História A real face de uma raposa - TordEdd - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Eddsworld
Personagens Edd, Tord
Tags Edd Uke, Eddtord, Tord Seme, Tordedd
Visualizações 58
Palavras 525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


UwU

Capítulo 4 - De volta para o presente.


Fanfic / Fanfiction A real face de uma raposa - TordEdd - Capítulo 4 - De volta para o presente.

O carneirinho acordou bem cedo neste dia,não podia demorar muito,pois como sabem,a vila das ovelhas é bem longe,perder tempo não era uma palavra que estava no dicionário do menor.

Levantou-se,arrumou a cama do príncipe e vestiu os seus sapatos,logo saindo do quarto a procura de sua mãe.Ela estava no centro do palácio conversando com o rei e a raposa de duas caudas.

Andou sem pressa em direção de sua mãe,logo recebendo um abraço surpresa bem apertado por conta da parte do Tord que o fez rir.

- Vamos filho?Agradeça o rei e o príncipe pela hospedagem. - A ovelha sorriu de maneira adorável.

- Obrigado senhor!Obrigado Tord! - Agradeceu enquanto via o rei e o príncipe sorrir. - Até mais! - Disse enquanto ia para a saída do palácio segurando firmemente a mão de sua mãe...

...

De volta para casa no trem,Edd estava encostado com a cabeça na janela de vidro,não parava um minuto sequer de pensar no príncipe...O jeito que ele o tratou,o jeito de como ele sorria,o jeito de como a raposa o chamava por teu nome...Pois é,estes pensamentos sobre a raposa faziam o doce carneirinho corar mais e mais de uma maneira apaixonada,e sua mãe notou isso,ela sorria ao ver seu filho tão bem.

...

Quando chegaram em sua humilde casa,Edd pediu para que fossem visitar o reino das raposas mais vezes,e visitaram novamente...

Uma visita virou duas visitas.

Duas visitas viraram três visitas.

Três visitas viraram quatro visitas e assim por diante.

Não só Edd mas como Tord sempre adoravam a presença um do outro.

Edd ensinava Tord a fazer crochê,que era uma das coisas que mais gostava de fazer,e Tord o ensinava fazer pegadinhas,sempre trazendo novidades quando o carneiro voltava.

A raposa de duas caudas via Edd crescer,pois ele sempre voltava,e sem falta.

...

​PRESENTE/DEZ ANOS DEPOIS

Tord agora já estava fazendo os seus trinta anos de idade,fazendo uma comemoração igualzinha a de seus vinte.Ele estava virando um adulto,e naquele dia também apareceu uma terceira cauda.

Ele amadureceu,deixou as pegadinhas de lado para ajudar seu pai,que por acaso estava bem velho.

Tord não largou totalmente as pegadinhas,apenas parou de realizá-las com a frequência que tinha antes,tipo,de trinta ou quize pegadinhas que fazia,ele agora faz cinco ou nove peças.

Ele comia um doce enquanto estava encostado em uma árvore,mas parou quando sentiu quentes mãos cobrirem os seus olhos,Tord sorriu pois já sabia quem era.

- Edd... - Virou-se ainda ainda com as mãos em seus olhos.

- Oi Tord!Feliz aniversário,eu trouxe o seu presente! - O carneiro,agora já crescido,entrega um colar de jóias brilhantes para a raposa de três caudas.

- Oh!Muito obrigado Edd! - A raposa vestiu o colar. - Então,como eu estou? - Perguntou girando,fazendo o menor rir.

- Está ótimo!

- Awn,muito obrigado mesmo,Edd! - O abraçou e começou a girar no ar.

Ambos riram e acabaram que por acidente caírem no gramado bem feito.

- Espero sempre ter você ao meu lado Tord... - Edd apoiou sua cabeça no peito do maior sentindo seu corpo ser coberto por duas das três caudas da raposa,assim o esquentando daquela noite gelada.

- Também... - A raposa o abraçou...

 

 


Notas Finais


Foi isso mesmo que eu acabei de ler?

ÙwÚ

Curto,pois quero contar o que vai acontecer no próximo capítulo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...