História A Revolução - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ação, Amizade, Drama, Família, Ficção, Guerra, Luta, Morte, Revolta, Romance, Suspense
Visualizações 8
Palavras 350
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


:c

Capítulo 6 - "Espero que eu tenha sido um bom garoto"


Fanfic / Fanfiction A Revolução - Capítulo 6 - "Espero que eu tenha sido um bom garoto"

Capítulo 6
“Espero que eu tenha sido um bom garoto”


              Quebrei a sala do líder dos senhores. Era um homem esperto e odiável

- Você vai sair lá fora, vai chamar todas as televisões do país e irá dizer toda a verdade a aquelas pessoas.

- Não, eu não irei.

Apontei minha arma para ele, com intenção de intimidar

- O que vai fazer? Vai atirar em mim?

- Sem nem excitar

Ele atirou em mim. Era a última munição de tal arma, acho que fui azarado, talvez…

- Por sorte! Era a última, mas enfim, isso é uma bomba, ela foi implantada em sua cabeça e se encostar um dedo em mim você vai fazer KABOOM! HA HA HA HA HA!

Noah implantou uma dessa nele sem ele ver.

Joguei sacolas de pólvora da janela, como esperado depois de eu amortecer, elas não explodiram, o plano era derrubar o chefe deles lá, para que quando sua bomba colidisse com a pólvora ele explodiria

A pólvora só explodiria uma bomba, para caso alguém por ali passasse não fosse afetado.

Joguei ele, mas não explodiu. Precisaria de outra bomba para aquecer mais a pólvora. EU era essa bomba. Me questionei se valeria mesmo a pena matar aquele verme, mas foi ele quem matou meus pais e meu avô. Não excitei…

- Conseguimos, pessoal. Acaba aqui a minha missão. Eu te amo, Emma, te amo muito. Noah…

- Não precisa fazer isso, Dylan

- Vou agora. Só eu posso dar fim à revolução… Dê parabéns a todos os revolucionários. Pessoal, depois de tantos anos na caverna, seus olhos arderão.

Me joguei da janela. Para pôr fim à revolução, terminei em suicídio. Enquanto caía, vi meu vô, mesmo ele já morto, eu sabia que era coisa da minha cabeça mas disse a ele :

- Conseguimos, vô. Eu realizei meu sonho e a humanidade foi liberta. O inferno existe? Espero que não, creio que é para lá que um suicida iria.

Meu nome é Dylan, tenho 17 anos. Eu morri. Eu salvei o mundo!

Espero que eu tenha sido um bom garoto…


 


FIM


 


Notas Finais


That's all, Folks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...