazendo para ela era tão aparente que minha mãe até tia de nervoso. Pequei a mão do Haru e subi as escadas morrendo de ciúmes e ele só dando um sorrisinho de canto para mim.

-obrigada por me tirar de lá...-Falou ficando levemente corado

-Relaxa! Sei que você tá mal então...deita um pouco na minha cama, vou preparar alguma coisa para você comer.

Ele apenas concordou com a cabeça e deitou. Realmente... porque caralhos eu tô sendo tão gentil??? A uns 3 dias a trás eu tava xingando ele de bichinha e agora ele tá dormindo no meu quarto enquanto eu preparo uma sopa? (Que no caso tá muito boa) e por incrível que pareça não me sinto incomado com ele, é como se eu quisesse ele lá. É como se eu precisasse dele...eu sinto meu corpo queimar e meu coração acelerar e eu ficar um pouco nervoso...não sei oque estou sentido mas...vou deixar isso para depois e levar minha maravilhosa Sopa para o Haru tomar, aposto que ele vai amar. Pedi para ele vestir umas roupas minhas bem largas mesmo para ficar melhor e mais a vontade. Subi minhas escadas e quando cheguei lá e abri a porta Haru tava trocando de roupas e apenas com uma cueca box azul marinho.

-DANIEL???- Haruka se assusta

-DESCULPA!

-SAIII.-Disse jogando um chinelo na minha direção. Hahahahahaha meu Deus! Ele tava muito corado, a cara dele pareceria um tomate de tão vermelha, acho que ele nunca ficou semi-nu na frente de ninguém. Fiquei esperando do outro lado da porta até ele dizer que podia entrar.

Então eu entrei e meu deus, Estava MUITO, MAS MUITO fodivel naquela roupa. Nenhum garoto no mundo conseguiria ser Hétero perto do Haru daquele jeito. Fiquei olhando ele de um jeito safado até ele perceber, me dar uns berro e pegar a sopa da minha mão, Hahahahahaha que fofo! Acho que ele ficou com vergonha do que aconteceu, Só que agora não sei oque vai acontecer depois que tudo isso acabar...vamos voltar a ser como antes? Espero que não...eu realmente tô gostando do Haru doentinho e sentimental, é uma gracinha.


Notas Finais


Eu sei que esse ficou meio curto e desculpa! O próximo vai ser bem mais longo para acorbertar esse ok? Eu prometo! Até o próximo cap.
-Nona e Yumi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...