História A Raposa Solitária... - Jikook (Hiatus) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Drama, Floresta, Jikook, Jimin, Jungkook, Raposa, Romance, Suícidio, Yaoi
Visualizações 80
Palavras 2.343
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💙

Capítulo 3 - The Suicide


Floresta


Taehyung On


22/09/2012

10:35 AM


– Filho, não vai vim comer? ~ nego com cabeça ~ Taehyung já é a quinta vez que você não come, eu já estou ficando assustada! ~ dou de ombros saindo da caverna escutando minha mãe reclamar ~ Amor faz alguma coisa!

– Taehyung vem cá. ~ escuto a voz do meu pai chamar calmamente, me viro vendo ele se aproximando de mim ~ Tá tudo bem filho? Por que está assim?

Não é nada demais, só sou considerado o monstro da floresta...

– Filho, eu sei no que está pensando, eu sei que não é tão bom ser considerado o monstro da floresta. Mas é a vida, ela é injusta, tem que ser assim, ou a gente encara a vida! Ou vive com medo até da própria sombra. Você tem medo da sua sombra? ~ nego com cabeça ~ Então trate de abrir um sorriso que o monstro da alegria vai atacar! ~ começo a rir quando meu pai faz cócegas em mim, logo parou sorrindo para mim me fazendo corresponder o sorriso.

Tenho o melhor pai do mundo.

– Socorro! ~ escutamos minha mãe gritar e fomos correndo para dentro da caverna, vendo um homem - que tinha aparência de caçador - cortando a cabeça da minha mãe. MÃE! Olho pro lado e meu pai pois eu atrás dele.

– Corre filho! Por favor correr pela sua vida! ~ meu pai grita e logo vir sua cabeça ser cortada para fora também. PAI! Começo chorar vendo a cabeça dos meus pais para fora, sangue pra todo lado, se via em meu corpo o sangue deles, o caçador ria logo olhando para mim.

– Ah pequeno, os filhotes para mim são os pratos principais! ~ me assusto com a fala do homem e faço o que meu pai pediu minutos atrás, entro em minha forma de lobo saindo correndo daquele lugar.

Mãe, pai, eles estão mortos... Pra onde eu vou agora? O que eu faço agora!?


2 anos depois


10/06/2014

4:01 AM


Já não aguento mais, não estou conseguindo comer muito, nem é porque não acho comida é porque não passa pela garganta mesmo.

Eu agora com 14 anos andava pela floresta, não ligando se alguém ia me atacar ou me matar, só queria paz naquele momento, ou pelo menos consegui comer! Já andava tanto pela floresta que chegava a ver uma coisa diferente na minha frente, era uma cerca, e tinha uma placa escrito.

"Proibido entrar e sair dessa floresta. É sério."

Eu saio e entro quando eu quiser! Você não manda em mim placa! Pulo na cerca indo para o outro lado, isso parece uma estrada, olho para o lado vendo uma... Cidade? É o que parecia, tá bem longe.. Se eu cheguei até aqui não vou parar agora. Começo a correr em forma de lobo indo em direção a cidade.


[{~•°QUEBRA DE TEMPO°•~}]


07:00 AM


Wow! Que cidade enorme! Fico em minha forma humana vendo aquele lugar gigantesco, deve ser a famosa cidade de Seul. Ando por aí até chegar em um lugar onde tinha bastante crianças e adolescentes correndo, brincando, conversando, etc. Ah é uma escola, meu pai já me contou sobre a escola dos humanos. Tava tão distraído vendo as crianças brincando que acabei esbarrando em um garoto, que logo me empurrou me fazendo cair no chão.

– Olha por onde anda idiota! ~ falou o garoto indo embora, pra quer tanta agressividade?

– Não se preocupe, Jungkook não estar nos dias bons dele. ~ Nem eu, um garoto que tinha uma bengala nas mãos estende a mão para mim, segurei a mesma me levantando ~ Como se chama?

É... Pera como vou falar isso pra ele!? Eu nem se quer falo! Tentei de um jeito gesticular meu nome com as mãos mas era impossível, eu nem sei como faz o abc com as mãos. Logo o garoto se pronúncia:

– Desculpe, se você tá tentando me mostrar uma coisa não vou poder ver, sou cego. ~ arregalo os olhos surpreso ~ Você.. é mudo? ~ peguei sua mão e coloquei ela em minha cabeça, logo a mexendo positivamente, para que ele sentisse.

– Ah, entendi.. acho que vai ser um pouco complicado para nós se comunicamos. ~ afirmo com cabeça e pego sua mão, medindo o tamanho.

Caraca minha mão é enorme! O garoto dos cabelos castanhos mexia sua mão para sentir a minha, não sei porque mas aquilo me deixava envergonhado, cheguei a sentir um pequeno arrepio.

– Nossa sua mão é grande. ~ o garoto fala sorrindo, acabo por corresponder o seu sorriso, ele é muito lindo ~ Hm, o sinal daqui a pouco toca, poderia me ajudar a chegar em minha sala? ~ ponho sua mão em minha cabeça logo a balançando positivamente. Seguro sua mão e fomos andando devagar para dentro daquela escola.

Ao entramos lá o sinal toca, parece alarme de ambulância, isso tá irritando meus ouvidos! Estava nervoso mas quando ouvir a voz do mais velho falar o número da sala fiquei um pouco mais calmo, o levo para dentro da sala que ele falou, ele me agradece e sorrio segurando a mão dele, logo a soltando indo embora, eu não queria deixá-lo mas.. nem sou daqui, melhor ir antes que me peguem...

– Ei, garoto! ~ me assusto ao uma garota me chamar assim que saio da escola, ela se aproxima de mim, parece ser 5 vezes mais velha que eu! ~ Você não é daqui né? ~ nego com cabeça ~ Eu vi você entrar com meu irmão mais novo.

Irmã mais velha? É, não sei se isso é bom ou ruim então...

– Sou Dawon, você pode me fazer um favor? ~ afirmo com cabeça ~ Quero que você esteja aqui quando for nove e cinquenta horas, gostaria de falar com você depois das minhas aulas, você pode me fazer esse favor pra mim? ~ afirmo com cabeça sorrindo, a garota sorri bagunçando meus cabelos e entrando na escola. Ela parece ser gente boa.


[{~•°QUEBRA DE TEMPO°•~}]


10:00 AM


Nossa, acho que acabei pegando no sono.. acordo abrindo os olhos lentamente, bocejando, por quanto tempo eu dormi? Percebo está em um lugar diferente, me levanto da cama que pelo visto era onde eu tava dormindo, pelo que me lembro eu tava sentado na entrada da escola...

Oh, você acordou. ~ vejo uma garota entrando no cômodo, logo percebo que era a tal de Dawon ~ Tudo bem? ~ afirmo com cabeça, ela sorri ~ Ótimo! Vem comigo. ~ a garota me leva até uma escrivaninha onde tinha papeis e lápis ~ Querido você pode escrever seu nome?

Tá, isso eu sei, eu também não sou tão burro! Peguei um lápis de escrever e comecei a escrever meu nome no papel.

"Kim Taehyung."

– Taehyung? Nome bonito. ~ ela fala sorrindo e sorrio voltando a escrever.

"Dawon onde eu estou?"

– Ah, você está na minha casa, moro sozinha com meu irmão. Aliás você quer ver ele?

"Quero!" Ela sorri e segura minha mão me levando para o andar de baixo, chegando lá vejo um garoto dos cabelos castanhos, vejo que o mesmo estava com bichinho de pelúcia nas mãos brincando com mesmo.

– Hoseok?

– Sim Noona. ~ segurei a mão dele fazendo com que ele sorri ~ Ele acordou.

– O nome dele é Taehyung Hoseok, Taehyung ele se chama Hoseok como pode ver, geralmente chamam ele de J-hope. ~ sento no sofá e a mão de J-hope foi até meus cabelos, mexendo neles.

– Taehyung? Vou chamar ele de Tae, posso? ~ afirmo com cabeça respondendo pergunta dele, vou até ele o abraçando, logo fui correspondido vendo J-hope sorrindo mexendo em meus cabelos.

– Aí que fofo!... Tae, onde estão seus pais? ~ abaixo meu olhar quando ela fez a pergunta ~ O que foi? Eles te deixaram? ~ nego ~ morreram? ~ afirmo ~ Ah, sinto muito.

– Nossos pais também morreram, eles morreram assassinados quando eu tinha oito anos, nunca vir o rosto deles. ~ J-hope fala desanimado, faço cócegas nele pra anima-lo - o que deu certo - logo J-hope ria sorrindo ~ Noona eu quero que Tae fique! Por favor.

– Bom ele parece ser bastante novo.. tudo bem, você agora está com a família Jung Tae! ~ sorrio alegre, logo Dawon abraçou nós dois, logo correspondo...


4 anos depois




.




.




.




Local não indentificado


28/09/2018

8:00 PM


– Taehyung! ~ escuto alguém me chamar e olho para trás vendo o branquelo, logo veio me abraçando fortemente ~ Menino não me assuste mais assim! ~ afirmo com cabeça correspondendo o abraço.

Quando ouvi que J-hope teve um acidente de carro entrei em pânico, a pessoa que eu mais amo nesse mundo - companhado de Yoonie também - tinha se ferido, fiquei assustado, tinha lembrado dos meus pais mortos e veio em minha mente o J-hope morto, é horrível pensar negativo. 

Vou confessar, esses últimos dias nós brigamos, - eu e J-hope - mas escondemos isso, escondemos isso principalmente do Yoonie. Motivo da briga foi por conta de uma mentira, não sei explicar o acontecimento, foi tudo rápido, eu saí de casa furioso e Hope ficou sozinho em casa, não devia ter deixado ele sozinho, se eu tivesse com ele não teria acontecido o acidente. Yoongi me olha vendo meu olhar de culpado.

– Tae, por que está assim, eu percebi que desde que você saiu da casa de J-hope anda estranho. ~ ele já tinha percebido, olho pra baixo evitando olha-lo mas ele segura em meu queixo levantando o mesmo, fazendo com que eu olhe ele ~ Tae, você tá escondendo uma coisa de mim? ~ afirmo com cabeça levemente ~ Sabia...

Não fique bravo comigo hyung, sei que não pode ler meus pensamentos mas por favor! O abraço apertado escondendo meus rosto em seu peitoral, logo ele correspondeu abraço me apertando, acabo não me segurando e deixo minhas lágrimas caírem, molhando um pouco o mais velho. Não me deixe Hope, não me deixe Yoonie, não quero ficar sozinho de novo!

– Ah Tae.. ~ choro baixinho sentindo o mais velho me apertar, Ele olha meu rosto meio escondido agora, vendo meus olhos cheios de lágrimas, logo ele passou o dedo polegar dele em meus olhos secando minha lágrimas ~ Não chore, vamos pra casa tá? Me explica o que ouve depois.

afirmo com cabeça fechando os olhos, Yoonie me pegou no colo e me levou pra dentro do carro, antes que perguntem eu tava fora da cidade, tava em frente a floresta onde fui criado, onde vir a morte dos meus pais.. quando entramos no carro Yoongi me deu selinho demorado.

– Te amo..

Também te amo...




.




.




.




Chegando em casa


Yoongi On


9:58 PM


Como ficar bravo com alguém que é praticamente uma criança? Taehyung é sensível, isso a pessoa já percebe, e não falo isso por ele ser mudo. As vezes tenho medo de que ele comete alguma coisa horrível, tem horas que seus olhos tem brilhos, mas em outras horas parece que aquele todo brilho era falso... Já estou chegando em casa, rodei quase a cidade toda pra encontrá-lo, até que parei pra pensar onde Tae estaria, e PÁ, na floresta fora da cidade, era o único lugar que não tinha ido. Tae estar nesse momento dormindo do meu lado, sua cabeça estava deitada na minha coxa enquanto ele estava em um sono profundo.

Quero protegê-lo, assim como quero proteger J-hope.. tenho que pensar positivo! 

Saio do carro com o Tae nos braços, entrei na casa que a mesma estava silenciosa pelo visto, me sentei no sofá com Tae ainda nos meus braços, olhando seu rosto perfeitamente lindo até que toco nossos narizes, vou te amar até meu último suspiro. Subo a escada entrando no meu quarto, ponho Tae na cama cuidadosamente, me sentei na beira da cama o olhando até ouvir alguém me chamar, olho para trás vendo Jungkook na porta, me levanto saindo do quarto e fui até a sala com Jungkook.

– Você fez o que eu pedi?

– Sim, tudo ocorreu bem.. e onde tava Tae esse tempo todo? ~ pergunta.

– Na entrada da floresta, fora da cidade. ~ falo e ele arregala os olhos.

– Não achei que ele fosse voltar pra lá.

– É né, ele tá dormindo agora... ~ falo pensando ~ Tae é sensível e precisa se cuidado muito bem, assim como Jimin.

– Os dois são praticamente crianças. ~ afirmo com cabeça concordando com ele, meu celular começa tocar e ligo o mesmo.


[{~Ligação On~}]

- Oi.

Omma Jin - Yoongi, eu e a Dawon estamos indo pra casa.

- Alguma notícia do Hoseok?

Omma Jin - Eles não disseram nada ainda, falaram pra tentar voltar amanhã.

- ...Okay, pode vim, tá eu e Jungkook em casa, e Tae também.

Omma Jin - Tá Okay, tchau. ~ desliga ligação.

[{~Ligação Off~}]


– Jungkook, vamos fazer dinheiro falso.

– Como? 

– Na copiadora, vem. ~ fomos correndo até o porão, chegando lá encontramos uma velha máquina, Jungkook ligou a máquina ~ A gente ponha uns 50 reais aqui, e a máquina faz o resto. O dinheiro que for copiado não vai valer nota, se você for gastar esse dinheiro em algum lugar eles vão ver que é falso a olho nu mesmo.

– Incrível! Esse sequestrador vai se dá mal. ~ fala Jungkook e pega  o celular dele parecendo ter visto uma coisa horrível ~ Yoongi.. ~ ele me mostra o que viu no celular e me assusto. Era Jimin, sem camisa, corpo todo ferido, o sequestrador o maltratava com uma corda.

– Jungkook, vai ficar tudo bem, a gente vai pegar Jimin. ~ falo e ele afirma com cabeça com olhos lacrimejando, o abraço apertado e ele logo me corresponde.

– Eu vou pro meu quarto Yoongi.

– Okay, amanhã mais cedo continuamos. ~ Jungkook foi pro quarto dele e depois que eu desliguei a máquina fui pro meu quarto, entro no quarto vendo Tae dormindo ainda, me deito na cama abraçando o mais novo por trás, assim ficando de conchinha.

Tudo vai dá certo.




.




.




.




Dia seguinte


29/09/2018

07:53 AM


Acordo abrindo os olhos, vendo só eu no quarto, cadê Tae? Me sento na cama olhando para os lados vendo um bilhete no criado mudo, pego o mesmo vendo que era do Tae o bilhete.

"Me perdoe hyung, Te amo"

Como assim? Por que ele tá pedindo desculpas?... Não, isso não Taehyung! Pego minha jaqueta e as chaves do meu carro saindo de casa numa correria daquelas.








Notificação nova.

Notícias de hoje: garoto indentificado como Kim Taehyung comete suicídio...




.




.




.




Continua...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...